sábado, 23 de junho de 2012

Aos poucos, a mídia se rende

A capa da última revista veja é um bom sinal:


O Conteúdo da reportagem é misto. Não fala praticamente nada sobre os carboidratos, e é comedido em suas recomendações de quantidades "permitidas" de gordura. Mas, ainda assim, faz um excelente trabalho ao deixar de demonizar a gordura na dieta. Ao tratar sobre colesterol, são rasteiros e cometem inúmeros erros. Mas, enfim, penso que a capa por si só faz MUITO para ajudar a aplacar a "fatphobia", a fobia da gordura.

Mas há, na sétima e última página, um trecho muito bom, que reproduzo aqui, e que mostra que as ideias defendidas neste blog parecem estar, finalmente, atingindo os formadores de opinião e a grande mídia.



25 comentários:

  1. Pois é, Dr., mas ainda tem um pessoal teimoso pra burro:
    http://g1.globo.com/bem-estar/videos/t/edicoes/v/saiba-como-escolher-o-melhor-oleo-para-preparar-os-alimentos/2003079/

    Lá está o infalível Halpern e seus Blue-Caps dizendo que o óleo de soja é mais saudável do que o de coco. Cadê a buzina do Chacrinha essas horas? Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Dr., mas ainda tem um pessoal teimoso pra burro:
    http://g1.globo.com/bem-estar/videos/t/edicoes/v/saiba-como-escolher-o-melhor-oleo-para-preparar-os-alimentos/2003079/

    Lá está o infalível Halpern e seus Blue-Caps dizendo que o óleo de soja é mais saudável do que o de coco. Cadê a buzina do Chacrinha nessas horas? Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bah, assisti o seu link e deu vontade de vomitar.

      Excluir
    2. É triste pensar que esse é o tipo de informação que as pessoas tem acesso e mais triste ainda como o que é dito é tão absurdo e dito com tanta autoridade.
      E nisso a maioria da população vai adoecendo e engordando cada vez mais.
      Por outro lado bom ver uma vela no fim do tunel como a reportagem da veja. Mesmo que tímida e com algumas informações truncadas.

      Excluir
    3. É nojento mesmo. Me admira um médico experiente no meio desse povo. Os canalhas também envelhecem.

      Excluir
    4. Um nutrólogo com aquela papada não merece meu respeito.

      Excluir
  3. Dr Jose,

    Iniciei há uma semana os meus 'estudos' sobre a dieta Paleo e low carb. Hoje comecei a ler as suas postagens, desde o inicio do blog, uma por uma, e tambem iniciei semana passada a leitura do livro "The Paleo Diet - Loren Cordain"

    Confesso que ainda nao tenho conhecimento o suficiente e muito menos li o bastante, mas me surgiu uma duvida enquanto eu 'estudava'.

    Dos varios autores que escreveram sobre a Paleo, Cordain é um dos mais restritivos, onde a ingestao de amilaceos sao proibidas.

    Iniciei a dieta semana passada e ainda estou bastante perdida quanto ao que comer. Alias estou muito perdida quanto a muita coisa.

    Gostaria de saber se a ingestao de amilaceos, especificamente, grao de bico, inhame, cenoura, pimetao e brocolis sao de fato um componente que realmente devo excluir da dieta.

    Cortei os graos, os laticinios, as leguminosas, carnes processadas e doces.

    Mantive as frutas, mas quero dar preferencia as que nao aumentem o IG. Quais voce indicaria?

    Quanto a carne, priorizar animais que pastam é complicado, supermercados normais nao trazem opções de cortes de animais que de fato pastaram e nao foram enchidos de hormonios e ração, portanto continuo a consumir frango e suinos, porque provavelmente se nao os consumisse, nao iria aguentar nem uma semana, a dieta se tornaria muito monotona e estressante de fazer para mim.

    E infelizmente nao como nenhum tipo de frutos do mar, porque realmente detesto. Levando a serio a dieta seria necessario a suplementação, talvez, com omega 3 devido a ausencia do consumo de frutos do mar/peixes? (em compensação, aumentei o consumo de azeite de oliva extra virgem)

    Dentre as folhas verdes, gosto de todas. Mas achei monotono o consumo de frutas, carne e folhas, e tambem oleaginoseas (castanhas), senti vontade de mais variedade. E percebi que adicionei os amilaceos.

    A ingestao de amidos resistentes seria o mais indicado caso eu nao consiga cortar os amidos? Se sim, quais amidos resistentes o senhor indicaria?

    Se puder me de umas dicas do que adicionar como salada, alem de tomate e folhas, algum alimento que nao contenha tanto amido.

    Ps: Nao tenho nenhuma formação em ciencias, biologia, etc. Apenas gosto muito do assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Vamos ver se posso lhe ajudar:

      Eu gosto muito do livro do Dr. Cordain, mas não concordo necessariamente com tudo que está ali. Por exemplo: acho que os laticínio são um problema maior para aquelas pessoas que têm intolerância aos mesmos. O leite, por conter lactose, acaba sendo uma fonte de carboidratos, o que não ajuda. Pessoalmente, consumo derivados do leite que contenham pouca lactose e bastante gordura, como é o caso dos queijos amarelos, manteiga e nata.

      Pimentão e brócolis contém quantidades mínimas de amido (a maior parte dos carboidratos são fibras) e podem ser consumidos à vontade. Cenoura, como todas as raízes comestíveis, contém mais amido, e deve ser consumida com moderação. O mesmo vale para inhame e grão de bico. Aqui há uma distinção importante: se vc precisa perder bastante peso, eu excluiria as raízes comestíveis (um pouco de cenoura ralada pode). Uma vez que vc perca o peso necessário, pode acrescentar novamente a cenoura e o inhame.

      Os grãos e os doces são o que realmente precisa ser completamente eliminado.

      Para frutas, siga o seguinte guia: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/01/quais-frutas-comer-e-em-que-quantidade.html

      A ênfase dos autores americanos nos animais alimentados com pasto é devido ao fato de que lá a grande maioria da carne provêm de animais criados em confinamento, alimentados com ração a base de milho e coisas piores. Aqui, ao contrário, a maioria do nosso gado (ainda) é criada em pastagens, de modo que podes comer a carne vermelha sem problemas. Outra coisa importante:

      "o ótimo não pode ser inimigo do bom"

      Ou seja, claro que o ideal seria comer galinha caipira criada solta e carne de gado sem antibiótico, mas mesmo uma galinha alimentada com ração e uma vaca tratada com antibiótico ainda são muito melhores do que macarrão. Assim, seja uma consumidora consciente, mas não deixe que isso te deixe paralisada ou sem opções, ok?

      Óleo de peixe, uma cápsula, 3x ao dia, é uma boa opção se vc não gosta de peixe. Em todo caso, experimento o peixe "Saint Peter", que não tem gosto de peixe - fica ótimo com limão e cebola.

      Se você precisar de um amido resistente de vez em quando, opte pela batata doce. Consuma com gordura (sugiro nata), para retardar a absorção da glicose. Já que vc lê inglês, leia "Sweet Potato Power". Mas, veja bem: eu ainda acho que, para perder peso mais rápido, ou para perder grandes quantidades de peso, quanto mais low carb, melhor.

      Eu gosto de misturar ovo picado e/ou bacon ou frango desfiado na salada. Nunca gostei de salada pura, mas assim, incrementada, gosto bastante. Uma maionese também é uma boa, mas faça você mesmo, com azeite de oliva, pois o que há no mercado é feito com óleo de soja, com toneladas de ômega-6.

      Vá em frente - com o tempo vc se acostuma e vai tendo outras ideias, e posso lhe assegurar que é um estilo de vida 100% sustentável no LONGO prazo.

      Excluir
    2. Doctor,

      Voce me ajudou muito, ja comecei a olhar mais receitas para sair da rotina, mas nada muito incrementado, mas estou fazendo progresso, ja ate inventei as minhas.

      E quero praticamente ficar low low low carb mesmo.

      Meu foco é perder peso, apesar de ser um ser humano saudavel, sou amgra nos padroes da sociedade, mas atualmente, estou acima do peso para exercer minha profissao, trabalho como modelo.

      O que mais me incentivou foi uma experiencia quase Low carb que tive há 2 anos. Era quase, porque era um quase bem errado. Eu sempre fui grande fã de carnes e de chocolate, eu praticamente so comia isso e vegetais. Gosto muito de salada, como ela pura numa boa, e nao adiciono sal e sempre procurei produtos com pouco sodio.

      De repente engordei, porque desequilibrei a minha 'dieta', comecei a comer desregradamente e principalmente coisas que nao comia antes, como pao, donuts, nutella, fast food (depois de mais de anos sem comer fast food). Passei por uma epoca dificil, onde descontei na comida, engordei 10 kg, e com ela veio a insatisfação a depressao, eu nao queria nem sair de casa.

      Apesar de manter meu peso baixo e comer coisas que eu gostava quando fazia a minha dieta toda errada, eu sabia que estava fazendo do meu jeito que nao era o certo, era meio desocntrolado.

      Apos ganhar peso, a solução mais rapida devido a nao ser reconhecer no espelho mais, foram as dietas da 'moda', tentei atkins, da sopa, do cha, da batata, da banana, etc, etc, etc, obvio que nao deu certo.

      Decidi que iria modificar minha alimentação, que eu precisava comer direito, que so assim, conseguiria modificar essa situaçao, e que nada viria facil, e a partir disso comecei a ler muito sobre nutrição, me interessar pelos alimentos, comecei a fazer a 'dieta ideal', coma de tres em tres horas, alimentos integrais, muitos graos, frutas a vontade, nao comer muita carne, principalmente vermelha devido a gordura.

      Comecei a comer pao integral, aveia, granola, barrinha de cereal, frutas eventuais, mas principalmente banana e laranja, cortei carne vermelha, comecei a comer arroz e feijao vez ou outra, tomava cha de tudo quanto é jeito, alimentos termogenicos, contava calorias, que para a minha altura eram muito limitadas. Nao comia açucar mas era assidua do adoçante. Para a minha surpresa, nao emagreci e nem mantive peso, isso frequentando a academia, correndo, e eu simplesmente nao entendia e ninguem ao meu redor tambem entendia, como uma pessoa ativa e que se alimentava 'tao bem', e tao pouco, nao emagrecia, eu sentia fome, muita fome, de 3h/3h ou antes das tres horas, apesar dos 2l de agua diario, e nao comia nada do que eu gostava, alem de ter cortado muito as gorduras, queijo magro, iogurte 0% gorduras, lotado de sodio, coisa que eu sempre fugi, devido a retenção de liquidos, por nao comer muitas coisas que eu gostava eu escorregava sempre.

      -"-

      Excluir
    3. Mesmo sem ter lido tudo ainda que eu quero sobre a Paleo/Low carb, por experiencia, nao tenho duvidas do quao certo estou fazendo para a saude, para a perda de peso, etc. Portanto estou muito feliz de ter encontrado essa 'dieta' para a vida toda, so que dessa vez da maneira correta.

      Nao acredito que a dieta Atkins é boa da maneira que ela é proposta, porque tambem ja fiz e sai do controle pouco tempo depois.

      Quero muito levar adiante a dieta, me sinto inclusive melhor desde que comecei a faze-la e nao sinto muita vontade de doces, o querido chocolate, mas quando as vezes da uma loca, como um meio amargo e fica ok. Estou ainda experiemntando receitas, alimentos, pretendo fazer a desintoxicação por um mes, seriamente, no inicio de julho, e depois vou adaptando melhor as frutas, talvez um amido ou outro, dependendo da necessidade.

      Nao preciso perder muito, sao 7 quilos apenas, muitas pessoas conseguem elimina-los em um mes de low carb (apesar de eu saber que nao tenho sobre-peso, o que dificulta a queima tao acelerada, como determinadas pessoas, que as vezes tem sobre-peso e acabam perdendo mais, cada caso é um caso, mas acho que consigo perder os 7 kgs em um mes e meio e depois seguir com a dieta para o resto da vida, que é tao boa que nem parece dieta, a mais gostosa que ja fiz por sinal, minha felicidade ao comer carne bovina e poder ir a churrascarias é tao grande agora!)

      Agradeço por ter respondido as minhas perguntas, e de todo material que encontrei em portugues, sem duvidas o seu site é excelente e ja esta nos meus favoritos, obrigada por dedicar um tempo a escrever e tirar duvidas. Com certeza ainda usarei os espaço dos comentarios, para aprender mais, fazer perguntas e me manter atualizada.



      A proposito, citei o sodio, que nao sou grande fã e procuro nao adicionar a comida, mas determinadas carnes, principalmente curadas, tem muito sal, e muitas vezes fica impossivel para eu comer de tao forte que é o gosto para mim, hoje fiz bacon e nao consegui comer nem 3 fatias finas e pequenas de bacon de tao salgado, como posso fazer para retirar essa quantidade de sal, antes de fazer um bacon por exemplo? mergulho o bacon na agua por um tempo?

      A minha miaor preocupação é com o sal, por exemplo, o queijo, gostaria de evita-lo, pois sao laticinios, tenho mas lembrancas de laticinios, acho que fiquei traumatizada da recente epoca em que eu consumia muito queijo sem gordura e iogurte sem gordura, que obviamente para compensar a falta de sabor, era cheio de sodio, o que eu acredito que contribuiu em primeira mao, para as celulites inexplicaveis que me apareceram, que eu tambem nao entendia, (como pode uma pessoa que corre, se exercita, toma chas diureticos, bebe uma quantidade alta de agua por dia, nao come gordura e nao adiciona sal nos alimentos, começar a ter celulite, coisa que eu nunca tive antes? A resposta era o sal da maior parte dos alimentos sem gordura que eu consumia, em uma semana de dieta, onde havia excluido laticinios e tambem nao estava comendo carnes curadas, praticamente nao via mais as mesmas, diminuiu muito mesmo, incrivel! Minha preocupação agora é começar a acrescentar carnes curadas, nas quais sao muito fortes para o meu paladar, inclusive, e causar esse mesmo efeito que os aliemntos sem gordura estavam fazendo em mim. Por isso ainda estou indo com calma no bacon, apesar de sempre ter gostado de bacon hehe

      Mas voltando ao queijo, comecei a adicionar aos poucos o queijo, devido a previa falta de opção, mas que eu decidi deixar, porque é um alimento que eu gosto muito, muito mesmo! Vou optar pelo parmesao, mas so para confirmar, há algum queijo com menor teor de sodio e com bastante gordura que posso acrescentar? É bom o uso do parmesao? De todos os tipos de queijo, qual é o mais indicado?

      Mais uma vez muito obrigada Dr. Jose.

      Excluir
    4. Olá. De fato, a velocidade da perda de peso varia muito de uma pessoa para a outra. E, à medida que chegamos perto de nosso peso ideal (que pode, às vezes, ser maior do que o nosso peso idealizado), a velocidade diminui. A vantagem é que, como vc diz, podendo ir na churrascaria sem culpa, não há pressa, trata-se de uma dieta para toda a vida. Obrigado por suas palavras com relação a este blog.

      Quanto ao sódio, bem, eu acho que a sua restrição é uma necessidade apenas para aquelas pessoas que são hipertensas. Uma dieta low carb, devido à baixa da insulina, leva à excreção renal de sódio. Aliás, este é um dos motivos pelos quais as pessoas podem sentir-se mal nas primeiras 2 semanas, devido à queda na pressão. Os estudos sobre a restrição de sal não parecem indicar grandes vantagens. Veja esta reportagem: http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=its-time-to-end-the-war-on-salt&print=true
      Não creio que o sal tenha a ver com celulite. A maior parte da celulite é, na verdade, genética (e a maior parte da ausência de celulite é ou photoshop, ou meninas muito jovens). A retenção de líquido pode exacerbar a celulite, mas uma dieta sem carboidratos acaba com esta retenção hídrica, e talvez tenha sido isso, e não o sal, que tenha feito diferença?

      Eu como bastante queijo e nata. Sei que não é páleo, mas é low carb, é gostoso e sacia a fome. Escolha queijos gordos, nada de queijo branco ou light. Gosto muito do minas padrão (não é o minas frescal!), mas escolha de acordo com seu paladar.

      Excluir
    5. Ola doctor, bom final de semana!

      Excluir
    6. Suian, vc mandou um comentário relatando que a celulite quase despareceu após o início da dieta - e eu deletei sem querer! Fica aqui o registro.

      Excluir
    7. Então repito rss tenho fotos no facebook de antes e de agora onde se vê claramente a diferença, é enorme, tinha celulite nos braços e nas coxas e hj quase imperceptíveis.

      Excluir
    8. Então repito rss tenho fotos no facebook de antes e de agora onde se vê claramente a diferença, é enorme, tinha celulite nos braços e nas coxas e hj quase imperceptíveis.

      Excluir
    9. Oi Suian,

      De fato, a celulite reduz bastante.

      xxx

      Excluir
  4. Falaram que a gordura trans faz mal. Claro que faz! Mas não disseram que o 'ótimo' óleo de soja, quando aquecido, se transforma em quê? Gordura Trans. O óleo de coco não tem esse problema. Esse programa tá de rabo preso com os produtores de óleos vegetais. O que eu vi foi uma campanha contra o óleo de coco e uma exaltação meio "over" dos óleos vegetais. Só pouparam o azeite de oliva.

    E parabéns para a Veja!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem TODA a razão. Os estudos simplesmente NÃO confirmam esta ideia esquisita de que a gordura que nossa espécie sempre consumiu (saturada) faça mal (ver http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/06/colesterol-iii.html e http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/afinal-gordura-faz-mal-consideracoes.html). E seria bizarro que uma gordura (extraída de sementes) que jamais foi consumida pela humanidade até o século 20 fosse essencial para a saúde da espécie (diga-se de passagem, a gordura trans foi endossada no passado como saudável por esta mesma turma que defende as dietas low-fat, pois substituiria a "temida" gordura saturada").

      Excluir
  5. Boa tarde Dr Jose Carlos. Essa é a primeira vez que leio seu blog, parabéns pela iniciativa e por compartilhar seus conhecimentos e estudos para nos pessoas/profissionais leigos em assuntos da medicina. Bom eu tenho uma duvida, talvez nao seja esse o canal para sana-la, caso esteja incorreto, me desculpe de antemão...
    Trabalho na area de TI, apenas gosto de cuidar da minha saude e do meu vizual, porem gosto muito de estudar assuntos relacionados a alimentaçao voltada para uma melhor saude, e voltada para musculação.
    Sou praticante de musculação, com o objetivo de hipertrofia e definição muscular, sabemos que para conseguirmos massa muscular os carboidratos sao indispensáveis (sempre foi isso que eu li e ouvi), carboidratos esses de baixo índice glicémico distribuidos em varias porções durante as refeições do dia ( para que nao tenhamos picos de insulina no nosso organismo e isso gere acumulo de gordura), isso para ganharmos massa muscular... Para definirmos a musculatura/perda de gordura corporal, os praticantes de musculaçao muitas vezes optam pela dieta low carb, porem consumindo alimentos que nao estrapolem na quantidade de gordura, e sempre optando por gorduras boas.... Dai vem as perguntas. Conseguiriamos ganhar massa muscular com a presença minima de carboidratos? Igual a dieta Low-Carb?
    Em dietas low carb para diminuiçao da gordura corporal, é aceitavel aplicarmos o conceito da dieta proposta por ti? No pre é pos treino do atleta é aceitavel a ingestao de carboidratos no pre ( carbs de medio indice glicemico) e no pos ( carbs de alto indice glicemico+proteina de facil digestão) aproveitando a janela do nosso metabolismo que esta super acelerado?

    Agradesço desde ja a oportunidade de contato...

    Diego

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diego, vamos por partes.

      a) Sim, é possível ganhar bastante massa muscular com uma dieta super low carb - tenho experiência própria nisso. Assim, se vc precisa perder uma quantidade razoável de peso (digamos, uns 10 kg ou mais), sugiro fazer uma dieta realmente low carb (menos de 50g de carboidratos por dia). Depois que vc preder o peso, aí sim, use mais carbs logo antes do treino.

      b) Há um livro essencial para os teus objetivos. Chama-se TNT diet (tem na Amazon, autor Jeff Volek, um dos maiores pesquisadores sobre low carb e exercício). Neste livro, há 5 variações de dieta, dependendo de quantos Kg a pessoa precisa perder, e de quanta hipertrofia deseja, desde zero carbs sempre até um dia livre na semana atolado de carbs e carbs antes de todos os treinos. COMPRA este livro, é EXATAMENTE o que queres saber.

      Excluir
  6. Otimas estas dicas do Dr. Souto

    ResponderExcluir
  7. Acredita que eu vi essa revista ONTEM no trabalho? Eu estava saindo e dei meia volta para ler. Mas mesmo assim, se rendeu bem pouquinho rsrs.

    ResponderExcluir
  8. Enfim... mudança de pensamento!

    ResponderExcluir