sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Exercício? Sim, mas não o que lhe recomendaram

**** Atualização ****
O leitor Adolfo Neto (http://professoradolfo.blogspot.com.br/), que é pesquisador, corredor e estudioso do assunto - e, portanto, mas qualificado do que eu para escrever sobre exercício, me mandou algumas críticas pertinentes ao artigo abaixo.

Assim, preciso deixar claro algumas coisas:

1) Longe de mim sugerir que a corrida (e demais esportes de "endurance") sejam ruins para a saúde. QUALQUER modalidade de esporte é melhor que o sedentarismo.

2) Se correr faz mal para sua saúde? Bem, eu não disse isso no artigo abaixo, embora eu pense que correr demais (seja lá o que for isso, mas com certeza maratonas se enquadrariam) faz mal sim. Acontece que os MOTIVOS das pessoas são diferentes. Alguns se exercitam pela saúde, outros para superar suas próprias marcas, outros por competição, outros ainda pelo "runner's high". No artigo que se segue, quis me referir exclusivamente àqueles que se exercitam com o objetivo de "queimar calorias" para emagrecer.

3) A foto do artigo abaixo, embora seja engraçada, é uma coisa forçada. Obviamente o maratonista escolhido foi o sujeito com aspecto mais doentio que encontraram, e o cara dos 100 metros rasos daquela foto foi flagrado no antidopping por uso de anabolizantes. Era apenas para passar a mensagem de que a prática crônica de exercício aeróbico pode levar à perda de massa muscular, especialmente nos atletas não cetoadaptados, pois acabam canibalizando os próprios músculos no processo.
***** fim da atualização *****

Há algum tempo penso em escrever sobre exercício. O livro "The smarter science of slim", de Jonatan Bailor (sobre o qual pretendo escrever mais em postagens futuras), aborda o tema de forma magistral. Como exercício não é exatamente minha área de expertise, vinha adiando este projeto.

Antes de mais nada, um alerta: embora seja possível praticar exercícios mesmo em dieta low carb cetogênica (menos de 40g de carbs ao dia), o corpo leva de 2 a 4 semanas para estar completamente ceto-adaptado (adaptado a usar gordura como fonte de energia no lugar glicose). Até que isso aconteça, há uma sensível queda da performance (pode haver inclusive mal estar e tontura). Assim, se você está iniciando este estilo de vida, espere pelo menos duas (ou mais) semanas antes de iniciar um programa de exercícios, sob pena de ficar frustrado. Se você já pratica, talvez tenha que diminuir a intensidade no início. Para mais detalhes sobre isso, consultar este livro.

O mesmo raciocínio equivocado do balanço calórico que faz com que as pessoas acreditem que a solução para emagrecer é comer pouco ("não importa o que você coma, só importa as calorias"), é o mesmo raciocínio que leva às noções equivocadas no que diz respeito ao exercício. Neste raciocínio, você deve ficar muitas horas por semana fazendo exercício aeróbico para "queimar calorias" e assim "queimar gorduras". Hoje está bem demonstrado que o corpo desacelera o seu metabolismo basal durante o resto do dia para compensar os excesso que você faz com o exercício aeróbico, além de aumentar a fome - seu corpo evoluiu por milhões de anos para evitar que você definhe devido à falta de comida e ao trabalho árduo, e você é ingênuo se pensa que conseguirá ser mais esperto que a evolução.

Assim como, em termos de dieta, a ideia não é focar-se nas calorias, mas alterar os hormônios responsáveis pelo armazenamento de gordura (sendo a insulina o mais importante), também no exercício não importa quantas calorias são queimadas, e sim o tipo de exercício que aumenta os níveis de hormônio do crescimento e testosterona (hormônios anabólicos para a musculatura) ao mesmo tempo em que aumenta a sensibilidade dos tecidos à insulina e à leptina, levando a baixos níveis de insulina (o que leva à lipólise = perda de gordura) e mais saciedade (que é mediada pela leptina, entre outros hormônios).

E estes exercícios eficientes NÃO são os exercícios aeróbicos. Isto mesmo, você leu bem. Ficar uma hora na esteira vendo TV, ficar 50 minutos na máquina "elíptica" da academia, correr infindáveis quilômetros... Se você GOSTA disso, ótimo. Se você tem prazer com estas atividades, excelente. Se você faz isso para "queimar" calorias e forçar seu corpo a emagrecer, está perdendo seu precioso tempo. O que importa é a INTENSIDADE do exercício, e não sua duração. E exercícios realmente intensos simplesmente não podem ser feitos por muito tempo - é impossível.  O homem mais rápido do mundo faz um esforço absurdo e corre 100 metros em cerca de 10 segundos. DEZ SEGUNDOS. Não é possível correr naquele ritmo por muito tempo. Este tipo de esforço - que poderia ser chamado de "tudo ou nada" - leva a uma série de alterações metabólicas e hormonais que favorecem o desenvolvimento do tecido muscular e a queima de gordura, efeito este que persiste por DIAS após a realização da atividade. Já o exercício aeróbico prolongado, especialmente em pessoas que consomem muitos carbs (quase todos o casos), leva à exaustão do glicogênio dos músculos, seguido de canibalização dos próprios músculos para fornecer energia para o exercício contínuo e prolongado, além de uma DIMINUIÇÃO da taxa metabólica basal que dura por dias (seu corpo economiza calorias para compensar as que você gastou).

Como pergunta o autor de um texto sobre o assunto, qual corpo (abaixo) parece melhor para saúde e performance? E eu acrescentaria: qual corpo você preferiria ter (à esquerda, maratonista olímpico, à direita, corredor olímpico de velocidade - curta duração e alta intensidade)?



Este tipo de exercício, que realmente ajuda na perda de peso quando associado a uma dieta pobre em carboidratos refinados, é o Exercício Intervalado de Alta Intensidade, ou HIIT em inglês. Há muitas variações. Alguns exemplos são pedalar em uma bicicleta ergométrica com toda a força possível por 30 segundos, descansar 5 minutos, e repetir o ciclo mais algumas vezes. Ou correr o mais forte possível por 30 segundos, caminhar ou correr devagar 5 minutos, etc. Exercícios com peso com altas cargas e baixo número de repetições obtêm efeitos similares. Você deverá ter a orientação de um profissional qualificado para isso, é óbvio.


O importante é a mudança de paradigma: ao invés de fazer 90 minutos de tediosos exercícios aeróbicos 5x por semana, vc faz 20 minutos de exercício vigoroso 2x por semana. Não é mágica, e a literatura esportiva dá total suporte a esta abordagem.

Eis que o leitor Tiago Mello me manda um texto que fala exatamente sobre este assunto e, o mais raro, em português! E vejam que nada disso é novidade, o texto foi escrito há 12 anos. De lá para cá, só aumentou o número de estudos que corrobora este entendimento.


A verdade sobre aeróbios e emagrecimento
Paulo Gentil
20/05/2000


"Para reduzir a gordura corporal são necessários exercícios aeróbios de baixa intensidade e longa duração". Certamente você ouviu esta frase milhares de vezes, porém eu posso lhe garantir que esta é uma das maiores mentiras da nossa história, sendo propagada devido à desinformação, falta de interesse, interpretação equivocada e ausência de senso crítico de alguns profissionais. A balela de qualidade de vida é outro argumento infundado até mesmo do ponto de visto psicológico, que é onde muitos pseudocientistas tem se refugiado. É incompreensível como uma atividade ineficiente que consuma grande parte de seu tempo disponível possa melhorar a vida de alguém. Não seria preferível elaborar um treinamento eficiente com uma baixa necessidade de tempo e proporcionar mais tempo para se usar com a família, lendo um livro, vendo um filme ou simplesmente descansando? Com certeza os exercícios aeróbios tem seu espaço, mas este espaço não é tão grande quanto muitos pretendem.
Em 1994 TREMBLAY conduziu uma pesquisa no Canadá que ajudou a acabar com o mito de que exercícios aeróbios de baixa intensidade sejam os mais eficientes para perda de gordura. A amostra era composta por indivíduos destreinados divididos em dois grupos. Um deles se exercitou por 20 semanas, iniciando os treinos a 65% da freqüência cardíaca máxima (FCM) e progredindo para 85%, cada treino durava entre 30 a 45 minutos e era realizado de 3 a 4 vezes por semana. O segundo grupo se exercitou por 15 semanas, executando aquecimento e em seguida 10 a 15 tiros de 15 até 30 segundos ou 4 a 5 tiros de 60 até 90 segundos. Os intervalos ocorriam até que a freqüência cardíaca chegasse a 120-130 bpm.
De acordo com os resultados, o grupo 1 (menos intenso) gastou mais que o dobro de calorias que o grupo 2 (120,4 MJ em comparação com 57,9MJ), porém os indivíduos do segundo grupo obtiveram uma redução no percentual de gordura bem maior que o primeiro. Segundo TREMBLAY, "quando calculamos a quantidade de gordura perdida por caloria, o grupo 2 obteve um resultado nove vezes melhor". A conclusão dos autores: "para um dado nível de dispêndio energético, exercícios vigorosos favorecem balanço calórico e balanço de lipídios negativos em proporções maiores que exercícios de intensidade moderada a média. Além disso as adaptações da musculatura esquelética ocorridas como resposta ao treinamento intervalado intenso parecem favorecer o processo metabólico do lipídios."
Respire fundo e leia com atenção esta frase: "se o objetivo é perder gordura e o tempo for limitado, as pessoas devem se exercitar com segurança nas intensidades mais altas possíveis..." esta foi a conclusão de GREDIAGIN et al (1995) quando submeteram dois grupos a diferentes intensidades de exercício (50% e 80% do VO2 máx, respectivamente), sendo que as atividades eram realizadas até que se chegasse ao total de 300 Kcal. Ao final do estudo ambos os grupos perderam a mesma quantidade de gordura, porém o grupo que se exercitou intensamente ganhou mais que o dobro de massa magra em relação ao outro.
Intensidades mais elevadas parecem influir também no aspecto nutricional, conforme verificado em um estudo de BRYNER et al (1997), onde os exercícios em freqüências cardíacas mais altas resultaram em maior redução da gordura, assim como diminuição da ingestão de gorduras saturadas e colesterol, o que não aconteceu em freqüências cardíacas baixas.
As atividades intensas levam vantagem até mesmo quando compara-se exercícios de mesmo dispêndio calórico total. Nesses casos é verificado que os de maior intensidade proporcionam gasto calórico mais elevado e maior degradação de carboidratos e gorduras após o treino, o que leva a crer que o período pós exercício deve ser levado em conta quando analisamos a eficiência das atividades.(CHAD et al, 1991; SMITH et al, 1993; PACHECO SÁNCHEZ, 1994; PHELAIN et al, 1997, KLAUSEN et al, 1999, LEE et al, 1999 ).
Porém quando relato vantagens relativas aos resultados obtidos com treinos intensos, não devemos nos prender a abordagem mecanicista. Se fossemos usar a matemática linear jamais conseguiríamos entender ou mesmo acreditar nesse fenômeno. Lembre-se que nosso sistema tem características não lineares, podendo responder de forma caótica aos diversos estímulos. Desta forma, por mais contraditório que pareça, o uso de treinos intensos (que praticamente não usam gorduras) altera os processos metabólicos (não temos certeza de quais estruturas) de modo a favorecer reações a queima de gordura e inibir seu acúmulo.
Considerações finais
As atividades aeróbias certamente tem seu valor, mas não realizam nem a décima parte do que lhe é atribuído. Caminhadas podem ser de grande valia, porém esses casos são exceções. Isto não significa que atividades pouco intensas sejam totalmente ineficientes, a questão é que elas não são "as" mais eficientes.
Especificamente para a redução da gordura corporal as atividades aeróbias de baixa intensidade são, digamos assim, uma prática inadequada. De onde surgiu esta teoria? Pode-se dizer que inicialmente foi da falta de conhecimento e até mesmo o paradigma mecanicista, propagando à medida que os profissionais abstinham-se em questionar o paradigma dominante. Deve-se perder o péssimo hábito de decorar literalmente textos de livros ao invés de analisar criticamente o que está escrito. Os livros de fisiologia dizem que durante atividades de baixa intensidade a quantidade relativa de gordura utilizada é maior. A palavra destacada diz tudo, é relativa ao total de calorias usadas.
Outra causa desta linha de raciocínio é a irritante simplicidade do tipo "se você usou mais gordura durante a atividade então esta atividade perde mais gordura". Esta linha também culmina em teorias como: "se você comer gordura, vai ganhar gordura, se comer proteína vai ganhar proteína" e assim vai... Mas muitos se esquecem, ou simplesmente não sabem, o que acontece com o nosso corpo em resposta aos exercícios. a partir de uma abordagem mais integrativa e complexa, pode-se dizer então que as atividades físicas de maiores intensidades, especialmente os treinos intervalados são extremamente eficazes e recomendáveis para o processo de redução da gordura corporal.
(Nas academias há grande possibilidade de encontrarmos aulas com estas características, tudo depende da qualidade técnica do professor ao seguir os preceitos fisiológicos na elaboração da sua aula, lembre-se que a mesma modalidade pode almejar objetivos diferentes e até mesmo opostos. Algumas modalidades que podem ser úteis são: aulas despinningstep e lutas, além de treinos intervalados na ergometria)
Referências bibliográficas
BRYNER RW; TOFFLE RC; ULLRICH IH; YEATER RA The effects of exercise intensity on body composition, weight loss, and dietary composition in women. J Am Coll Nutr, 1997 Feb, 16:1, 68-73
CHAD KE; QUIGLEY BM Exercise intensity: effect on postexercise O2 uptake in trained and untrained women J Appl Physiol 1991 Aug;71(2) J Appl Physiol, 1991 Apr, 70:4, 1713-9
FRIEDLANDER AL; CASAZZA GA; HORNING MA; USAJ A; BROOKS GA Endurance training increases fatty acid turnover, but not fat oxidation, in young men. J Appl Physiol, 1999 Jun, 86:6, 2097-105
GREDIAGIN A; CODY M; RUPP J; BENARDOT D; SHERN R Exercise intensity does not effect body composition change in untrained, moderately overfat women. J Am Diet Assoc, 1995 Jun, 95:6, 661-5
KLAUSEN B; TOUBRO S; RANNERIES C; REHFELD JF; HOLST JJ; CHRISTENSEN NJ; ASTRUP A Increased intensity of a single exercise bout stimulates subsequent fat intake. Int J Obes Relat Metab Disord, 1999 Dec, 23:12, 1282-7
LEE YS; HA MS; LEE YJ The effects of various intensities and durations of exercise with and without glucose in milk ingestion on postexercise oxygen consumption. J Sports Med Phys Fitness, 1999 Dec, 39:4, 341-7
PACHECO SÁNCHEZ M; GRUNEWALD KK Body fat deposition: effects of dietary fat and two exercise protocols. J Am Coll Nutr, 1994 Dec, 13:6, 601-7
PHELAIN JF; REINKE E; HARRIS MA; MELBY CL Postexercise energy expenditure and substrate oxidation in young women resulting from exercise bouts of different J Am Coll Nutr, 1997 Apr, 16:2, 140-6
PHILLIPS S.M., "Effect of Training Duration on Substrate Turnover and Oxidation During Exercise," J. Appl. Physiol. 81.5 (1996) : 2182-2191
RASMUSSEN, B. B. et al., "Effect of Exercise Intensity on Skeletal Muscle Malonyl-CoA and Acetyl-CoA Carboxylase," J. Appl. Physiol. 83.4 (1997) : 1104-1109.
RASMUSSEN, B. B.,ADRIAN HUTBER C.; WINDER, W. W. Endurance training attenuates the decrease in skeletal muscle malonyl-CoA with exercise.J. Appl. Physiol. 1997 83: 1917-1922
SMITH, J.; MCNAUGHTON, L. "The Effects of Intensity of Exercise and Excess Post-Exercise Oxygen Consumption and Energy Expenditure in Moderately Trained Men and Women," Eur. J. Appl. Physiol. 67 (1993) : 420-425.
TREMBLAY A; SIMONEAU JA; BOUCHARD C Impact of exercise intensity on body fatness and skeletal muscle metabolism. Metabolism, 1994 Jul, 43:7, 814-8
VAVVAS, D., et al., "Contraction-Induced Changes in Acetyl-CoA Carboxylase and 5'-AMP-Activated Kinase in Skeletal Muscle," J. Biol. Chem. 272.20 (1997) : 13255-13261.

233 comentários:

  1. Muito bom artigo, engraçado que estive a pensar a cerca dos exercícios a tão pouco tempo!Dr.Mudando um pouco o tema, gostaria de saber o que o Dr acha da Dieta dunkan e em que consiste exatamente...pelo que li, achei parecida c a dieta paleo!Obrigada!
    Danielle.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dunkan é melhor do que a dieta ocidental tradicional. Ponto. Comete o erro fatal de tentar ser low carb E low fat ao mesmo tempo. Restringe sal, o que é outra péssima ideia em low carb. Na fase inicial, proíbe salada (péssimo) e libera leite (péssimo e sem sentido - proibir espinafre que é zero açúcar, e permitir leite que tem um monte de açúcar??). Acha que grãos integrais liberam o açúcar no sangue lentamente (isso é falso).
      Difere da dieta páleo por aceitar grãos - e isso é uma diferença GRANDE.

      Excluir
  2. Caro Dr. José,

    Peço desculpas mas acho que neste caso as informações do post estão erradas.

    Se você tiver tempo, leia este post aqui:
    http://sock-doc.com/2012/12/aerobic_endurace_bashing/

    Se eu tiver tempo outra hora, escreverei no meu blog http://professoradolfo.blogspot.com.br e te manderei o link.

    De toda forma, ótimo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Adolfo, pelo jeito pisei nos calos de um corredor
      :-)

      Não sou contra a corrida, e mesmo "chronic cardio" é infinitamente superior ao sedentarismo. Além disso, os MOTIVOS das pessoas são diferentes. Alguns se exercitam pela saúde, outros para superar suas próprias marcas, outros por competição, outros ainda pelo "runner's high". Quis me referir exclusivamente àqueles que se exercitam com o objetivo de "queimar calorias" para emagrecer. Nesta circunstância específica, alta intensidade é mais eficaz em termos absolutos e infinitamente mais eficiente na relação tempo gasto/resultado.
      Mas vou fazer uns adendos no artigo ainda hoje, para torná-lo mais correto, ok?

      Excluir
  3. Tem realmente grandes diferenças!Estive a ver recentemente o site, as pessoas parecem bem satisfeitas...De qualquer forma, já nao abandono o estilo paleo :) Obrigada pela reposta!

    Danielle.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, doutor. Post magistral eu diria. Este bit de informação é o que as pessoas batem mais forte. Existe um componente de ascetismo puritano (aha) na rejeição desta linha de pensamento. As pessoas gostam de associar um corpo perfeito a superioridade moral, a capacidade de sofrer horrores no curto prazo em busca de um lucro no longo prazo. Eu também sou a favor de plantar pra colher, mas veja bem, tem horas que esta fórmula não funciona de forma linear, nem sempre quem planta todo dia o dia inteiro colhe mais e melhor. Aquelas 300+ de horas que você gastou na bicicleta ano passado podem ter sido em vão! 30 minutos semanais (totalizando 25-30 horas por ano) pegando muito peso e com poucas repetições já bastam pra fazer a mágica!

    Mesmo as pessoas que tem corpo esbelta ou atlético enquanto se entopem de carboidratos e exageram nos exercícios aeróbicos devem mais à genética do que ao esforço. Mas as pessoas querem ganhar em dobro, além da dádiva genética no corpo, querem anunciar que são moralmente superiores também. Fazer o que, é engolir a seco e sair andando rs.

    Agora, vamos pensar sob outro aspecto. Hoje a gente tem um contingente de profissionais de educação física que é pouco para atender à população inteira nos moldes atuais de exercício físico. A população não tem GRANA pra bancar a hora deste profissional de forma minimamente digna, mesmo que ele exista em número razoável. Não existem academias suficientes pra comportar todo mundo fazendo 1h 30min 3x na semana de exercícios. Seria muito mais barato se cada um fizesse meia hora por semana de musculação de alta intensidade. Prefeituras podem bancar isso tranquilamente. É o tipo de exercício que todo mundo consegue fazer, dona de casa, empresários, crianças, gordos, magros, quem mora longe dos centros urbanos, etc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc pode baixar programas de HiIt pra fazer em casa ou comprar no beachbody.com
      Sao bem famosos e ha varios depoimentos sobre eles em blogs e youtube.
      Tipo: P90X , Insanity, Body Jam ...

      Excluir
    2. Não sei se esses programas se encaixam como uma forma de HIIT. Eles são programados para serem feitos quase todos os dias e as aulas duram quase uma hora.

      Excluir
  5. Pois é, Doutor, sempre achei um saco, com perdão da má palavra exercícios de repetição. Ficar trocentas horas repetindo era monótono e cansativo, embora, veja o paradoxo sempre gostei de musculação, acho que por causa dos resultados rápidos.

    Agora adorava exercícios que me fizessem suar, gastar energia, sair exausta, mas que não durassem uma vida, mas tive de parar depois de ficar hipertensa.

    Então eu pergunto: sendo hipertensa faço como? Continuo com a chatura da repetição ou volto para o que realmente gosto, intensidade e nenhuma repetição?

    Obrigada Doutor
    andrea

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconheço qualquer restrição a exercício para hipertensos controlados. Pelo contrário, todos os tipos de exercício ajudam a reduzir riscos cardiovasculares e no controle da pressão. A pressão de qualquer pessoa sobe durante qualquer exercício, mas a prática regular de exercícios, inclusive musculação, REDUZ a pressão arterial. Se sua pressão não está bem controlada, você precisa ajustar a medicação antes. Se está bem controlada, consulte seu médico, mas acho que ele irá concordar que os efeitos são benéficos. Olhe este artigo: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21896934

      Excluir
    2. Sim exercícios são sempre recomendados para hipertensos, inclusive pelo meu médico, o que ele não aconselho são exercícios de alto impacto. Por exemplo Spinning nem pensar sob pena da pressão aumentar muito, entende? Mas eu confesso que não só prefiro como gosto de exercícios de alto impacto e curta duração, só não posso fazê-los segundo meu médico.

      Excluir
    3. Vc já fez um teste ergométrico? Neste teste é possível saber se você tem uma resposta pressórica inadequada e, neste caso, eu teria de concordar com seu médico.
      Vejo 2 alternativas: seguir a orientação que lhe foi dada, ou ouvir uma segunda opinião, de preferência de alguém que pratique medicina do esporte. Não sei até que ponto a orientação de evitar exercícios de alta intensidade para hipertensos controlados (e com resposta pressórica normal na ergometria) é baseada em evidências, ou é apenas baseada em senso comum. Mas esta é uma questão para um especialista, ok?

      Excluir
  6. Dr, sexta-feira completei 19 dias de indução de atkins, onde perdi 6,5kg. Fiz hiit apenas 4 x sendo 2 por semana. Nesta ultima semana quase n comi , nem inclui saladas e a balança empacou. Mas fiquei ttanquila e achei normal. No entanto, na sexta acabei comendo 40g de carboidratos contidos no chocolate amargo, o que, imagino , tenha me feito sair da cetose. Ontem(sabado) nao senti fome. So comi uma abobora com bife. Porem a noite, nao por fome, mas por compulsao ou invasao de habitos antigos, saí c os amigos e comi uma promocao mac cheddar. (Batata sanduiche e coca-zero) , me pesei duas hr depois e havia engordado 2kg. Me senti inchada, com gases e frustrada por nao ter me controlado , ja q havia me controlado tao bem em festas so comendo proteinas e gorduras. Nao pretendo mais sair da dieta, nem mesmo no natal e reveillon, ja q nao bebo e estava me sentindo super bem com a cetose e na inducao.
    As perguntas que nao querem calar:
    Terei o mesmo sucesso ao reiniciar a indução ? conseguirei entrar novamente em cetose ou ela so
    funciona uma vez?
    Esses kg q engordei foram de reposição de glicogênio ou de gordura? Conseguirei perdê-lo no mesmo tempo q perdi inicialmente?
    Conseguirei emagrecer rapidamente e me sentir bem ao praticar exercícios ou sentirei toda aquela fadiga, etc ao reiniciar?
    Quero, de verdade, manter um estilo de vida low carb e nessa "quebra" vi q nao me sinto bem com carbos (ainda mais junk food) como me sinto na low.
    Por favor me tire as dúvidas . Grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Balança empacada é algo que se mede comparando as médias de diferentes semanas, não se mede em dias - fique tranquila.

      Respondendo às perguntas na ordem:

      - Funciona sempre. E vc não precisa necessariamente entrar em cetose para continuar emagrecendo.

      - Foi glicogênio

      - Vc continuará emagrecendo mas, como ocorre com todo mundo depois da fase inicial de perda rápida de peso, de forma mais lenta e gradual.

      - Quem nunca quebrou para depois voltar, que atire a primeira pedra.

      Excluir
  7. Concordo , Leandro. Mas o HIiT eh super democratico assim como a corrida. Ele pode ser feito como corrida de rua, exercicios funcionais com o peso do proprio corpo em ginasios esportivos ou na areia da praia. O governo so precisaria investir na capacitacao de instrutores aptos a gerir as aulas oara a populacao leiga e carente. Nem precisaria gastar assim com maquinas.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Olá doutor, tenho interesse na dieta mais pela saúde do que para perda de peso em questão. Eu sou considerado bem magro, tenho 1,72m de altura e peso 55kg, comecei academia recentemente ( fazendo exercícios de alta intensidade com repetições reduzidas) mas tenho medo de adotar essa dieta pelo meu peso reduzido e por meu metabolismo ser rapido. Gostaria de saber quais os contrapontos que eu teria em meu caso se adotasse a dieta low-carb.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você perder algo em uma dieta páleo, será apenas percentual de gordura, e não massa magra. E, fazendo academia com boa carga e poucas repetições, você ganhará massa magra. Você deve consumir mais carbs, já que é magro e quer ganhar massa magra, pois o pico de insulina, junto com exercício com pesos, é anabólico. Apenas recomendo que os carbs sejam de frutas, batata doce, até mesmo batatas brancas, e não de açúcar e farináceos. Faça páleo, e não low carb.

      Excluir
    2. Muito obrigado, você consegue ser bem direto e esclarecedor nas respostas. Agradeço muito pela criação do blog =)

      Excluir
  10. Bom dia doutor,

    Não sou considerado acima do peso, mas tenho algumas gorduras localizadas indesejadas. Tenho um grupo muscular por baixo da gordura muito interessante e por esse motivo tenho receio de iniciar uma dieta que me faça perder massa magra. Pratico HIIT na forma de 8 tiros de 400m em 1:20min , além de pedalar a uma velocidade média de 25km/h por 40km diariamente. O Dr tem alguma sugestão de dieta para acompanhar esse tipo de treinamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/01/como-devo-comer-comida-de-verdade.html

      Só isso. Sem exageros, sem dieta Atkins. Só comida de verdade sem farinha e sem açúcar.

      Excluir
  11. Doutor Jose, o que e quando comer antes e depois do exercício físico?

    PS: Só terei dinheiro para whein protein em março. Existe outra alternativa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ovos. Proteína boa e barata. Se forem cozidos, são até portáteis e não precisam de refrigeração! Vc gosta de gemada? Faça com ovos, manteiga e adoçante - uma delícia. (P.S.: a proteína esta na clara - ao contrário da gemada original, nesta vc não coloca as claras fora).

      Salame. Queijo. Presunto. Todos são fontes de proteína boas e saborosas.

      Whey é prático, mas proteína é proteína, e um bom ovo resolve bem.

      Excluir
    2. Muito obrigada, Doutor Jose!
      Nunca fiz gemada com a clara, mas vou experimentar!

      O presunto e demais embutidos não tem o problema de ter açúcar na composição para preservar a carne?

      Se eu comer 1h antes e 1h depois está de bom tamanho para preservar o organismo?

      Excluir
    3. A quantidade é mínima - olhe o rótulo.
      Sim, 1h antes e 1h depois está bem. Na verdade, o mais importante é depois e, se possível, logo depois.

      Excluir
  12. Muito obrigada por sua atenção, Doutor Jose!
    Pricilla

    ResponderExcluir
  13. Prezado Dr. José Carlos Souto,
    Gostaria de parabenizá-lo pelo seu brilhante trabalho, que em muito tem ajudado àqueles que desejam e preciso perder, definitivamente, as gorduras acumuladas.
    Solicito, dentro das possibilidades, que o senhor me explique a diferença da dieta Atkins e a dieta Dukan. A princípio achei que a dieta Dukan seria mais saldável, uma vez que não recomenda as gorduras com tanta intensidade que a dieta Atkins. Mas aderi a dieta Atkins, já perdi 16 kgs e também medidas. Só, ainda, não tive coragem de checar o colesterol. Estarei marcando os exames de rotina em fevereiro/2013.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Dukan é uma dieta low carb que tem vergonha de ser low carb. Tem uma série de inconsistências do ponto de vista científico. As dietas que realmente recomendo estão na minha postagem sobre livros: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/livros.html

      Como nada está traduzido para o português, exceto Atkins e Dukan, fique com Atkins, que é mais saudável justamente por ter mais gordura e não aceitar grãos.

      Seu colesterol provavelmente MELHORARÁ se você comer bastante gordura (ao menos o que interessa, que é a relação colesterol total / HDL).

      Leia as seguintes postagens para entender porque a gordura é importante para a saúde:

      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/01/introducao-dieta-paleoprimal-mark_4.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/11/gordura-saturada-revista-mens-health.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/08/dr-drauzio-varella.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/08/restringir-gorduras-ou-carboidratos-o.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/afinal-gordura-faz-mal-consideracoes.html

      Excluir
  14. Prezado Dr. José Carlos,
    Será que tomar Colageno em po sanavita, sabores original,limão, uva, tangerina e abacaxi, pode atrapalhar a dieta Atkins?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não prejudica, a não ser que tenha açúcar. A dúvida é, por que vc consumiria isso? O colágeno é uma proteína, e tem o mesmo destino que qualquer proteína no intestino - ser destruído até se transformar em aminoácidos, que são absorvidos. E ainda bem, pois de onde vem esse colágeno? A não ser que seja feito de restos mortais de pessoas, não é colágeno humano. E, sendo colágeno de animais, seria identificado como uma proteína estranha pelo organismo, SE fosse absorvida na íntegra. Felizmente, isso não acontece, e você apenas está jogando seu dinheiro fora. Pense um pouco, se não fosse assim, porque você não ficaria verde ao comer salada (afinal, tem clorofila), ou roxa ao comer beterraba?

      Quando você come um bife, está comendo várias gramas de colágeno bovino - e com um gosto ótimo. Por que pagar a mais para consumir isso na forma de pó ou cásula? Coma carne. Não por ter colágeno, mas por ter proteínas (das quais o colágeno é apenas uma). O colágeno de seu corpo é sintetizado pelo seu próprio corpo, não vem pronto das vacas que comemos, ok?

      Excluir
    2. Obrigada pela resposta Dr. José Carlos Souto. Então o que fazer para não ficar com a pele tão flácida? Já estou com 52 anos, e com a dieta (já perdi 16 kgs) minha pele ficou um pouco flácida (muito menos do que com as outras dietas que já tentei sem sucesso. Dina Linares

      Excluir
    3. Dina, não sou especialista em medicina estética. Cá entre nós, além de uma alimentação saudável e cirurgia plástica, sou cético quanto à eficácia de outras medidas - mas, enfim, não é minha área... E parabéns pelos 16Kg!!
      P.S.: o aumento da massa muscular com musculação pode ajudar a firma os tecidos.

      Excluir
  15. Dr. sempre leio seu blog ele é muito bom, abriu meus horizontes!!!...Vi que vc responde todas as perguntas, isso é muito legal!!!...Então vou abusar e fazer uma. Estou na dieta Atkins a 2 meses, não sai da dieta em nenhum momento, perdi apenas 6kg...a uma semana comecei academia, estou sentindo mal estar, e quando fico muito tempo fazendo aeróbico sinto tontura, enjoo, creio ser hipoglicemia. Por isso essa semana pesquisei e estou fazendo por conta própria (já que o instrutor da academia não ajuda em nada)uma série em circuito, onde fico 20min no elíptico, e depois na musculação faço séries com pouco peso, rápido e pouca repetição (3x15), e a cada 2 aparelhos volto ao aeróbico e fico 3 min, depois 5min e no final 15min. Vc acha que este esquema está correto para perda de peso?..Tomo whey protein pela manha e logo após o treino. Queria perder mais 6kg até final de fevereiro, por isso estava pensando em comprar um termogênico pra acelerar essa perda (OXYELITE)sei que ele está proibido pela anvisa, porem é o melhor recomendado por quem usa, já usei a algum tempo o lipo6black que não fez efeito. Gostaria de saber a sua opinião a respeito de tudo isso, já que estou sozinha nessa, pesquiso tudo na internet e pratico por conta própria. Com a minha saúde está tudo OK, menos a coluna que tenho escoliose, lordose e cifose..sinto dor todos os dias, e na academia o cuidado tem que ser redobrado, porem não sei quais aparelhos prejudicam esse lado, como já disse o personal não liga muito, e na minha cidade só tem essa academia. Desde já agradeço e peço desculpas pelo incômodo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Larissa:
      1) 6Kg não é pouco
      2) Exercício "aeróbico", na minha opinião, é uma forma de aumentar cronicamente o cortisol (ruim) e aumentar o apetite, além de ser MUITO chato.
      3) Eu acho que o esquema ideal seria menos repetições em mais peso (quem sabe 2 séries de 10, com o máximo de peso que vc conseguir, máximo esse que vai aumentando com o tempo à medida que vc fica mais forte)
      4) Eu acho ainda que o HIIT (exercício intermitente de alta intensidade) pode ser feito até mesmo fora da academia: exemplo: pedalar 30 segundos no MÁXIMO (significa quase morrendo) de intensidade, descansar 4 minutos, e repetir o ciclo mais 2 vezes (poderia ser correr, poderia ser nadar).
      5) Esse suplemento provavelmente não faz diferença nenhuma. Exceto pela cafeína - que você pode obter no café com mais sabor e menos dinheiro.
      6) se você quer ler um livro sobre auto-experimentação com dietas, exercícios e suplementos, o livro do Tim Ferriss está traduzido e à venda: http://compare.buscape.com.br/prod_unico?idu=1858057213&ordem=prec#precos
      7) O livro é meio maluco (mas é cientificamente acurado), use o bom senso, Ok?
      8) quanto a sentir-se mal na academia, às vezes precisamos um pouco mais de carbs - leia o livro do Ferriss

      Excluir
  16. Dr., excelente site!!! Acabei de ler o livro "A Nova Dieta da Evolução", de Arthur de Vany (baseado na dieta Paleolítica - aliás, depois de lê-lo, vim pesquisar na net e tive a felicidade de encontrar seu blog, sobre o qual sugiro um motor de busca), e lá ele comenta que naqueles tempos, nossos ancestrais caminhavam um bom tempo em busca de comida, e ao ver uma caça, por exemplo, realizavam piques de corrida e esforços para abater a presa. Então, segundo o autor, o ideal seria fazer exercícios tranquilos (como caminhadas, as vezes longas, mudando o terreno - reto, subindo e descendo), mesclados com exercício rápidos e de grande intensidade, e eventualmente pular uma refeição - em suma, colocar aleatoriedade em nossa rotina. No que se refere a caminhada, como ela deve ser? Caminhar "puxando" um pouco ou caminhar normalmente? E sobre a fritura de alimentos permitidos, está liberada ou é melhor grelhar tudo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Pois é, eu nem conhecia este livro, mas 2 leitores falaram no assunto e eu li este final de semana. Sobre exercícios, concordo com tudo o que ele escreve. E, dentro deste conceito, vc deve caminhar como quiser - um dia mais puxado, outro mais devagar. E fazer alta intensidade de vez em quando (piques, etc.).

      Onde o de Vany está completamente errado é no que diz respeito à gordura.
      Você deve evitar fritar coisas por imersão, mas uma gordura na frigideira é ok. NUNCA usar óleos vegetais extraídos de sementes (com exceção de oliva, que não é de semente, e sim da fruta). Use banha ou manteiga.
      Ao contrário do que diz o de Vany, a gordura é importante na dieta, e não deve ser evitada, e não causa problemas cardiovasculares.

      Leia:
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/08/restringir-gorduras-ou-carboidratos-o.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/01/introducao-dieta-paleoprimal-mark_4.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/11/gordura-saturada-revista-mens-health.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/08/dr-drauzio-varella.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/afinal-gordura-faz-mal-consideracoes.html

      Excluir
  17. Ah, complementando, no livro do de Vany também não indica exercícios de "média" intensidade, como ficar horas na esteira - ao menos não para emagrecimento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, ficar horas na esteira é uma GRANDE perda de tempo. E não adianta nada.

      Excluir
  18. Muito obrigado pelas dicas, Dr. José Carlos, especialmente sobre a caminhada (É evidente, tem que variar!!!). Estou lendo todas as indicações - aliás, estou "devorando" o blog, literalmente.
    Pela sua indicação, hoje comí um ovo frito na manteiga, muito bom.
    Apenas estou achando um pouco assustador a velocidade da perda de peso - estou emagrecendo em torno de uns 600 gramas por dia, mas é muito bom!! (já estou na segunda semana, e já lí que deverá se estabilizar num ritmo mais lento lá na frente)
    Como retribuição, se o Sr. me permite, gostaria de lhe passar um video que me fez muito bem, e que diz muito sobre a importância de nossas escolhas, e de ter a coragem de mudar a direção:
    http://www.youtube.com/watch?v=1scrY6w9bHo
    Continuo acompanhando!! Junior-cwb

    ResponderExcluir
  19. Em tempo: aquí a qualidade do video está bem melhor,
    http://vimeo.com/14010146

    ResponderExcluir
  20. Doutor,
    Aulas de spinning/rpm, com 1h de duração, de 2 a 3 vezes por semana, se encaixam neste conceito?
    Fico em dúvida em virtude de o tempo de duração ser elevado...
    Obrigada pelos esclarecimentos!
    Marcela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em geral, spinning usa o conceito de breves tiros de esforço máximo, o que é muito bom. Mas 15 minutos (3 ou 4 tiros com 3 a 5 minutos de pedalada leve nos intervalos) já bastariam. Os 45 minutos restantes são de pouca utilidade, e são usados apenas pelo fato de os professores (e alunos) ainda acreditarem que o negócio é queimar calorias. Além disso, ganha-se $ complicando-se a coisa e vendendo soluções, não é mesmo? Você não estaria disposta a pagar por uma solução simples de 15 minutos.

      Excluir
    2. Só 15 minutos? Meu Deus, mas é tão fácil!!! Como a gente complica!!!! hehe
      Mas os 15 minutos a mais, embora não tragam maiores benefícios, não prejudicam, né? Ou, para emagrecer, é melhor fazer só os 15 minutos?
      Obrigada, doutor, pelos esclarecimentos.

      Excluir
    3. Não, não prejudica... A não ser que represente um stress muito grande - stress demais produz cortisol, um hormônio que aumenta a glicose e dificulta a perda de peso. Stress de qualquer tipo, físico ou emocional, diga-se de passagem.

      Excluir
    4. Obrigada por ser sempre tão atencioso! =)

      Excluir
  21. Doutor, você recomenda que seja feita carga de carboidratos (dos permitidos) antes do treino?

    ResponderExcluir
  22. olá Dr estou comuma dúvida, o senhor indicou este artigo para eu ler. Quando comecei tive a impressão que já tinha lido o mesmo artigo em outro site peço que o senhor dê uma olhada pois podem estar fazendo uso dos seus artigos ou de parte deles. Este rapaz inclusive até livro está vendendo, falo isso porque não gostaria de dar os parabéns para a pessoa errada. Este é o site http://emagrecerdevez.com/faca-menos-exercicio-e-emagreca-mais-queime-gordura-ate-mesmo-enquanto-descansa-com-interval-training.
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc pode parabenizar ambos :-)

      O artigo do site acima é muito bom - e bem mais completo do que o meu, diga-se de passagem. Exercício não é minha área de maior expertise - e sim nutrição. O artigo dele não é cópia do meu, nem vice-versa, mas é óbvio que usamos algumas das mesmas fontes (alguns dos livros citados aqui: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/livros.html). A foto anda circulando na internet há horas, e tem sido utilizada por vários autores que abordam este tema.

      Excluir
  23. Doutor, me esclarece uma dúvida cruel, por favor.
    Por tudo que li no blog, entendi que a frequência/duração de exercícios aeróbicos não precisa ser muito grande. Vale o mesmo para a musculação?
    Acabei de me matricular numa academia e, pela avaliação física, percebi que preciso baixar o percentual de gordura (que, embora não seja elevado, não é o ideal).
    Ocorre que fui orientada a treinar musculação, PELO MENOS, 5x por semana, pois, caso contrário, não teria resultados satisfatórios.
    O que tu achas dessa informação? Não será um pouco exagerado para quem tem um IMC normal e não precisa emagrecer imediatamente? Não seria essa frequência um deflagrador de estresse?
    Tenho pesquisado na internet e só encontro informações contraditórias ou voltadas a um público que tem objetivos bem diferentes dos meus.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  24. Drº, como estou acima do peso, não consigo correr por muito tempo, pois sinto muitas dores nos joelhos e canso rápido. Estou fazendo caminhada rápida com alguns trotes, no mínimo 3 meses na semana e me sinto bem. Comecei a dieta ontem. Posso manter esse exercício? Obrigada!

    ResponderExcluir
  25. Drº, como estou acima do peso, não consigo correr por muito tempo, pois sinto muitas dores nos joelhos e canso rápido. Estou fazendo caminhada rápida com alguns trotes, no mínimo 3 vezes na semana e me sinto bem. Comecei a dieta ontem. Posso manter esse exercício? Obrigada!

    ResponderExcluir
  26. Ótimo artigo... Comecei a fazer aeróbicos de alta intensidade intercalados, em casa...Faço basicamente saltos (não conheço nada mais intenso), tipo 2 min exercício e 30 segundos de descanso, por uns 27 minutos só.

    Mas não é o único exercício que faço, a musculação continuo com a tradicional, pegar pesos, de 40 min a 1h por treino (2 a 4 vezes por semana).

    seriam esses exercícios adequados desse ponto de vista hormonal?

    (além desses faço Ballet Clássico,mas quanto a isso é "imexível", pelo menos 1h e meia ).

    ResponderExcluir
  27. Está muito bom. É uma bela combinação. Eu sugiro não fazer musculação mais do que 2x por semana. É preciso evitar o "overtraining" (Ballet + musculação 4x + HIIT) - acaba produzindo stress crônico = cortisol elevado.

    Em 10 de maio de 2013 19:04, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  28. Obrigada pela resposta, estava mesmo pensando em deixar só 2x por semana, porque sempre tive a impressão que exercício em excesso atrapalhava e não ajudava, mesmo sem saber o pq (será mesmo o cortisol então?)


    Parabéns pelo blog e toda atenção, vou recomendar a todos que conheço. :)

    ResponderExcluir
  29. Se o objetivo é o emagrecimento e poupar os joelhos, não seria melhor apenas a musculação?

    ResponderExcluir
  30. Olá.. gostaria de saber se é recomendado andar de bicicleta por 30 min 2 vezes por semana, fazer sprints 3 vezes por semana, e musculação 5 vezes na semana? comecei a correr segunda quarta e sexta; e na terça e quinta ando de bike.. e todos os dias fazendo musculaçao.. é recomendado? o que posso mudar?

    ResponderExcluir
  31. Olá Marcelo.

    Recomendado pra que? Se for exclusivamente para emagrecer... Não! Leia aquie http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/por-que-o-exercicio-fisico-tambem-nao.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/exercicio-sim-mas-nao-o-que-lhe.html



    Agora, se vc faz por prazer, vá em frente!

    ResponderExcluir
  32. A minha meta é o emagrecimento.. vou mudar para sprints 3 vezes por semana, e musculaçao tambem umas 2 ou 3 vezes por semana, o que acha? quanto mais eu leio mais eu fico confuso se devo fazer mais musculaçao em vez de aerobico, ou se devo fazer 2x por semana musculaçao e faço mais corridas intensas.. estou um pouco confuso
    agradeço MUITO, Patricia, por estar me ajudando! :)

    ResponderExcluir
  33. Se vc faz tudo isso por prazer tudo bem. Se é para emagrecer, diminua. Overtraining produz estress, e isso não é bom. Musculação eu recomendo não mais do que 2x por semana.


    2013/5/15 Disqus

    ResponderExcluir
  34. Obrigado pela resposta Dr.
    vou diminuir para 2x por semana a musculação e sprints umas 2 ou 3 vezes por semana.. por prazer só se for bike ou musculação.. correr não é muito a minha praia.

    ResponderExcluir
  35. Sugiro nenhum aeróbico, e apenas musculação (numa intensidade que torne impossível fazer muito seguido pela dor) e uns sprints umas 2x por semana. Pare de pensar em calorias. Fazemos exercício para manipular hormônios. Aeróbico é baixa intensidade, não manipula hormônio nenhum e perde um tempo imenso, além de ser muito chato.


    Em 15 de maio de 2013 20:44, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  36. Maravilha Dr. vou fazer isso mesmo.. comecei a dieta segunda-feira, e hoje ja estou sentindo uma vontade enorme de doces, nunca fui de comer doces e sim carbo.. pizzas, sanduiches e etc, mas hoje me deu uma vontade danada de doces, hehe está complicado, espero que nos próximos dias isso passe..

    ResponderExcluir
  37. O que seria melhor para quem esta seguindo a dieta (estou no 10 dia), pular corda, por uns 25 min, com pulos e descansos, ou corrida intercalada (2 min de corrida e 3 de caminhada) para queimar gordura? Esse ano estou sem tempo para academia, então estou fazendo oq é conveniente, e faço caneleiras e pesinhos em casa!!!

    ResponderExcluir
  38. Olá Juliana

    Você já leu esta postagem?

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/exercicio-sim-mas-nao-o-que-lhe.html

    "Este tipo de exercício, que realmente ajuda na perda de peso quando associado a uma dieta pobre em carboidratos refinados, é o Exercício Intervalado de Alta Intensidade, ou HIIT em inglês. Há muitas variações. Alguns exemplos são pedalar em uma bicicleta ergométrica com toda a força possível por 30 segundos, descansar 5 minutos, e repetir o ciclo mais algumas vezes. Ou correr o mais forte possível por 30 segundos, caminhar ou correr devagar 5 minutos, etc. Exercícios com peso com altas cargas e baixo número de repetições obtêm efeitos similares. Você deverá ter a orientação de um profissional qualificado para isso, é óbvio.
    O importante é a mudança de paradigma: ao invés de fazer 90 minutos de tediosos exercícios aeróbicos 5x por semana, vc faz 20 minutos de exercício vigoroso 2x por semana. Não é mágica, e a literatura esportiva dá total suporte a esta abordagem."

    ResponderExcluir
  39. Para os que ainda duvidam, gostaria de manifestar meu total acordo com o que está escrito neste post. Sobre a imagem, você não precisa usar a de um atleta trapaceiro para dimensionar a diferença não, Dr. Souto. Use apenas dois vencedores em suas modalidades: 100 mts (10 seg.) X 42 km (2 horas).

    ResponderExcluir
  40. Anderson, vá no lado direito da página e procure um link chamado "o que devo comer". O principal é eliminar os farináceos e o açúcar. E reserve suas frutas para antes e/ou depois dos treinos.


    2013/6/14 Disqus

    ResponderExcluir
  41. Obrigado Doutor!

    ResponderExcluir
  42. Doutor: quando o senhor fala em exercícios intervalados, quer dizer em dias alternados (ex: fazer musculação + esteira de terça e sexta) ou modalidades alternadas (ex: musculação de segunda e quinta e esteira de terça e sexta) ou ambos (ex: musculação na segunda, descanso na terça, esteira na quarta, descanso na quinta, musculação na sexta, descanso no sábado, esteira no domingo, etc)?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  43. Nõa. Leia aqui: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/exercicio-sim-mas-nao-o-que-lhe.html
    Eis um pedaço da postagem: "Este tipo de exercício, que realmente ajuda na perda de peso quando associado a uma dieta pobre em carboidratos refinados, é o Exercício Intervalado de Alta Intensidade, ou HIIT em inglês. Há muitas variações. Alguns exemplos são pedalar em uma bicicleta ergométrica com toda a força possível por 30 segundos, descansar 5 minutos, e repetir o ciclo mais algumas vezes. Ou correr o mais forte possível por 30 segundos, caminhar ou correr devagar 5 minutos, etc. Exercícios com peso com altas cargas e baixo número de repetições obtêm efeitos similares. Você deverá ter a orientação de um profissional qualificado para isso, é óbvio.

    O importante é a mudança de paradigma: ao invés de fazer 90 minutos de tediosos exercícios aeróbicos 5x por semana, vc faz 20 minutos de exercício vigoroso 2x por semana. Não é mágica, e a literatura esportiva dá total suporte a esta abordagem."

    2013/6/14, Disqus :

    ResponderExcluir
  44. Percebi que não tinha sido muito clara na minha pergunta, então a editei. Eu queria perguntar: o senhor acha mais produtivo para queima de gordura fazer musculação + aeróbico no mesmo dia 2 vezes por semana ou em dias alternados (ex: musculação de segunda e quinta e esteira de terça e sexta) ? Existe um limite de tempo de treino de musculação e quantidade de exercícios (já me falaram para não fazer mais de 11 aparelhos/dia para não desgastar o musculo)?

    ResponderExcluir
  45. Percebi que não tinha sido muito clara na minha pergunta, então a editei. Eu queria perguntar:
    o senhor acha mais produtivo para queima de gordura fazer musculação + aeróbico no mesmo dia 2 vezes por semana ou em dias alternados (ex: musculação de segunda e quinta e esteira de terça e sexta) ? Existe um limite de tempo de treino de musculação e quantidade de exercícios (já me falaram para não fazer mais de 11 aparelhos/dia para não desgastar o musculo)?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  46. Eu acho que o exercício aeróbico deve ser praticado apenas no contexto de diversão e/ou jogo (praticar um esporte, competir, etc, ao ar livre e se a pessoa gostar disso). De resto, é praticamente inútil para perda de peso e é demorado e é chato (pra mim): uma pessoa andando numa esteira por uma hora ao mesmo tempo de lê a Caras não está perdendo gordura, está apenas perdendo TEMPO. Vá levar os filhos pra pedalar no parque e receba em troca sol (vitamina D), interação social e os beneícios de redução do stress. Em termos de retorno pelo seu investimento, HIIT é MUITO mais negócio, assim como musculação. Mas vou deixar o Felipe Piacesi dar sua opinião aqui, pois ele é da área.

    Em 14/06/13, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  47. Olá, Tania! É exatamente o que o Dr. Souto falou. Esqueça os aeróbios se o objetivo com eles for emagrecimento. Foque seu trabalho na musculação em exercícios complexos como supino, puxada ou remada, agachamento e levantamento terra. Esqueça caneleiras e exercícios que te dizem ser para o bumbum. Utilize uma margem de repetições máximas com velocidade de execução controlada. Ex: 8 a 12 repetições máximas com uma carga que você não consiga atingir a 13a repetição e uma velocidade de execução na qual você gaste 2 segundos na fase concêntrica, 2 na excêntrica. Certamente há um limite de séries diárias para se obter os melhores resultados. Algumas pesquisas mostram que a partir de um dado número de séries (conjunto de repetições), a secreção de hormônios catabólicos é mais evidente que dos anabólicos, como exemplo, o cortisol, que tende a catabolizar massa muscular e armazenar gordura nos adipócitos da região abdominal (me corrija se estiver errado, Doc!). A propósito, os aeróbios são pródigos em catabolizar nossa massa muscular justamente pela secreção desses hormônios. Apresente ao seu corpo estímulos eficientes e você precisará de pouco tempo na academia. Não há um aluno que treinando sob minha supervisão não saia com as pernas literalmente bambas após duas séries de leg press, uma série de agachamento, duas em uma cadeira ou mesa flexora e duas de flexão plantar. Total: 4 exercícios, 7 SÉRIES.
    Espero ter ajudado.
    Abçs.

    ResponderExcluir
  48. George Guedes Pereira14 de junho de 2013 19:40

    Durante centenas de milhares de anos corremos em duas situações: quando estávamos caçando ou sendo caçados (isto em locais em que o clima, relevo e vegetação permitiam). Eram em geral corridas curtas ( máx 500 m) e de grande velocidade. Correr 5, 10, 20, 42 km, é antifisiológico. Não tem tênis que proteja ossos e cartilagens! Nunca ortopedistas trataram tantas lesões de joelhos tornozelo e coluna. A saúde de um indivíduo não se resume a um bom ccondicionamento cardio respiratório. O preço que se paga é muito alto!

    ResponderExcluir
  49. "A plataforma vibratória é uma plataforma que gera vibrações que estimulam diversas partes do corpo humano ou lugares específicos, o que em teoria simula uma atividade física normal.

    Esta tecnologia não e nova. Na antiga URSS atletas e astronautas já dispunham dos benefícios das vibrações mecânicas para se manterem em forma.

    Alguns dos benefícios que a plataforma promete são: emagrecimento, condicionamento físico, estimulação do sistema hormonal, prevenção de osteoporose, redução da celulite, fortalecimento muscular e melhoria no fluxo sanguíneo.

    Tais benefícios podem ser obtidos fazendo 3 sessões de 15 minutos por semana, de acordo com os fabricantes."

    ResponderExcluir
  50. Lilian, busque uma academia para puxar ferro com pesos crescentes a cada semana e poucas repetições. Ou venda esse aparelho e compre uma bicicleta ergométrica, aumente a resistência para muito pesada, e pedale até quase morrer por 30 segundos, descansando 2 minutos e repetindo o ciclo por 2 até 5 ciclos. O ÚNICO exercício que pode te trazer resultados rápidos com pouco investimento de tempo é de ALTA intensidade - e alta é ALTA. Porém de CURTA duração, até pq é impossível fazer alta intensidade por mais do que alguns segundos.


    Em 25 de junho de 2013 08:29, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  51. Obrigada pela dica, Dr.

    ResponderExcluir
  52. Dr. Souto! - Primeiramente parabéns pela iniciativa de divulgar uma ideia tão polêmica quanto a vida com low-carbs.

    Sigo a "dieta" paleo low-carbs a algum tempo, inconscientemente através do Emagrecerdevez.com! - Não tenho palavras para expressar o quão melhor me sinto em todos os aspectos.

    No momento estou com a seguinte dúvida: Prático Jiu-Jitsu de 2 a 3 vezes por semana. Os treinos são intensos, exigem muito do condicionamento físico, resistência muscular e respiratória.

    Meu objetivo é continuar perdendo gordura (atualmente estou em 24% de BF, tenho 178cm de altura e 84kg) e manter/aumentar a massa magra.

    Alem do Jiu-Jitsu, prático musculação 2 vezes por semana. Não faço HIIT pois acredito que o Jiu-Jitsu já trabalha essa parte de alta intensidade.

    Minha dúvida: Mantendo a baixa ingestão de carbs com essa rotina de treinos vou prejudicar o ganho/manutenção de massa magra no meu corpo?

    Muito obrigado e parabéns novamente!

    ResponderExcluir
  53. Vitor, creio que não.


    Em 25 de junho de 2013 23:23, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  54. logico que Dr. Souto nao recomendaria.

    ResponderExcluir
  55. Dr, mas os seguidores da PRIMAL sugerem uma caminhada de baixo impacto de 2 a 5 horas por semana, pois nossos ancestrais caminhavam todos os dias, subindo e descendo terrenos acidentados, relevos etc. Mas só corriam de vez em quando, para caçar ou para fugir. Por isso recomendam sprints uma vez por semana http://www.marksdailyapple.com/action-item-4-exercise-primally-move-lift-and-sprint/#axzz2Xq5mXa3z

    ResponderExcluir
  56. Sim, mas é caminhar para respirar ar puro, para socializar com a família/amigos, para fazer o sangue circular nas pernas, para sintetizar vitamina D no sol, para regular a síntese de melatonina, ajudando assim a regular o sono e combater doenças. NÃO É fazer exercício aeróbico em esteira ou máquina elíptica, gastando de 60 a 90 minutos mantendo a frequência cardíaca a 65% do máximo na ilusão de que estará queimando qualquer coisa que não seja seu precioso tempo e dinheiro. Qualquer um que já tenha feito uma dieta low carb sabe que queima-se MUITO mais gordura sentado no sofá apenas restringindo os carboidratos. Se o objetivo for ajudar na PERDA de PESO, o caminho é o HIIT 1 ou 2x por semana e a musculação com carga pesada e pouca repetição.

    Eu caminho cerca de 2 Km por dia, pois vou a pé nos hospitais em que trabalho. Aproveito para ouvir os podcasts dos meus autores favoritos enquanto caminho. Isso é diferente de ficar como um hamster fechado dentro de uma academia olhando aqueles falsos e inúteis medidores de calorias.

    Em 1 de julho de 2013 20:36, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  57. Regiane Afonso Ramos11 de julho de 2013 12:04

    Dr. o que acha de fazer exercicios aerobicos em jejum para utilizar gordura como fonte de energia? A partir de qtos minutos o corpo começa a queimar?

    ResponderExcluir
  58. Quando vc não come carbs, vc passa o tempo todo queimando gordura, mesmo dormindo. O exercício aeróbico é a forma menos eficiente e mais tediosa de queimar gordura. Eu prefiro queimar gordura lendo o jornal ou escrevendo este blog, e quando faço exercício, faço com alta intensidade, com pesos que não consigo levantar mais do que 6 vezes, faço isso uma vez por semana e chega - isso aumenta a massa muscular de modo que vc possa queimar mais gordura ainda lendo e dormindo (pois a taxa metabólica basal aumenta). Se você GOSTA de algum exercício aeróbico, faça-o. Mas faça porque gosta, e não para queimar gordura.


    Em 11 de julho de 2013 12:04, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  59. Regiane Afonso Ramos11 de julho de 2013 20:03

    Obrigada Dr. pelos esclarecimentos....Uma dúvida: aquelas barras de proteinas, feitas de whey protein, estão liberadas? Pois elas possuem alto indice de proteínas. Qdo eu for comprar um iogurte, dou preferencia aos integrais ou 0% de gordura?

    ResponderExcluir
  60. Regiane, sempre dê preferencia às gorduras boas! Melhor os integrais. Melhor ainda é fazer o seu. Essas barrinhas que são feitas de whey, tem proteína, mas tbm tem carbs. Cada um tem uma tolerância individual aos carbs. Para um lanche, melhor queijos, presunto, ovo cozido, etc...

    ResponderExcluir
  61. Nunca achei nenhuma barra dessas que não fosse cheia de açúcar ou de poliois. O Jonathan Bailor sugere que só se compre uma barra que tiver 7 vezes mais proteína do que carbs. Exemplo: tem 5g de carbs? Precisa ter 35g de proteína. Caso contrário, ele classifica como um DOCE.


    Em 11 de julho de 2013 20:03, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  62. Já digo de cara que, das barrinhas nacionais NÃO existe nenhuma assim... Gostei do parâmetro!

    ResponderExcluir
  63. Regiane Afonso Ramos12 de julho de 2013 13:38

    Dr.Souto, Porque a maioria das pessoas dizem que uma dieta sem carboidratos perde-se muita massa magra?

    ResponderExcluir
  64. Porque são ignorantes
    Em 12/07/2013 13:38, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  65. Complementando esta minha afirmação:

    Nutr Metab (Lond). 2010 Mar 2;7:17. doi: 10.1186/1743-7075-7-17.

    Resistance training in overweight women on a ketogenic diet conserved lean body mass while reducing body fat.

    Jabekk PT, Moe IA, Meen HD, Tomten SE, Høstmark AT.

    Source

    Department of Sport Medicine, Norwegian School of Sport Sciences, Sognsveien 220, Oslo, Norway. jabekk@gmail.com.

    Abstract

    BACKGROUND:

    The aim of the present study was to compare the effects of 10 weeks resistance training in combination with either a regular diet(Ex) or a low carbohydrate, ketogenic diet (Lc+Ex) in overweight women on body weight and body composition.

    METHODS:

    18 untrained women between 20 and 40 years with BMI >/= 25 kg*m-2 were randomly assigned into the Ex or Lc+Ex group. Both groups performed 60-100 min of varied resistance exercise twice weekly. Dietary estimates were based on two 4-day weighed records. Body composition was estimated using Dual Energy X-ray Absorptiometry. Fasting blood samples were analyzed for total-, HDL- and LDL-cholesterol, triacylglycerols, and glucose.

    RESULTS:

    16 subjects were included in the analyses. Percentage of energy (En%) from carbohydrates, fat and protein was 6, 66, and 22 respectively in the (Lc+Ex) group and 41, 34, 17 in the Ex group. Mean weight change (pre-post) was -5.6 +/- 2.6 kg in Lc+Ex; (p < 0.001) and 0.8 +/- 1.5 kg in Ex; (p = 0.175). The Lc+Ex group lost 5.6 +/- 2.9 kg of fat mass (p = 0.001) with no significant change in lean body mass (LBM), while the Ex group gained 1.6 +/- 1.8 kg of LBM (p = 0.045) with no significant change in fat mass (p = 0.059). Fasting blood lipids and blood glucose were not significantly affected by the interventions.

    CONCLUSION:

    Resistance exercise in combination with a ketogenic diet may reduce body fat without significantly changing LBM, while resistance exercise on a regular diet may increase LBM in without significantly affecting fat mass. Fasting blood lipids do not seem to be negatively influenced by the combination of resistance exercise and a low carbohydrate diet.

    ResponderExcluir
  66. O detalhe IMPORTANTE: o que preserva a massa magra é a musculação. QUALQUER estratégia de emagrecimento pode levar à perda de massa magra se não for acompanhada de musculação. A diferença é que low carb funciona para emagrecimento, enquanto low fat/low calorie é ineficaz e ALÉM disso promove perda de massa magra.

    ResponderExcluir
  67. Regiane Afonso Ramos12 de julho de 2013 14:12

    Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  68. Qual exercício fazer? Emagrecimento baseado em evidências científicas. http://www.trustsports.com.br/textos_detalhes.php?id=62#.UeBUe0G1Fsl

    ResponderExcluir
  69. Sensacional, vou postar!
    Em 12/07/2013 16:14, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  70. E, se houver perguntas, TU Felipe, vais responder!
    Em 12/07/2013 16:14, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  71. MARK SISSON diz:

    - 3 a 5 horas de atividades de diversão

    - 2 sessões de musculação pesada com duração de até 30minutos/sessão

    - Sprints 1x/semana duração de 7 a 10 minutos

    Existem outros autores. Não sou da área, mas gosto da abordagem do MK. E não recomendo associar mais de uma modalidade por dia.
    De um descanso de 48 h entre as sessoes de musculação, é o que o pessoal diz, mas tu pode espaçar MAIS sem prejuízo. No mais, o Felipe aí de baixo te ajudou.

    ResponderExcluir
  72. Fabíola Oliveira17 de julho de 2013 14:24

    Pelo que entendi depende de seu objetivo. Se vc quer ganhar MM, se vc quer perder % gordura e manter sua mm; se vc já é uma atleta...tudo depende

    ResponderExcluir
  73. Olá doutor estou gostando muito desse blog e postei antes que eu queria começar a fazer Jiu-jitsu como exercício mas será estou fazendo a coisa certa? Odeio musculação, será que escolhi a atividade certa ou terei complementar com essa corrida com intervalos e musculação? grato, Faço jiu-jitsu três vezes na semana com duração de uma hora.

    ResponderExcluir
  74. Dr José, o difícil é achar *este* profissional, os intrutores da academia (q comecei este mes) riram de mim quando pedi um treino forte, *esta dieta é furada e se quiser emagrecer terá q fazer muito aeróbico, tá vendo aquele "fulano" alí está dando certo c/ ele desta maneira q te orientei" !!! Ui !!!

    ResponderExcluir
  75. Por isso a única solução para a maioria das pessoas é ser autodidata...

    Em 22 de julho de 2013 14:31, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  76. Felipe: tenho dificuldade para ganhar massa magra, principalmente nas coxas(especialmente parte interna e parte de tras da coxa. Tenho as coxas bem mais magras do que o restante do corpo) . Alem disso, minha família tem sérios problemas cardíacos, de modo que meu cardiologista recomendou o trabalho cardio-respiratorio na esteira ou bicicleta. Tenho feito o seguinte treino (feito por um professor da academia do meu predio), e agradeço muito se você puder avalia-lo para mim. O treino é sempre feito em 2 aparelhos alternados, por isso coloco o sinal de +, porque faço uma serie de um e uma de outro sem descanso:

    1)Terça e sexta: 2 de 10 de cadeira extensora + 2 de 10 de cadeira extensora com os pés bem afastados (para trabalhar mais a parte interna da perna) , 2 series de 10 repetições de afundo (sem intervalo entre as pernas), 2 de 10 de agachamento para parte interna da coxa + 2 de 10 de stiff,, 2 de 10 de leg horizontal + 2 de 10 de leg horizontal para parte interna da coxa, 2 de 12 de corda (tríceps), 2 de 12 com peso (tríceps) e 4 de 25 de abdominal.

    2)Quarta e sábado: 2 de 10 de supino + 2 de 10 de remada, 2 de 10 de bíceps com peso + 2 de 10 para ombro com peso e 3 de 25 para cintura. Alem disso faço 20 minutos de esteira ou bicicleta, sendo 4 tiros de 30 segundos e o restante do tempo ando ou pedalo lentamente.
    Quando vou viajar no sábado acabo fazendo somente um treino para tronco e 2 de perna, sendo que faço a esteira, que faria no sábado, em um dia de perna.
    agradeço muito se puder me ajudar.
    abraços
    Luiz

    ResponderExcluir
  77. Felipe: tenho dificuldade para ganhar massa magra, principalmente nas coxas(especialmente parte interna e parte de tras da coxa. Tenho as coxas bem mais magras do que o restante do corpo) . Alem disso, minha família tem sérios problemas cardíacos, de modo que meu cardiologista recomendou o trabalho cardio-respiratorio na esteira ou bicicleta. Tenho feito o seguinte treino (feito por um professor da academia do meu predio), e agradeço muito se você puder avalia-lo para mim. O treino é sempre feito em 2 aparelhos alternados, por isso coloco o sinal de +, porque faço uma serie de um e uma de outro sem descanso:

    1)Terça e sexta: 2 de 10 de cadeira extensora + 2 de 10 de cadeira extensora com os pés bem afastados (para trabalhar mais a parte interna da perna) , 2 series de 10 repetições de afundo (sem intervalo entre as pernas), 2 de 10 de agachamento para parte interna da coxa + 2 de 10 de stiff,, 2 de 10 de leg horizontal + 2 de 10 de leg horizontal para parte interna da coxa, 2 de 12 de corda (tríceps), 2 de 12 com peso (tríceps) e 4 de 25 de abdominal.

    2)Quarta e sábado: 2 de 10 de supino + 2 de 10 de remada, 2 de 10 de bíceps com peso + 2 de 10 para ombro com peso e 3 de 25 para cintura. Alem disso faço 20 minutos de esteira ou bicicleta, sendo 4 tiros de 30 segundos e o restante do tempo ando ou pedalo lentamente.
    Quando vou viajar no sábado acabo fazendo somente um treino para tronco e 2 de perna, sendo que faço a esteira, que faria no sábado, em um dia de perna.
    agradeço muito se puder me ajudar.
    abraços
    Luiz

    ResponderExcluir
  78. tenho dificuldade para ganhar massa magra, principalmente nas coxas(especialmente parte interna e parte de tras da coxa. Tenho as coxas bem mais magras do que o restante do corpo) . Alem disso, minha família tem sérios problemas cardíacos, de modo que meu cardiologista recomendou o trabalho cardio-respiratorio na esteira ou bicicleta. Tenho feito o seguinte treino (feito por um professor da academia do meu predio), e agradeço muito se você puder avalia-lo para mim. O treino é sempre feito em 2 aparelhos alternados, por isso coloco o sinal de +, porque faço uma serie de um e uma de outro sem descanso:

    1)Terça e sexta: 2 de 10 de cadeira extensora + 2 de 10 de cadeira extensora com os pés bem afastados (para trabalhar mais a parte interna da perna) , 2 series de 10 repetições de afundo (sem intervalo entre as pernas), 2 de 10 de agachamento para parte interna da coxa + 2 de 10 de stiff,, 2 de 10 de leg horizontal + 2 de 10 de leg horizontal para parte interna da coxa, 2 de 12 de corda (tríceps), 2 de 12 com peso (tríceps) e 4 de 25 de abdominal.

    2)Quarta e sábado: 2 de 10 de supino + 2 de 10 de remada, 2 de 10 de bíceps com peso + 2 de 10 para ombro com peso e 3 de 25 para cintura. Alem disso faço 20 minutos de esteira ou bicicleta, sendo 4 tiros de 30 segundos e o restante do tempo ando ou pedalo lentamente.

    Quando vou viajar no sábado acabo fazendo somente um treino para tronco e 2 de perna, sendo que faço a esteira, que faria no sábado, em um dia de perna.
    agradeço muito se puder me ajudar.
    abraços
    Luiz

    ResponderExcluir
  79. O melhor que você pode fazer com o que tem em casa é colocar duas caneleiras na cintura, dois pesinhos em cada ombro e agachar como neste vídeo.

    http://www.youtube.com/watch?v=_PMZOgtwuNw

    ResponderExcluir
  80. Boa Felipe! Gostei!!!

    ResponderExcluir
  81. Seria sim. Acho a corrida nesses casos muito problemática para as articulações. Nessas horas o elíptico na academia é muito útil. E musculação, sempre!

    ResponderExcluir
  82. Olá Luiz! Tem muita coisa para melhorar. Exercícios com execução incorreta, combinação inadequada de grupamentos musculares, erros conceituais, explicações incorretas, direcionamento para pequenos grupos musculares... De bom, o volume baixo e o HIIT. "O restante do tempo ando ou pedalo lentamente". Isto é inútil para promover qualquer melhora, já que você faz tiros intensos e provavelmente já está num nível de condicionamento em que esse estímulo é irrelevante. Você mora em Brasília? Se não, tenho prestado consultoria online, qualquer coisa, entre em contato.
    Abraços
    Felipe
    piacesi85@gmail.com

    ResponderExcluir
  83. Se eu estudar nutrição hoje, vou ouvir baboseiras na faculdade sobre a pirâmide alimentar, a importancia dos carboidratos na alimentação e porque devemos restringir consumo de gorduras? Se sim, nem vou começar.....
    Caso exista algum curso online sem essas baboseiras, gostaria de fazer. Quem souber por favor me indique. Obrigada!

    ResponderExcluir
  84. Sim, muitas baboseiras. Nos EUA há o Ancestral Health Symposium.

    Quem quiser, deve fazer nutrição, aguentar calado até se formar, para então poder ajudar as pessoas.

    2013/8/13, Disqus :

    ResponderExcluir
  85. Dr. Souto possuo a mesma dúvida. Hoje vou começar um plano de HIIT em bicicleta ergométrica. Total de 10 repetições sendo (15 segundos no limite + 1 minuto repouso). O que o senhor acha? Devo ingerir algo antes/depois ou para esta carga não há tanto desgaste e necessidade de algum carb..?

    ResponderExcluir
  86. Não precisa comer nada (se o objetivo for perda de peso). Faz 30 segundos no limite e 2 minutos de repouso. DUVIDO que vc consiga fazer mais do que 4 repetições disso. Se conseguir, é porque vc está muito condicionado, ou pq não está no limite.

    2013/8/29, Disqus :

    ResponderExcluir
  87. Acabei de fazer o plano. No meu polar deu uma média de 84% e picos de 92% de minha FcMax. Senti bastante as pernas principalmente nas últimas 3 repetições (sprints). Acredito não estar preparado ainda para sprints de 30 segundos, estava totalmente sedentário. Pra começar sinto que está dentro do que tolero no momento. o senhor indica 2x na semana em dias alternados ou outra maneira?

    ResponderExcluir
  88. Vê o que o Felipe Piacesi pensa - eu aprendi que é preferível fazer o esforço máximo por 30 segundos, mesmo que seja UMA única repetição. Daqui mais um tempo, 2 repetições, e assim por diante com o passar das semanas. Tu vais ficar tão dolorido que não vai poder fazer em dias alternados. Uma ou duas vezes por semana está ok.


    Em 29 de agosto de 2013 19:11, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  89. Luis, essa não é a forma ideal de começar. Tem que dar uma "amaciada no motor" primeiro. Precipitação não te ajudará, pelo contrário, poderá trazer malefícios. Assim como a musculação tem sua intensidade progressivamente aumentada até chegarmos ao nível de prescrever treinos tensionais ou de potência, o mesmo deve acontecer com o exercício cardiorrespiratório. O lance é começar intervalados leves a MODERADOS com progressão no volume e só depois redução no volume e progressão na intensidade. O último nível são os tiros de intensidade máxima e consequentemente duração curta, como os de 90 metros em 12,5 segundos que faço em campo de futebol. Entendo a pressa em emagrecer, mas paciência é palavra de ordem para não ter complicações que podem te obrigar a ficar parado, o que não é nada legal para quem pretende emagrecer e melhor seu estado de saúde geral. Abraços

    ResponderExcluir
  90. entendo este princípio, estou procurando respeitá-lo. Meu objetivo é passar 2 semanas desta forma que descrevi e depois ir aumentando. Me sinto tranquilo depois dessa primeira experiência, o que é um bom sinal. Sempre pratiquei atividades como ciclismo de estrada, corrida de rua, basquete, karatê. A máquina está um pouco enferrujada mas já ouvi falar de "memória do organismo" e imagino que em cerca de 1 mês devo estar em um nível bem melhor, respeitando sempre os sinais que o corpo vai enviar nessa retomada. Não tenho pressa para emagrecer, meu objetivo no momento é ter um "plus" para melhorar a qualidade no meu organismo. Como o HIIT é prático (pelo menos para mim) resolvi testar hoje. Achei muito bom, e se realmente vier resultados diferentes (melhores) de quando eu realizava atividades aeróbicas de maior duração vou continuar e tudo será lucro! Obrigado pela orientação.

    ResponderExcluir
  91. De qualquer maneira, você recomenda que esta amaciada seja feita de que forma? Sprints com fcmax de 70%, menos tempo? menos sprints? sem sprints inicialmente?

    ResponderExcluir
  92. Sim, 2' ou 3' nessa intensidade e 2' a 4' bem leve. A amplitude da frequência cardíaca é importante para caracterizar o intervalado. Ah, um check-up cardiológico bem como uma consulta com um cardiologista explicando os planos é sempre algo bem vindo.

    ResponderExcluir
  93. Obrigado Felipe, vou procurar fazer o recomendado.

    ResponderExcluir
  94. Fernanda Neves Ramos6 de setembro de 2013 14:23

    A nem Felipe... quero vc como meu personal. hehehe. Não aguento mais ficar duas horas na academia fazendo spinnig e uma hora de musculação com muitas repetições e continuar com o mesmo corpo de sempre. :(

    ResponderExcluir
  95. Felipe como personal seria maravilhoso MESMO!

    ResponderExcluir
  96. Presto consultoria online, Fernanda. Se tiver interesse. piacesi85@gmail.com
    Abçs.

    ResponderExcluir
  97. Felipe, esses exercícios servem para enrijecimento tbém? To emagrecendo e ficando flácida.

    ResponderExcluir
  98. Sem dúvida. Acho que não há uma dieta sequer que sem fazer musculação não se perca também massa magra (certo, Souto?), daí vem a flacidez.

    ResponderExcluir
  99. Eu penso muito em fazer nutrição, até porque, já eliminei 28kg só com alimentação low carb e o auxílio da musculação e do treino funcional. Mas acabo me deparando com essas babaquices de pirâmide alimentar e de carbo pré- treino pra dar energia afs

    ResponderExcluir
  100. Estudo medicina e mesmo na faculdade, meus colegas e professores acham que eu estou errada em tentar seguir ou orientar os pacientes a seguirem o estilo de vida paleo. Penso em fazer endocrinologia. Quem sabe ajudo mais assim?

    ResponderExcluir
  101. Seria sensacional ter uma endocrinologosta para indicar - mas, obviamente, vc terá que engolir MUITO sapo de professores e preceptores até lá. Mas vale a pena! As coisas só mudarão quando a sua geração tiver os 20 anos de formado que tenho agora!

    O principal, Bruna, é ir construindo sua biblioteca de artigos, saber recitar a literatura na ponta da língua - contra fatos não há argumentos.
    Estuda aonde?


    Em 24 de setembro de 2013 15:33, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  102. Estamos no mesmo barco. Sofrido mesmo...

    ResponderExcluir
  103. Estudo na UFAM. Já estou montando uma biblioteca com todas as minhas referências, assim eles pelo menos terão que respeitar o que eu digo, ja que tem embasamento e relevância científica. Estou no internato e meu próximo módulo é o da clínica médica. Até lá tenho que está com tudo pronto. É muito triste pedir pro paciente adotar hábitos que farão ele ficar ainda pior.

    ResponderExcluir
  104. Caro Souto,


    No caso de treinos de força/musculação, qual deverá ser o foco: Força (exercícios compostos) ou exercícios isolados (hipertrofia)?


    Obrigado!

    ResponderExcluir
  105. Não vejo como separar força de hipertrofia. O foco é em exercícios com grandes grupos musculares (agachamento, leg press, supino, etc), pois são os que mais liberam GH e mais aumentam a sensibilidade à insulina.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 14/10/2013 17:18, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  106. Dr., boa tarde. Faço LCHF desde março, já perdi bastante peso e hoje acho que estou com uns 3Kg "a mais". Estou praticando musculação a 1 mês, 3 vezes por semana. Desde que comecei, meu peso aumentou cerca de 2Kg, e minha balança indica que aumentei minha % de gordura. Sei que não é uma forma precisa, mas pelo menos consigo verificar a variação, já que tenho anotado esses dados a alguns meses. Minha alimentação tem apenas carbs de verduras e legumes, sendo que algumas vezes por semana faço o teste com fitas e elas indicam alguma cetose. Tenho acompanhado o livro dieta TNT, mas ainda não estou fazendo as recargas de carbs. Com o objetivo de hipertrofia e sumir com a barriga, que é onde ficou esse restante de gordura, qual seria a melhor estratégia? Tomo whey, 25g prot 1 vez por dia, devo tomar mais que isso? Nesse 1 mês de musculação não percebi nada de hipertrofia. Será que devo iniciar HIIT também? Grato.

    ResponderExcluir
  107. Olá Marcelo,

    não confie em balanças que medem percentual de gordura! Melhor do que essas balanças é a fita métrica. Tem gente que se beneficia muito das recargas. É preciso testar, não tem uma regra. Mas acho 1 mês de musculação bem pouco pra ver resultados. HIIT é sempre bom!

    ResponderExcluir
  108. Acho que vou tentar uns 2 dias por semana de HIIT na bicicleta ergométrica. Sobre a balança, a 1 mês atrás ela deu 1% a mais de % de gordura do que a avaliação da academia, acho que até se aproximou bastante. Fiz algumas medidas com a fita métrica também, e se eu não errei muito, minha cintura aumentou 1cm. Vamos aguardar o HIIT e mais tempo de musculação para ver o que acontece. Tenho comido sem calcular quantidade de nada nem calorias. Aí fico em dúvida se é pouco para hipertrofia ou é muito, não tenho muita noção. Abraço.

    ResponderExcluir
  109. Marcelo, vc já pensou em usar a orientação de um profissional de educação física? A parte da dieta, siga por aqui, mas o resto... Para acompanhar seu progresso, precisa no mínimo de um software e um profissional habilitado a avaliar as medidas e dobras cutâneas. E para planejar seus treinos. Eu usaria uns 40g de proteínas no pós-treino.


    Em 11 de novembro de 2013 16:04, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  110. Olá Dr., bom dia. Fiz apenas a avaliação da academia, onde foram feitas todas as medidas e colocadas num software. Me disseram para refazer a avaliação em 3 meses. E os treinos é o próprio professor da academia que tem montado, escolhendo os exercícios/séries/repetições. Tenho usado whey 24g todos os dias como "café da manhã", e nos dias de treino, mais 1 dose de 24g logo após. É uma whey isolada importada marca 4ever fit, nem sei se é boa, fui pela indicação da vendedora da loja. Sobre o treino, são exercícios como supino, leg press, abdominal, pulley, hack, etc. Nesse 1 mês só percebi que consegui aumentar um pouco a carga que levanto, mas aumento muscular eu não percebi nada mesmo. (ansiedade de iniciante). Grato.

    ResponderExcluir
  111. Aumento de carga = aumento de músculo. As fibras musculares não pode fazer mais força, elas são podem aumentar em volume e em número. Fica tranquilo.

    Em 12 de novembro de 2013 07:31, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  112. Dr, bom dia. Surgiu uma dúvida. Consegue-se hipertrofia com musculação 3 vezes por semana e jejum intermitente em outros 2 dias? Penso que poderia acelerar a perda da gordura abdominal. Grato.

    ResponderExcluir
  113. SIM!


    Em 13 de novembro de 2013 09:35, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  114. Dr. bom dia. Li no emagrecerdevez que o corpo só consegue absorver de 8 a 10g de proteínas por hora, ou seja, uns 20g numa digestão de 2 horas. Esta "velocidade" de absorção está correta? Se for por volta disso mesmo, tomar 40g de proteínas de uma única vez não vai fazer com o que o corpo jogue fora uns 20g? Grato.

    ResponderExcluir
  115. http://livinlavidalowcarb.com/blog/atlcx-episode-24-all-things-protein-protein-101-dr-donald-layman/15359
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/11/2013 08:40, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  116. Dr. Souto essa pesquisa no Canadá não é uma das que mostram que exercícios podem sim ajudar a reduzir a gordura corporal? Há poucos dias vc disse: "Nenhum estudo jamais demostrou que atividade física tenha impacto sobre o emagrecimento."
    Não consigo entender, porque eu também já li sobre outras pesquisas similares que demonstram que a atividade física influenciou a perda de peso.

    ResponderExcluir
  117. Sempre com dieta junto. Sempre que o exercício foi testado isoladamente, não funciona para emagrecimento. O que significa que as pessoas não estão engordando por falta de exercício, e sim estão deixando de ser exercitar pois estão ficando gordas (por causa da dieta), já que estar acima do peso dificulta o exercício e reduz a motivação. A causa e efeito estão invertidas.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 15/12/2013 10:56, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  118. Ah sim. Isso explica porque pessoas que tentam perder peso sem cuidar da dieta geralmente fracassam e o mesmo com corredores assíduos tem as suas barrigas de cerveja. Obrigada pelo esclarecimento Dr. Souto.

    ResponderExcluir
  119. Exato!

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 15/12/2013 11:11, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  120. Devorando o blog e tb os comentarios! Para quem eh magra e deseja engordar a massa magra, a paleo tb eh indicada? Sempre fui magra (1,67cm 53Kg), mas com um percentual de gordura entre 21- 25%, o que me causava flacidez, barriguinha localizada e celulite, mesmo sendo bem magra. Ha anos como low fat, massas integrais e adocantes como stevia. Nos ultimos 4 meses minha dieta se voltou mais a pratica de musculcao (5 xs por semana), carbs somente de aveia, batata doce, quinoa, arroz integral, suplementacao de whey, bcaa, creatina e caseina,, e vejo que fiquei com musculos mais aparentes, mas continuo magrela e com uma barriguinha leve no baixo ventre. Efeitos colaterais, uma amenorreia segundaria (3 meses sem menstruar)o que me faz repensar essa pratica. Gostaria de tentar um metodo mais natural e achei a paleo mto interessante, mas ainda tenho duvidas a respeito de ganho de massa muscular, tenho muito medo de perder quilos e parecer anorexica (O pouco de percentual de gordura q perdi, me fez parecer mto magra). Como a maioria dos posts e comentarios sao sobre emagrecimento, gostaria de saber se seria possivel adotar a dieta paleo LCHF em pessoas que desejam aumentar a massa magra e praticam musculacao. Vou adorar se precisar so malhar 2 vezes por semana, mas meu objetivo eh ganhar um pouco de peso (uns 5Kg no maximo) em forma de musculos, ou seja, nada exagerado, somente diminuindo a taxa de gordura e ganhando mais definicao. Eh possivel?

    ResponderExcluir
  121. Olá Yara,

    Faça páleo, e não faça LCHF!

    Do que listou, tiraria a aveia por conta do glúten, e os integrais por ser grão. Arroz branco é melhor, não tem as defesas químicas do integral que fazem mal pra gente. Leia esta postagem: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    ResponderExcluir
  122. Obrigada Patricia! A paleo nao eh necessariamente com alto teor de gordura das comidas de verdade? O Dr parece enfatico quando diz: ou eh low fat com carbs ou low carbs com fat. Continuo lendo o blog e achando algumas respostas e claro, mtas perguntas tb! Li que o Dr Souto respondeu a uma leitora que nao precisa emagrecer, q ela deveria fazer Paleo e nao cetose. Mas com baixo numero de carboidratos, esse nao seria um processo natural apos algum tempo? E a questao do mal halito? Ao meu ver uma das maiores vantagens da Paleo seria alterar os hormonios responsaveis pelo armazenamento de gordura, mas fiquei na duvida se isso aconteceria mesmo em dietas com uns 100gr de carboidratos por dia. Qual seria o papel das gorduras mais altas nesse caso? Qual seria a proporcao, gorduras/carbs para que seja vantajoso?.Ja fiz um mes sem gluten a 5 meses atras e nao notei diferenca, portanto ainda estou tentando entender as vantagens para meu caso (ou se pra mim seria como uma prevencao para problemas futuros, mas nunca a cetose), Todo o estudo eh interessantissimo de qualquer maneira. Se tiver alguma leitura para me indicar nesse sentido, seria otimo. Meu interesse eh queimar gordura localizada (acho um BF 15% ideal) e aumentar massa magra, mantendo ou ganhando mais peso, combinando dieta e musculacao. (ja encomendei a Men's Health TNT Diet). Obrigada mesmo pela atencao!

    ResponderExcluir
  123. Dr., faço exercícios em casa, geralmente com o peso do próprio corpo, agaixamento, abdominais , pesinhos e aeróbico na esteira! já entendi que devo ficar no meu limite por 30 segundos e descansar 1 minuto, mas como faço isso nos meus exercícios solo? Intercalo eles logo depois da corrida intensa?

    ResponderExcluir
  124. HIIT com corrida é mais seguro em uma subida íngreme. Melhor ainda é ergométrica com a resistência aumentada no limite. 30 segundos cada vez.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 13/01/2014 13:47, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  125. Mmm, entendi!!!Vou focar em fazer assim ate perder quanto preciso :)Onrigada!

    ResponderExcluir
  126. Anna Emilia Bragança Buffara16 de janeiro de 2014 13:16

    P-E-R-F-E-I-T-O. E se encaixa perfeitamente na filosofia CROSSFIT = Constantly Varied Functional Movements Performed at HIGH Intensity. Funciona e apaixona!!! Bora treinar gente!!! Bjos
    Parabéns DOC. Não canso de ler seu blog!

    ResponderExcluir
  127. Dr, eu ia comprar o BCAA por ter zero carb (segundo o rotulo), mas li em algum lugar na internet que ele faz com que o corpo secrete insulina e ai desisti. É verdade isso? Qual o melhor suplemento para quem está fazendo hiit e quer perder gordura?

    ResponderExcluir
  128. Doutor, então posso considerar que jogar futebol (que apresenta alguns momentos de grande explosão e muitos outros momentos mais "tranquilos") é mais eficaz para a perda de gordura do que caminhadas ou corridas, por exemplo?

    ResponderExcluir
  129. Sim

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 22/01/2014 14:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  130. Fico em feliz em ver alguém de Manaus aqui no blog. Às vezes me sinto uma andorinha voando sozinha....Assim que vc se formar vou ser a primeira a me consultar com vc : )

    ResponderExcluir
  131. Boa tarde Doutor.. Minha dúvida é sobre a musculação! Eu faço 30 minutos de HIIT, com 5 rounds, 60 segundos de cada exercício, com 1 minuto de descanso.. Mas e na musculação ? Eu devo fazer series menores ou maiores? Pouco peso e muitas repetições ou muito peso e poucas repetições? Meu objetivo é a PERDA DE GORDURA!!

    ResponderExcluir
  132. Poucas repetições, mais carga

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/01/2014 09:06, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  133. Obrigada pela atenção Doutor!!!

    ResponderExcluir
  134. Dr Souto, já uso os fundamentos da Dieta Paleolítica já tem um mês e percebi claramente os benefícios da mesma. Perdi peso (não era muito gordo, mas tinha aquela barriga horrivel), tenho mais disposição, não sou mais escravo da fome. Mas quero voltar a malhar e pesquisando bastante esbarrei nesse artigo: http://www.hipertrofia.org/blog/2013/12/11/dieta-paleolitica-o-bom-o-ruim-e-o-horrivel/.

    Faz tanto sentido quanto o que eu já li aqui. Mas e aí? O que voce pensa a respeito?

    ResponderExcluir
  135. Olá Ricardo,

    Já leu? http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/07/exercicio-e-emagrecimento.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/exercicio-sim-mas-nao-o-que-lhe.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/por-que-o-exercicio-fisico-tambem-nao.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/01/o-cerebro-nao-precisa-de-glicose-o.html

    " Estando cetoadaptada, você pode praticar qualquer esporte em qualquer intensidade sem nenhum caboidrato e sem hipoglicemia - afinal, você carrega no mínimo umas 50 ou 80 mil calorias de gordura - e após um período inicial de cetoadaptação, você passa a ter acesso a esta fonte inesgotável.Veja o site da Cláudia Vilaça que, aos 50 anos, está competindo como fisiculturista amadora fazendo uma dieta de ZERO carbo - claudiafitblog.blogspot.com.br - olhas as fotos, e vais compreender que nenhum de nós treina
    tão pesado - e ela usa óleo de coco como energia para os treinos."

    ResponderExcluir
  136. Gustavo Campos de Azevedo11 de fevereiro de 2014 10:23

    Oi Dr. Este Posta ta muito bom. Semelhante ao que diz o Tim Ferris no livro dele.
    Eu corro 6Km três vezes por semana e faço musculção.
    As vezes faço esses treinos intervalados de alta intensidade, mas eles são muito cansativos e levão a exaustão. Tenho dúvidas sobre o benefício cardivascular em virtude da alta intensidade.
    O post tá muito bom. Parabéns!

    ResponderExcluir
  137. Gustavo Campos de Azevedo11 de fevereiro de 2014 10:32

    O Mark Sisson também recomenda que as corridas longas são "antifisiológicas", apesar de ele ter sido maratonista. Mas é apenas uma teoria. Os benefícios da atividade física são comprovados pela ciência, não?
    E o físico do Mark acho difícil de ter sido construído apenas com dieta paleo e o programa de exercicios que ele recomenda no site.....parece que ele é favorável ao uso de testosterona.....
    De qualquer modo, é apenas um comentário, longe de ser uma crítica. O Blog esta muito bom e o senhor de parabéns pela iniciativa de abordar esses assuntos e trazer ao conhecimento e discussão.

    ResponderExcluir
  138. Todo o exercício é melhor que o sedentarismo.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 11/02/2014 10:32, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  139. Dr., o sr. conhece algum estudo onde os autores mostram pessoas que seguem esta dieta há um tempo significativo e estão saudáveis? Tenho dúvidas devido aos nosso ancestrais morrerem precocemente.

    ResponderExcluir
  140. http://primalbrasil.com.br/expectativa-de-vida-dos-nossos-ancestrais/ http://primalbrasil.com.br/como-viver-mais-de-110-anos-com-a-dieta-primal/ http://thepaleodiet.com/long-term-scientific-verification-of-the-paleo-diet/
    2014-02-13 16:31 GMT-02:00, Disqus :

    ResponderExcluir
  141. Doutor, eu treino judo em nível muito forte... estou conseguindo ir só com o almoço que faço as 12h30... e o treino é só as 8 da noite... treino bem... não fico fraco e nem com tontura...


    mas o negócio é que APÓS o treino eu continuo sem fome... posso ficar sem comer até o almoço do outro dia, que não tenho problema...


    isso teria algum problema ???


    posso fazer isso pelo menos uma vez por semana ???

    ResponderExcluir
  142. Pode sim!

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 21/02/2014 09:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  143. Doutor e Felipe, tenho 39 anos e venho de uma dieta hipocalórica (Vigilantes do peso) onde emagreci 23 quilos em oito meses. Meu hdl está baixo (49) e minha glicose, apesar de ter caído muito, ainda não é a ideal (100). Depois de muito pesquisar, resolvi começar a low-carb no sábado dia 22 e estou me sentindo muito bem. Já fazia um treinamento do tipo circuito 4 x por semana na academia (1 hora de duração). Em média 40 minutos de musculação intercalados com blocos de 5 minutos de esteira alternando trote e caminhada. Funcionou muito bem até agora porque só perdi um quilo de gordura. Ainda tenho 7 para perder. Posso continuar com a atividade física ou preciso interromper até estar ceto-adaptada? Confesso que estou sentindo falta da academia.

    ResponderExcluir
  144. Apenas cuide a intensidade no início

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/02/2014 13:29, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  145. Eu disse um quilo de gordura, mas quis dizer um quilo de massa magra! Muito obrigada pela resposta. Vou pegar leve nos primeiros dias e ver como me sinto.

    ResponderExcluir
  146. Olá! Estou no processo de emagrecimento há 1 ano e consegui reduzir meu BF de 39,5 para 27. Minha meta é chegar a um BF de 17%. Comecei a LCHF há aproximadamente 1 mês e tenho me sentido muito bem. Tenho lido muito o blog (o que as vezes me deixa um pouco "tonta" com tanta informação :)) e na semana passada fiz 3x AEJ, com exercício de baixa intensidade (pedalando confortavelmente). Lendo no blog sobre o HIIT, decidi testa-lo hoje e o fiz com 5min de aquecimento + 17 min intervalado (15seg correndo forte + 1 min de caminhada) com 5 min de desaquecimento. Fiz em JEJUM e em momento algum me senti fraca ou tonta. Lendo alguns posts e comentários, fiquei com uma dúvida: Fazer o HIIT em jejum é errado? Se sim, o que devo ingerir antes de realizá-lo? Fazer musculação em jejum é indicado? Normalmente, faço aeróbio e musculação no mesmo dia. Como devo planejar os exercícios e alimentação?! Obrigada.

    ResponderExcluir
  147. Estando cetoadaptada, pode fazer em jejum.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/03/2014 13:54, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  148. Amelia Schwarzeluhr18 de abril de 2014 21:28

    ainda bem que eu li isso, estou fazendo muitas repetiçoes com pouca carga! vou mudar! grata!!

    ResponderExcluir
  149. Vim em busca dessa sua resposta Dr. Já tinha lido. Mas quero conferir novamente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  150. Patrícia Wagner Paz15 de maio de 2014 21:16

    Após essa preciosa informação do Dr Souto, vou mudar meu plano de musculação à partir de 2ª feira!

    ResponderExcluir
  151. Patrícia Wagner Paz15 de maio de 2014 21:25

    Patrícia Ayres.
    Também gostaria de saber o motivo pelo qual faço musculação 5x por semana, páleo sem carb á 01 mês e nem se quer emagreci 3kg?!
    Será que a cetose não está funcionando para mim?

    ResponderExcluir
  152. lowcarb-paleo.blogspot.com/2012/11/expectativas-versus-realidade.html

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 15/05/2014 21:25, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  153. Antes de qualquer coisa: 1 mês é pouco tempo. Não é preciso estar em cetose para emagrecer e estar em cetose não é garantia de que emagrecerá mais rápido. Depende de tantas coisas... o que você está fazendo na musculação, quantos precisa realmente emagrecer, como é seu tipo físico, quantos anos passou estragando seu metabolismo, sua microbiota intestinal, hormônios, sono, stress, receitas, ansiedade...

    ResponderExcluir
  154. Folhas não precisam nem devem ser contadas, e quanto mais, melhor


    2014-05-30 9:48 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  155. O treinador da academia me orientou a consumir carbos antes do treino. Perguntei a ele uma fonte de carbo que aconselharia. Respondeu: Pão. Morri.

    ResponderExcluir
  156. Insulina alta e açúcar no sangue: vai queimar o quê??


    2014-05-30 12:51 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  157. E quanto ao pãozinho que citei.

    ResponderExcluir
  158. Bom, aí teria que calcular num fatsecret da vida

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 31/05/2014 12:06, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  159. Patrícia Wagner Paz6 de junho de 2014 15:53

    Bom.
    Meu Biotipo é "Forte". (Não sei o termo correto)!
    Tenho costas larga, quadril e coxas grossas desde criança. Eu pesando 62/65kg para os meus 1.54 já fico com um corpo bom, vestindo 40, 42!
    Se fosse possível eu te enviava uma foto minha para você ver...

    ResponderExcluir
  160. Boa tarde à todos,

    em relação a musculação, a fala desse Dr. faz sentido?

    Obrigada.

    https://www.youtube.com/watch?v=OVE_leA1QlA&index=16&list=UUdKg0aioEqn_tbfBGz_ltFw

    ResponderExcluir
  161. Dr, tenho asma e outros problemas respiratórios. Se corro um pouco já fico ofegando. Teria como eu fazer ou HIIT ou fará mal pra mim? Ou melhor, fará bem pra mim? rs Por favor, nunca acho informações sobre isso e tenho medo de ter um ataque de asma no meio da academia!

    ResponderExcluir
  162. Alta chance da asma melhorar com páleo. O exercício vc fará na medida em que for melhorando, e de acordo com a recomendação do seu médico


    2014-07-11 10:15 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  163. Eu tinha asma, e usava bombinha todos os dias...

    ResponderExcluir
  164. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO17 de julho de 2014 10:42

    Dr. Souto, é possível aumentar a massa muscular com a dieta low carb e treino intervalado de alta intensidade (musculação)? Gostaria de ler um pouco mais sobre isso. Agradeço se houver indicações. Abraços

    ResponderExcluir
  165. Com musculação sim. HIIT não é pra isso.

    Leia http://www.estantevirtual.com.br/q/volek-jeff-campbell-adam-dieta-tnt
    Sent from mobile phone
    Em 17/07/2014 10:52, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  166. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO17 de julho de 2014 17:10

    Eu conheço o trabalho do Adam por meio da Mens Health. Estou seguindo um plano low-carb que ele propôs em um artigo publicado, e estou obtendo grandes resultados com perda de gordura corporal. Vou comprar o livro! Obrigado pela indicação!

    ResponderExcluir
  167. Ola Dr Souto fiquei confuso, estou em uma dieta low carb a duas semanas, estou comendo a cada tres horas, frango grelhado com arroz integral , claras de ovo com torrada as vezes substituo a clara por ricota, estava correndo de 30 a 40 minutos em jejum por dia mais vi o seu blog e queria saber se pode me ajudar estou sem tempo para academia e queria queimar gordura para buscar pelo menos a definição muscular vc pode me dar alguma dica por favor

    ResponderExcluir
  168. Não, você não está fazendo uma dieta low carb, nem perto disso.

    Torradas?? Arroz?? Claras sem gemas??

    Comece por aqui: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/01/dieta-paleolitica.html
    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/01/como-devo-comer-comida-de-verdade.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/01/o-que-comer-no-cafe-da-manha.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/01/quais-frutas-comer-e-em-que-quantidade.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/01/reflexoes-sobre-postagem-anterior.html
    Sent from mobile phone
    Em 18/07/2014 18:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  169. Dr. Souto, estou entrando na 4 semana da dieta LCHF, e tenho medido com uma certa frequência minha glicemia, e a mesma tem apresentado medições baixas com alguma frequência, na faixa entre 57 e 61.

    Estou bem obeso, não sou diabético, mas imagino que um dos motivos que me levaram a engordar foi o tal desequilíbrio hormonal (Resistência a insulina e leptina).

    A primeira questão é, com este níveis de glicemia posso fazer exercícios de forma segura, pois também andei medindo as cetonas (sangue) e elas não passam de 0.5 ?

    A segunda questão é, será que apesar da obesidade, posso não ter resistência a insulina ?

    ResponderExcluir
  170. Olá Fabio,

    Com 4 semanas LCHF já está adaptado, pode sim fazer exercícios. Os bons níveis de cetona são a partir de 0.5, segundo Phinney e Volek. Já o Andreas Eenfeldt sugere entre 1.0 e 5.0 como uma cetose 'otimizada'. O Jimmy Moore conseguiu bons resultados tbm com menos de 1.0. Parece haver um consenso de que não há vantagens em ficar acima de 5.

    Quanto aos exercícios, leia: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    ResponderExcluir
  171. Obrigado pela resposta Patricia. A matéria indicada eu já tinha lido, tentei inclusive lá buscar a resposta a uma das minhas dúvidas.

    O meu receio é que devido aos meus indicadores de glicemia estarem um bocado baixos, seja um sinal de que não estou totalmente adaptado para uma rotina de exercícios aeróbicos e com pesos.

    ResponderExcluir
  172. O corpo usa também ácidos graxos livres, não apenas corpos cetônicos e glicose.

    Nossos antepassados não sabiam bioquímica, não mediam nada, comiam o que estava disponível e faziam o exercício que a vida exigia (e que não era pouca coisa).

    Apenas VIVA.

    Sent from mobile phone
    Em 18/07/2014 21:31, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir