segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Restaurante páleo em São Paulo

Nos EUA, eles estão por todo o lugar, mas é bom saber que restaurantes Páleo-amigáveis estão surgindo no Brasil:

https://www.facebook.com/cincobocas



Restaurante Cinco Bocas
Restaurante e Rotisseria.
Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 1280
Fone: (11) 2476-5006

Exemplo de cardápio:


Nos EUA, por exemplo, já é possível encontrar opções até em aeroportos (foto tirada no Aeroporto de Atlanta, enviada via twitter):
Link permanente da imagem incorporada

Ou seja - o mercado oferece as coisas quando há demanda: cabe a nós criar a demanda e, quando os produtos surgem, prestigiá-los.

50 comentários:

  1. Meus pais viajam e passam o dia todo fora. as vezes dormem fora. Eles estão na paleo/low carb a um tempo e comem super bem. As opções de vegetais geralmente são ENORMES. Ai carregam torresmo (daqueles prontos) no carro, castanhas, e as vezes alguns bolinhos paleo. No café, presunto e mussarela. E ñ tem nada mais fácil do que jantar low carb. Todo lugar serve omelete, picadinho, frango a passarinho, etc... vc esta certissimo. é desculpa de qm nem tentar qr.

    ResponderExcluir
  2. Mas um restaurante com comida totalmente paleo e até sobremesa ñ seria nada mal ;) E penso na padaria, pq é o mais dificil pras pessoas. Seria uma desculpa a menos.

    ResponderExcluir
  3. Bela iniciativa! E que venham outros!

    ResponderExcluir
  4. Eba! Quero ver muitos lanches paleo nos mercados heheh

    ResponderExcluir
  5. Pra mim, pelo menos aqui pelas bandas de Belo Horizonte, o mais difícil de comer fora é que todas as comidas são feitas com MUITO óleo de soja. Aí o cardápio fica restrito às folhas e a churrasco (o que não é nada mal), mas os legumes, como quiabo, chuchu, abobrinha, etc, vivem boiando em óleo de soja. Quem dera um restaurante PALEO por aqui, que cozinhasse os legumes na banha de porco ou na manteiga...

    ResponderExcluir
  6. Moro perto. Vou almoçar lá esta semana para testar e prestigiar.
    Perto da minha casa há um hortifruti com restaurante por quilo. Já começaram a preparar pratos com óleo de coco porque vários clientes pediram.
    Eu peço alterações em pratos, pergunto sobre o preparo de molhos... Assim ajudamos a criar demanda.

    ResponderExcluir
  7. As pessoas que eu conheço, não querem largar o maldito do PÃO!!!!

    ResponderExcluir
  8. Como a gente pode confiar nesses produtos? Existe algum órgão controlador "paleo" lá nos EUA? Eu tenho receio porque quando uma prática é brilhante e emergente, surgem muitos oportunistas.

    ResponderExcluir
  9. Não há como confiar em nada que não tenha sido morto para ser comido.

    Dito isso, a comunidade paleo é muito exigente, e as mídias sociais são implacáveis - e é isso que ajuda por lá.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 30/09/2013 18:24, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  10. Acho que não é um problema só de BH, aqui onde moro também é assim. Mas o que sempre me irritou, mesmo quando não seguia páleo, é justamente isso de cozinharem legumes no óleo. Não tem necessidade! Se cozinhassem só na água (ou vapor) além de mais saudável, dava pra gente colocar azeite e pronto.

    ResponderExcluir
  11. Isso que eu estava pensando: até nas redes de fast food dá pra comer páleo, na hora do aperto e da falta de opção melhor. No Subway, por exemplo, eles servem os recheios sem o pão, e a pessoa escolhe a proteína. No Giraffas também dá pra comer salada com a proteína de preferência, daí é só colocar azeite.
    Mas claro que iniciativas como a desse restaurante são bem-vindas, ainda mais com opção de sobremesa. Que beleza!

    ResponderExcluir
  12. Padaria páleo/low-carb seria um sonho. ;D

    ResponderExcluir
  13. Pra quem come carne pode ser, eu não como.

    ResponderExcluir
  14. Eles gostam de páleo, mas não rasgam dinheiro. É um negócio. Precisam servir os clientes "normais" também.


    2013/9/30 Disqus

    ResponderExcluir
  15. Luciano Palmeira Vieira30 de setembro de 2013 23:00

    Dr. Souto, eu sei que não condiz ao tema da postagem, mas você já teve a oportunidade de visualizar esse blog?: http://lowcarbpaleo.blogspot.com.br/
    Usa o mesmo nome do seu, porém com informações contrárias, tentando desacreditar a dieta low carb/páleo.
    O seu blog é ótimo, parabéns! Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Sim :-)

    Sugiro não ir lá, para não dar ibope.


    2013/9/30 Disqus

    ResponderExcluir
  17. Luciano Palmeira Vieira30 de setembro de 2013 23:20

    Rs... Fique tranquilo! Aliás, por favor apague o meu post - sem ibope. Era somente um alerta mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Em Porto Alegre haverá, também, em breve! (só conto quando abrir, he), e em Berlim há o Sauvage: https://www.facebook.com/sauvageberlin?ref=ts&fref=ts Eu não conheço, mas uma amiga que faz a dieta, sim. É de um casal, um é brasileiro e o outro, chileno. Servem carnes de caça com frutas e legumes da estação. Luxo, poder e glória na travessia do mar vermelho.

    ResponderExcluir
  19. Comi muita salada do Subway com frango grelhado. No China In Box batizaram uma salada mais caprichada com o meu nome. Era a salada do Luiz.
    Quem quer arruma um jeito; quem não quer arruma uma desculpa.

    ResponderExcluir
  20. Gente, algum em Brasília? Sniff...

    ResponderExcluir
  21. http://moglobo.globo.com/integra.asp?txtUrl=/saude/cardiologia-brasileira-vai-reduzir-nivel-considerado-bom-para-colesterol-ruim-9812899

    Dr. Souto, ja viste esta reportagem?
    Tá parecendo que os laboratórios querem lucrar ainda mais.
    Quais sao os 2 estudos citados na matéria jornalística?
    Abraço

    ResponderExcluir
  22. Estudos que mostram uma redução infinitesimal no risco cardiovascular em pessoas de alto risco. E a mortalidade geral não muda.


    2013/10/1 Disqus

    ResponderExcluir
  23. Terias o link dos referidos estudos?
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  24. Conheci esse blog recentemente e achei sensacional. Eu já havia mudado minha alimentação nos últimos anos baseado em algumas dezenas de livros que li, mas não sabia dar um nome para a dieta que sigo (resultado do conhecimento adquirido em diversas fontes diferentes). Agora descobri, sigo quase que uma dieta paleo.

    Apesar de nunca ter tido problema com sobrepeso, sigo uma alimentação saudável. Há um ano não tomo refrigerante e tampouco sucos, apenas água, chá e café (sem açúcar e sem adoçante, gosto de apreciar o gosto do café). As raras ocasiões que tomo suco é de melancia ou laranja (desde que o único ingrediente sejam as frutas, sem adoçar ou adicionar água). O que eu faço é comer comida de verdade e para minha dieta mudar para paleo basta eliminar o pão do café da manhã e diminuir um pouco a quantidade de frutas aumentando as gorduras.

    Por causa desse blog tomei a decisão de eliminar o trigo da minha dieta (vai ser fácil, visto que a única fonte frequente é o pão do café da manhã). Posteriormente pretendo eliminar os outros grãos.

    Em relação aos Snacks paleo eu acho uma "heresia". Acho que paleo vai muito além de reduzir os carboidratos, eliminar o açúcar e os grãos. O maior ensinamento é comer "comida de verdade", diferente desses salgadinhos industrializados. Para falar alguma coisa eu deveria ver primeiro a lista de ingredientes desses snacks, mas parece ir na mesma linha de atuação da indústria alimentícia. Nesse caso acho que esse produto é mais voltado aos celíacos (gluten free) do que aos seguidores da dieta paleo.

    Além disso, gostaria de sugerir uma atenção do blog em relação recomendação do consumo de comidas como salsicha (cuja quantidade de carne é de cerca de 50% e contém ingredientes tais como amido de milho, açúcar, proteína soja, aromatizantes, estabilizantes, corantes e conservantes). Ou seja, não acho que enquadre no conceito paleo.

    Como um próprio colega citou, em diversos restaurantes a la carte é fácil encontrar pratos paleo (carnes + vegetais), além da possibilidade de substituição dos carboidratos por mais vegetais. O problema fica por conta do uso de óleos refinados no preparo dos alimentos, assim é melhor pedir um assado ou grelhado na manteiga.

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  25. Conheci esse blog essa semana e achei sensacional. Eu já havia mudado minha alimentação nos últimos anos baseado em algumas dezenas de livros que li, mas não sabia dar um nome para a dieta que sigo (resultado do conhecimento adquirido em diversas fontes diferentes). Agora descobri, sigo quase que uma dieta paleo.

    Apesar de nunca ter tido problema com sobrepeso, sigo uma alimentação saudável. Há um ano não tomo refrigerante e tampouco sucos, apenas água, chá e café (sem açúcar e sem adoçante, gosto de apreciar o gosto do café). As raras ocasiões que tomo suco é de melancia ou laranja (desde que o único ingrediente sejam as frutas, sem adoçar ou adicionar água). O que eu faço é comer comida de verdade e para minha dieta mudar para paleo basta eliminar os grãos e diminuir um pouco a quantidade de frutas aumentando as gorduras.

    Por causa desse blog tomei a decisão de eliminar o trigo da minha dieta (vai ser fácil, visto que a única fonte frequente é o pão do café da manhã). Posteriormente pretendo diminuir os outros grãos.

    Em relação aos Snacks paleo eu acho uma "heresia". Acho que paleo vai muito além de reduzir os carboidratos, eliminar o açúcar e os grãos. O maior ensinamento é comer "comida de verdade", diferente desses salgadinhos industrializados. Para falar alguma coisa eu deveria ver primeiro a lista de ingredientes desses snacks, mas parece ir na mesma linha de atuação da indústria alimentícia. Nesse caso acho que esse produto é mais voltado aos celíacos (gluten free) do que aos seguidores da dieta paleo.

    Além disso, gostaria de sugerir uma atenção do blog em relação recomendação do consumo de comidas como salsicha (cuja quantidade de carne é de cerca de 50% e contém ingredientes tais como amido de milho, açúcar, proteína soja, aromatizantes, estabilizantes, corantes e conservantes). Ou seja, não acho que enquadre no conceito paleo.

    Como um próprio colega citou, em diversos restaurantes a la carte é fácil encontrar pratos paleo (carnes + vegetais), além da possibilidade de substituição dos carboidratos por mais vegetais. O problema fica por conta do uso de óleos refinados no preparo dos alimentos, assim é melhor pedir um assado ou grelhado na manteiga.

    ResponderExcluir
  26. Jussara, pão low carb é meio bizarro, mas há aqueles pães de forma, quadrados, congelados, de fécula de mandioca e de arroz, os pães de linho. Cada fatia tem 40 g e, depois de ter largado o trigo, você realmente não consegue comer duas fatias inteiras, porque enche muito. Eu como um pacote desses pães por mês, em média. É excelente na manteiga, com ovo, ou com queijo, depois de esquentado na manteiga. Vende-se, em Porto Alegre, nos compartimentos destinados a celíacos e a quem consome comida natural congelada. Onde há pão sem glúten, os pães são menores e mais consistentes, então se come menos. (Quase lançando a Frente para a libertação do glúten! Alguém me enumere uma coisa boa que esse troço faz à saúde!!!).

    ResponderExcluir
  27. Dr. Souto, vejo o pessoal usando muito óleo de coco nas dietas LCHF mas o Atkins desaconselhava o seu uso pois por se tratar de trigicerídio de cadeia media MCT o seu corpo iria usa-lo como energia ao invés de usar a gordura corporal. Qual sua opinião ?

    ResponderExcluir
  28. Oi, Katarina, obrigada pela dica. Eu não sinto falta do pão ou do trigo, de maneira geral, coisa que acho incrível, mas sinto falta da praticidade que o pão me dava nos meus momentos de preguiça; eu nunca fui de jantar comida, comia lanche, e sinto um pouco de falta disso. Eu gostava de comer atum com pão integral, fazia um sanduíche rápido ralando cenoura, colocando azeitona, alface e mais alguma coisa. Não gosto de comer o atum puro, só com salada; daí nessas horas me faz falta o tal do pão, mas nesse sentido. Você falou em ovo, e eu adorava comer ovo com a gema mole, molhando o pão nela... Bom saber que pão sem glúten é mais consistente e saciante.

    ResponderExcluir
  29. Aquele frango grelhado do Subway não é muito "seco" para LCHF, não? Em termos de gordura, já verifiquei que almondegas é o recheio com mais gordura. E rosbife, o que acham do ponto de vista LCHF? E dos molhos oferecidos, algum aceitável alem do azeite?

    ResponderExcluir
  30. Dr. Souto,muito obrigado por ter me passado o texto.
    É impressionante!! Lembro de uma frase do ex-governador Colares: "estatística é a arte de espremer os números até que eles confessem o resultado que buscamos". Em muitos casos, como desse estudo, é isso mesmo.
    O que me deixa pasmo é que ninguém da comunidade científica brasileira sequer levanta alguma suspeita sobre os resultados de um estudo desses, o qual deveria ser empregado para comprovar que as estatinas não trazem benefício significativo!! Os profissionais simplesmente aceitam tais diretrizes infundadas e as aplicam nos pacientes. Uma aberração.

    ResponderExcluir
  31. Qual nome do lugar? Natural da Terra ou aqueles HortiFruti?

    ResponderExcluir
  32. O frango era a melhor opção na época
    Almôndega, geralmente, é engrossada com trigo
    Rosbife = carne assada
    Os molhos contém maionese que é feita com óleo de soja

    ResponderExcluir
  33. Qual seria o problema com a carne assada? seria a minha primeira escolha tb....pq não???

    ResponderExcluir
  34. Nenhum. Foi só uma observação, Valéria. Certo Luiz?!

    ResponderExcluir
  35. Problema nenhum. Apenas respondi ao Felipe o que acho de Rosbife do ponto de vista LCHF.

    ResponderExcluir
  36. Oi Douglas,
    O Natural da Terra só servi uns lanches, sucos e sushis, pelo que sei.
    O Oba na Av. Macuco tem um pequeno restaurante por kg no segunda andar. Era prático porque dava para aproveitar o horário de almoço para fazer compras.
    Nas duas últimas vezes que almocei lá, tinha legumes preparados com óleo de coco. Nada mal para um kg. Não conheço as outras unidades e não sei se é geral ou não.
    Também não tenho voltado a comprar lá porque o trânsito da Av. Ibirapuera ficou impraticável depois das mudanças na 23 de maio.
    Abço.

    ResponderExcluir
  37. Ah esses Kg são para atender o pessoal que trabalha pela região, sempre quis encontrar um assim para comer a noite hahah Preguiça de cozinhar em casa!
    É verdade, ontem eu senti isso na pele, por volta de 8PM estava tudo parado!!

    ResponderExcluir
  38. A quantidade de ingredientes não-páleo na salsicha viena é relativamente pequena, quase irrelevante. Linguiça é a mesma coisa.
    http://www.paodeacucar.com.br/produto/18940/salsicha-viena-frigor-hans-500g
    http://www.paodeacucar.com.br/produto/170501/salsicha-viena-de-tripa-de-carneiro-eder-bandeja-500g


    Já aquelas salsichas mais baratas, tipo hot-dog, deixam um pouco a desejar.
    http://www.paodeacucar.com.br/produto/46637/salsicha-hot-dog-aurora-bandeja-600g

    ResponderExcluir
  39. Era só o que faltava, aparecer gente com blogs "genéricos". Ou pior, "similares" tentando clonar o blog do doutor, esse sim de referência! É a falta de criatividade e inteligência tentando minar o que as evidências e fatos comprovam. Mas força Dr. Souto. Não dá para agradar gregos e troianos. E tudo que revoluciona sempre atrai invejosos. E nesse caso, um despeitado sem conteúdo.

    ResponderExcluir
  40. É isso aí!


    Em 4 de outubro de 2013 10:03, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  41. Vejam este depoimento: Mac Donalds cetogenico: http://cetose.blogspot.com.br/2012/04/mc-donalds-cetogenico.html?showComment=1381304591568#c5248504355976855156

    ResponderExcluir
  42. fala ñ... elas falam ' ñ consigo ficar sem...' sobre pão e arroz. dai eu falo 'então continue comedo e tome remedio daqui uns tempo. causa isso isso e isso.

    ResponderExcluir
  43. Eu descobri uma receita de pao de couve flor no google, nao que eu sinta falta do pao nem nada, mas anteontem eu fiz e ficou muito gostoso, meu marido amou, mas como nao vicia comeu só uma fatia. http://www.claudiadalpozzo.com.br/coluna-da-ca-saudavel-pao-com-farinha-de-couve-flor-aromatizado-com-alecrim/ a mulher ensina fazer a farinha de couve flor e depois o pao, o meu nao foi igual o dela, usei farinha de banana verde no lugar do farelo de linhaca... neste momento estou fazendo farinha de berinjela, quero tentar fazer milanesa e fritar, depois eu conto aqui, hoje consegui um fermento sem glúten no bairro chines (Em Buenos Aires onde moro nao tem nada das modernidades daí, tudo é pao, batata, emapanadas, pastas de todo tipo e pizza, comer fora tá quase descartado, exceto pelo churras com salada, o que é magnifico). Eu fiz um molho de bolognesa seguindo os conselhos do Dr Souto, mas fiz com tomate natural, pq os comprados tem acucar, o conselho: carne de segunda, mais barata, mais gostosa e com as gordurinhas saciantes. Piquei repolho e, cru mesmo, joguei o molho por cima e queijo ralado do bom (agora comemos pouco, entao nos damos pequenos gostos). Marido e eu nao aguentamos comer muito, mas alguém acredita se eu disser que ficou muito, mas MUITO melhor que macarrao?

    ResponderExcluir
  44. Priscila do céu, eu também juro que pensei, mas aqui onde eu moro por enqto nao rola... eu traduzo os textos do Dr Jose Carlos do portugues para o Espanhol para as minhas amigas, há uns dias atrás ngm me dava bola mas quando viram que perdi muito peso em poucas semanas e fiquei com a pele linda e comendo horrores de tudo o que pode, todas querem saber o que eu fiz, acho isso o máximo... Ando inventando receitas, adaptando algumas que já existem, só que ainda nao me acostumei com as quantidades, faco bastante e nao aguentamos comer hahahahahaha

    ResponderExcluir
  45. kkkk poisé. eu vou testando e tals. mas aqui onde moro tbm é bem pequeno... só q somos nós 3 (eu, pai e mãe), daí quase ñ tem sobrado. Vou te passar uma receita muuuito boa e q ajuda MUITO a 'converter' o pessoal ou ao menos convence-los a testar uma semana (assim se interessam e pesquisam).

    RECEITA:
    4 OVOS
    100 G DE MANTEIGA
    4 COL DE SOPA DE CACAU EM PO
    1/2 CAIXINHA DE CREME DE LEITE
    1 E 1/2 DE COCO RALADO FINO
    1 COL DE SOPA DE FERMENTO (USEI ROYAL)
    COLOQUEI UMAS 30 GTS DE ADOÇANTE SUCRALOSE
    MODO DE PREPARO:
    BATA NO LIQUIDIFICADOR OS 4 PRIMEIROS INGREDIENTES E DEPOIS MISTURE COM DELICADEZA O COCO E O FERMENTO, UNTE UMA FORMA COM MANTEIGA E LEVE AO FORNO POR UNS 20MIN+ - E PRONTO...A FAÇA UMA CAMADINHA DE CREME DE LEITE CHOCOLATE E MANTEIGA PARA COLOCAR POR CIMA!!!!FICOU DE MAIS!!!



    A versão branca é só trocar o cacau em pó por mussarela (queijo) ralado. Espero q goste! Isso anima o pessoal tentar aqui, pq substitui o pãozinho. Parabéns pelo seu trabalho, de estar traduzindo. provavelmente está ajudando mt gente!!! Se começar uma padaria q exporte produtos me avise! e pq ñ faz um blog com as receitas? se tiver, depois me passa xD obrigada e bjs!

    ResponderExcluir
  46. Menina, eu nao acreditava que podia crescer esse bolo! Fiz e ficou divino, todo mundo amou!! Eu realmente nao gosto de nenhum edulcorante, mas fiz o de chocolate! Acho que hoje vou fazer a versao branca, depois te conto!!

    ResponderExcluir
  47. Q bom q gostou! Fiz a versão branca com coco ralado no lugar do cacau, em vez de mussarela, e ficou melhor ainda! Me conta sim. E se tiver face, adiciona os grupos da dieta lá, q eles postam bastante receitas. Eu tenho feito várias, até sorvete Chicabom eu fiz esses dias xD

    ResponderExcluir
  48. Mas...e o amido contido na carne de hambúrguer ??

    ResponderExcluir