sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Páleo no programa Ana Maria Braga

Mais uma bem-vinda peça de divulgação.

Me parece que ficou muito bom, em termos de mídia nacional. Bem verdade que evitaram-se temas polêmicos (Não restringir gordura, eventual restrição maior de carboidratos para pessoas que precisam perder mais peso ou são diabéticas). Em contrapartida, não houve o tradicional médico/nutricionista dando o contra no final.

Confira:

http://gshow.globo.com/programas/mais-voce/O-programa/noticia/2014/02/disposicao-e-qualidade-de-vida-saiba-tudo-sobre-crossfit-e-dieta-paleolitica.html


(não consegui fazer os vídeos funcionarem aqui - clique no link acima e assista os vídeos diretamente no site da Globo)
Dieta Paleolítica e CrossFit: receita de disposição e melhor qualidade de vida
Nesta alimentação, a ingestão de carboidratos é baixa e é proibido o consumo de industrializados, laticínios e cereais; confira explicação de nutricionista
28/02/2014 às 09h52
Atualizado em 28/02/2014 às 10h59
  •  
Frutas, verduras e limite de gordura! Especialista dá dicas para evitar o câncer (Foto: Banco de Imagens Stock.xcng)Frutas, verduras e legumes são liberados na Dieta Paleolítica (Foto: Banco de Imagens)
Você já ouviu falar em CrossFit e Dieta Paleolítica? O Mais Você desta sexta-feira (28) explicou tudo sobre estas novidades que prometem melhorar a qualidade de vida e aumentar a disposição. O CrossFit é uma combinação de movimentos feitos de maneira muito intensa, com pequenas pausas e em pouco tempo. Os exercícios movimentam o corpo todo e utilizam grandes grupos musculares, o que aumenta a queima de calorias e acelera o metabolismo. Além disso, melhora a resistência cardiorrespiratória, a resistência muscular, a força, flexibilidade, agilidade e até o equilíbrio. Já a dieta é baseada na ingestão de poucos carboidratos, e é proibido o consumo de industrializados, laticínios e cereais.
Desafio Crossfit X Academia Convencional
Para saber se essa técnica tem mesmo um "diferencial", o Mais Você montou um circuito de sete exercícios e propôs um desafio entre praticantes do CrossFit e outros da musculação convencional para ver quem se sairia melhor. Robert Hernique, Abraão Rodrigues e Cristiane Evangelista representaram a academia tradicional, enquanto Francisco Javier (Chiquinho), Fernando Serek e Vivian Sakamoto, o CrossFit.
Depois de muito suor, o ranking dos homens ficou assim: Chiquinho em primeiro lugar com um minuto e 40 segundos, Robert com dois minutos e sete segundos, Fernando com dois minutos e quinze segundos, e Abraão terminou o circuito em dois minutos e cinquenta segundos. Já no desafio das mulheres, Vivian completou o circuito em dois minutos e cinquenta e dois segundos e Cris não conseguiu finalizar a sequência. “O tempo de recuperação é curto, tem que ter muito pique”, disse ela.
O preparador físico Joel Fridman explicou a diferença: “O pessoal da musculação está mais acostumado a trabalhar isolamento, segmentação, não estão acostumados com o corpo inteiro trabalhando junto. Abraão é campeão de fisiculturismo, mas quando tem que trabalhar maior amplitude, ele já está encurtado pelo trabalho de hipertrofia."
Dieta Paleolítica
Há alguns anos, os americanos começaram um movimento que propõe a volta à alimentação dos nossos ancestrais por meio da Dieta Paleolítica, em referência ao período pré-histórico. A ideia é resgatar o paladar e os benefícios dos alimentos que os homens das cavernas consumiam, ou seja, nada de produtos industrializados!
A nutricionista Andreia Naves montou uma mesa com os alimentos que entram no cardápio. “A premissa principal é não ter nenhum alimento industrializado. Temos as fontes de carboidratos (inhame, mandioca, cará e batata-doce), as especiarias (açafrão, manjericão seco, alecrim e cravo); as oleaginosas como fonte de gordura do bem, as proteínas (frango, peixe e carne), e frutas, legumes e verduras, que podem ser consumidos à vontade”, explicou. O que não deve ser consumido: farinhas, cereais, açúcar e todos os vegetais que crescem dentro de vagens, como o feijão e a soja.
A repórter Nadia Bochi conversou com alguns adeptos desta dieta. Muitos praticantes do CrossFit também estão aderindo a este tipo de alimentação. O empresário Márcio Atalla é um deles. “Comecei o CrossFit em um mês e a paleolítica, no outro. O primeiro benefício foi a disposição. O primeiro mês foi difícil, mas no segundo foi bem mais fácil, inclusive a recuperação do pós-treino. A recuperação muscular é muito mais rápida”, disse.
O empresário Marcelo Blumenfeld explicou que é importante diferenciar a Dieta Paleolítica da Dieta Proteica. Enquanto na primeira boa parte das calorias vem dos carboidratos ‘do bem’, na segunda, ele não é permitido. Aproveitando os ingredientes na mesa, os convidados montaram opções de café da manhã, almoço, jantar e até sobremesa na Dieta Paleolítica. Confira no vídeo acima!

61 comentários:

  1. Interessante a repercussão que a dieta esta gerando esses últimos tempos :) . Para quebrar os paradigmas mais "hardcores" (lipidofobia e colesterofobia, dentre outros) com certeza muitas muralhas terão de ser quebradas ainda

    ResponderExcluir
  2. Adorei !!!!
    Iremos conquistar o mundo!!!!

    ResponderExcluir
  3. Não falaram da gordura, isso que mostraram está longe de ser uma dieta páleo.

    ResponderExcluir
  4. A versão original, do Loren Cordain, defende carnes magras e proíbe laticínios. Sou mais a minha :-) Mas eles até que foram bem fiéis à Páleo do Cordain.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/02/2014 21:35, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  5. Um passo de cada vez. só de não pisotearem a carne já está ótimo! xD

    ResponderExcluir
  6. Relato:
    Após 10 meses de dieta Paleo (e 15 kg a menos), meu PALADAR MUDOU.
    Não compreendo ao certo o fato, mas o meu paladar mudou. Não tolero mais nem mesmo chocolate amargo, nem sal, nem edulcorante (adoçantes). Não consigo mais sentir prazer em muitos dos alimentos que muito "amava". Meu paladar mudou. Gostava muito de aceto balsâmico, de vinagre, de condimentos. Mas não mais. Não troco nada por vegetais temperados com limão. Apenas limão, com azeite. Sem sal. Não gostava de cenoura. Mas hoje, não troco cenoura e outros vegetais crus por nada. Adorava peixe na grelha, mas atualmente não troco nenhum peixe cozido por nada. Adorava omelete, mas não troco ovos cozidos por nada. Não compreendo bem o que se passa, mas percebo que meu paladar mudou, e muito. Não gostava de frutas, mas atualmente, me delicio com frutas não muito doces. Gostava muito de mel, mas não tolero mais. Ainda prefiro qualquer fruta ao mel. Iogurte, só em natura. Já escrevi muito, até demais, para não saturar quem esteja lendo. Meu paladar mudou. Nunca imaginei o fato. Mas mudou. Espero ter sido útil ou de algum modo claro para quem segue esta dieta. Não compreendo ao certo o fato, mas o meu paladar mudou e muito. E estou muito satisfeito com o fato. Como estou gostando de cenouras crus, que odiava anteriormente. Como estou gostando de iogurte in natura,......
    Mudanças nada esperadas, mas muito bem recebias... e aceitas....e saborosas....e Gratificantes......saborosas.....deliciosas.....

    ResponderExcluir
  7. Dr., na matéria menciona o feijão. Pode ou não pode?

    ResponderExcluir
  8. Tbm prefiro versão Dr. Souto!

    ResponderExcluir
  9. Quando falo pras pessoas que o paladar muda MUITO, a maioria não acredita! É maravilhoso, não é?

    ResponderExcluir
  10. Pra quem não sofrer de autoimunidade, pode

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/03/2014 00:54, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  11. Bom ... Honestamente a reportagem não foi sobre uma dieta paleolítica como deve ser , muito menos uma dieta low carb . quando uma pessoa , acho que foi uma nutricionista falou que na verdade os carboidratos estão em maioria na dieta paleo , eu parei com o vídeo . O que era aquilo , a mesma dieta da pirâmide alimentar . Frutas a vontade ??? então vc pode comer banana , melão , melancia , IG altíssimo . Foi isso mesmo , Manteiga nem pensar ?! gente !!! A meu ver , mais um papo de nutricionista . Essa reportagem deveria ser chamada de dieta sem carboidratos refinados . Ela estaria certíssima . Mais numa reportagem pra confundir as premissas da dieta Paleo , aí muita gente faz errado e vem falar mal depois . Aquela mesa com banana , mamão , uvas , morango .... Eu gostei , mas é tudo ao contrário do que tenho lido .

    ResponderExcluir
  12. Você falou que iria quebrar alguns paradigmas . você acha que a nutricionista estava certa quando falou que no café da manhã pode ovo , mas manteiga nem pensar ?

    ResponderExcluir
  13. até aonde eu sei, podemos comer frutas a vontade. desde que o peso esteja legal e não tenha sindrome metabolica. paleo não precisa ser low carb

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde

    A primeira vez que ouvi falar da dieta paleolítica foi num estudo antropológico/paleontólogo sobre a vida de grupamentos humanos na Era Paleolítica e não imaginava que seria utilizado atualmente. E fiquei surpresa com a aplicação aqui no Brasil e também com atividade física específica.
    Tenho lido os post desde ontem e considero as informações pertinentes. Tenho 36 anos e meus exames não apresentam alterações. Por recomendação do ortopedista para melhorar bursite nos quadris e fortalecer os músculos das costas, iniciei um programa de musculação a dez dias.Decidi iniciar a minha transição de forma mais lenta cortando grãos pela metade até total substituição e acrescentado vegetais indicados- atualmente não como nenhum. Fico um pouco preocupada em relação a quantidade de gordura mas experimentarei até ver o que é razoável para mim.
    Meu irmão tem 19 anos e faz musculação. Assistiu o programa da Ana Maria Braga e se interessou pelo tema mas, é renal crônico transplantado há dois anos e ficou diabético por conta da medicação imunossupressora (tacrolimo) e toma medicamentos para controle da pressão- a endocrinologista suspendeu a insulina e metformina para ver como o organismo dele se comporta levando em consideração que os exames estavam dentro da normalidade. Ele adora uma montanha de arroz com feijão no prato e zero vegetais e sabe que precisa mudar. Na condição dele é possível adotar esta dieta e fazer exercícios mais puxados? Se possível, quais as precauções que deve ter?

    ResponderExcluir
  15. http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/07/low-carb-e-diabetes.html
    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/05/dieta-e-perigosa-para-os-rins.html
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/03/2014 15:11, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  16. Beleza Doutor, mas frutas não foram feitas para consumir o ano inteiro mas sim somente na época. Frutose é um veneno!!!!

    ResponderExcluir
  17. Quando comecei a dieta, eu queria perder uns cinco quilos, então me mantive em cetose, com nada de frutas, muito próximo da indução de Atkins. Desde que fiquei satisfeita com meu peso, voltei a comer frutas todos os dias (eu amo, e tinha sido um grande sacríficio cortar), como mandioca, batata doce, chocolate amargo, e me sinto muito bem. Continuo perdendo peso, inclusive. Ainda faço low carb, mas low carb não precisa ser cetogênica. Manter uma dieta cetogênica por muito tempo pode ser contraproducente - muita restrição não estimula manter a dieta como estilo de vida.

    ResponderExcluir
  18. Tive essa mesma impressão... Dieta de acordo com a edição da globo.

    ResponderExcluir
  19. Não falar da gordura como o macronutriente principal ao meu ver não se trata de dieta paleolitica.

    ResponderExcluir
  20. Como assim, somente na época? Banana dá o ano inteiro, e eu compro e como o ano inteiro. Só que a base da minha alimentação não é a fruta, simples assim. Acho que você está confundindo páleo com LCHF.

    ResponderExcluir
  21. Aff ! Enfim ... Alguém teve a mesma visão . Pode ter certeza que depois que saiu na EPOCA , revista da própria emissora , e agora no programa da Ana Maria Braga , certamente terá um bando de gente fazendo ou tentando fazer essa dieta e sabe o que pode acontecer ? vão fazer besteira , e vão cair em cima do trabalho de quem faz um trabalho sério . Eu ainda não sigo uma dieta paleo , mas depois de vc ler uma coisa e em algumas semanas , vc no mesmo local obtém uma informação contrária ... fica a dúvida na minha cabeça .

    ResponderExcluir
  22. Eu ouvi e li que frutas são DOCES que a natureza oferece. Para um bom entendedor .... agora eu leio que quem não quer perder peso , pode comer a vontade . Então a dieta vai mudar de LCHF pra HCHF . se uma pessoa comer as gorduras boas que mandam comer e aliado a isso comer uvas , mamão , bananas , maça ... o que vai acontecer ? e a insulina ? Eu , uma vez ouvi numa entrevista a seguinte frase : tá com fome ? não coma fruta , coma uma salame . Fico perdido com tantas informações .

    ResponderExcluir
  23. Comecei com a dieta paleo LCHF há um mês e gostaria de saber se seria indicado eu realizar a atividade crossfitt, levando em consideração que estou sedentária há muito tempo. Mas as academias tradicionais não me agradam muito e a técnica do crossfitt me interessou pela variabilidade de atividades. Quais cuidados tenho que ter com a alimentação? Tenho indicação para ir para essa atividade agora?

    ResponderExcluir
  24. Salame é embutido. Procure pesquisar mais sobre alimentação e não acredito em tudo que ouve por aí.

    ResponderExcluir
  25. Frutose é veneno isso é fato. Pesquise mais sobre alimentação.

    ResponderExcluir
  26. Frutas foram feitas para consumir com moderação e verificando o seu índice glicêmico sempre.

    ResponderExcluir
  27. Olá Márcia,

    na maioria desses lugares, pode fazer aula experimental. Faça! Se está em LCHF há 1 mês já deve estar adaptada, não creio que precise de nenhum cuidado. Leia: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    ResponderExcluir
  28. Olá Luiz Carlos,

    pessoas que são naturalmente magras tem uma relação diferente com a comida. Pra quem não precisa emagrecer, não precisa se preocupar com isso. São metabolismos diferentes. Já leu? http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/01/sobre-galgos-e-bassets.html

    ResponderExcluir
  29. Veneno pra quem é gordo ou obeso, não é o meu caso.


    O dr Souto escreveu em um comentário acima:
    "Pessoas sem síndrome metabólica e magras não precisariam restringir frutas e raízes. E ao restringir açúcar é farináceos, ainda estariam no espectro low carb em relação à dieta ocidental padrão."



    Agora se você quer ir contra a pessoa que mais lê e estuda sobre essa dieta no Brasil, ok.

    ResponderExcluir
  30. Qual o problema do feijão?

    ResponderExcluir
  31. Paty , Querida ! Sempre vejo vc aqui respondendo ... A balança foi a minha maior inimiga desde sempre . Hoje sou magro , mas ela é a minha maior inimiga .De todas as dietas que eu já fiz na minha vida , a única que me surpreendeu , foi a que eu cortei os refinados . Sei exatamente o que vcs escrevem sobre o vício do açucar , eu era louco por isso , quando cortei , foram 2 semanas me desintoxicando mesmo . Agora falando da dieta eu comia frutas , ( nunca foi um problema pra mim ) não comia gordura ( acho que esse foi o meu problema ) , pois nesta dieta a minha memória foi para o espaço , mas a minha saúde física melhorou , resfriado nem sei o que é isso há 2 anos , e eu era daqueles que no verão ficava direto resfriado. Mas infelizmente , como em todas as dietas , no meu caso , a compulsão alimentar , a fome vem com tudo , principalmente quando já estou muito magro , por isso perguntei a dr souto , se tinha algo relacionado com hormônios . Estou magro , não como antes , engordei uns 5 quilos por causa dessa compulsão , ansiedade ... e vem tudo pra barriga .Pra vc ter uma ideia de quanto eu estava magro , todos , todos dizem que estou melhor assim , mas quem tem que achar ou não , sou eu . Eu amo a magreza ! Agora vc imagina , uma dieta em que eu tirei um grupo de alimentos ( refinados ) e comecei a perder peso num nível absurdo . O que mais eu queria na vida? mas eu venho lendo sobre os grãos , e sobre a gordura , pois a única explicação sobre a minha memória é a falta da gordura . E eu já fui a vários medicos e nutricionistas e o bla bla bla é sempre o mesmo . mandam eu comer carboidrato e tentam me convencer do que sempre me engordou . carboidratos , na minha opinião é o veneno do século . Eu tenho amigos que seguem a low carb paleo e estão saradas . beijos paty

    ResponderExcluir
  32. mas eu escutei isso . Eu acho que cada um precisa entender o que faz bem pro corpo ou não . Embutido é um veneno . já a fruta , como vc disse num outro post , comigo não traz problemas . vai entender ...

    ResponderExcluir
  33. Entendo seu posicionamento... Você ouvir dizer que as frutas que você consume estão fazendo a sua bomba insulina-glicose ter picos durante dia pode parece que você está se auto-sabotando. Pois bem, vc acha que não tem sidrome metabólica ou a proteína c-reativa acima de 0,5 só pelo fato de olhar para o espelho e não sentir acima do peso continue comendo suas frutas saudáveis. Para mim frutas devem ser consumidas só época. olha que eu não estou só falando das bananas...

    ResponderExcluir
  34. Frutose em excesso é um veneno, mas aí estamos falando de açúcar. Comer frutas da estação não se enquadra nisso.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/03/2014 19:54, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  35. O problema da frutose é pico da insulina que gera no corpo. Isso é problema que o corpo vai ter resolver após a ingestão, agora imagina isso em grande escalas.

    ResponderExcluir
  36. Estou mudando de opinião - isso não é religião. À medida que novas informações surgem, a mensagem ganha sutilezas. Leia minhas postagens sobre flora intestinal. Continuo achando que fruta não é um bom lanche, e sim sobremesa. E uma pessoa que comer frutas no almoço e na janta e uma batata doce inteira ainda assim estará comendo low carb (menos de 150g de carbs). Como deixei bem claro na segunda postagem sobre flora intestinal, até mesmo o efeito sobre a insulina é diferente quando se compara um suco de laranja com a mesma quantidade de açúcar na forma de água com açúcar.

    Se vc comer seu filé com ovo e salada (gorduras boas), comer frutas de sobremesa, e comer um enroladinho de presunto e queijo no meio da tarde, nada de ruim irá lhe acontecer, pelo contrário.

    A mensagem, de certa forma, está mais simples: coma comida de verdade, sem grãos e sem açúcar adicionado.

    Eu comecei com Atkins. Evoluí. Mudei alguns conceitos. Continuo achando que Atkins é MUITO melhor que a dieta ocidental padrão ou que a pirâmide alimentar - que fique claro. Continuo achando que comer low fat é um erro. Continuo achando que High carb é um equívoco. Mas comer frutas e raízes até 150g não é High carb.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/03/2014 20:49, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  37. Frutose não estimula a insulina. Frutose em excesso e isolada da nutrição (exemplo, açúcar, refri) induz síndrome metabólica, gordura no fígado, e insensibilidade hipotalâmica à insulina é à leptina. Essas coisas não acontecem com o consumo moderado de frutas (Leia as postagens sobre flora intestinal - à coisa vai muito além da insulina).

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/03/2014 23:23, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  38. HAHHH , não , isso não é religião . O senhor sabe que todas essas duvidas são geradas porque nos interessamos pelo assunto e no meu caso , eu gosto de participar e perguntar pra não sair fazendo um bando de besteira . Claro que num blog onde todo mundo tem acesso , a divergência de opinião é inevitável . mas acho que tudo no campo da tolerância e educação . Vou acompanhar sempre o post , se passei a ideia de ter sido mal educado ou grosseiro , essa não foi a intensão . Como respondi a Paty e até no post de flora intestinal , a gordura é que eu estou mais interessado em saber mais pois eu sofri muito com SII e prisão de ventre e com a perda de memória que tive com a minha dieta , mesmo tendo melhorado varias coisas como eu já lhe disse em particular . do que adianta não ficar resfriado , ter disposição , ficar magro , mas a memória ir pro lixo ? O intestino não funcionar e ficar igual a um verdadeiro Leão com raiva Enfim... sempre haverá duvidas . Obrigado por responder . Eu vou ler este blog desde o começo e não ficar pegando informações jogadas aqui e ali que eu acabo me perdendo . valeu !!!!!!!!!!!!!1

    ResponderExcluir
  39. Não foi mal educado não... quanto a intestino, amido resistente resolve!
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/03/2014 00:11, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  40. Não, não sou magra de só me olhar no espelho. Fiz exames recentemente, TODOS mais do que ótimos, graças a páleo, com exceção da vitamina D. Eu não tenho síndrome metabólica, nunca tive. :)
    Vou continuar comendo minhas frutas, sim, não resta dúvida. Um pouco de frutose por dia faz até bem, se você quer saber, pesquise direito. Eu não como uma dúzia de bananas nem de nenhuma outra fruta, até porque um pouco de fruta já me satisfaz, sempre foi assim, e agora que aprendi a comê-las após a refeição, fica ainda mais difícil exagerar. Não estou dizendo que frutas são ok para todo mundo, mas isso já está explicado em alguns posts aqui e nas respostas do dr Souto acima, então acredito que esteja subentendido.

    ResponderExcluir
  41. Obrigada patrícia mais uma vez, vou fazer a experiência então, depois te conto! Bjs

    ResponderExcluir
  42. Estou ha 6 semanas na dieta e os efeitos estão sendo ótimos onde já perdi 7 kg e estou apenas 2 kg do peso ideal. Minha esposa iniciou 2 semanas depois, ou seja, está ha 4 semanas e perdeu quase 5 kgs. Estranho que falam que laticinio nao pode mas estamos com queijo, salame, creme de leite, presunto, mortadela. Realmente tem que tirar os laticinios fora? Pelo que já li aqui no blog do DR. Souto é liberado. Se puderem me esclarecer agradeço. João Martins.

    ResponderExcluir
  43. Com certeza não. O bulletproof coffee (cafe com manteiga), por exemplo, eh um aliado de muitos daqui que praticam jejum intermitente. A questão eh que nesse programa ela descreveu a versão Paleo original do Cordain, que elimina laticínios. Manteiga eh um dos derivados do leite mais seguros (no quesito que provoca efeitos adversos para muita pouca gente), perdendo apenas para sua versão "purificada": o ghee. O certo num contexto paleo/lowcarb prescrito aqui seria: "Coma ovos feitos na manteiga sem pensar duas vezes" :)

    ResponderExcluir
  44. O feijão eh uma leguminosa. Essa categoria de alimentos acaba sendo não indicada para pessoas com problemas de autoimunidade por possuir alto nível de lectinas e outros anti-nutrientes (afinal, o feijão não nasceu querendo ser comido heheh), que podem aumentar permeabilidade intestinal e piorar os sintomas. Um modo de diminuir esses antinutrientes caso for preparar de qualquer forma, deixe muitas horas na água e a descarte-a (repita, se quiser) antes de cozinhar! (técnicas de soaking e sprouting)

    ResponderExcluir
  45. Eu sou uma. Confesso que não acreditava, mas o meu já mudou. 3 meses evitando frutas mt doces. Comendo basicamente coco, abacate e bagas, fui comer uma maçã verde e achei extremamente doce, nem cheguei a comer a metade. Outra tô tomando café preto ou apenas com creme de leite fresco. Fui provar com adoçante no fds pra parecer mais especial e achei muito ruim. Incrível! Eu que costumava tomar uma lata de leite condensado de uma vez...

    ResponderExcluir
  46. Dr. Souto, vc considera variedades de frutas indispensáveis numa dieta saudável? Eu não tenho incluído frutas na minha alimentação. Apenas abacate e bagas.

    ResponderExcluir
  47. Achei que ela foi infeliz naquela resposta. Ela deveria ter enchido a bola da manteiga e aproveitado pra dizer que é INFINITAMENTE mais saudável que óleos de sementes e existem gorduras boas, o problema é ingerí-las junto com carbs não Paleo. Tb achei estranho só ter carne sem um pingo de gordura na mesa. Devem ter pensado que é igual à Dukan. Enfim não sei se foi exigência do programa ou puro medo de causar polêmica e afastar as pessoas mais ainda do conceito Paleo, mas deixou um pouco à desejar.

    ResponderExcluir
  48. Acabei de saber que a nutri em questão não é adepta da Paleo e nem está familiarizada com a mesma, portanto não estava apta à ser entrevistada sobre o assunto. Foi ela também quem montou a mesa, onde havia até mesmo grãos, os quais foram retirados após um dos adeptos convencer a nutri de que eles não eram Paleo. :O

    ResponderExcluir
  49. Não é indispensável. Salada substitui.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/03/2014 20:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  50. É Páleo original, do Loren Cordain. Sem laticínios e com carnes magras.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/03/2014 20:47, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  51. Hahaha. Mesmo assim, ela foi olhar na internet e achou Páleo do Cordain.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/03/2014 21:03, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  52. Nós leitores do blog não estamos familiarizados com isso. Nem soa tão natural e muito menos paleolítico comer apenas carnes magras. Já laticínios td bem, meio mundo é intolerante mesmo. Penso que então ela estava certa em dizer que a base da dieta são os carbohidratos, pois se não fosse seria uma dieta de fome, sendo que não tem a gordura como fonte de energia. Sou mais a sua versão Dr. Souto. :-D

    ResponderExcluir
  53. O feijão tem antinutriente que interferem com a proteína zonulin?

    ResponderExcluir
  54. As lecitinas das leguminosas podem aumentar a permeabilidade intestinal.
    http://thepaleodiet.com/beans-and-legumes-are-they-paleo/

    Isso não significa que ninguém deva comê-los, mas responde à sua pergunta.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 03/03/2014 13:18, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  55. A pesquisa continua, haha. Vi essa entrevista com o Dr. Cordain e ele tb mudou seus conceitos sobre gordura saturada desde que escreveu a primeira edicão do livro "The Paleo Diet", mais tarde revisada. Ele fala sobre as pesquisas que mostraram que nossos ancestrais preferiam as carnes gordas, comiam os cérebros, os orgãos e as gorduras ao redor dos mesmos... Ele também acha a menteiga aceitável em uma dieta paleolítica, mas não esconde a sua abominacão pelo leite e seus derivados além da manteiga. :-)

    https://www.youtube.com/watch?v=52A3ayfxfTs

    ResponderExcluir
  56. Sim, é verdade, ele se atualizou um pouco


    Em 4 de março de 2014 09:57, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  57. Olá Filipe,

    Se vc não tem intolerância a laticínios, não tem problemas consumi-los. Tem vários tipos de abordagem sobre a paleo. Leia: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/01/reflexoes-sobre-postagem-anterior.html

    ResponderExcluir
  58. Prezado Daniel!!

    1) Não, não é possível. O que acontece é que cada 1g de glicogênio carrega consigo cerca de 3-4g de água. Assim, quando estamos em low carb e nossos estoques de glicogênio estão baixos, e passamos a consumir uma dieta rica em carboidratos, os estoques de glicogênio do fígado e dos músculos são preenchidos, o que num cara do teu tamanho explica facilmente o ganho de peso - PESO, não gordura. E digo mais, em menos de 7 dias esse peso desaparece voltando à dieta anterior.

    2) O M é diabético, e o arroz parboilizado, embora tenha um POUCO de amido resistente, tem um MONTE de amido normal, Se ele fizer suplementação de AR com polvilho ou fécula 4 colheres de sopa ao dia, aí pode comer um POUCO de arroz parboilizado de vez em quando, visto que o consumo diário de 30g de AR aumento MUITO a tolerância à glicose pois diminui a resistência à insulina. A melhor forma de preparar o arroz parboilizado é prepará-lo, congelá-lo, e depois descongelá-lo, pois assim cria-se mais AR tipo 3. E, além disso, eu comeria o amido resistente (fécula) de 3h até logo antes de consumir o arroz, pois isso também reduz muito o efeito glicêmico.

    3) Se tu pensares na flora intestinal como um ecossistema, tipo uma floresta, um ATB é como largar agente laranja de avião, algo de detona a floresta de forma indiscriminada, uma crime ecológico. Às vezes não há alternativa. Mas muitas vezes há. Sabes que a maioria das IVAS não precisa de ATB, por exemplo. Eu, atualmente, trato as ITU's sempre que possível com nitrofurantoína, por não ter concentração terapêutica no intestino.

    4) Não, AINE não ajuda. Pelo contrário, aumenta o risco cardiovascular (é um efeito de classe, não apenas do Vioxx). Eles só bloqueiam a COX, mas não interferem no resto da reação inflamatória, que é algo altamente complexo e que envolve um monte de mediadores químicos (IL6, TNF-alfa, e por aí vai), além das prostaglandinas. Os AINES tratam os SINTOMAS da inflamação, e não a causa - e é justamente essa abordagem da medicina - a de tratar sintomas sem eliminar as causas - que eu tento mudar. Infelizmente, não há atalhos!
    Grande abraço,

    Zé Souto


    Em 4 de março de 2014 19:51, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  59. Muito obrigado, mais uma resposta arrasa quarteirão, não deixa duvidas.Grato.

    ResponderExcluir