sexta-feira, 14 de março de 2014

A semana das manchetes positivas - 5 - Estado de Minas: Carbs e grãos produzem Alzheimer

A leitora Elaine Anunciação me mandou a reportagem abaixo, publicada no jornal o Estado de Minas.

A reportagem cita o sensacional e imperdível livro Grain Brain, do neurologista americano David Perlmutter:




Carboidratos e a glicose são prejudiciais para a saúde do cérebroEstudos recentes ligam o excesso de ingestão de carboidratos ao risco aumentado de complicações cognitivas. Especialista americano defende que as gorduras voltem a ser priorizadas nas refeições

Publicação: 28/02/2014 07:05 Atualização: 27/02/2014 22:05
 (Valdo Virgo/CB/D.A Press)
Os motivos para reduzir os carboidratos no prato ficam cada dia mais fortes. Batatas, pães, arroz e massas, principalmente os processados, são conhecidos por subir os ponteiros da balança e causar alterações muitas vezes graves nos exames de glicemia. O que não se esperava era a relação da comilança de carboidratos com o aumento do risco de doenças neurológicas bastante temidas, como o Alzheimer, a demência e outros tipos de distúrbios que trazem consigo a queda na cognição. Uma entrevista publicada na revista científica Alternative and Complementary Therapies acende uma discussão que divide opiniões entre os médicos. O professor David Perlmutter, do Instituto de Medicina Funcional em Washington, é categórico ao dizer que os carboidratos e a glicose são prejudiciais para a saúde do cérebro.

Ele argumenta que jornais e revistas respeitados têm publicado relatos de que níveis mais elevados de glicose no sangue são especificamente prejudiciais ao cérebro em geral e, mais especificamente, para o hipocampo, o mediador da função de memória. Um artigo na revista Neurology, por exemplo, relatou que elevações de glicose no sangue e da hemoglobina glicada (HbA1c) levam ao comprometimento da memória e ao encolhimento do hipocampo. Outro estudo no The New England Journal of Medicine demonstrou que, mesmo discretas, as elevações de açúcar no sangue podem ser traduzidas em um dramático aumento do risco para o desenvolvimento de demência. “É uma correlação profunda reconhecer que até mesmo elevações sutis de glicemia — bem abaixo dos níveis a serem considerados diabéticos — podem ser prejudiciais ao cérebro.”

Perlmutter lembra que um estudo no Journal of Alzheimer’s Disease também demonstrou que indivíduos que consomem alta quantidade de carboidratos tiveram um aumento de 89% no risco para demência. O resultado está em contraste com pessoas que adotaram dieta com alto teor de gordura e obtiveram uma diminuição do risco em 44%. Essa é a base dos aconselhamentos de Perlmutter. “Nós vivemos com essa noção de que uma caloria é uma caloria, mas, pelo menos em termos de saúde do cérebro, e acredito que para o resto do corpo haja grandes diferenças entre as nossas fontes de calorias em termos de impacto sobre a nossa saúde.”

Se alguém for assinante e conseguir o texto original, me mande por favor. Por enquanto, segue o original escaneado:





62 comentários:

  1. Como é bom ler estas notícias, é saber que estamos no caminho certo.

    ResponderExcluir
  2. Por outro lado, Edis, que continuar comendo pão logo vai esquecer dos seus problemas - e de tudo mais :-)


    2014-03-14 14:24 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  3. Segue o link dr
    http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2014/03/04/noticia_saudeplena,147769/dieta-com-excesso-de-carboidratos-pode-aumentar-risco-de-demencia.shtml

    ResponderExcluir
  4. Parabens pela postarem Dr. Souto e hoje especificamente parabéns pelo seu aniversário. Feliz Aniversário Dr.!!! Do teu colega Daniel.

    ResponderExcluir
  5. Que maravilha de notícia!!!!!!!!!!!!!!!

    Já comentei aqui que minha avó, de família italiana, hoje falecida, foi tratada por 8 anos como portadora de Alzheimer. A real causa do falecimento foi por hidrocefalia, mas até aí, ela já estava totalmente dependente e quase com demência total. Tomou estatinas por mais de 40 anos, e fez o exame genético subtipo APOE e não deu nada. Ainda ano passado eu questionava sobre a glicemia dela, apesar de saber que não podia fazer mais nada.

    Um mês antes do falecimento, alguém aqui, acho que o Luiz, me mandou um estudo sobre o efeito protetor do colesterol sobre as células nervosas e sua relação com o Alzheimer. Mas em vão, né? Infelizmente, não tínhamos o que fazer. Foi um processo bem doloroso.

    Hoje eu propago a ideia pra minha mãe e tias, mas pelo menos a primeira, não se convenceu de parar com a estatina :(
    Ainda não fizemos o tal teste genético pra saber se alguém tem a predisposição pra tal doença.
    E nunca, nunca, nunca vou tomar remédio pra baixar colesterol se ele estiver até nosso nível de aceitação, <240.

    Meu bisavô comia 5 ovos fritos na banha todo dia cedo. Dieta de gente da roça, só faleceu por velhice, mas tinha Parkinson. Saúde era de ferro.

    ResponderExcluir
  6. Obrigado, depois eu vou atualizar


    2014-03-14 14:48 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  7. :-)


    2014-03-14 15:13 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  8. Achei um video tao interessante, segue o link http://keybiotic.com/video_toon_click3.php
    Adoro esse seu site Dr Souto, vc arrebenta!

    ResponderExcluir
  9. Esse é link da matéria.

    http://sites.uai.com.br/app/noticia/saudeplena/noticias/2014/03/04/noticia_saudeplena,147769/dieta-com-excesso-de-carboidratos-pode-aumentar-risco-de-demencia.shtml

    ResponderExcluir
  10. E vamos comemorar mais uma boa notícia com um torresminho aí gente. Parabéns, também, por mais um ano de vida Dr. Souto, forte abraço.

    ResponderExcluir
  11. Heitor Robinson da Silva14 de março de 2014 16:02

    Olá, comecei a acompanhar o blog recentemente, e quero parabenizar, pelo trabalho fantástico, e também dar os parabéns, ao Dr.Souto que segundo, os posts abaixo hoje é seu aniversario.

    Tenho seguido a dieta na medida do possível, pois trabalho com alimentação e sempre há degustações e tenho que participar dessas mesmo, e infelizmente tudo tudo mesmo contém ou açúcar, ou farinha de trigo.

    Mas eu tenho algumas duvidas e gostaria de saber, se você poderiam me responder:

    primeiro, comprei um suplemento de omega 3, (li sobre a importância, dele no blog), mas pra mim não ficou claro a dosagem diária recomendada, e o curioso é que cada marca de suplemento recomenda uma dosagem, gostaria então de saber qual dosagem eu tomo? Também futuramente posso até mandar manipular.

    Segundo, como atualmente periodicamente, trabalho na rua, encontro muita dificuldade em me alimentar, nem sempre consigo achar um self-service, então como faço para me alimentar na rua? as vezes a unica opção que tenho, são butecos, e quando você olha para estufa só tem salgados que usam farinha de trigo, as vezes como ultima opção acabo comendo um kibe, sei que está fora ma talvez seja melhor que uma coxinha ou esfirra.

    terceiro: E também li em um post, que não precisamos comer de 3 em 3 horas, mas isso também pode ser aplicado quando se quer emagrecer? ( dizem que acelera o metabolismo), será que o resultado seria o mesmo? e também se se aplica no caso de uma dieta de ganho de massa muscular?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  12. sammacedorj@yahoo.com.br14 de março de 2014 16:23

    Eu penso que comer é que faz mal.
    Agora, mesmo, estou indo ao bar
    beber, beber e beber até esquecer
    que é o tiragosto que me faz mal.

    ResponderExcluir
  13. Sem dúvida, é um caminho sem volta, ou seja, pão nunca mais.

    ResponderExcluir
  14. Feliz Aniversário Dr. Souto. Que sejas muito feliz e cheio de saúde!!! Um abraço e muito obrigada por tudo.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns Dr.!!! Que a vida te abençoe sempre!!
    Você merece tudo de bom!
    Muito obrigada..!

    ResponderExcluir
  16. Primeiro de tudo, Feliz Aniversário Dr.Souto! E então, no lugar do presente, aqui vai uma dúvida e um artigo para o senhor estraçalhar em pedaços :) .

    Bem, é que tem uma pessoa que estou tentando convencer a largar o uso de óleos vegetais, mas essa pessoa insiste que ao menos o óleo de cartamo é excelente para a saúde e me apontou para este link: http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/plantas-medicinais-cartamo.html

    Algo neste artigo procede? Não consegui achar dados suficientes sobre a contagem de omega 9 por exemplo, que segundo este artigo *seriam* altas... Infelizmente, minha tentativa de explicar sobre óleos vegetais no geral não foram o suficiente para convencê-la. Então se possível, gostaria de sua opinião sobre este artigo.

    ResponderExcluir
  17. Parabéns! Quando tiver tempo dá um pulinho lá no grupo Dieta Paleolítica Low Carb que tá bombando de felicitações para você! :)

    ResponderExcluir
  18. Estava esperando essa notícia...
    Dr. Souto, queria aproveitar para felicitá-lo pelo seu aniversário e dizer que você é uma figura ímpar! Está mudando a vida de muita gente fazendo o que há de mais nobre: compartilhando seu conhecimento e doando seu tempo. Parabéns por ser essa pessoa generosa. Um dia vou a POA lhe dar um abraço!

    ResponderExcluir
  19. Como o Dr.Souto mesmo disse, estamos já no terceiro estágio, tomara...
    Mas gostaria mesmo de dar meus sinceros Parabens ao Dr. Souto por tudo, estou tentando colocar no papel todas as mudanças boas desde que comecei a ler seu blog e tudo que diz respeito...acredite...é meu Guru e de minha mulher tambem, que ele conhece pessoalmente, Abadia Pavan...grande abraço e muitas felicidades...

    ResponderExcluir
  20. Ana Maria Jaeger Sant'Anna14 de março de 2014 20:23

    Em primeiro lugar parabéns Dr. Souto e um abraço meu e de pai, seu paciente- Jorge Sant Anna. 90 anos e muito bem de saúde graças aos seus conselhos preciosos. Nós o admiramos muito e divulgamos seu blog a todos. Obrigada pela sua generosidade e o carinho com que trata a todos. Abraço

    ResponderExcluir
  21. Felicidades Dr. Souto!!! Que Deus lhe conserve assim, com sabedoria e humildade, pois muitos possuem sabedoria, conhecimento... mas poucos compartilham o que sabem de forma tão generosa. Parabéns!!

    ResponderExcluir
  22. parabéns, Dr! 4 dias depois de mim hehe

    ResponderExcluir
  23. Ômega 9 é a gordura monoinsaturada do azeite de oliva. A mesma do abacate, da banha de porco e bacon ( http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/03/gordura-vegetal-versus-gordura-animal.html). A vantagem do bacon, da banha e do abacate (e do azeite oliva) é que têm gosto bom e não são repletos de ômega 6, que está presente em grande quantidade nestes óleos de sementes e é pró-inflamatório.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 14/03/2014 16:53, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  24. Aha, foi o que pensei! Então seria seguro continuar pensando que esse óleo assim como os outros de sua espécie sejam no mínimo uma perda de tempo, e no máximo prejudiciais à saúde e à perda de peso no geral?

    ResponderExcluir
  25. http://www.paleodiario.com/2013/12/o-guia-definitivo-para-os-oleos.html
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 14/03/2014 21:56, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  26. Nesse mês faz um ano que tive a sorte de conhecer seu blog, um ano buscando compreender melhor a dieta paleo low carb e procurando praticá-la da melhor forma possível. Sou muito grata a você, pelo seu conhecimento, pela gentileza e paciência em nos "educar", pois é assim que o vejo, como um professor que nos abre horizontes, nos liberta porque nos faz pensar, refletir...Desejo muita saúde, com muito carinho: Feliz Aniversário!

    ResponderExcluir
  27. Parabéns Dr. Souto!! Seja muito feliz! Afinal você tem participação no nosso sucesso e felicidade também!!

    ResponderExcluir
  28. Haha, obrigado, esse link foi bastante útil. Eu vou tentar ver se consigo convencê-la com esse link. Ah, como é difícil desfazer todas essas informações duvidosas sobre esses produtos "saudáveis".

    ResponderExcluir
  29. Eba! Vamos ter festa? Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  30. Parabéns, Dr Souto! E longa vida com saúde e prosperidade.

    ResponderExcluir
  31. Compra o livro

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 15/03/2014 01:57, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  32. Olá Dr. Souto,
    Estou tratando refluxo esofágico, que me causou uma esofagite, com cápsulas de cloridrato de betaína para sanar a deficiência de ácido no estômago. Passei a seguir a dieta lowcarb / paleo no mês passado. Gostaria de saber se existe alguma contra indicação nisso ou se somente a dieta já resolveria o problema.

    ResponderExcluir
  33. Comprei o vinho através de um site pelo
    qual paguei 25,00 com direito a frete
    grátis.

    Um abraço.

    silvioafonso.

    .

    ResponderExcluir
  34. Farad Oliveira de Araujo15 de março de 2014 15:12

    Meus resultados em 3 meses de Paleo/LCHF (15,5 kg a menos).
    Obs.: Fiz o dia do lixo 1 vez por semana durante 1 mês e meio. Acho que foi importante para me ajudar vencer a fase de adaptação pois a minha alimentação era totalmente errada e a mudança foi muito radical.

    ResponderExcluir
  35. Dr. Souto, primeiro queria parabenizá-lo. Como sempre, excelente post.
    Minha tia se interessou muito pela dieta, mas ela tem colesterol alto e teve cancer de cólon ano passado. O marido dela tem enfisema, cirrose e está com cancer no fígado. Existe alguma indicação especial para eles ou podem seguir normalmente?

    ResponderExcluir
  36. Colesterol: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/06/colesterol-i.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/06/colesterol-ii.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/06/colesterol-iii.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/02/colesterol-iv.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/02/colesterol-v-causa-e-efeito-versus.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/08/conflitos-de-interesse.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/08/colesterol-iv-nao-ha-correlacao.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/09/colesterol-vii-video-legendado-sobre.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/09/colesterol-viii-e-melhor-ter-um.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/11/colesterol-ix-documentario-australiano.htm
    Fígado: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/12/o-figado.html

    Câncer: Matando o câncer de fome com a dieta cetogênica: http://youtu.be/ngwTPz4OwLA

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 15/03/2014 20:48, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  37. Muito obrigada Dr Souto.
    Esse texto sobre o cancer é revolucionário! Será que funciona sempre? Acho que devo estar chata, porque estou gostando tanto da dieta e do blog que fico recomendando pra todo mundo! Pelo menos se algumas pessoas seguirem e sentirem os beneficios que estou sentindo já valeu a pena!

    ResponderExcluir
  38. Não, NÃO funciona sempre. Nada funciona sempre. Muito MENOS pra câncer. Por isso nunca postei esse vídeo no blog - para não parecer um vendedor de falsas esperanças. Mas estou convencido de que pode ajudar, e de que evidentemente não atrapalha.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 15/03/2014 21:54, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  39. Eu postei esse vídeo na minha página algunas vezes, e me pergunto: Se existe uma base, pq não há estudos? Procede a informação de que as células cancerosas se alimentam de glicose?

    ResponderExcluir
  40. Procede, mas é apenas uma coisa completamente experimental (um monte de coisas que funciona em tubo de ensaio e em modelos animais funciona contra o câncer, mas depois não resolve na vida real). Além disso, há vários tipos de câncer que podem usar gordura, e mesmo que a pessoa coma zero carbs, a glicemia permanece normal por causa da gliconeogênese (ou seja, pelo mesmo motivo que vc não mata seu cérebro em dieta cetogênica, também não mata o câncer: a glicose continua disponível, apenas em menor quantidade). Isso significa que é bobagem? NÃO. Mas significa que não é realista imaginar que se vai ficar curado com dieta cetogênica - no máximo, quando os estudos em humanos estiverem prontos, veremos algum efeito do uso ADJUVANTE da dieta junto com químio e/ou rádio. E não espere milagres: será algo como "o grupo de químio teve uma mortalidade de 40% em 5 anos, e o grupo químio+dieta teve uma mortalidade de 30% em 5 anos). Não quero ninguém me acusando no CRM de ter vendido falsas esperanças para seu parente moribundo, que passou seus últimos 3 meses se privando de sorvete e morreu mesmo assim. Se eu tivesse câncer, eu faria uma dieta cetogênica? CLARO QUE SIM. Mas eu SEI que é algo experimental e sem comprovação, e eu já faço períodos de dieta cetogênica de qualquer forma porque eu GOSTO.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 16/03/2014 02:06, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  41. Existem estudos, mas fazer estudo com grupo SEM radio/quimio em humanos eh impossível pois seria considerado antiético, por isso o fariam como adjuvante das terapias existentes. Ja em animais existem muito mais estudos, mas não podemos ter certeza que vai se projetar p/ humanos os resultados, apenas estudar o mecanismo de ação e especular.. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23755243
    https://www.youtube.com/watch?v=sBjnWfT8HbQ

    A evidencia em humanos que existe eh por enquanto quase totalmente anedótica..

    ResponderExcluir
  42. Dr. Souto, derrubando mitos

    ResponderExcluir
  43. Parabéns amigo, seu exemplo nos serve de estímulo, falta ainda eliminar a velha barriga de chope, eu Tow nessa tb, vamos em frente ,

    ResponderExcluir
  44. Se o CRM acolher qualquer acusação no que diz respeito à dieta LCHF então terão que explicar Hipócrates como pai da medicina."comer quando doente é alimentar a doença".

    ResponderExcluir
  45. Heitor, veja isto:

    http://www.paleodiario.com/2014/03/por-que-jejuar-parte-i-perda-de-peso.html

    http://www.paleodiario.com/2014/03/por-que-jejuar-parte-2-cancer.html

    ResponderExcluir
  46. Dr Souto, a dieta cetogênica ajudaria a tratar também o mal de Parkinson? Só ouço fala do Alzheimer.. Uma parente de 50 e poucos anos disse pra minha mãe que está apresentando sintomas e já está tomando medicamento (9 por dia). Ela é cirurgiã-dentista, até diminuiu o ritmo de trabalho por causa disso, e cogitou parar de atender. Fiquei consternada (cresci indo ao consultório dela) porque ela é uma ótima profissional e adora o que faz, e eu nunca tinha ouvido falar de casos do mal de Parkinson na casa dos 50 anos. Minha mãe quer que eu fale pra ela sobre a páleo/LCHF, mas preciso de base, porque ela é cética (e tem irmão médico, que certamente vai torcer o nariz). Ela é magra, sempre foi, mas toma medicamento para tireoide, e tem crises de enxaqueca.

    ResponderExcluir
  47. Sim. Compre o grain brain e dê de presente pra ela.


    Em 16 de março de 2014 15:27, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  48. Parabéns! Progresso fantástico! Se pesou estes dias?

    ResponderExcluir
  49. Farad Oliveira de Araujo17 de março de 2014 10:33

    Na verdade e viajei no carnaval portanto estou no mesmo peso do inicio de fevereiro. Pelo menos ja perdi o que eu adquiri na viajem ainda perdi cerca de 0,5 kg.

    ResponderExcluir
  50. Meu relato!
    Meu comportamento mudou, para pior, de 2006 pra cá. Tive uma crise depressiva, a qual nunca tinha curado definitivamente. Tinha crises agressivas, mas nunca tinha me dado conta da bola de neve que estava por vir.
    Em outubro de 2013 fui diagnosticada com "demência metabólica". No meu caso, decorrente a depressão, anemia e tireoide. Busquei ajuda médica porque perdi a capacidade cognitiva. Não me dei conta que agressividade era consequência de perda de personalidade e noção de certo e errado.
    Por coincidência, comecei a paleo/LCHF em dezembro, antes de ler o livro Barriga de Trigo, o qual fala sobre isso na página 206. E, a retirada do trigo e açúcar do meu dia-a-dia apresentei uma melhora de 200%. Só então me dei conta de como o trigo e o açúcar influenciavam esse quadro da demência.
    No livro "A nova dieta revolucionária do Dr Atkins" também fala sobre a relação do trigo com a demência.
    Só eu sei como é bom estar de volta e ser quem eu era, e achava que continuava sendo.
    Tem muita gente me xingando, que onde já se viu tirar o trigo e o açúcar refinado da alimentação, que vou ter um "treco". mal sabem eles que o "treco" teria se não tivesse tirado.
    Estou feliz, só estou tomando a medicação para tireoide. Não tenho mais dores de cabeça, minha pressão é normal, meu sono normal, meus cabelos pararam de cair, minhas unhas crescem fortes. Tenho ânimo para enfrentar 5 dias de academia (e eu fui sedentária a vida inteira). Tenho disposição, vontade de realizar. Estou ativa, animada. E mais do que qualquer outras coisa: reaprendi a calar. Só eu sei o que isso significa na minha vida hoje ter este autocontrole.
    :D

    ResponderExcluir
  51. Você ficou até mais jovem. Me disseram que rejuvenesci 10 anos quando perdi peso. Aposto que você vai notar o mesmo.

    ResponderExcluir
  52. Olá Dr Souto

    Sabe aqueles pacotinhos de tapioca que vende na feira? esse fds eu e meu namorado compramos um. Esse conteudo parece muito polvilho (sei que podemos fazer tapioca hidratando o polvilho e depois esfarelando)

    A minha duvida é, sera que posso consumir essa "tapioca" como amido resistente? ja que muito parece com o polvilho que compro no mercado.

    Estou anexando uma foto para vc ver como é esse pacotinho, essa imagem peguei na internet

    ResponderExcluir
  53. Só olhando não tem como saber pois não sabemos se a exposição ao calor destruiu o AR. Única forma é testando.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 08/04/2014 12:02, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  54. Amelia Schwarzeluhr15 de abril de 2014 13:22

    Perfeito!

    ResponderExcluir
  55. Flavia Melo Tarmo20 de maio de 2014 17:43

    Boa tarde Dr. Souto. Depois de receber um diagnóstico de pré-diabetes, eliminei 27 quilos no último ano: 20 com dieta hipocalórica e 7 desde que descobri a dieta paleo em dezembro do ano passado. Apesar de estar me sentindo bem e continuar a perder peso, não tive uma boa experiência com os trinta dias de cetogênica que fiz em fev/mar deste ano. Sofri com gases, tonturas, enjoos e tive agravados o que hoje sei serem sintomas do hipotireoidismo. E o pior, a glicemia em jejum não se alterou em nada (100) apesar da hemoglobina glicada ter caído um pouquinho (de 5,9 para 5,7). Encontrei um médico que finalmente diagnosticou e se dispôs a tratar o hipotireoidismo. Estou fazendo exames para confirmar o diagnóstico (sangue, imagem e saliva). Nesse meio tempo, aumentei a ingestão de carbos (só os paleo) para em torno de 100gr por dia e todos os sintomas melhoraram. Ainda não entendi bem a relação entre ingestão de carboidratos e o hipotireoidismo. Você poderia me explicar, por favor?

    ResponderExcluir
  56. http://chriskresser.com/thyroid


    Em 20 de maio de 2014 17:43, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  57. O Alzheimer é terrível; mais terrível ainda é a paralisia supranuclear progressiva, prima da doença de Parkinson, que que se manifesta a partir dos 50 anos. Tenho uma amiga nesta situação. Os cuidados com portadores é complicado. Considerada uma demência rara, estou vendo que não é tão rara assim. Só não vejo nada sobre o assunto relacionado com dietas low carb.

    ResponderExcluir
  58. Novamente presente argumentação contra o controle da ingestão de calorias. Uma coisa é o emagrecimento, outra coisa é a saúde mental. O alto carbo é responsável por muitos danos à saúde, e não o low carb. Essa carbofobia não leva em conta a existência de carboidrato (amido) nas verduras e legumes, frutas e castanhas. Sim, castanhas TAMBÉM têm carboidrato. E o leite materno também. Pra mim o macronutriente por excelência é a proteína e em seguida a água. Sem água ninguém vive. E se quiser ser magro (mesmo contra os hormônios que agem para os lados), tem que controlar ingestão de calorias sim, inclusive as gorduras.

    ResponderExcluir
  59. Pena que o E-book está em inglês e nem todos nós dominamos a lingua.

    ResponderExcluir