quarta-feira, 26 de março de 2014

Páleo e autoimunidade

Já se vão 245 postagens neste blog, que aborda o assunto dieta paleolítica, e nunca tratei diretamente do tema autoimunidade (que refere-se àquelas doenças nas quais o sistema imunológico ataca os tecidos do próprio organismo, coisas como artrite reumatoide, psoríase, e uma vasta gama de patologias). E isso é estranho. Por quê? Porque há extensa evidência anedótica (ou seja, de relatos de casos individuais) de melhora significativa ou até mesmo de remissão completa de patologias autoimunes com dieta páleo. Os principais autores da área (Loren Cordain, Mark Sisson, Robb Wolf e tantos outros) dedicam capítulos inteiros à relação entre dieta e autoimunidade em seus livros. Mas é na "blogosfera" páleo que a coisa corre solta. Apenas digite "paleo" seguida de sua doença autoimune preferida no google, e centenas de relatos de sucesso individual surgirão.

Então, vem a pergunta. Por que nunca escrevi diretamente sobre o assunto? Porque o grau de evidência é baixo. Muito baixo. O mais baixo de todos: relatos de casos. E o problema com os relatos de caso é que você encontra relatos de casos de sucesso com QUALQUER coisa. Doenças entram em remissão por conta própria - até mesmo câncer avançado - de vez em quando. E as pessoas atribuem este fenômeno natural à seja-lá-o-que-for que estivesse sendo feito no momento - babosa com mel, cirurgias espirituais, orações, etc. Ou seja, dizer que melhorou da artrite com dieta páleo pode ser tão científico quanto dizer que brigou no trânsito porque marte estava em capricórnio. E esse não é o nível de evidência que embasa o restante das postagens desse blog.

Assim, vou introduzir o assunto dieta paleolítica e autoimunidade com um alerta: ao contrário do que acontece com a maior parte das demais postagens do blog, esta postagem sugere possíveis benefícios não comprovados cientificamente, baseados em relatos de caso. Dito isso, há grande PLAUSIBILIDADE na hipótese que dá sustentação a essa ideia, como veremos a seguir.


Plausibilidade diz respeito ao fato de que há mecanismos biológicos e físicos que tornam uma teoria viável e até provável. Os mecanismos biológicos através dos quais a modulação da permeabilidade intestinal pela dieta pode influenciar a produção de autoanticorpos e a inflamação crônica sistêmica são bem estabelecidos, especialmente em modelos animais. Assim, o emprego de uma dieta de estilo paleolítico na tentativa de aliviar patologias autoimunes pode até não ser uma intervenção completamente comprovada (faltam ainda os ensaios clínicos randomizados), mas é uma intervenção cientificamente PLAUSÍVEL, para a qual há ampla sustentação de evidências anedóticas. E o risco? Zero - é apenas comida de verdade!

Numa equação de benefício/risco, o risco é o denominador. Uma intervenção com alto risco (quimioterapia citotóxica, por exemplo) jamais poderia ser conduzida com base em evidências fracas de seu benefício - não seria ético. Mas quando a intervenção consiste em deixar de comer alimentos processados, açúcar e farináceos - algo cujo único risco é ficar mais saudável - temos uma situação completamente diferente. Na ausência de risco, um benefício potencial - mesmo que não comprovado - é MAIS UM motivo para que se proponha uma mudança de estilo de vida: páleo comprovadamente melhora vários aspectos de sua saúde, e PODE inclusive melhorar certas doenças autoimunes ou idiopáticas para as quais a medicina, em 2014, não tem nada a oferecer, exceto tratamentos sintomáticos e com efeitos colaterais de grande monta.

Em resumo:
  • Mecanismo? Plausível. 
  • Benefício? Provável (com base na quantidade de relatos e na plausibilidade do mecanismo). 
  • Risco? Não há. 
Este é, sem dúvida, o maior disclaimer da história. Agora que já está claro que não estou afirmando que trata-se de algo comprovado, podemos finalmente começar a postagem!

***

Já perdi a conta do número de pacientes que vi melhorar de patologias inflamatórias de origem "idiopática" ("idiopático" é o jargão médico para "não sei a causa") com a adoção de uma dieta de estilo paleolítico. Dentre as várias mudanças introduzidas (redução drástica de alimentos processados, retirada dos carboidratos e das gorduras refinadas, eliminação total dos grãos, em especial o trigo), não há dúvidas de que a mais relevante no que diz respeito à autoimunidade é a retirada total do glúten (quem já leu o livro barriga de trigo sabe sobre o que estou falando - se não leu, clique aqui e aqui, e leia o livro) .

Quando falamos isso, as pessoas (leigos e médicos) não conseguem imaginar um mecanismo fisiopatológico que possa explicar esse fenômeno. Mas o mecanismo existe, e está bem descrito.

80% das células do sistema imunológico estão concentradas no intestino, o que não deveria ser surpresa, visto que é uma superfície mucosa gigante, no interior da qual encontram-se DEZ vezes mais bactérias do que há células humanas em todo o corpo.

A integridade dessa barreira é crítica, e o balanço é delicado. A barreira não pode ser impermeável, pois negaria a função do órgão (absorção). Mas a barreira não pode ser permeável demais, para não permitir a passagem de polissacarídeos de gram-negativos (endotoxemia) nem polipeptídeos inteiros (queremos absorver aminoácidos das proteínas que ingerimos, e não AS proteínas).

Numa analogia imperfeita, podemos imaginar a barreira intestinal como um filtro de café - precisa ser permeável para deixar passar a saborosa infusão, mas não deve deixar passar a borra do café. Qualquer coisa que produzir aumento dos poros (ou mesmo um rasgo) nesse filtro, permitirá que a borra de café passe para o outro lado. O filtro fica "vazando" ("leaky", em inglês). O intestino com aumento da permeabilidade é conhecido em inglês como "Leaky Gut" - que traduzirei de agora em diante por intestino permeável.

Assim, qualquer estímulo que altere a permeabilidade da barreira intestinal pode provocar, de um lado, um estado crônico de inflamação sistêmica, com a liberação de citocinas, fator de necrose tumoral, e outros mediadores por leucócitos estacionados junto a essa mucosa (que, repito, constituem cerca de 80% dos leucócitos do corpo) e, de outro lado, a passagem para a corrente sanguínea de proteínas parcialmente digeridas leva à produção de anticorpos em grande quantidade contra estes epítopos (áreas contra as quais os anticorpos são dirigidos). E, com frequência, tais anticorpos identificam epítopos em fragmentos do que comemos que fazem reação cruzada com epítopos em nosso próprio corpo (causando autoimunidade).

Esta é a ligação fundamental entre permeabilidade intestinal aumentada e autoimunidade. O glúten é o maior exemplo de produto alimentar que provoca alterações inflamatórias e de permeabilidade intestinal. Observem que isso não tem NADA a ver com doença celíaca! Doença celíaca afeta menos de 2% da população. Estamos aqui falando da totalidade das pessoas, nas quais a GLIADINA, uma das proteínas que compõem o glúten, interage diretamente com a ZONULINA, uma proteína essencial para o controle de permeabilidade da mucosa intestinal (proteína da "zonula occluens", ou "tight junctions"):





Uma vez abertas as portas da permeabilidade intestinal, a coisa vira uma loteria. Na melhor das hipóteses, desenvolve-se um quadro de inflamação crônica de baixo nível (low level chronic inflamation); na pior das hipóteses, autoimunidade franca.
A especificidade dos autoanticorpos determinará então a sintomatologia: dermatites, artrites, rinites, polineuropatias, cistites não infecciosas, todas "idiopáticas", e todas com alta taxa de remissão após a retirada completa do agente agressor.

REPITO, não são anticorpos contra o glúten (por isso, os exames de doença celíaca serão NEGATIVOS). São anticorpos contra uma miríade de outros antígenos que ganham acesso ao sistema imunológico devido a um aumento da permeabilidade intestinal ("leaky gut"), sendo o glúten apenas o agente desencadeador do processo, através do efeito da gliadina sobre a zonulina.

Isso quem diz não sou eu. Já está na literatura peer reviewed. Por exemplo (para o pessoal da área da saúde):

 2012 Feb;42(1):71-8. doi: 10.1007/s12016-011-8291-x.

Leaky gut and autoimmune diseases.

Abstract

Autoimmune diseases are characterized by tissue damage and loss of function due to an immune response that is directed against specific organs. This review is focused on the role of impaired intestinal barrier function on autoimmune pathogenesis. Together with the gut-associated lymphoid tissue and the neuroendocrine network, the intestinal epithelial barrier, with its intercellular tight junctions, controls the equilibrium between tolerance and immunity to non-self antigens. Zonulin is the only physiologic modulator of intercellular tight junctions described so far that is involved in trafficking of macromolecules and, therefore, in tolerance/immune response balance. When the zonulin pathway is deregulated in genetically susceptible individuals, autoimmune disorders can occur. This new paradigm subverts traditional theories underlying the development of these diseases and suggests that these processes can be arrested if the interplay between genes and environmental triggers is prevented by re-establishing the zonulin-dependent intestinal barrier function. Both animal models and recent clinical evidence support this new paradigm and provide the rationale for innovative approaches to prevent and treat autoimmune diseases.
PMID:
 
22109896
 
[PubMed - indexed for MEDLINE]

(não vou traduzir, é mais para que o pessoal da área da saúde não pense que eu estou inventando :-P).

Para quem se interessar, o artigo abaixo (cuja íntegra encontra-se aqui) explica em detalhes o mecanismo fisiopatológico das alterações de permeabilidade intestinal (o exemplo que o autor usa é o diabetes tipo 1 - sim, mais uma coisa causada pelo glúten) e sua relação com toda uma gama de patologias autoimunes.




Este outro estudo aborda a relação entre intolerância não-celíaca ao glúten e várias patologias (entre elas a artrite reumatoide, patologias neurológicas, cólon irritável, diabetes - clique aqui para ler na íntegra):



Para uma aula magistral de uma hora de duração sobre esse assunto com o maior pesquisador do tema na atualidade, assista esse vídeo (sorry, sem legendas):

Existe certo "parentesco" molecular entre glúten e as lecitinas das leguminosas (coisas que crescem em vagens, como feijão, soja, lentilha e amendoim - para um belo artigo do Dr. Cordain sobre o assunto, clique aqui). Da mesma forma, a caseína do leite pode produzir reação cruzada em quem tem sensibilidade ao glúten. Assim, para as pessoas que apresentam problemas relacionados a autoimunidade, pode ser interessante fazer uma dieta páleo estrita, isto é, rígida - sem leguminosas nem laticínios de nenhum tipo. Mas, para muitas pessoas, basta apenas e tão somente remover o glúten - há que testar!

Em resumo, em virtude dos incontáveis relatos (anedóticos) de melhora e remissão das mais variadas doenças de cunho autoimune com o emprego de dieta páleo (e em particular com a retirada completa do glúten), do mecanismo fisiopatológico já bastante esclarecido, e do crescente número de artigos científicos publicados sobre a relação glúten->leaky gut->autoimunidade, bem como do fato de haver ZERO risco em, por exemplo, trocar o macarrão por salmão, TODO o paciente portador dessas patologias deveria realizar um teste de no mínimo 30 dias de páleo. O pior que pode acontecer é não haver melhora. O melhor que pode acontecer... fica para a próxima postagem.

240 comentários:

  1. Uma pergunta sobre gorduras refinadas ... e banha. Aqui na minha cidade, só consegui encontrar banha refinada (da Sadia).


    Sei que banha está entre as gorduras "boas", mas essa versão refinada teria alguma contraindicação?

    ResponderExcluir
  2. Não... o refino da banha é filtragem. Qualquer um com uma barriga de porco, uma panela e um pano pode fazer banha casa. Quero ver alguém tirar óleo de arroz em casa.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/03/2014 21:55, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  3. Sofro a mais de 5 anos de vitiligo e alopécia areata. Adotei a dieta paleo tradicional que o senhor recomenda no site a cerca de 2 meses.
    Pergunto: Devo retirar os laticínios, qual sua recomendação? A manteiga deve ser retirada também? E quanto as castanhas elas não influenciam na autoimunidade também?

    ResponderExcluir
  4. Eduardo, para os fortes de espírito, sugiro seguir o protocolo autoimune:
    http://www.thepaleomom.com/autoimmunity/the-autoimmune-protocol

    Ou então, se estiver melhorando apenas com glúten-free legume-free, deixe assim.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/03/2014 22:43, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  5. Eu retirei os laticínios há alguns dias, pois estavam me fazendo muito mal. Cheguei ao ponto de sentir forte dores abdominais, mesmo tendo consumido a vida inteira e nunca ter sido diagnosticada como sendo portadora de alguma intolerância. Depois da retirada, as dores diminuíram, inclusive nas articulações (nenhuma doença diagnosticada). Desconfiei que estava tendo reações com o adoçante também (sacarina e ciclamato).....estou tentando ser o mais paleo possível. Posso estar enganada, mas será que ao limparmos nossa alimentação, a gente fica mais suscetível à reações adversas de intolerância a certos alimentos ou se trata apenas de uma auto-descoberta?

    ResponderExcluir
  6. Penso que é auto-descoberta. E, também, quando temos uma agressão crônica, o corpo acostuma. Mas quando retiramos, e reintroduzimos, o corpo reclama.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/03/2014 23:17, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  7. Oi Souto. Meu relato de caso já fiz várias vezes. Adotei a dieta há mais de um ano e não por causa de minha atopia, que é severa. Os resultados para a minha atopia foram surpreendentes. A rinite praticamente desapareceu e a melhora na dermatite foi extraordinária e anda menos. A asma melhorou muito. Os primeiros seis meses em dieta paleo eu passei sem comprar bombinha. Em dezembro passado bebi cerveja mais de duas vezes, durante uma semana. Isso teve impacto sobre o meu intestino e pulmão. Um impacto quase imediato.

    ResponderExcluir
  8. Bah, não sobra muita coisa...
    Só carne, gordura e saladas (e nem todas...)
    E tirar o café é crueldade...

    ResponderExcluir
  9. Fluxograma do processo de produção da margarina. Bateu a fome?

    ResponderExcluir
  10. Tenho 20 anos, mais ou menos em agosto de 2012 começaram a me aparecer algumas bolinhas no corpo, em dezembro do nada começou a aparecer no corpo todo. Sou do interior do ES, fui em vários médicos na minha cidade, logo depois na capital do estado, fiz várias exames, biópsias, só reduziu com muitos anti alérgicos, antibióticos e corticoide, isso pra reduzir 80% dos sintomas. Foram 2-3 meses com cortisona. Mais de 50% do meu corpo tava tomado por machucados.. Cheguei a ir num médico especialista em doença auto imune (psoríase no caso) em São Paulo, várias vezes. Fui diagnosticada e "desdiagnosticada" de várias coisas, no final das contas não se sabe o que era - os exames não indicavam nada, alergia a nada, nada que indicasse doença auto imune. Com o tempo sumiram os machucados 100%, mesmo depois que parei de tomar os remédios ainda brotavam machucados mas parou sozinho, isso antes de começar a dieta paleo, ainda tenho uns 35% das manchas, nunca mais tive mais nenhuma "bolinha" ou machucado, mas tenho o sonho de saber o que era principalmente para poder evitar e não me aparecer novamente (não tenho estrutura pra passar por isso de novo).

    ResponderExcluir
  11. Incrível, não?

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/03/2014 23:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  12. Agora vc entende que os vários nomes são apenas rótulos para o mesmo fenômeno. Autoimunidade. E o caminho simples para evitar que repita.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 00:43, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  13. Dr. Souto, descobri segunda-feira que depois de 6 anos, meus ovários estão LIMPOS! Nenhum cisto!! Nem acredito que não tenho mais ovários policísticos (:

    Não sei quanto às doenças auto-imunes, mas pelo visto uma vida páleo fez um bem danado aos meus ovários (: eu já desconfiava que os cistos tinham sumido porque há 5 meses meu ciclo está certinho, de 30 dias, e isso NUNCA aconteceu. Além disso, não tenho mais cólicas nem tanta dor de ficar de cama! É incrível, não há preço no mundo que pague não ter mais que pensar em tantas dores e desconforto mensalmente!

    Obrigada, obrigada, obrigada, obrigada e obrigada, dr. Souto (: Bendito seja o dia que achei seu blog!

    ResponderExcluir
  14. Ganhei meu dia :-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 07:03, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  15. Fatima Aparecida Rocha Guimara27 de março de 2014 08:10

    Qdo minha filha fazia Tecnico em Alimentos ela me falou que a diferença da margarina para o plástico é de uma célula :)...credooo

    ResponderExcluir
  16. Fatima Aparecida Rocha Guimara27 de março de 2014 08:14

    Eu não sei se era alguma doença autoimune, mas antigamente ( antes da páleo) eu levantada de manha toda dolorida e demorava algumas horas para melhorar...sentia dores ao pisar no chão, os pés doiam, o quadril doia...hoje não sinto mais nada disso...levanto pronta pra pra luta..rsrsr...ainda não testei retirar o queijo porque não vivo sem ele, mas vou testar pra ve se eu me adapto...
    Doutor Souto, estou devendo o teste da banana cozida...vou fazer viu??
    Parabéns mais uma vez pelos esclarecimentos...amoooo esse blogue

    ResponderExcluir
  17. Andrei Rocha de Almeida27 de março de 2014 08:29

    Aceita plástico derretido no pão integral?

    ResponderExcluir
  18. Em 1 ano e meio de páleo sem glúten, minha vida realmente mudou e pra muito melhor. Endometriose sumiu, menstruação regulada e sem dor, asma que desapareceu (consigo subir grandes ladeiras sem parar e sem descontrolar a respiração). Moro na serra e com o frio precisava ir sempre ao hospital por causa das crises asmáticas e há 2 invernos não sei o que é isso. Mas o que mais me chamou a atenção foi a alergia alimentar a crustáceos que desapareceu. Hoje me alimento com camarão e não sinto nada, coisa que antes, só o cheiro já me empolava a pele e fechava a garganta. Tenho hipotireoidismo e Hashimoto. Ainda tomo o hormônio todos os dias, mas os sintomas de cansaço, perda de cabelo, pele seca que se mantinham mesmo com a medicação, desapareceram.
    Sem sombra de dúvida, o peso reduzido foi o menor dos meus presentes diante da melhora absurda que tive na minha saúde, ganhei qualidade de vida com alimentação de verdade.

    ResponderExcluir
  19. Andrei Rocha de Almeida27 de março de 2014 08:46

    Existem indicadores biológicos que indiquem que a pessoa está apresentando processos autoimunes, ou que há está sofrendo de intestino permeável?

    ResponderExcluir
  20. Que bolo post Dr. Souto, esclarecedor!!! Muito obrigada por abrir nossos olhos!!! Agora entendo uma urticária que não me deixava, bastava apertar algo em meu corpo que ficava vermelho e inchava, fui diagnosticada com "DERMOGRAFIA" e agora sei que se trata de uma doença auto-imune. Não vou dizer que estou curada, mas há aproximadamente um mês na dieta paleo e sem trigo, tive uma melhora excepcional! Muitíssimo obrigada Dr. Souto, pois agora nem tenho mais vontade de ir a médicos, porque eles me entupiam de corticoides que me deixavam muito inchada, resolvi ser autodidata e descobri, através de muita pesquisa e com a ajuda do seu blog que o caminho para a minha melhora é a alimentação. Abraços.

    ResponderExcluir
  21. Sofri com aftas desde SEMPRE. Primeiro achava que era por conta do aparelho que usava. Tirei. Não era. Depois fui há alguns médicos: "Estresse" ou "Não se sabe o que causa aftas..." foi o que ouvi. Parei de comer açúcar e farinha e o surgimento de aftas reduziu em uns 90% certamente. Talvez não completamente devido a cervejinha que ainda tomo nos finais de semana. Mas quem tem afta recorrente sabe que, ficar sem uma afta sequer por 2-3 meses, é outra vida. Além disso, minha rinite melhorou consideravelmente, e o surgimento de espinhas aparenta ocorrer só se fujo da dieta no final de semana.... Não sei porque ainda faço isso :T hahahaha.

    ResponderExcluir
  22. Alex Ricardo Paleolítico27 de março de 2014 09:34

    Tornei-me páleo há uns 6 meses (parei de tomar suplemento e comer produtos industrializado de segunda a sexta - ainda escorrego no sábado e domingo. Motivo principal: melhorar meu tempo nas competições como triatleta amador. E deu certo! Retrocedendo um pouco. Emagreci 35 quilos no período de 5 anos. Nunca mais engordei e depois de conhecer o meu organismo, posso afirmar: "a dieta paleolítica deixou-me mais forte, mais vivo..... " Simplesmente é demais. Não tem preço ter saúde e não precisar fazer uso de suplemento. Só comida de verdade. Agradeço novamente ao Doutor Souto pelo conhecimento passado gratuitamente.

    ResponderExcluir
  23. Isso é artrite reumatoide. Que melhora com páleo, como vc viu :-)


    Em 27 de março de 2014 08:14, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  24. Dr., Fiz o teste do AR para saber se o problema no intestino preso era causado por ele. Parece que não. Estou desconfiando do feijão. Feijão faz mal pro intestino?

    ResponderExcluir
  25. Incrível não? E isso pode mesmo acontecer. Quando o Leaky Gut cicatriza, os antígenos do camarão (no seu caso) já não passam para o sangue com tanta facilidade. Isso ilustra bem o que eu disse. Não é "alergia ao glúten", não é Doença Celíaca, é o aumento da permeabilidade do intestino causada pelo glúten e por certas lecitinas que desencadeia outros problemas de autoimunidade que não tem aparentemente nenhuma relação.


    Em 27 de março de 2014 08:30, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  26. Tem um monte de exames (FAN, Fator reumatóide, etc). E é incrível vê-los se normalizar com páleo. Mas há muitas doenças auto-imunes soronegativas (todos os exames normais), e que melhoram também. Então, embora eu goste das soropositivas pois posso mostrar para meus colegas incrédulos os efeitos de uma dieta páleo, os exames não mudam a conduta. Se derem positivos ou negativos, a conduta é a mesma - trocar o pão pelo salmão.

    2014-03-27 8:46 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  27. Bingo!


    Em 27 de março de 2014 09:12, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  28. Eu também. Uma vida de aftas: resolvido!


    Em 27 de março de 2014 09:16, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  29. Bom, páleo não é... Lister, faz a seguinte magia negra: 1 ou 2 bananas verdes + 1 colher de sobremesa de FiberMais (inulina) + iogurte + canela no liquidificador. DEPOIS de bater essa coisa, mistura Lactofos (fructooligossacarídeos + probióticos - encontra-se em farmácias) com colher. Faz isso todas as noites. Tenho certeza que dará um reboot no teu microbioma.


    2014-03-27 9:53 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  30. Muito bom Dr. Souto, esse vídeo tá com cara de ser muito bom mesmo.
    Alguma coisa a respeito de Nightshades? Ainda não entendi qual seria o problema deles.

    ResponderExcluir
  31. Espetacular essas descobertas...E eu que achava que jamais conseguiria viver sem glúten...hoje quero distância dele!


    Uma pergunta: Psoríase também pode ser considerada auto-imune? Tenho um parente com esse problema e gostaria de alertá-lo.
    Obrigada Dr. Souto pela sua atenção e presteza de sempre,

    ResponderExcluir
  32. Isso não quer dizer muito, é uma falácia, não dá para julgar se algo é bom ou ruim. A diferença de muitos itens inofensivos para itens potencialmente perigosos ou danosos pode ser de apenas uma molécula e um vegetariano vai se pegar nesse ponto para tentar ganhar uma argumentação. No entanto, não há como negar que margarina é uma aberração.

    ResponderExcluir
  33. Dr., estou meio enferrujado desde que fugi de Hogwarts, mas vou seguir à risca seu conselho.
    Esse negócio de fazer esse ritual "todas as noites" soou sinistro.
    : )
    Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  34. Estava aguardando ansiosamente por essa postagem!! Esperarei as próximas agora! O único problema do intestino permeável é qd a dieta paleo por si só não funciona completamente e a gente passa a procurar pelos outros alimentos que podem estar influenciando tb no intestino permeável e na inflamação crônica, é uma procura longa... Solanáceas, ovos, café, cacau, laticínios e etc, já tentei de td, mas é mto difícil se manter afastada disso td por tempo suficiente para se te uma ideia do que está acontecendo... Estou tentando a reposição com AR tb, mas meu intestino continua preso. Vi que vc recomendou Fibermais, seria a mesma coisa que Benefiber? Obrigada!!

    ResponderExcluir
  35. Brilhante como sempre

    ResponderExcluir
  36. Eu também tenho uma teoria com fortes evidências. Souto é um pseudônimo usado por um grupo de, pelo menos, umas 4 pessoas. Só assim é possível explicar a quantidade e qualidade da produção deste blog. Soutos, vocês foram desmascarados. Mostrem-se ;)

    ResponderExcluir
  37. Lembro que eu dormia agarrada com um rolo de papel higiênico, devido a rinite, acordava e antes de abrir os olhos era um espirro, um não, vários.
    Mesmo depois de vários tratamentos,injeções, corticoides . ela ainda continuava.
    Mas hoje, depois da paleo, posso dizer que não sinto mais nada.
    Gostaria de relatar dois casos, primeiro com a minha mãe que sentia mtas dores nas articulações e até "travamento" nos dedos, isso acabou.
    Segundo com minha amiga que tinha psiríase e depois de vários tratamentos com pomadas, shampoo, só melhorou com paleo.
    Aliás, há dois fds atrás eu comi dois pedaços de bolo e na manhã seguinte eu passei mto mal, com mtas dores abdominais.
    Isso tudo só me leva a crer que a cada dia quero mais distancia do trigo e que Paleo é para a Vida Toda.
    Obrigada Dr. Souto.

    ResponderExcluir
  38. essa foi boa!!! rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  39. Para quem tem problemas mais complicados de autoimunidade, pode sere necessário retirá-los. Mas como isso não se aplica a 99% das pessoas, não quero que as pessoas se assustem em comer tomates.


    2014-03-27 10:05 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  40. Aguarde a PRÓXIMA postagem, em BREVE


    Em 27 de março de 2014 10:06, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  41. Fibermais é inulina, da Nestlé.
    Um nutricionista funcional poderia lhe ajudar na sua busca


    Em 27 de março de 2014 10:30, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  42. HAHAHA :-)


    2014-03-27 10:42 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  43. Gente, estou muitíssimo interessada em aprender a fazer banha de porco pra cozinhar os alimentos, usar como substituto de óleos, como posso fazer? Será que é comprando o toucinho e colocando a panela no fogo pra derreter? E depois do toucinho derretido colocar em vidros e usar, é isso mesmo? E a conservação, dura quantos dias? Deve-se colocar na geladeira? Me ajudem, por favor.

    ResponderExcluir
  44. Faço com barriga de porco na panela no fogo para derreter e guardo em um pote na geladeira. Mas sai um cheiro forte durante o cozimento e o custo é maior do que o tijolo de banha refinada. Eu, particularmente, não aconselho ninguém a fazer em casa.

    ResponderExcluir
  45. olha acho que o Marcio desvendou este mistério,rsrsrsr

    ResponderExcluir
  46. Queria deixar aqui meu relato (cujo tema não é o dessa postagem). Pratico musculação 5x por semana, e no último mês passei a adotar a estratégia do "liga e desliga" da insulina, não me lembro se era um post antigo do blog ou não, mas só li ha algumas semanas. Passei a concentrar os carbs paleo que gosto (batata doce, feijão, açaí batido com banana, chocolate 70%) ANTES e principalmente APÓS o treino. Antes distribuía ao longo do dia. Em apenas um mês mantive meu peso mas consegui uma definição INCRÍVEL no abdome, que nunca tive na VIDA. Quer dizer, se mantive o peso perdi gordura e ganhei massa magra. Sem esforço adicional. O que tem muito me motivado a continuar. Mais uma vez parabéns Dr Souto, seu blog mudou minha vida. Sem falar que é uma delícia de ler, adoro seu senso de humor que muito me lembra um jornalista amigo meu, o Ronald Villardo, do jornal O Globo. Forte abs!!!

    ResponderExcluir
  47. Obrigada pela resposta. Mas eu ainda não encontrei nos supermercados a banha refinada. Que marca você usa? Vou procurar, se encontrar, compro!

    ResponderExcluir
  48. Aurora, Sadia, Rezende. Nem todo supermercado tem.

    ResponderExcluir
  49. Teresa eu também estou com os ovários limpinho fiz exames em Janeiro e nenhum cisto antes tomava metformina e quando comecei a dieta a oito meses atrás parei com o remédio por conta.Agora minha medica esta surpresa e me perguntou: Como assim? Kkkkk não falei pra ela pq ela é cabeça fechada(ai ai) só sei que estou super bem e feliz da vida.E Agradeço ao Dr Souto por ter mudado minha vida.

    ResponderExcluir
  50. Na época do gluten eu tomava anti-alérgicos praticamente todos os dias, pantoprazol também, usava bombinha para asma antes de dormir.
    Aí vai mais um mero relato de caso, mas para o indivíduo que experimenta ficar livre disso, não tem preço...
    Graças ao Dr. Souto, a minha rinite só aparece uma vez ao mês e olhe lá (quando encontro com gatos, ou alguma contaminação de alimento), já não tenho bombinhas em casa, nem anti-ácidos. Sem falar na quantidade de antibióticos que tomava, pois o refluxo propicia dor de garganta, nem a retirada das amígdalas melhorou tanto quanto a retirada do glúten!


    Muito obrigada Dr! Antes do seu blog eu nunca tinha ouvido ninguém falar disso...

    ResponderExcluir
  51. Dr Souto. Desde que comecei low carb nunca tinha feito exames de sangue. Resolvi fazer. Qual foi a minha surpresa que estavam todos alterados para mais. Sigo fielmente a alimentação correta. Levei um susto. Resolvi pegar as bulas dos remedios que eu tomo. Na do Seroquel dizia que um dos efeitos colaterais é aumento de colesterol, triglicerideos e glicemia. Será que é isso? Por favor me dê uma luz.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  52. Nossa, vou experimentar comer camarão de novo... rsrsrs!

    ResponderExcluir
  53. CUIDADO!! E se não der certo? Não quero nenhum choque anafilático mas minha costas.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 12:42, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  54. Estou com uma dúvida, se alguém puder me ajudar! Faço a dieta paleo há mais de um mês, e tomo pilula anticoncepcional tbm! E no primeiro mes minha menstruação veio alguns dias antes, já nesse mês ela está atrasada há 3 dias, e nem sinal. Tomar pilula e fazer a dieta provoca alguma alteração no ciclo? Estou preocupada!

    ResponderExcluir
  55. Pode deixar Dr! Rsrs! Não tive choque anafilático ainda não, só empolei um pouco... e deixo um polaramine do lado... minha conta e risco!

    ResponderExcluir
  56. Cinthia, na verdade eu notei sem querer que não tinha mais alergia, comendo algo que continha camarão e que eu só descobri depois.
    Pra ter certeza, fui provando aos poucos, aumentando a quantidade bem devagar e nada aconteceu. Hoje já como normalmente, umas 3 x por semana, pelo menos.
    Sempre tive muita sensibilidade a eles, então mesmo pouquinho dava reação.

    ResponderExcluir
  57. Dr Souto,tenho doença de crohn,estou com um pouco de medo de começar a Paleo por conta das gorduras,estou estudando a dieta,fazendo exames,enfim me inteirando do assunto e da minha saúde. Minha maior duvida é sobre as gordura,devido eu ter feito 5 cirurgia fiquei somente com 20 cm de intestino delgado,devido á isso tenho muitas diarreias quando como gorduras em geral. Mas vou tentar,como vc disse " O pior que pode acontecer é não haver melhora. O melhor que pode acontecer... fica para a próxima postagem".por isso fico agradecida pelo o sr ser um médico que trabalha em prol do ser humano.Um grande abraço e muita luz e paz para o sr.

    ResponderExcluir
  58. E podem ter certeza que a Patrícia faz parte desse círculo secreto!
    Rss rss rss

    ResponderExcluir
  59. Andrea, vc não precisa comer muita gordura. E vc tem ALTA chance de se beneficiar muito, não deixe de tentar. E use um pouco de amido resistente, há motivos para crer que seja especialmente útil em Crohn.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 13:10, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  60. Se eu sou 4, o Márcio é metade do cara que apareceu no meu consultório meses atrás ;-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 13:12, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  61. E após quase um mês com o AR sai com alguns amigos e provei algumas bolachas lá. Comi 5, recheadas. E pela primeira vez, msm comendo gluten, ñ tive reações alérgicas, nem inchei e ñ tive compulsão! Aliás, no dia eu acabei comendo menos calorias doq o normal. não sei se foi a dieta em si (q, após eu ter acrescentado carbs paleo, diminuiu minha fome e apetite - q era gigante - drasticamente) ou o AR. ou os dois.
    Sem contar em como o ganho de MM e recuperação muscular se mostraram melhor após o AR (msm antes deu aumentar os carbs...). A cada dia essa dieta me surpreende mais... é incrível! Assim como esse blog, sempre se inovando e ñ parando no tempo. Parabéns e obrigada Dr. Souto!


    Dica rápida: congelar a banana verde ANTES de descascar, por umas 3 horas. Depois é só molhá-la um pouco e descascar como antes, mas com o benefício da nódoa congelada, oq a impede de grudar em tudo...

    ResponderExcluir
  62. :-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 13:31, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  63. Priscila, vc faz o uso de bananas verdes todos os dias? Quais carboidratos vc acrescentou em sua dieta? Obrigada!

    ResponderExcluir
  64. Nossa, impressionante!
    Quem sabe agora consigo fazer meu pai cogitar a ideia de cortar a cerveja... ele já teve problemas sérios, às vezes comeu sem saber e parou no hospital.
    Vou dar uma provadinha, porque talvez eu esteja me abstendo desnecessariamente, não é? Nem siri ou mexilhões eu experimentava..
    Obrigada pela notícia Kel, talvez eu também dê essa sorte... eu queria mesmo era não ter mais alergia a cães, mas ainda não descobri uma cura para isso... sinto falta de uma bichinho em casa!
    Abçs

    ResponderExcluir
  65. Vou começar sim.

    ResponderExcluir
  66. É, estou tentando, obrigada!

    ResponderExcluir
  67. Socorro aqui em Porto Alegre se consegue banha de porco da marca BORRÚSIA é a melhor marca até agora. ela tem o verdadeiro gosto de banha.

    ResponderExcluir
  68. Socorro, faço minha banha e acho que compensa.
    Compre o toucinho com um pouco de carne e aí você terá banha + toresmo. Peça o açougueiro para picar em pedaços pequenos. Tempere a seu gosto coloque em uma panela e mexa de vez em quando até soltar toda gordura. Os torresmos vão ficar douradinhos. Guardo a banha na geladeira. Dura bastante.Boa sorte.

    ResponderExcluir
  69. http://www.benefiber.com.br/faqs.html#
    "2. Qual é a fibra presente no Benefiber®?
    É a fibra dextrina resistente de TRIGO. É uma fibra em pó e 100% solúvel. Não contém açúcar nem sabor e é absolutamente transparente."



    _____
    42

    ResponderExcluir
  70. Pois é! Isso que eu não entendi, o que seria fibra dextrina resistente de TRIGO?? E como não contém glúten? Uma médica me recomendou e eu não tive coragem de testar.

    ResponderExcluir
  71. Que legal, Teresa! Sonho com o dia em que não terei mais cólica (que só fez aumentar, e atrapalha muito meu dia-a-dia). E meu ciclo que sempre foi de 28 dias, agora mudou para 30, não sei se isso é bom ou ruim.
    Você tem quanto tempo de páleo? Você ainda sente alguma cólica?

    ResponderExcluir
  72. Daquelas coisas que eu nem tinha percebido, mas é verdade... não tenho aftas há meses! Vivia comprando pomada pra passar, achava que era fruto de má escovação (embora sempre tivesse dado atenção a este aspecto)... mais um motivo pra NUNCA deixar de comer assim ;)

    ResponderExcluir
  73. Se você não comprou, acho que nem vale a pena gastar o dinheiro com esse produto.
    Se você já comprou, faz um teste.



    _____
    42

    ResponderExcluir
  74. Oi Dr. Souto, primeiro parabéns pelo primoroso trabalho realizado com este blog. Neste post o sr. tocou no ponto que mais me faltava: auto imunidade. Fui diagnosticada com esclerose múltipla surto-remissão em 2012 e desde então vinha sofrendo com a medicação, que teve de ser trocada por falha terapêutica e com alguns surtos como dormência, neurite ótica e formigamento, mas que graças a Deus não me deixaram sequelas. Desde o diagnóstico procurei me informar sobre como a alimentação poderia melhorar a minha condição. Em função dessa busca encontrei a proposta da dieta paleo no fim do ano passado. Comecei a dieta paleo estrita no dia 1º de janeiro deste ano. Meu médico não foi contra uma vez que "mal não faria". Vou repetir meus exames de sangue nesta semana, faço de 4 em 4 meses, então poderei compará-los com aqueles antes da dieta. Mas estou muito animada com os resultados físicos. Não sinto mais fadiga e cansaço mesmo em ambientes muito quentes, não tenho mais dores neuropáticas, minha disposição aumentou e de presente emagreci quase 15 quilos nestes 3 meses. Só animação! Assim que tiver os resultados dos exames volto aqui pra contar. Abraços!

    ResponderExcluir
  75. Prezados leitores do blog,


    recomendo dois textos muito bons sobre doenças do intestino que complementam esta ótima postagem.

    http://primalbrasil.com.br/problemas-intestinais-parte-1-sobre-doencas-do-intestino/
    http://primalbrasil.com.br/doencas-do-intestino-parte-ii-curando-o-intestino/

    ResponderExcluir
  76. Assiste. Hoje. Minding Your Mitochondria: Dr. Terry Wahls at TED...: http://youtu.be/KLjgBLwH3Wc

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/03/2014 16:42, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  77. quanta honra! ;)

    ResponderExcluir
  78. Obrigada dr. Foi através do site dela e desse vídeo em especial que cheguei à paleo. A alimentação que ela sugere se encaixa muito bem neste estilo de vida. Só queria avisar a todos que mesmo seguindo a dieta não larguei a medicação, ok!

    ResponderExcluir
  79. Dr. Souto, o livro que o Alessio Fasano descreve na apresentação dele está disponível na kindlestore brasil há 2 dias.
    http://www.amazon.com.br/Gluten-Freedom-Essential-Gluten-Free-Lifestyle-ebook/dp/B00J7Z1J5E/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1395961906&sr=8-2&keywords=ALESSIO+FASANO

    parece ser bem interessante

    ResponderExcluir
  80. Sim, todo o dia. agora tenho variado com fécula de batata tbm, às vezes.


    Eu comecei com arroz branco refrigerado e um pouco de feijão... coisas q ñ são mt palatáveis. além de uma fruta de sobremesa. agora já passei pro pão de queijo. Mas tento revesar. se como arroz, ñ como pão de queijo, e vice e versa. pra ñ dar mt carb de uma vez, entendeu? mas acho q mantendo entre 100-200g/dia está ótimo! a ñ ser q vc tenha resistencia a insulina ou diabetes... dai é bom ir aumentando aos poucos e depois de uns 15 dias de suplemento com AR pelo menos...

    ResponderExcluir
  81. O que poderia ser considerado um trato intestinal saudável? Fezes diárias indolores, volumosas, pastosas e de cor marrom telha? E, se assim o forem, isso pode ser um indicativo de microbiota ok? Ou rejeitos nessas condições não garantem que o microbioma esteja com saúde, mas um quadro diferente certamente indicaria deficiências da fauna intestinal?

    ResponderExcluir
  82. Cocô tipo 4 na escala de Bristol: http://pt.wikipedia.org/wiki/Escala_de_Bristol


    2014-03-27 22:28 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  83. Dr. Souto, hipotiroidismo não é auto imune ou é??

    ResponderExcluir
  84. Para esclerose multipla a vitamina D tb parece ajudar :-)

    ResponderExcluir
  85. Na grande maioria das vezes, é. Tireoidite de Hashimoto. O problema é saber se ainda resta tireoide suficiente por ocasião da dieta páleo. Se não houver tireoide suficiente, precisará repor hormônios sempre.


    2014-03-27 22:48 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  86. Vitamina D é importante para tudo que envolve autoimunidade


    2014-03-27 22:48 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  87. Conte mais Teresa, queremos "ouvir" sua história de vitória!!!!! Quanto tempo estas na dieta, estas fazendo lowcarb, paleo, primal? Restringiste algum alimento com a finalidade de tratar o SOP ou adicionaste algo? Tenho uma amiga que tb tem SOP. Quem sabe a tua experiência possa ajuda-la tb.

    ResponderExcluir
  88. Dr.Souto,quanto ao uso do AR,estou usando o polvilho doce,mais você acha que a fécula de batata é melhor?que os resultados são melhores?

    ResponderExcluir
  89. Oi Patricia quero fazer aquela receita do yakult,você me passa?e fazer com o yakult 40 é melhor?

    ResponderExcluir
  90. Fatima Aparecida Rocha Guimara27 de março de 2014 23:58

    Também desconfio disso viu?...kkkkkkk

    ResponderExcluir
  91. Fatima Aparecida Rocha Guimara28 de março de 2014 00:01

    Ai meus Deus...esses nomes me lembram a idade que eu tenho...kkkkk...mas melhorou muito mesmo viu??

    ResponderExcluir
  92. Fatima Aparecida Rocha Guimara28 de março de 2014 00:13

    Eu escrevi errado...rsrsr a diferença é de uma molécula...hahahah...mas como diz o Dr. é facil fazer banha em casa...quero ver fazer margarina ..hahaha

    ResponderExcluir
  93. Fatima Aparecida Rocha Guimara28 de março de 2014 00:15

    O Pior é que eu amava margarina...achava um must...rsrsrs...agora só uso manteiga mesmo...

    ResponderExcluir
  94. Fatima Aparecida Rocha Guimara28 de março de 2014 00:17

    Anotei a receita...eu posso tomar??...não sobe a glicemia né??

    ResponderExcluir
  95. ótima dica...acabei de testar e não gruda mesmo...deixei congelado por umas 10 horas (sem querer)

    ResponderExcluir
  96. Mas não está de todo errado, observe no fluxo que a última etapa de fabricação da margarina se chama "Plasticization", logo após a desodorização química. Manteiga não precisa de nada disso! Eu vejo as pessoas comprando Becel no supermercado e sinto pena.

    ResponderExcluir
  97. Meus olhos brilham quando leio tanta informação de qualidade!!
    Nove meses comendo paleo e além dos vários quilos a menos, o resultado foi:
    - Renite alérgica (no meu caso, causada principalmente pelo pólen): não tive nenhuma crise na última primavera. Anos anteriores: crises fortes, mesmo com uso de medicação;
    - A melhora na renite também melhorou a qualidade do sono, já que agora o nariz não fica mais entupido;
    - Dermatite de contato: a muitos anos não usava brincos (até os de prata causavam inflamação), agora estou usando até bijuteria;
    - Inchaço nas pernas: desapareceu;
    - Refluxo e gastrite: refluxo só tenho quando eventualmente como trigo, dores de estômago, não tive mais!

    ResponderExcluir
  98. eu já deixei até uns 3 dias congelada hahaha dai só coloco um pouco na água e ela fica 'molinha' por fora. Só tem q tomar cuidado pq como molha, pode espirrar nódoa congelada e depois q seca vai continuar na roupa e pode manchar... mas na faca/pia/tábua é só passar uma bucha na hora msm q fica td limpinho xD

    ResponderExcluir
  99. Não, não comprei mesmo. :/

    ResponderExcluir
  100. Tomo vitamina D como suplemento, não como único tratamento. Assim como suplemento de Ômega 3 com alta concentração de DHA.

    ResponderExcluir
  101. Ok, fezes tipo 4 são saudáveis. Mas e quanto a relação com a microbiota? Isso indica necessariamente uma microbioma também saudável?

    ResponderExcluir
  102. É uma das formas de s ter uma ideia. Ou então, mandar uma amostra para http://americangut.org/


    2014-03-28 11:20 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  103. off topic: A dieta páleo/low carb traz algum benefício específico no que diz respeito a artrite reumatóide?

    ResponderExcluir
  104. Boa. O importante é que os Soutos estejam soltos ao menos na internet pra desmascarar o engano das dietas prescritas por governos e magnatas da indústria alimentícia. Abaixo o Marco Civil. INTERNET LIVRE!

    ResponderExcluir
  105. Verdade. Outro dia comi várias "chipas" no supermercado, que pensei fossem inofensivas, mas depois me disseram que tinha trigo. Sou um ex-obeso não muito comportado: quando não conheço o alimento, só pergunto se tem glúten depois de comê-lo (mal exemplo pros meus filhos).

    O interessante é que geralmente tenho vários sintomas quando ingiro glúten. Ao longo da semana esperei as dores, coceiras e os microespasmos de rotina... nada! Graças a Deus passou batido.

    Paleo + AR é o que há.

    ResponderExcluir
  106. Dr., e quando o "tipo 4" fica boiando... isso é bom ou ruim?

    ResponderExcluir
  107. Dr., existem estudos sobre os efeitos inflamatórios do feijão no intestino, assim como acontece com o glúten?

    ResponderExcluir
  108. Leia novamente a postagem

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 12:46, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  109. É ok

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 14:09, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  110. Sim, eu cito na postagem

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 14:14, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  111. eu li, mas sabe como é.... coisa de ex-obeso... queria ter certeza, da certeza, da certeza : (

    ResponderExcluir
  112. Dr., o que o senhor considera como mais susceptível de causar permeabilidade intestinal: a caseína, a lecitina do feijão ou o ovo de galinha?

    ResponderExcluir
  113. Caseína. Mas é uma loteria, e eu penso que um intestino saudável, glúten-free, na maioria das pessoas, tolera os 3.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 14:46, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  114. então a lecitina do feijão não interage com a zonulina como a gliadina do glúten?

    ResponderExcluir
  115. Afeta menos a permeabilidade. Exceto em algumas pessoas.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 14:56, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  116. Entendi. obrigado

    ResponderExcluir
  117. Paleo é oq há, pq a paleo ja tem AR... mas no nosso caso, low carb/paleo + AR é oq há de inicio... logo espero estar só na paleo \o/

    ResponderExcluir
  118. kkkk. Metade não, mas 81,9% sim.

    ResponderExcluir
  119. O Marcio acertou em cheio! São 4 mesmo: o médico, o cientista, o altruísta e o E.T. O Dr. Souto não é desse planeta! :D

    ResponderExcluir
  120. Oi Dr Souto estava vendo, fazendo uma analogia, como um teu súdito, vou colocar esta descrição como o primeiro milagre=canonização, segundo=santidade. Não serás mais Dr. Souto mas sim São José Souto, kkk, parabéns.

    ResponderExcluir
  121. Hahaha. Se tu procurares nos comentários, vais descobrir que milagres não faltam por aí :-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 10:55, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  122. Primeiramente quero parabenizar esse grande homem que disponibiliza tanta informação valiosa!!!! Dr. Souto, vc é D++++!!! :)
    Como a maioria das pessoas aqui, encontrei o site no intuito de emagrecer. Porém com o passar do tempo lendo os artigos, cheguei a conclusão que emagrecer é só um detalhe e que o foco é a saúde!! Já emagreci 18 kilos com as mudanças de hábitos!!!
    Agora estou com uma dúvida e se caso puder me responde ficarei eternamente agradecida!!
    Tenho uma bbzinha de 1 ano e 7 meses que ainda mama no peito e come muitoooo pouco outros tipos de alimentos, e ultimamente ela vem tendo crises de rinite. Levo ao médico e passam remédios para aliviar os sintomas e sempre falam que é normal da idade (antialérgicos, antibióticos)!! Vendo esse artigo queria saber como faço pra ajudar minha filhota, como faço para melhorar a flora intestinal dela (quantidade de AR, yakult,......ou outro).
    Desculpe o texto um pouco grande, tentei resumir :)
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  123. Sim! Todos os médicos insistiam que eu devia tomar metformina. Mas eu bati o pé e não tomei =P eu achava que depois acharia um jeito de melhorar!!

    ResponderExcluir
  124. Oi, Teresa, interessante seu relato. Eu também como praticamente comida de verdade, nunca fui de fazer receitas, até porque tenho preguiça :D, só fiz mesmo alguma coisa no Natal, e duas vezes fiz uma torta low carb com farinha de castanhas. Mas desde o início passei a tomar refri zero, que eu sempre detestei (e agora tomo sem fazer cara feia) e esse ainda é o meu pecado, mas só tomo quando saio pra jantar fora com amigos, mas quero largar isso também.
    Interessante que você come laticínios, e dizem que eles prejudicam quem tem SOP (deve haver um grau de tolerância). Eu tive que tirar porque estava me dando acne, mas hoje uso 2 CS de nata e uso também manteiga (que dizem ser praticamente proteína, mas não sei, tem dias que não me cai bem), e estou pensando em tirá-la também pra ver se acelera o processo. Existem relatos de que o café também faz mal, e eu sou meio viciada, embora só tome pela manhã, mas também não sei se procede. Hoje minha cólica está tão terrível (antes ela era suportável com remédio, depois da páleo piorou drasticamente, deve ter mexido com os hormônios) que fico com medo quando preciso viajar e sei que a menstruação está perto, pois é muito transtorno. Mas espero que um dia isso passe, minha parte eu tenho feito. :D
    Obrigada pela torcida! ;)

    ResponderExcluir
  125. Dr. Souto, gostaria de saber se o café a cafeína aumenta a secreção da insulina? atrapalhando o emagrecimento

    ResponderExcluir
  126. Não

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 17:42, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  127. Eu faço minha banha de porco na panela de pressão, sem sujeira e sem fumaça em casa.Faço o mesmo que a Luciana postou mas coloco na pressão por 15 minutos. Depois de fria, guardo a banha em pote de vidro na geladeira.

    ResponderExcluir
  128. http://hypescience.com/dietas-de-baixa-gordura-nao-funcionam-e-fazem-mal-para-voce/

    Dr. Souto,

    Neste link há um relato de uma experiência:

    "21 participantes adultos, com idades de 18 a 40 anos, tinham que
    perder 10 a 15% do seu peso corporal, e em seguida passar pelas três
    dietas em ordem aleatória, cada uma por quatro semanas.

    Esse modelo permitiu que os cientistas observassem como cada dieta
    afetava os participantes, independentemente da ordem em que foram
    consumidas. As dietas usadas foram:

    Dieta baixa em gordura, que reduz a gordura dietética e enfatiza
    grãos integrais e uma variedade de frutas e vegetais, composta por 60%
    de carboidratos, 20% de gordura e 20% de proteína;

    Dieta de baixo índice glicêmico, composta de grãos de minimamente
    processados, vegetais, gorduras saudáveis, legumes e frutas, com 40% de
    carboidratos, 40% de gordura e 20% de proteína (carboidratos com baixo
    índice glicêmico são digeridos lentamente, ajudando a manter o açúcar no
    sangue, assim como os hormônios, estáveis após a refeição);

    Dieta baixa em carboidratos, modelada após a dieta de Atkins,
    composta por 10% de carboidratos, 60% de gordura e 30% de proteína.

    Os pesquisadores mediram o gasto total de energia dos participantes
    enquanto eles seguiam cada dieta.

    A dieta muito pobre em carboidratos
    produziu as maiores melhorias no metabolismo, mas com uma ressalva
    importante: aumentou os níveis de cortisol dos participantes, o que pode
    levar à resistência à insulina e doença cardiovascular, além de elevar
    os níveis de proteína C reativa, que também podem aumentar o risco de
    doença cardiovascular.

    Já a dieta baixa em gorduras causou a maior redução no gasto de energia, um padrão lipídico insalubre e resistência à insulina.
    Conclusão
    Segundo os pesquisadores, ao contrário de dietas de baixo carboidrato
    e gordura, a dieta com baixo índice glicêmico não elimina classes
    inteiras de alimentos, o que a torna mais fácil de ser seguida e mais
    sustentável. Além disso, ela é a melhor para a saúde."

    O que o Sr. acha deste experimento.

    ResponderExcluir
  129. E eu lendo e chorando... quanto tempo perdido meu Deus! Já não tenho mais ovários, já não tenho mais tireoide e ainda a pressão alta que não me largou (esta tento derrotar e vou conseguir!). Mas rio também, pois as aftas diárias sumiram, a desidrose sumiu e tenho trazido várias pessoas pra este mundo maravilhoso! Dr. Souto, meu guru, foi mesmo libertador conhece-lo, principalmente pra mim, que já lhe conheço pessoalmente!! Adoro, simplesmente, adoro.

    ResponderExcluir
  130. Dr. Souto, quando fiz 40 anos eu tive tireodite sub-aguda, será que foi por esta razão que minha tireoide teve que ser removida? Lembro que na ocasião até achei que estava com câncer na garganta, pois emagreci em uma semana 8 kg, e tive que tomar remédio para os batimentos cardíacos... e depois deste episódio, anos depois, é que apareceu o nódulo de 5 cm, mas que nas punções, variadas, nunca dava diagnóstico específico, sempre sem apontar se era maligno...e lembro que na ocasião da cirurgia eu fui bem clara para a cirurgiã, dizendo eu não quero remover minha tireoide, só o nódulo. E qdo acordei da anestesia fiquei sabendo que minha tireoide tinha sido removida por estar, como a médica disse, bem estragadinha pela tireoidite sub-aguda que tive...

    ResponderExcluir
  131. http://eatingacademy.com/books-and-articles/good-science-bad-interpretation

    ResponderExcluir
  132. Dr. Souto, como é bom, gratificante, energizante e emagrecedor (rsrs) poder ter acesso a todos os conhecimentos que o senhor nos transmite de forma tão altruísta e educativa.___ Como nos faz bem conhecer a VERDADE dos fatos.___ Parafraseando seus comentários sobre os homens que a milênios atrás pintaram cavalos nas paredes da caverna, eu digo que, eu tenho a maior honra em tê-lo conhecido, embora apenas pela internet.___Bem que eu desconfiava que havia algo de errado com o sistema de saúde/nutrição do mundo acidental. Abraços, Célio - Americana SP

    ResponderExcluir
  133. Ok, obrigada por responder, que tipo de exame preciso fazer pra saber Dr. Souto?? Além do de sangue.

    ResponderExcluir
  134. Dr. Souto;


    Obrigado pelo 'link-resposta'. Pelo que entendi, trata-se de mais uma interpretação descontextualizada dos dados de pesquisa. Já vi muito isso.


    Depois de 10 dias de Low/Páleo perdi 3Kg. Surpreendente para um Dukaniano, que há pelo menos 18 meses tentava reiniciar aquela dieta, sem conseguir (a dieta do Dukan também é baixa em carboidratos, por isso achei que a Low/Páleo não funcionaria comigo). Até que de Janeiro pra cá ganhei uns 8 kilos (ganho tão significativo, realmente, não pode ser explicado por relação entre gasto e ganho de calorias). Descobri a Low/Páleo e resolvi arriscar e testar. Diria que ainda estou na fase de teste.


    Pratico musculação e pra chegar à academia vou montado na magrela (20 minutos de musculação em circuito (sem intervalos) e 20 minuto de pedal. Aos 49 anos é o que eu estou conseguindo fazer.


    Porém, notei um certo cansaço durante no início da dieta (que melhorou ) mas durante os exercícios ele ainda persiste (mais carbo?).


    Dukan fazia uma apologia do farelo de aveia. O que o sr. acha deste alimento no cntexto da Low/Páleo?


    Obrigado.

    ResponderExcluir
  135. Aveia é uma péssima ideia


    Em 31 de março de 2014 08:49, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  136. Acho ótimo


    2014-04-01 11:29 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  137. Sou portado de Psoríase a 30 anos e de Artrite Psoriásica a mais de 10 anos (manifestada) A mais de dois anos venho fazendo a dieta da proteína de onde retirei todos os carboidratos e tb o glúten. Agora encontrei este blog e lhes afirmo que em nada mudou as minhas enfermidades somente o peso que perdi e que se estabilizou a mais de 12 meses. Teria sido maravilhoso não ter que tomar mais Arava e em algumas ocasiões algum analgésico com anti inflamatórios.

    ResponderExcluir
  138. Com certeza não resolverá para todo mundo. Mas vc está 100% Páleo? Dieta da proteína, seja lá o que for isso, não é necessariamente Páleo. Muitas vezes tem proteína de soja, amendoim, até mesmo um pouco de glúten de vez em quando, sem falar em óleos extraídos de sementes e de alimentos processados. Seria necessário fazer Páleo MESMO, não sei se é o caso - e Páleo estrito, sem nem mesmo laticínios, antes de afirmar este caminho não funcionou pra vc. Vamos tentar?

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/04/2014 08:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  139. Bom dia Souto
    Certamente aceito a sua ajuda, visto que mesmo com uma medicação que alivia em 90% ainda sinto muitas dores mas mãos e nos pés, principalmente ao acordar.
    Não ingiro nada que tenha carboidratos, farináceos e derivados. Consultando uma tabela de alimentos que contém glúten, descobri que nenhum deles eu tenho na minha dieta,O que mais ingiro são carnes, saladas e frutas, queijo mussarela, em nenhum consta o glúten nos rótulos!

    ResponderExcluir
  140. Certo. Mas fique atento para leguminosas (SOJA, amendoim), óleos de sementes (ao menos casa, coisas como canola). Como explicado na postagem sobre auto-imunidade, os laticínios podem ser um problema também. E no que diz respeito a glúten, uma mínima exposição, uma única vez, tem efeitos deletérios por SEMANAS.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/04/2014 09:31, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  141. vou ficar mais atento ainda e lhe dou um retorno. Quem me dera voltar a ser uma pessoa normal!

    ResponderExcluir
  142. Dê uma olhada na postagem de auto-imunidade, que lá tem um link para protocolo autoimune

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 02/04/2014 10:55, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  143. Olá Dr! Pesquisando sobre vitamina D encontrei esse médico que também está contra a maré. Tem bastante informação, e até agora, não encontrei nada que o desabone. http://vitaminadporumaoutraterapia.wordpress.com/ Abraço!

    ResponderExcluir
  144. O que importa não é que eu esteja contra a maré, e sim a favor da ciência.
    A maioria das coisas contra a maré são pseudociência, misticismo, pensamento mágico ou picaretagem.

    Cuidado...

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 08/04/2014 19:52, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  145. é vero! por isso fui buscar se havia algo crítico, mas ainda não busquei pesquisas que não sejam de correlação sobre o assunto...a propósito, tem um site de consulta que concentra pesquisas em todo o mundo, vc já ouviu falar?

    ResponderExcluir
  146. Pubmed.gov

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 08/04/2014 20:12, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  147. Dr José Souto, estou com uma suspeita de dermatomiosite que pode ser uma doença paraneoplásica, gostaria de saber se a dieta pode ajudar?

    ResponderExcluir
  148. Primeiro precisa descartar neoplasia

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 14/04/2014 23:52, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  149. Dr. Souto, comecei a low carb em agosto do ano passado, fiz 2 meses e foi maravilhoso! Todos os benefícios que vc e todo mundo aqui no blog cita. Então, tive que ir morar nos EUA e acabei sendo fraca e voltaos aos maus hábitos. Estou retornando à low carb há cerca de um mês e estou sentindo efeitos contrários aos de antes (muito cansaço, preguiça, desânimo). Ingiro bastantes derivados do leite full fat (nata, iogurte caseiro grego, manteiga), vc acha que talvez possa ser intolerância à lactose? Ou então ainda estou em readaptação? (apesar de não ter sentido isso tudo na primeira vez, com uma semana já me senti muito bem). Ou alguma outra suspeita? Se tiver interesse, posso dar mais detalhes da minha alimentação. Muito obrigada e abraços.

    ResponderExcluir
  150. PATRÍCIA, PRECISO APRENDER FAZER ESTE YAKULT TAMBÉM.BJS

    ResponderExcluir
  151. EU ESTOU TENTANDO SEGUIR ESTA DIETA HÁ DOIS MESES E MEIO.PRIMEIRO AS DICAS DO RODRIGO POLESSO, DO VINICIUS POSSEBOM E AGORA DO SOUTO, E JÁ BAIXEI A BARRIGA DE 109CM PARA 91CM. ESTÁ SENDO UMA BENÇÃO DE DEUS .VOU NO BANHEIRO 2 OU 3 VEZES POR DIA, PARA QUEM FICAVA MAIS DE 3 DIAS SEM IR NO BANHERO É MUITA SATISFAÇÃO. QUE DEUS GUARDE ESTE TRIO ABENÇOADO.BJS

    ResponderExcluir
  152. Vicente Ferreira3 de maio de 2014 19:21

    Dr. Souto, tens algum relato de pessoas com miastenia grave e que fazem dieta paleo ou algum estudo que apontam melhoras nos sintomas da doença?

    ResponderExcluir
  153. Há relatos de sucesso na internet

    http://paleohacks.com/questions/43823/myasthenia-gravis.html

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 03/05/2014 19:21, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  154. Luiz de Gonzaga Monteiro14 de maio de 2014 10:18

    Patricia é possivel vc me enviar a receita do yakut 40 ?

    ResponderExcluir
  155. Paula Bandeira de Mello14 de maio de 2014 22:30

    Parabéns pelo post espetacular, Souto. Sou médica também e é bem raro ver colegas pensando assim, postando, explicando.. a maioria ainda enche o peito e a boca com diretrizes pré-históricas, postando suas pizzas e dizendo que só celíacos devem evitar, aquele blábláblá. Vc me deixou orgulhosa da nossa classe (médica). Grande abraço, Paula

    ResponderExcluir
  156. Obrigado!

    E vc, já está na lista dos profissionais Páleo?

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 14/05/2014 22:30, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  157. Dr. Souto! Para tudo!!! Estou p-a-s-s-a-d-a com esse post!!!! Acabei de escrever um comentário em outro post perguntando justamente se o sr. tinha mais informações sobre diet low starch x espondilite x doenças autoimunes. Só agora descobri esse daqui!

    Sabendo que todas as suas postagens são embasadas em evidências científicas, tive receio que se eximisse de tratar desse assunto dada a carência de estudos nessa área.

    E aí vem aquela infame teoria da conspiração quanto ao interesse (ou falta dele) econômico, político, etc em realizar tais estudos. Afinal, quem financia as pesquisas científicas? Quem se beneficiaria com a eventual comprovação de que a simples alteração da dieta pode livrar as pessoas de doenças tão terríveis? A indústria farmacêutica é que não...

    Diz a lenda que o financiamento das pesquisas do Dr. Alan Ebringer, do King's College de Londres, foi cortado após ele começar com essa história de dieta sem amido para combater a espondilite.

    O que eu sei é que o remédio recomendável para o meu caso (que, até agora, eu tenho relutado em tomar) custa R$ 6 mil a dose, que deve ser tomada a cada 15 dias, por tempo indeterminado.



    Bem, mas tudo isso é para dizer: parabéns e obrigada pelo post! Mesmo na falta de "comprovação" científica (disclaimer duly noted! =P), acredito que muitas pessoas podem se beneficiar das informações contidas aqui! E como o sr. falou, o maior "risco" que corremos é de melhorar a saúde!


    Estou me organizando para começar a dieta já!!! Também quero ser um relato de caso de sucesso!
    I look forward to our appointment!

    ResponderExcluir
  158. Go girl!


    Em 28 de maio de 2014 19:41, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  159. Olá Dr Souto, após um surto de esclerose multipla no começo de maio eu realmente fiquei com medo seguir apenas os métodos alternativos. Pretendo seguir meu tratamento com a dieta paleo + vitamina d + copaxone.
    Sobre autoimunidade, existe alguma novidade bombastica ou ainda é algo que não tenha as causas bem definidas?
    Um médico estudioso no assunto me disse que atividade fisica intensa parece ter efeito muito benéfico em quem sofre de patolias autoimunes.

    ResponderExcluir
  160. Compre CORRENDO o livro da Terry Wahls.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/06/2014 20:39, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  161. Sim! Já está na minha lista! Agora estou lendo a Dieta da Mente.
    Eu não tenho comido grãos, mas fiquei na dúvida se o broto de feijão tb tem q ser retirado nos casos de autoimunidade.
    Tatiana Carli
    (taticarli@gmail.com)
    Enviado via iPhone

    ResponderExcluir
  162. Eu não arriscaria

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/06/2014 21:18, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  163. Dr, a vitamina K é importante para quem tem esclerose multipla e a Dra Terry Wahls pede para comer bastante folhas verde escuro. Eu logo pensei no espinafre pq adoro! Mas lendo o link abaixo fiquei assutada! É mesmo tão tóxico assim? http://www2.uol.com.br/vyaestelar/espinafre.htm

    E pra quem nao gosta de figado de boi, coracao de galinha e moela são bons substitutos? Obrigada!

    Tatiana Carli
    (taticarli@gmail.com)
    Enviado via iPhone

    ResponderExcluir
  164. Dr Souto, tenho sofrido com constipação. Chego a ficar 1 semana sem ir ao banheiro. O polvilho doce não me ajudou. A farinha de banana verde só me dá gases. Se eu tomar suplementos em capsulas de prebiotico e probioticos resolveria meu problema?
    Tatiana Carli
    (taticarli@gmail.com)
    Enviado via iPhone

    ResponderExcluir
  165. É possível. O uso de inulina e lactulose (pré-bióticos, disponíveis comercialmente nas farmácias) também pode ajudar. E eventualmente um proctologista para ver se não há nada errado.


    2014-06-04 9:50 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  166. Tatiana, farinha de banana verde não é indicada. Já tentou a fécula + actimel?

    ResponderExcluir
  167. Oi Patricia, eu fiquei com receio da fecula, pois li em algum lugar que pode ter lotes contaminados com gluten. Isso é verdade?
    Eu pensava que actmel e yacult eram agua adoçada e por isso sempre evitei.
    Tatiana Carli
    (taticarli@gmail.com)
    Enviado via iPhone

    ResponderExcluir
  168. Marcela B. Azevedo Constâncio5 de junho de 2014 15:18

    Ola Dr! Tambem estou tendo muita dificuldade para ir ao bangeiro apos começar a dieta. Estou adorando a dieta e acredito nas bases dela. Sera que eu poderia tomar um remedio com principio ativo de plantago ovata? Do contrario nao vou mais ao banheiro.

    ResponderExcluir
  169. A dose máxima recomendada são 30g por dia. São 4 col de sopa bem rasas, pode misturar iogurte, actimel (caseiro). Lembre-se que não pode aquecer, precisa ser crua. Recomendo começar com uma colher. Outra coisa boa tbm é abacate, pode comer todo dia.

    ResponderExcluir
  170. Olá Dr. Souto, tenho 52 anos e mudei minha alimentação por indicação de minha irmã que tem tido ótimos resultados na saúde. Não estou tendo dificuldades, pelo contrário, tenho me sentido ótima. Minha irmã tb tem me falado muito da importância de fazermos periodicamente exames de sangue para acompanhar as mudanças. Bem tenho uma filha de 13 anos, saudável aparentemente, mas que estava acima do peso (1,65 alt com 69Kg), tenho feito a mesma dieta alimentar com ela com algumas exceções, (100 a 150 carb), minha pergunta principal é quais exames de sangue o sr. indicaria como os mais importantes e de quanto em quanto tempo deveriam ser feitos para a faixa etária dela e para a minha? Estamos nessa alimentação a mais ou menos 1 mês e meio. Agradeço. a atenção e aguardo ansiosa sua resposta.
    Pirassununga/SP

    ResponderExcluir
  171. Não vejo necessidade de nenhum exame em uma menina de 13 anos
    Em 10/06/2014 22:27, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  172. Lister, eu penso que se vc está se sentindo bem assim, se está funcionando pra vc, continue! Perceba que falei que a dose máxima recomendada são 30g/dia. É apenas a recomendação, certo? Tem pessoas que nem se deram bem com o AR!

    ResponderExcluir
  173. Dr, este probiótico poderia substituir o Lactofos? Achei-o procurando por probióticos.

    http://www.vitacost.com/vitacost-probiotic-15-35-35-billion-cfu-120-vegetarian-capsules-7

    ResponderExcluir
  174. Lucineidelima201420 de junho de 2014 02:24

    Olá! Parabéns pelo lindo blog! Seria possível um pequeno esclarecimento? Tenho miastenia, medicada, controlada, assintomática. Comecei a redução de carbs e fui feliz por cinco dias até que, ontem, passei a sentir grande falta de ar. Pode estar relacionado à restrição de carboidratos? Essa restrição pode gerar fraqueza muscular grave? Se sim, só o tentativa-e-erro me levariam a descobrir minha quantidade adequada de carbs? Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  175. No seu lugar, eu faria páleo não-low carb (com frutas e raízes).
    Em 20/06/2014 02:24, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  176. Desde que conheci a Dieta Paleolítica além da qualidade de vida as mudanças de hábitos totalmente transformados dentro da minha casa para melhor, emagreci naturalmente muito obrigada Drº Souto realmente podemos morrer comendo errado.

    ResponderExcluir
  177. ME PASSE SEU CARDÁPIO ROZILENE. NÃO ESTOU SABENDO O QUE COMER DIREITO. ME RESPONDA NO EMAIL nel-1971@hotmail.com

    ResponderExcluir
  178. bom di Dr. Souto =) encontrei o seu blog quado procurava ajudar amigos e familia com esclerose multipla fui espelhando a msg por clientes conhecidos ate que.............. reparei so hoje que tambem tenho algo em mim auto-imune!! Dermografismo nunca fui a um medico mas é MUITO visivel tem alturas que so de tocar a pele em alguma mesa fico que parece que me xicotearam com riscos enormes empolados muito vermelhos.. Quem ve fica muito assustado.. bem isto faz apenas us meses nunca me tinha visto nesta situaçao.. começei paleo faz hoje 6 dias nao sei se ou sempre conseguir para mim é refeiçao passo a passo =) pois ja fui anoretica em pre adolescente depois em adolescente bulimica depois de pensar que tava curada desse mundo era compulsiva so num periodo do dia etc efim a cmpulsao pr doces sempre foi o meu forte.. axo q nunca fui gorda mas.. agora convivo bem cmg mesma =) se pudesse emagrecer claro nao e importava ate porque devo de tar com tamaho38 e sempre tive 32 ou 34 mas acima de tudo objectivo seria um todo melhorar e acreditar que consigo.... dai a querer ir um passo de cada vez! A minha duvida é possso comer lacticinios??

    Tenho apenas contado uma porçao deles por dia pelo sim pelo nao...
    exemplo de um dia
    peq almoco: 2ovos e banana (ou pessego ou ameixa) OU 1 iog grego oleo de coco e ameixa

    almoço: frango com pele grelhado berinela abobrinha e tomate (muitas vezes tambem com manteiga e oleo de coco)

    lanche: 1 ou 2 bolachas de coco (da maisgorduramenoshidratos leva queijo coco manteiga e leite de coco e erytritol) mais frutos secos 2 castanhas ou 5 avelas

    jantar: se chego com fome ponho um pedaço de mozarela a boca e 2 azeitonas enquanto faço queijo com fiambre de frango ou frango de qualquer forma ou ovo mexido com salsicha

    tem sido assim... nao sei como contar os carbs mas tambem tenho receio de ficar demasiado precionada entao levo de forma leve sempre que vejo que fica bem ponho oleo de coco ou azeite =) o segredo é aumentar gordura e nao proteina certo????

    muito obrigado pela sua entrega e ajuda

    ResponderExcluir
  179. Acho q está bem, só cortaria laticínios se necessário.

    Sent from mobile phone
    Em 20/07/2014 06:15, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  180. Muito obrigado para mim cortar totalmente lacticinios ainda é mesmo muito dificil parece que nao consigo ainda pelo menos todos os dias sempre preciso de nata ou iogurte grego mesmo que pouco so para variar mas vou tentar muitoo obrigado =)

    ResponderExcluir
  181. Não tenho mais olhado, mas a última vez que olhei, todos os iogurtes gregos disponíveis Brasil eram adoçados.

    Sent from mobile phone
    Em 21/07/2014 05:22, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  182. Eu sou portuguesa e moro em Portugal cá ja a venda iogurte grego natural sem ser adoçado (de marcas brancas lidl ou pingo doce ou mesmo da Minus que penso ser marca Alema)


    obrigado por nos ensiar tanto
    algo que precise saber deste lado esteja a vontade

    ResponderExcluir
  183. Dr. Souto
    Tenho tireoidite de hashimoto desde 1998 e NUNCA NENHUM MÉDICO falou sobre a alimentação!! E olha que sempre perguntei se deveria ter alguma restrição alimentar. O sr. poderia me encaminhar o protocolo auto-imune traduzido ou tudo o que tenho que eliminar??
    Grata por sua atenção!!

    ResponderExcluir
  184. Olá Lucilene,

    sobre tireoide de hashimoto, alguns comentários do Dr. Souto:

    "Uma dieta paleo estrita (zero glúten, zero soja, zero feijão/lentilha/amendoin, evitar óleos de sementes) pode reverter o hipotireodismo se o mesmo for causado por tireoide de Hashimoto. Mas a única forma de saber é acompanhar com exames. E o hipotireoidismo persistente e não tratado irá dificultar a perda de peso."

    'E sim, a causa principal e o glúten e a soja (não adianta dizer isso ao endócrino, ele não vai saber isso, e dirá que é loucura). Além da eliminação total do glúten, é necessário eliminar completamente as leguminosas (soja, amendoim, feijão, etc). Em cerca de 90
    dias, você pode repetir os exames, e provavelmente estará muito melhor "

    ResponderExcluir
  185. Dr. Souto... O câncer estaria incluído? Uma amiga minha muito próxima acabou de descobrir um câncer em seu pescoço, e estão pesquisando pra saber se é linfoma ou melanoma, essa semana teria a resposta. Estou conversando com ela sobre a possibilidade dela, que é bariatrica, e já perdeu 60k, cortar açúcar e trigo. O que vc acha? Me passa uns links, pls?

    ResponderExcluir
  186. Olá Rosana,

    alguns comentários do Dr. Souto sobre o assunto:

    "Em termos de câncer, penso que o mais importante é se manter low carb, e alimentar o microbioma com AR pra ele não passar fome." http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/a-semana-das-manchetes-positivas-3.html#comment-1315003850

    "Procede, mas é apenas uma coisa completamente experimental (um monte de coisas que funciona em tubo de ensaio e em modelos animais funciona contra o câncer, mas depois não resolve na vida real). Além disso, há vários tipos de câncer que podem usar gordura, e mesmo que a pessoa coma zero carbs, a glicemia permanece normal por causa da gliconeogênese (ou seja, pelo mesmo motivo que vc não mata seu cérebro em dieta cetogênica, também não mata o câncer: a glicose continua disponível, apenas em menor quantidade). Isso significa que é bobagem? NÃO. Mas significa que não é realista imaginar que se vai ficar curado com dieta cetogênica - no máximo, quando os estudos em humanos estiverem prontos, veremos algum efeito do uso ADJUVANTE da dieta junto com químio e/ou rádio. E não espere milagres: será algo como "o grupo de químio teve uma mortalidade de 40% em 5 anos, e o grupo químio+dieta teve uma mortalidade de 30% em 5 anos). Não quero ninguém me acusando no CRM de ter vendido falsas esperanças para seu parente moribundo, que passou seus últimos 3 meses se privando de sorvete e morreu mesmo assim. Se eu tivesse câncer, eu faria uma dieta cetogênica? CLARO QUE SIM. Mas eu SEI que é algo experimental e sem comprovação, e eu já faço períodos de dieta cetogênica de qualquer forma porque eu GOSTO." http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/a-semana-das-manchetes-positivas-5.html#comment-1286743241

    "Não, NÃO funciona sempre. Nada funciona sempre. Muito MENOS pra câncer. Por isso nunca postei esse vídeo no blog - para não parecer um vendedor de falsas esperanças. Mas estou convencido de que pode ajudar, e de que evidentemente não atrapalha." http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/a-semana-das-manchetes-positivas-5.html#comment-1286437660



    Explore mais o blog! digite 'câncer' na caixa de pesquisas Pesquisar este Blog e leia os comentários que são muito ricos!

    ResponderExcluir
  187. Bom, é verdade tudo o que eu disse acima. Em todo o caso, seguem algumas coisas favoráveis (tudo experimental e sem comprovação): https://www.youtube.com/watch?v=ngwTPz4OwLA

    Abdelwahab, M.G. et al., 2012. The Ketogenic Diet Is an Effective Adjuvant to Radiation Therapy for the Treatment of Malignant Glioma. *PLoS ONE*, 7(5), p.e36197. Available at:http://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0036197 [Accessed
    September 21, 2013].
    Allen, B.G. et al., 2013. Ketogenic diets enhance oxidative stress and radio-chemo-therapy responses in lung cancer xenografts. *Clinical cancer research: an official journal of the American Association for Cancer Research*, 19(14), pp.3905–3913.
    Caso, J. et al., 2013. The effect of carbohydrate restriction on prostate cancer tumor growth in a castrate mouse xenograft model. *The Prostate*, 73(5), pp.449–454.
    Fine, E.J. et al., 2012. Targeting insulin inhibition as a metabolic therapy in advanced cancer: A pilot safety and feasibility dietary trial in 10 patients. *Nutrition*, 28(10), pp.1028–1035. Available at: http://www.nutritionjrnl.com/article/S0899-9007(12)00186-4/abstract [Accessed September 21, 2013].
    Klement, R.J. & Kammerer, U., 2011. Is there a role for carbohydrate restriction in the treatment and prevention of cancer? *Nutrition & Metabolism*, 8, p.75. Available at: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3267662/ [Accessed September 21, 2013].
    Maroon, J. et al., 2013. Restricted calorie ketogenic diet for the treatment of glioblastoma multiforme. *Journal of child neurology*, 28(8), pp.1002–1008.
    Masko, E.M. et al., 2010. Low-Carbohydrate Diets and Prostate Cancer: How Low Is “Low Enough”? *Cancer prevention research (Philadelphia, Pa.)*, 3(9), pp.1124–1131. Available at: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3757152/ [Accessed September 21, 2013].
    Poff, A.M. et al., 2013. The Ketogenic Diet and Hyperbaric Oxygen Therapy Prolong Survival in Mice with Systemic Metastatic Cancer. *PLoS ONE*, 8(6), p.e65522. Available at:http://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0065522 [Accessed September 21, 2013].
    Simone, B.A. et al., 2013. Selectively starving cancer cells through dietary manipulation: methods and clinical implications. *Future oncology (London, England)*, 9(7), pp.959–976.
    Spitz, D.R. et al., 2000. Glucose deprivation-induced oxidative stress in human tumor cells. A fundamental defect in metabolism? *Annals of the New York Academy of Sciences*, 899, pp.349–362.


    Em 23 de julho de 2014 19:30, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  188. Muito obrigada, querida... Vou passar esse link pra minha amiga... Estou aconselhando-a qto à se manter low carb... Ajudarei ela a pesquisar...

    ResponderExcluir
  189. oa a todos vim so dier rapido o que sinto depois de 10 dias de paleo (com um dia de lache com 2 sobremesas poishavia muito convivio mas quase nada de guten (ate aqui houve difereça sem compulsao e comi sem aquela gula preferi virar mesmo p a fruta e quejos ))


    1a diferença a pele esta a melhorar mesmo =) aquelas borbulhas pontuais estao a ir emboa a pele esta mais lisa e afinada


    2a a barriga que acordava ja chateada com o mundo hehe esta de manha a noite bem mais recolhida =))


    3o tenho mistempo p relaxar o cerebro pois como nao o ocupo com compulsao ele descansa ahaha e a vida sorri melhor assim nao é?


    o que ainda nao vejo é a celulite a ir embora mas com o tempo pode ser que melhore =)


    beijos a todos e devagarinho se vai longe um dia de cada vez =)

    ResponderExcluir
  190. tenho uma duvida o feijao verde pode?? aquele bem comprido??

    ResponderExcluir
  191. Vagem?

    Sent from mobile phone
    Em 25/07/2014 06:28, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  192. Obrigada, dr...

    ResponderExcluir
  193. Oi Andrea, gostaria de saber se você conseguiu começar a dieta e como está se sentindo, pois também tenho crohn e comecei a um mês.




    ResponderExcluir
  194. sim vagem mas la dentro tem umas "sementes" bem verdes =) pode?
    ja la vao 2 semanas e us 2 dias e estou me a sentir bem melhor =) episodios de dermografismo ainda tenho mas a pele na caa ada vez melhor =) a celulite axo que tambem se nota um pouquinho =) mas posso ser eu de tanto olhar =) a parte melhor e ser livre e comer a vontade sem ficar desesperada e nervosa se nao tenho açucar ao pé =) em cada semana tive um dia que comi doces com açucar mesmo mas sem gluten que issso é que nao queria mesmo ja basta se algum dia tiver de ser =) mas por enquanto enquanto posso escolher escolho =)

    ResponderExcluir