terça-feira, 15 de abril de 2014

Documentário THE PERFECT HUMAN DIET - legendado

Graças ao trabalho exaustivo do colaborador Luiz S., segue o link para o EXCELENTE documentário In Search of the The Perfect Human Diet (Em busca da dieta humana perfeita)





152 comentários:

  1. Que maravilha!!

    ResponderExcluir
  2. Assisti ontem. Maravilhoso! Vlw, Luis! Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  3. E do Hilton também, que traduziu uma parte e foi extremamente solícito quando precisei de ajuda em todo o processo.

    ResponderExcluir
  4. Acontece comigo algo esquisito. Quando não como, não sinto fome. Mas quando como sinto mais fome. Isso mesmo estando em LCHF com 20% de
    carbo e algo em torno de 2 g de proteína por cada quilo de massa magra, há cinco meses. Seguindo a recomendação de só me alimentar quando a fome aparece, cheguei a ficar quatro dias sem comer ou beber nada. Simplesmente não tinha fome. Fiz musculação durante esse período de modo intenso e caminhadas normalmente, sem me sentir mal. Por receio, interrompi o jejum. Qual a explicação para isto? Será que me traria algum dano maior ter seguido esperando para ver quando a fome chegaria?

    ResponderExcluir
  5. Opa! Obrigado Luiz S e Hilton pelo trabalho de vocês e obrigado Dr Souto por compartilhar :D
    Bora conferir! Abraço

    ResponderExcluir
  6. Luiz e Hilton, grande trabalho! Obrigado!

    ResponderExcluir
  7. Luiz e Hilton, muito obrigada!!

    ResponderExcluir
  8. Nao sei a resposta
    Mas jamais deixe de hidratar-se

    ResponderExcluir
  9. Parabéns aos dois!!!! Muito bem legendado mesmo...
    Ja o documentario, me esclareceu alguns pontos "paleontologicos" por assim dizer...mas na nutrição em si, creio que poderiam ter mergulhado mais fundo, principalmente na dieta das comunidades atuais que mantém habitos paleoliticos

    ResponderExcluir
  10. Excelente trabalho, muito obrigada =D

    ResponderExcluir
  11. Desculpe a intromissão, mas vc está muito acima do peso? Porque eu acho que se você não tem muita gordura para queimar pode ser perigoso ficar dias em jejum, aí seria melhor tentar superar esse problema de outras formas, como estabelecer uma quantidade razoável que você vai comer e seguir essa quantidade, mesmo que te dê fome. E fazer menos refeições por dia, 2 por exemplo, mesmo 1 só.

    ResponderExcluir
  12. Uma rápida pesquisa na net indica que um adulto saudável pode ficar 40 dias sem comer e de 3 a 5 dias sem beber água.
    Sem comida por tempo prolongado o organismo passa a situação de autofagia, consumindo a reserva de gordura corporal e os músculos.
    Sem água a partir do terceiro dia ocorre o processo de desidratação severa que leva a morte.
    Siga o conselho do Leonardo Azevedo: jamais deixe de se hidratar. Quanto à alimentação a Carol Moraes deu a dica interessante de fazer menos refeições. Tenho um vizinho que é pastor evangélico que por motivos religiosos apenas almoça, ou seja, alimenta-se uma vez ao dia e é um homem saudável.

    ResponderExcluir
  13. excelente documentário. Cada vez que mais esse tipo de documentário e leio trabalhos de dietas paleo, de baixos carbos, de dr. Atkins, me dá a impressão de que fomos vítimas de uma grande mentira mundial sobre alimentação com propósitos escusos.

    ResponderExcluir
  14. Um espeto corrido precedido de dois pratos bem cheios de salada vem colorida.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 16/04/2014 12:28, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  15. Dr Souto
    meu intestino não está funcionando está dificil demais o que posso fazer para melhora disso?...Espero sua resposta....
    neusa

    ResponderExcluir
  16. Caro D. Telles,


    Recomento a leitura dos textos traduzidos, também pelo colega Hilton, entitulados 'Pq Jejuar', acredito q vão esclarecer suas dúvidas (até então são 8 artigos geniais).


    Estão aqui: http://www.paleodiario.com/2014/03/por-que-jejuar-parte-i-perda-de-peso.html

    ResponderExcluir
  17. Estou de penetra na história: só consegui traduzir 8 minutos da obra :-D



    Quem merece aplauso mesmo é o Luiz.


    Fazer legendas a partir do áudio é um treco muito chato...

    ResponderExcluir
  18. O jejum mais longo registrado durou 382 dias (consumindo apenas águas e sais minerais). Se você estiver adaptado e tiver reservas de gordura para queimar, não vejo problema.

    http://www.paleodiario.com/2014/03/por-que-jejuar-parte-i-perda-de-peso.html

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde dr eu queria saber se meu cardapio está correto CDM:2ovos +2colher oleo de coco almoço :2 bife 3 ovos no azeite e oleo de coco jantar o msm q almoço com saladas , ficarei mt grata se me responde , obrigada

    ResponderExcluir
  20. Neusa, você está tendo desconforto intestinal ? Se sim, pode ser um problema. Se não, qual é o problema ? Os grandes carnívoros sabidamente não defecam todo dia...

    Essa de que "temos que ir ao banheiro todo dia" se aplica a grandes comedores de grãos, que sempre tem um mundaréu de fibra não-digerida para por para fora.

    Uma parábola bacana está aqui: http://www.paleodiario.com/2014/02/um-cauteloso-conto-sobre-muco-antes-e.html

    ResponderExcluir
  21. Eu chamo de "O roubo da história". Nos fizeram esquecer do nosso passado, de como comíamos antes de a indústria transformar a comida em negócio.

    Como o George Orwell escreveu: "Quem controla o passado, controla o futuro. E quem controla o presente, controla o passado"

    ResponderExcluir
  22. Massa demais, fantástico!!! Parabéns aos tradutores!!

    ResponderExcluir
  23. E os erros de tradução após o término? Até hoje eu fico lembrando de alguns trechos que não traduzi perfeitamente, que podia ter utilizado uma palavra mais adequada para um determinado contexto. Bate um sentimento de incompetência, mas fico torcendo para as pessoas relevarem e o entendimento da mensagem ser bom no geral.

    ResponderExcluir
  24. Fatima Aparecida Rocha Guimara16 de abril de 2014 18:01

    Tem coisa mais gostosa que comer um espeto corrido sem se preocupar em engordar??....hoje em dia amo almoçar em churrascaria...coisa que antigamente achava o cúmulo...rsrsr

    ResponderExcluir
  25. Parabéns aos Luis e ao Hilton.

    ResponderExcluir
  26. kkkkk - Genial Lister!!

    ResponderExcluir
  27. O que é espeto corrido?

    ResponderExcluir
  28. Rob Ribeiro Souza16 de abril de 2014 20:18

    Perfeito!Só que não consigo fazer o download.Poderia disponibiliza-lo por favor?

    ResponderExcluir
  29. Bota no Google

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 16/04/2014 20:17, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  30. Churrascaria rodízio, Carol Moares.

    ResponderExcluir
  31. Luiz S e Hilton Sousa, excelente trabalho! Obrigado.

    ResponderExcluir
  32. Muitíssimo grata aos envolvidos no maravilhoso trabalho de tradução....Fabuloso documentário!
    É isso!!!!!!
    ''Se essa é uma dieta da moda, ela esta na moda ha 2 milhões de anos''
    Muito, muito obrigada novamente!

    ResponderExcluir
  33. Maravilhoso trabalho Luiz!
    Parabéns!
    Acabei de assistir e estou gratíssima!
    obrigada...Beijos!

    ResponderExcluir
  34. é só uma modinha passageira

    ResponderExcluir
  35. Maravilhoso! Parabéns pelo trabalho de legendar. Quanto conteúdo. Não vou cansar de rever e recomendar.

    ResponderExcluir
  36. dias atrás fiz uma visita a casa de um conhecido que deixou o hospital havia pouco tempo. Ele tem diabetes. Durante a conversa disse a ele sobre alimentações com bons resultados na remissão da diabetes e sugeria a ele que lesse o livro Barriga de Trigo. Falei um pouco sobre o conteúdo do livro e, em seguida, ele me disse que quando estava internado no hospital o café da manhã vinha com biscoitos de trigo "integral", como parte da nutrição "adequada". Hoje, com as informações que tenho sei do quanto é absurdo receitar trigos e derivados a uma pessoa diabética pelo seu elevado índice glicêmico e outras reações. Depois da visita fiquei matutando sobre o que isso tudo significava, mesmo quando existem pesquisas consistentes sobre os malefícios do padrão de alimentação atual para a saúde. O tipo de alimentação recomendada atualmente é uma Verdade Convencional, sem base sustentável em pesquisas de maior profundidade e sérias. Fico me perguntando por que então essa alimentação foi adotada como a mais correta e adequada, mesmo provocando tantas doenças e mortes pelo mundo afora.

    ResponderExcluir
  37. Médicos não aprendem NADA sobre nutrição na faculdade. A única coisa que aprendem é que gordura faz mal. É simples assim. Quando sua única ferramenta é um martelo, tudo é prego.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 17/04/2014 10:06, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  38. Há teorias da conspiração (não no sentido pejorativo) que buscam responder a essa indagação. Segundo algumas, grupos de minorias poderosas encontram fontes de lucro no tratamento das doenças que a falsa alimentação causa, por isso promovê-las seria bastante rentável e há outras teorias que afirmam que isso decorre de uma intenção desses mesmos grupos de controlar o crescimento populacional. Seja como for, quanto mais nos agarrarmos à verdade, mais teremos condições de combater os dogmas modernos sobre nutrição.

    ResponderExcluir
  39. com tudo o que estou vendo não duvido de nenhuma delas.

    ResponderExcluir
  40. é verdade Doutor. Vocês e outros médicos de coragem são exceções. Parabéns pela postura humilde de quem sempre está buscando o conhecimento. Isso é raro em nossos dias.

    ResponderExcluir
  41. E a nutrição heart-healthy da aula de cardio é - Baixar o LDL-C pra menos de 70, o que provavelmente baixa o CT pra menos de 140 (deficiência óbvia de colesterol). Sem nem falar em número de partículas, se focam em testes ultrapassados das "novas diretrizes".

    ResponderExcluir
  42. Excelente documentário. Parabéns ao Luiz e ao Hilton pela tradução.


    Tenho uma dúvida não relacionada ao documentário, e vou postar aqui para que os amigos possam, eventualmente, me ajudar.
    Estou nessa vida há quase 3 meses, graças ao meu amigo Rodrigo, do EmagrecerDeVez.com
    Tudo está acontecendo otimamente, conforme o esperado.


    Com tantos resultados positivos, começamos a tentar convencer nossos entes queridos a também modificarem sua dieta.


    Nesse ponto, estou tendo um pouco mais de dificuldade, porque minha esposa, diabética tipo 1, possui perfil lipídico e composição corporal excelentes, graças aos muitos anos de dieta restrita em açúcares.


    Além daquela máxima, de que não se deve mexer em time que está ganhando, eu falhei em responder uma das primeiras dúvidas: O que comer em situações emergenciais nas quais efetivamente se precisa elevar a glicemia? Sei que uma fruta mais doce poderia servir, mas não é tão fácil de se encontrar quanto um pão ou um biscoito, por exemplo, quando não se está em casa.


    Sei dos benefícios que uma alimentação low-carb paleo traz para qualquer pessoa, e se alguém aqui tiver qualquer vivência com diabetes tipo 1 e puder passar alguma dica, agradeço muito.

    ResponderExcluir
  43. Glicemia estável, drástica redução da quantidade de insulina necessária por dia.
    O ideal é usa pílulas de glicose. O diabético compra isso, mede a glicemia em jejum e depois de consumir uma pílula, e anota o quanto a sua glicemia sobe. Digamos que a glicemia sobe 20 pontos com uma pílula. Então, se a glicemia estiver em 50, a pessoa já sabe que deve tomar 2 pílulas para ir a 90. Essa é a forma certa de fazer. E a pessoa deve SEMPRE carregar essas pílulas consigo.


    Em 17 de abril de 2014 14:48, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  44. Olá,

    Talvez esse post não seja o mais indicado para tratar desse assunto, mas não encontrei um post específico sobre o tema.

    Já utilizo (não de forma contínua) a alimentação LCHF há alguns anos. Entre indas e vindas, sempre me senti bem e nem lembro mais de como foi a ceto-adaptação.

    Estou firme e consistente já faz mais de um ano, utilizo a abordagem do livro The Anabolic Diet, do Dr. Di Pasquali, ou seja, tenho um período (entre 24-36h) por semana em que como carbs. Além disso pratico jejum intermitente duas vezes por semana, com consistência, desde o natal.

    Minha saúde está boa, porém, recentemente comprei um glicosímetro, e para minha surpresa minha glicose anda alta. "Vareia" de 90-111 ao acordar. Dei uma pesquisada e percebi que não é incomum, tem até uma denominação: resistência fisiológica a insulina. Fiz um teste antes e depois de jantar (+-300g de entrecot e dois pratos com brócolis, abobrinha, cebola, tudo feito na banha), minha glicose estava 111 antes. 60 e 120 minutos depois 115 e 109, respectivamente.


    Após uma sessão breve (20 minutos) de tiros correndo, deu uma aumentadinha, mas nao lembro exatamente os valores.

    Não fiz o exame de hemoglobina glicada, pois a minha descoberta é recente. Até onde entendo, glicose alta (mesmo que não seja uma condição pré-diabética verdadeira) tem uma série de implicâncias prejudiciais à saúde (AGEs, glicotoxidade), nesse caso também não seria ruim? Devo me preocupar a ponto de buscar meios para baixá-la?

    Parabéns pelo blog, qualidade ímpar no conteúdo e na forma como é escrito!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  45. Fiz a pré-reserva para participar da palestra do dia 07 de junho em São Paulo. Quem vai?

    ResponderExcluir
  46. Acabei de ouvir isso de uma amiga, que vem de uma família de médicos. Às vezes, cansa-me dar esclarecimentos. Muitas vezes, aperto a tecla "ignored modus".

    ResponderExcluir
  47. Obrigado, Dr. Souto.
    Vamos sim procurar uma pílula ou alguma outra forma "portável" de glicose.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  48. Não pode ser excesso de proteina? fabricamos glicose a partir da proteina, pelo que li (glicogênese ou insulinogênese, nao lembro com certeza). 300 gramas de carne, pra mim, parece um pouco exagerado... dei uma pesquisada rapidinho aqui e parece que isso significa cerca de 90g de proteina.
    Deixo a questão pra quem tem pesquisado com mais atenção, mas é a minha aposta.

    ResponderExcluir
  49. Vi o terço inicial do video, e de cara já topei com uns pontos nos quais discordo.
    a) comparar humanos x herbivoros x carnivoros usando como parametro uma vaca e um grande felídeo. nem todo herbivoro come gramineas estritamente, nem todo carnivoro estrito se alimenta de mamíferos de grande porte, e existem todas as diferenças anatômicas que decorrem dessa e outras questões. Dentre os roedores e os ursídeos, temos uma gama bem ampla de bases alimentares, por exemplo. temos o urso polar e o panda, e são bem parecidinhos por dentro e um come só carne e outro come só mato (com ocasionais diversificações). Porquê não nos comparar com ursos, cães, ou mesmo porcos, que não têm problemas com hábitos onívoros em sua maioria? Me pareceu uma jogada meio marketeira, sem embasamento, com cara de quem quer vender um produto apelando pra comparações levianas.
    b) B12. não é que só o encontramos na carne. a questão são as bactérias que a produzem, e nós eliminamos na higienização dos nossos alimentos. A muito tempo atrás li sobre um zoologico em que eles haviam iniciado um protocolo moderno de nutrição e os morcegos começaram a morrer muito, muito rápido. eles apuraram que era deficiência de B12. solução? não lavar as frutas e vegetais oferecidos aos bichinhos. E mesmo entre humanos onívoros não é tããão raro gente com deficiência de B12 por causa das carnes altamente processadas. Se fossemos ser "paleoliticos di cum força", estaria incluido na nossa alimentação o consumo de vegetais e de carnes sem processamento, talvez cruas. Mas aí isso é bizarro porquê aí estariamos sujeitos a todo tipo de patógeno potencialmente letal, tipo toxoplasmose. O meu ponto é que atribuir à carne, exclusivamente, a capacidade de fornecimento de B12 é incorreto. Como a solução paleollitica de fato é inviável, não vejo nenhum absurdo na utilização de suplementação pra quem não quer consumir carne. E pra quem não quer comer batata suja, carne crua, e nem pilula de laboratório... bem, tem o kefir. rs.

    ResponderExcluir
  50. "O panda gigante (1,5m) consome, em média, de 9 a 14kg de bambu por dia." Earth's Changing Environment. Learn & Explore. Encyclopædia Britannica, Inc. 2010. p. 49. ISBN 1-61535-339-9.


    "mas devido à pouca absorção de nutrientes, característica de seu sistema digestivo ineficiente, ele precisa passar a maior parte do dia comendo e se exercitando pouco."
    Ciochon, Russell L.; Eaves-Johnson, K. Lindsay (20 July 2007). "Bamboozled! The Curious Natural History of the Giant Panda Family". Scitizen. Retrieved 22 July 2008

    ResponderExcluir
  51. Olá Gabriel,

    Quando treinamos pesado a glicemia pode aumentar sim, por conta do cortizol - treino é um stress físico. Noites mal dormidas tbm afetam a glicemia.


    Já experimentou o AR? http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente_2.html

    veja aqui: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/09/por-que-glicemia-de-jejum-pode-aumentar.html

    ResponderExcluir
  52. Sim, esqueci de mencionar, mas estou tomando a Fécula de Batata. Com ótimos resultados =D

    ResponderExcluir
  53. Olá Gabriel,


    eu também estava com minha glicemia alta, mas tinha ao mesmo tempo pouca disposição e cansaço. Minha médica pediu exame de curva glicêmica e curva da insulina e verificou que meu pâncreas não está mais dando conta da glicose no sangue. Isso devido há anos de alimentação ruim (baseada em carboidratos) e pelo fato de eu ter pai e avô diabéticos. Estou contando isso para alertar a você que cada caso é específico. Considero importante você consultar o seu médico para ver do que se trata a sua situação.


    Abraços.

    ResponderExcluir
  54. Fiquei fora por um tempo e estou desatualizado (porém, 30 kg mais magro...rsrsr)....qual palestra?

    ResponderExcluir
  55. Oi, não estou conseguindo abrir o vídeo, vai direto pra página do google! Help

    ResponderExcluir
  56. Clico no link, mas ele não abre no vídeo, help!

    ResponderExcluir
  57. Acabei de testar e aqui está funcionando normal!

    ResponderExcluir
  58. Amelia Schwarzeluhr18 de abril de 2014 13:04

    Eu procurei no Google!!!!!

    ResponderExcluir
  59. Tenta baixar do link alternativo:
    https://aqcdzo.s.cld.pt/

    ResponderExcluir
  60. Olha no canto superior direito do blog. Tem um banner.

    ResponderExcluir
  61. Acho que o momento que aparece esta pequena parte do vídeo é logo após a afirmação de que o ser humano é essencialmente herbívoro, então a comparação entre um herbívoro e um carnívoro ao invés de colocar um outro onívoro para nos retratar é dizer que estamos muito mais propensos a ser de forma NATURAL carnívoros do que herbívoros, mas apoio quem planeja por ideologia ser vegan e se encher de suplemento.. mas acho graça quando o ponto é sobre naturalidade ou saúde...

    ResponderExcluir
  62. Respeito quem é vegan pelo dilema ético e moral de ser incapaz de matar outro animal, tendo a consciência de que estará prejudicando a si mesmo. Só.
    Qualquer outro argumento é querer forçar a amizade.

    ResponderExcluir
  63. Assisti um vídeo hoje onde o dr. Loren, onde ele afirma o seguinte: "consigo entender alguém não comer carne por motivos religiosos ou éticos, mas não alguém que diz não é saudável" honestamente, quase virei vegetariana, mas por nojo e pena da forma como os animais são mantidos em criadouros, sem falar nessa gama de antibióticos e ração a base de soja e restos de outros animais que eles recebem. Mas ainda bem que tenho a sorte de morar próximo a uma fazenda, que trata os animais com dignidade, onde eles vêem a luz do dia e podem se movimentar livremente. Quem assistiu o documentário food inc., pode ter uma noção da arrogância do ser humano. Então, como sei que nem todo mundo tem acesso a carnes de qualidade, não acho ruim que muitos se tornem vegetarianos éticos. Há dois meses fizemos passeatas por toda a Alemanha, protestando contra a forma de criação em massa dos animais. Deixamos claro que não éramos vegetarianos, mas estávamos protestando por questões sanitárias. Muita coisa já mudou na legislação de criadouros. Ovos, por exemplo, tem que receber uma gravura com códigos que indicam que as aves foram criadas soltas ou gaiolas. Na minha casa só compramos ovos coma cifra ZERO (bio ou orgânico) ou muito raramente UM (não é bio, mas a ave foi criada solta). A partir do Dois, são as condições não desejáveis, nem para as aves e nem para nossa saúde.

    ResponderExcluir
  64. Esse é o caminho

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 18/04/2014 17:36, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  65. Me deu preguiça ver o apresentador ficar voltando ao tema "vegetarianismo". Claro que eles não eram vegetarianos, acho que todo mundo sabe disso, por que a insistência? Boring, nem cheguei ao final. Acho que pra falar bem de uma dieta não é necessário falar mal de outra. E agora que você falou em marketing rang a bell. Mas eu vejo muito isso na paleo mesmo: eles falam muito de carne e gordura, não se fala tanto em vegetais nem em verduras (fruta o povo tem fobia também, por causa da frutose). E não pense que se está longe de comer carnes cruas: já vi maluco dizendo que come sebo que a gente compra pra cachorro e bacon cru.
    Eu vivia com anemia quando comia carne de vaca (hoje só como frango, peixe e ovos), e desde que parei nunca mais tive anemia nem deficiência de ferro. Acho que forçam muito essa questão da B12.

    ResponderExcluir
  66. Muito bom, Luiz e Hilton! Você não fez a legenda em formato *.srt não, né? Depois vou tentar extrair a legenda pra compartilhar pra quem baixou o filme e queria ver com legenda.

    ResponderExcluir
  67. Estamos adaptados a comer carne cozida e não crua. Ou seja, ser paleolítico não significa comer carne crua. A carne não precisa estar crua para que a vitamina B12 possa ser absorvida.

    ResponderExcluir
  68. Tenho sim. Tem algum email que você pode publicar aqui?

    ResponderExcluir
  69. mas eu não sou diabético. Não é algo exclusivo dos diabéticos? Fiz uma rápida procura e foi o que eu encontrei.

    ResponderExcluir
  70. Mais uma coisa estranha... Como a quantidade de açucar no sangue tinha dado relativamente alta (tanto em jejum, quanto após comer, quanto após exercício físico), resolvi fazer uma experiência e comer açucar e medir minha glicêmia.

    Comi o almoço paleo normal (peixes e verduras) e (em nome da ciência hehe) comi doces, uma torta de nozes e dois pedaços de torta de sorvete. Medi a glicemia após o almoço e 60 e 120 minutos após a ingestão do açucar.

    Ainda não pesquisei a respeito dos resultados, mas me surpreenderam:

    Após o almoço: 102
    1 hora após sobremesa: 75
    2 horas após sobremesa: 97

    Nunca tinha medido uma glicemia tão baixa, e foi justamente quando eu achava que encontraria a mais alta. Faz algum sentido?

    ResponderExcluir
  71. Sim, você está certo. Pessoas com resistência à insulina, pré-diabetes e síndrome metabólica.

    ResponderExcluir
  72. Fernanda Wandembruck18 de abril de 2014 21:13

    Esse video é excelente, Luiz e Hilton estão de parabéns pela tradução!!
    Mas fiquei pensativa que em nenhum momento foi abordado a espectativa de vida. A alimentação não contribuiu em nada com essa melhora? Foram somente as vacinas, medicamentos, tecnologias médicas que proporcionaram o aumento da espectativa de vida? Parece-me que hoje temos pessoas vivendo mais, porém a base de remédios que começam a ser prescristos cada vez mais cedo (como foi dito no filme crianças de 9 anos com diabetes tipo II). Triste realidade!

    ResponderExcluir
  73. modus ignorandis hahaha

    ResponderExcluir
  74. Ah , mas cansa né? É melhor explicar para leigos do que para certas pessoas da "ciência". O pior foi ouvir: nossa, mas logo você, uma mulher da ciência, de pesquisa e blablabla aderindo essas modas...modus ignorandi nele :p hahahaha

    ResponderExcluir
  75. sillasxavier@gmail.com
    Pode disponibilizar em sites de baixar legenda? Nem todo mundo interessado nesse documentário entre em blogs do mundo paleo. Eu baixei esse documentário e assisti sem legendas da primeira vez.

    ResponderExcluir
  76. Teresa Cavalcanti19 de abril de 2014 13:53

    Parabéns pelo trabalho, Luiz!! (:


    Para o pessoal que lê em inglês, vejam o último post no blog do Mark Sisson:
    http://www.marksdailyapple.com/placebo-effect-food-diet/#axzz2zLwcMsrw



    Achei interessante essa abordagem sobre a saciedade ter mais a ver com quanto pensamos que uma comida nos sacia.


    Num dos estudos postados, foi oferecido o mesmo shake de 300 calorias para dois grupos de pessoas. O primeiro grupo acreditava que o shake tinha 620 calorias, enquanto o segundo acreditava que o shake tinha apenas 140 calorias.


    Além de o primeiro grupo ter afirmado sentir-se bastante saciado após ingerir o "calórico" shake, observou-se que o Ghrelin, hormônio da fome, reduziu-se três vezes mais no primeiro grupo do que no segundo.


    Não sei quanto viés tem nesse estudo e aparentemente só mediram o nível do Ghrelin 90 minutos após a refeição, o que é um tempo consideravelmente curto. Só que pensando nos meus hábitos de antigamente, antes eu nunca achava 2 ovos no café da manhã uma comida saciante. Era preciso pelo menos uma fruta e um pão para me saciar… até obviamente 3h depois, onde eu lancharia. Hoje 2 ovos são uma pedida automática para pelo menos 6 horas sem comer (: Teria o meu pensamento de que ovo = saciante um impacto na minha saciedade?

    ResponderExcluir
  77. Valeu brother....pré-reserva feita. Só aguardar.

    ResponderExcluir
  78. considerou ter mais de um aparelho para medir?

    ResponderExcluir
  79. Feliz Páscoa aos amigos paleolíticos. Obrigado ao Dr. Souto e moderadores por existirem e ajudarem, a mim, e minha família, a saber a verdade sobre os alimentos.

    ResponderExcluir
  80. Doutor, teu blog é incrivel! Estou lendo de cabo a rabo ha semanas e esse documentario é muito bom!

    Depois de tantos "pros" comecei a dieta paleo essa semana (nao tenho nenhuma doença nem excesso de peso, é pra melhorar a saude mesmo) mas tenho sentido muita tontura durante o dia todo e sensaçao de 'buraco no estomago' ainda que tenha comido bastante carne, gorduras boas, frutas e verduras. Vc tem alguma dica de como 'minimizar' esses efeitos na fase de adaptaçao? A tontura esta bem chata! Considere que minha dieta anterior era riquissima em carbs! :////

    Obrigada por tudo o que vc posta aqui! Excelente trabalho!

    ResponderExcluir
  81. Gustavo Borgonovi20 de abril de 2014 21:06

    Dr. Souto, já viu isto? GRAIN BRAIN também ganhou edição brasileira!

    http://www.editoraparalela.com.br/detalhe.php?codigo=88087


    Creio que vou comprar... :D

    ResponderExcluir
  82. Não, eu não sabia! Isso é incrível!

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 20/04/2014 21:06, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  83. Parabéns! adorei o documentário! obrigada amigos por legendar!

    ResponderExcluir
  84. Só estragaram o título, né? Ficou parecendo um livro baseado em misticismo sem qualquer base científica.

    ResponderExcluir
  85. Gustavo Borgonovi20 de abril de 2014 21:32

    É verdade! E usar "dieta" no título deve ser por razões marketeiras, obviamente. Mas espero que o conteúdo esteja bem traduzido! Vou comprar esta edição porque poderei repassar a mais pessoas, como fiz com o Barriga de Trigo...

    ResponderExcluir
  86. Gustavo Borgonovi20 de abril de 2014 21:34

    As coisas estão melhorando... faltam só os do Gary Taubes agora :)

    ResponderExcluir
  87. Oi Zé, varias duvidas. Primeiro batata, sei que é paleo e não low carb, mas deve ser bom, deve ter vitaminas etc. Como seria a melhor forma de comer a batata, claro que não crua. Porque achas que omega 3 é tão bom?
    Sou vegetariano, entre aspas, só comendo peixe tenho a mesma vantagem de comer proteína, ou tenho mais ou menos vantagem? Não como por questões éticas. Não comendo carne de abates, devo me preocupar com B12?

    Outra coisa, estou utilizando AR e, não que esteja preocupado, mas com Yoki tinha gases, com Aminna, nada. Mas não perdi peso. A pergunta é, se não perde peso, até aumentou, qual vantagem de usar?
    Muito obrigado e parabens

    ResponderExcluir
  88. Agradeço, essa maravilhosa aula de nutrição !

    ResponderExcluir
  89. Terminei de assistir agora e achei simplesmente fantástico!!

    ResponderExcluir
  90. primeiramente, oi pra todos! rs
    Queria que me ajudassem e me tirassem dúvidas dessa vida paleo... Comecei há uma semana. Eu já fui bemmm gordinha, com 1,50 pesava 56kg. Fui em nutricionistas, entrei na academia [e estou até hj] e perdi peso, aí cheguei nos 48kg e empaquei. Resolvi pesquisar e montar dieta por mim mesma. Até perdi peso, mas mt massa magra tb. Cheguei nos extremos: 41. Ai resolvi voltar na nutri p perder o resto de barriga q tinha (pq como disse, perdi PESO, e acredito q a maioria vindo de musculos). Mas aí a benedita introduziu gluten e lactose de novo (sou intolerante a ambos). E a barriga cresceu horrores. Sério, me considerava uma grávida de gluten rss. Ai cortei tudo e achei a dieta paleo, aí em 1 semana perdi 3kg e desinchei mt. Mas tipo, fico mt com o pé atrás nisso de nao contar calorias, sabe? Registro tudo pelo Myfitnesspall e nunca passo das 1200kcal, pq fico com receio de engordar, já que sou baixinha e peso 42/43, meu corpo não precisaria de tanta caloria p se manter... Meu % de gordura tá 17,8% e massa magra tá 45% (baixissimaaa D:), quero baixar o BF pra 14% e aumentar a MM pra 50%. Aí fico nessa: o que comer antes/depois do treino? o que almoçar? jantar? e ficar sem comer não vai desacelerar meu metabolismo? ahhhh que loucura!!! Toda gordura que tenho é APENAS na barriga. Quem me vê não diz que sou gorda, pelo contrário. Que eu faço minha gente? Teria como ir baixando o BF e aumentando a massa magra? Muito obrigada a quem responder :) (ps: tenho 16 anos)

    ResponderExcluir
  91. Infelizmente, é o tipo de documentário que dificilmente veremos em emissoras tupiniquins :-(

    ResponderExcluir
  92. Talvez no programa GNT.Doc ou nos canais Futura ou A&E. Mas nada que atinja mais de 0,1% da população.

    ResponderExcluir
  93. Rúcula, alface, agrião, couve, cenoura...? Cru.
    Brócolis, couve flor, abobrinha, etc. Você consegue comer cru? Eu não. Então cozinhe no vapor!
    Quer cozinhar a couve, a cenoura, etc? Cozinhe!

    ResponderExcluir
  94. Dizem que se você comer páleo e fizer musculação com poucas repetições e muita carga vai perder gordura e ganhar MM. Se quiser emagrecer não coma carbos após o treino, se quiser ganhar MM coma. Almoce e jante páleo (proteína, verduras, saladas, gordura). Dizem também que para emagrecer é melhor concentrar os carbos no período da noite, porque acordamos em cetose. Seu BF está ótimo. Se você tem apenas uma semana de páleo ainda é MUITO cedo para resultados, tenha paciência :). Depois que estiver ceto-adaptada ficar sem comer não vai desacelerar seu metabolismo, mas enquanto não estiver coma quando sentir fome. Eu não como antes do treino, não sei o que seria bom comer, mas acho que nem precisa se sua refeição anterior tiver sido bem feita. Tem gente que toma uma colher de óleo de coco. Mas enquanto você não estiver adaptada à dieta é melhor maneirar nos treinos por uns 15 dias. No mais, concordo com o que o Silas disse de não se apegar às calorias. Leia mais o blog que você vai entender melhor.


    O que comer
    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/01/reflexoes-sobre-postagem-anterior.html

    Exercícios
    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/exercicio-sim-mas-nao-o-que-lhe.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    ResponderExcluir
  95. Olá Wagner,


    muito legal seu depoimento!
    Suas sugestões para esses dias pós cirúrgicos são boas! Pode até acrescentar ovo às sopas e tbm no whey. Bata ovos inteiros até ficarem aerados e depois misture o whey.

    ResponderExcluir
  96. Olá Jaque,

    17% é um bom percentual para mulheres....

    leia: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/01/sobre-galgos-e-bassets.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2012/11/expectativas-versus-realidade.html
    http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/07/exercicio-e-emagrecimento.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    ResponderExcluir
  97. Carlos Correa filho21 de abril de 2014 17:56

    Vc ainda tem duvida?
    De minha parte, dou graças a Deus por ser sobrevivente aos 63 anos, mesmo obeso, hipertenso e pre diabético. Fica apenas a dor de fazer parte de uma geração de lesados, pelo menos tenho esperança de reverter um futuro de doenças abolindo os carboidratos modernos, etc.
    Só para se ter idéia, foram muitos milhões que morreram desgraçadamente, vitimas da industria do fumo e das propagandas que prometiam sucesso com Holliwood. Foram muitas décadas para vencermos as barreiras do poderio econômico e agora deparamos com ima guerra b mais ampla pela frente. Já pensou nas pedradas Q o dr Souto vai levar depois Q aparecer no Fantástico pregando as boas novas?

    ResponderExcluir
  98. Oi Daniel!

    Batata inglesa não tem uma densidade nutricionais tão grande quanto a batata doce (menos vitaminas e minerais). Melhor assar, resfriar, e depois comer fria (salada de batata) ou requentar. Fazendo assim, forma-se um pouco de amido resistente.

    Ômega-3: Há vasta literatura sobre o efeito anti-inflamatório de ômega-3 e pró-inflamatório de ômega-6. E parece que os benefícios são maiores com o consumo de peixe do que de suplementos.
    Leia esse livro:
    https://docs.google.com/file/d/0BwtrwUCsRkDDZExNb05UdTd1UnM/edit?usp=docslist_api
    A fécula ajuda uns é não outros. É mais importante para constipados e diabéticos.
    [image: Disqus] Settings
    A new comment was posted on Dieta Low-Carb e Paleolítica ------------------------------ *Carlos
    Correa filho*
    Vc ainda tem duvida?
    De minha parte, dou graças a Deus por ser sobrevivente aos 63 anos, mesmo obeso, hipertenso e pre diabético. Fica apenas a dor de fazer parte de uma geração de lesados, pelo menos tenho esperança de reverter um futuro de doenças abolindo os carboidratos modernos, etc.
    Só para se ter idéia, foram muitos milhões que morreram desgraçadamente, vitimas da industria do fumo e das propagandas que prometiam sucesso com Holliwood. Foram muitas décadas para vencermos as barreiras do poderio econômico e agora deparamos com ima guerra b mais ampla pela frente. Já pensou nas pedradas Q o dr Souto vai levar depois Q aparecer no Fantástico pregando as boas novas?

    4:56 p.m., Monday April 21
    * Reply to Carlos Correa filho * Moderate this comment by email

    Email address: *correafilhoc099@gmail.com* | IP address: 179.146.39.200

    Reply to this email with “Delete”, “Approve”, or “Spam”, or moderate from the *Disqus moderation panel*.


    Carlos Correa filho’s comment is in reply to *Cau Gomes*:
    excelente documentário. Cada vez mais que assisto a esse tipo de documentário e leio trabalhos de dietas paleo, de baixos carbos, de dr. Atkins, me ...

    Read more ------------------------------

    You're receiving this message because you're signed up to receive notifications about activity on threads authored by jcsouto.

    You can unsubscribe from emails about activity on threads authored by jcsouto by replying to this email with "unsubscribe" or reduce the rate with which these emails are sent by adjusting your notification settings.

    [image: Disqus]

    ResponderExcluir
  99. Poxa, muito obrigado, cada dia arprendo mais, graças a ti. Obrigado Dr. Souto

    ResponderExcluir
  100. Dr Souto, só algo que não entendi, não sou constipado, não sou gordo, uso glúten (na cerveja), vi teu vídeo, maravilhoso, e não me ficou claro que este glúten, dentro de tantas variações, é tão ruim como o glúten do pão. Ou seja, o glúten da cevada (cerveja) é igual ao do trigo? e, o que me traria de positivo usar AR (uso fécula de batata da Aminna), não tenho gases, nada, mas não sei, entenda...., porquê estou usando? se puder me responder as perguntas agradeço. Desculpe a ignorância de um colega teu, mas saiba que sou propagador de tudo isto e te dou os parabéns sempre.

    ResponderExcluir
  101. Dr que dizer deste estudo ? que só vem complicar mais as pessoas e as quais eu tento trazer para cá ?

    http://blog.projetosafira.org/2014/04/21/restricao-de-aminoacido-abundante-na-proteina-animal-podera-inibir-o-cancro/

    ResponderExcluir
  102. http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/03/manchete-ridicula-da-semana-no1.html


    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/03/manchete-ridicula-da-semana-no2.html

    ResponderExcluir
  103. Eu não estou nem militando pelo veganismo/vegetarianismo. Mas nos retratar como leoas é tão errado quanto nos retratar como vacas. Essa dicotomia é errada, porquê na realidade não somos nem como um, nem como outro. Não temos nem o estomago ácido dos carnivoros nem o rumen daqueles herbivoros, apesar de termos intestinos curtos como o de um e a capacidade de digerir amidos do outro.
    Isso daí caíu naquela alegoria do cara que só tem um martelo e aí tudo vira prego.
    Precisamos ficar atentos para as armadilhas da radicalidade contra outras opções de alimentação, pois eles não estão errados em absolutamente tudo e nós mesmos ainda temos muito o que aprender.

    ResponderExcluir
  104. Teve um doidim que relatou nesse blog que manteve o peso mesmo ingerindo 20.000kcal diárias. VINTE MIL. e manteve.
    Só não exclua totalmente os carboidratos (de fontes boas) porquê é necessário para as mulheres por conta da tireóide.

    ResponderExcluir
  105. http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/03/manchete-ridicula-da-semana-no1.html http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/03/manchete-ridicula-da-semana-no2.html http://rawfoodsos.com/2014/03/09/new-animal-protein-study/


    2014-04-22 5:42 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  106. Se tem um vilão aí são as altas temperaturas. Se entope de batatinha frita pra ver se não dá câncer até na ponta do cabelo! rs. ainda mais se for McPorcaria.
    E até as cruciferas, que colocaram ali como salvadores da pátria, possuem anti-nutricionais.

    ResponderExcluir
  107. Daniel - posso fazer uma analogia? Fumar faz mal. Se vc tiver DPOC, fumar seria uma loucura (seria o caso de um obeso diabético com doenças auto-imunes comer glúten). Se vc for saudável, poderá tolerar melhor o cigarro. Neste caso, fumar menos é melhor do que fumar muito. O alcatrão do charuto ou do cachimbo é melhor do que o do cigarro industrializado? Não sei. Talvez. Mas é alcatrão. É tóxico. Obviamente, eu recomendaria não fumar nenhuma dessas coisas. Mas, se fumar, fume pouco.

    Amido resistente - é um biohack para low carb. Uma forma de estimular com comida a proliferação de um microbioma que fabrique mais butirato, uma substância que nutre os enterócitos, além de resolver a constipação provocada em muitas pessoas exatamente pela dieta very low carb (exatamente por matar essa flora). Mas é um biohack, uma forma de tentar influenciar essa variável. Se como está, está bem pra ti, não vejo motivo pra forçar. Mas eu sugeriria que todas as pessoas consumissem um pouco de AR na comida. Hoje, por exemplo, se eu vou comprar uma banana pra comer, compro uma MEIO verde. Assim, sei que estou comendo menos açúcar, e um pouco mais de AR. Se vou consumir arroz, consumo o parboilizado previamente resfriado e depois requentado. Pois sei que isso será benéfico para mim, por causa do AR. É apenas isso, mais uma pecinha do quebra-cabeças.


    Em 21 de abril de 2014 19:38, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  108. Uma dieta páleo tem mais vegetais do que uma dieta vegetariana.


    Em 22 de abril de 2014 10:04, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  109. Muito obrigado Patricia

    ResponderExcluir
  110. Muito obrigado Luis e Hilton! Ficou EXCELENTE! =)

    ResponderExcluir
  111. Essa frase ficou engraçada. Dieta vegetariana é composta em 100% por vegetais. A páleo, 173%! rsrs

    (sim, eu entendi o que você quis dizer. Mas que ficou engraçado, ficou!)

    ResponderExcluir
  112. Olá, Luiz,
    Seria legal você uploadar a legenda .srt no site legandas.tv!
    valew

    ResponderExcluir
  113. É uma boa idéia. Vou dar uma olhada. Você já tem experiência em upar legendas lá?

    ResponderExcluir
  114. Não. Mas deve ser muito simples. O cadastro é rápido. O site é muito bom.
    falow

    ResponderExcluir
  115. Ave maria, aí também já é exagero né! Quem aguenta comer 20k calorias? o.O pelo amor.

    ResponderExcluir
  116. já havia lido, e estou pensando em fazer hiit.
    Mas quando falei com meu prof da academia esses tempos atrás, ele disse que isso só ia me fazer emagrecer. Não me baseio em PESO, isso é relativo, pq tem gente que tem 60 e tá melhor que eu. Já o spinning que realmente seca ele recomendou fazer. Tipo???
    Agora não sei o que fazer.. :/ e nem como fazer isso fora da academia e encaixar na minha rotina de treinos.

    ResponderExcluir
  117. Mas então, fico empacada com isso! Não sou acostumada a simplesmente acordar e ir sem comer. É estranho. E quando for fazer aeróbios (tipo hiit)? Estava pensando em deixar musculação de segunda, quarta, sexta e sábado e nos demais dias fazer hiit. Mas fica ruim pq de terça e quinta tenho aula de pilates às 8h :( puts to toooda perdida....
    e to sentindo que to ficando quadrada, que essa barriga não some e tá toda mole. Sério, to ficando paranoica com isso.
    Meu peso é mt baixo mas eu tenho gordura só nessa bendita!!!!! e se eu falar em fazer HIIT pro professor, ele vai brigar cmg, pq to com 40kg, e da outra vez falei com ele e ele disse que isso só iria me fazer emagrecer. :(


    E não teria como eu ganhar massa sem ganhar gordura? Queria chegar nos 45 porém só de massa... Na barriga quando eu aperto é como se tivesse ainda 2kg de gordura. Vou esperar até dar 1 mês mas fico com mt receio... :/ Falei com minha nutri e vou voltar lá logo, aí vou ver se teria como ganhar massa sem ganhar gordura. Tem uma mulher (Bella Falconi, hiper famosa no mundo fitness) que ganhou 6kg de massa e ainda ABAIXOU o bf em 5%, em 3 meses!
    Mas ainda tenho dúvidas no que comer quando chego... Chego em casa por volta das 9h30/10h, e como 2 ovos mexidos com manteiga. :z

    ResponderExcluir
  118. mas se for jogar carbo dps do treino, seria todo dia. rs. treino de seg à sexta e as vezes no sábado.
    Mas ai eu nao acabaria engordando? quero é baixar esse bf... Tenho medo de acabar chegando nos 38kg. É MUITO pouco!!!! aí minhas calorias seriam BEM menos que 1200.
    nao sei o que fazer mais. o que comer antes/depois e no resto do dia. =/

    ResponderExcluir
  119. não, Carlos, não duvido de nada. Por isso, estou tentando fazer a minha parte divulgando informações como as expostas aqui no blog do Dr. Souto.

    ResponderExcluir
  120. Olá Jaque,


    se você precisa ganhar MM coma paleo sem restrições às raízes e frutas. Trabalha para ganhar músculos, faça hipertrofia MESMO. Não se preocupe agora com a barriguinha. Precisa forcar em algo e investir nisso, não dá pra ter dois focos, entende? Você é magra, não tem que se preocupar tanto com BF.
    Gordura localizada é uma praga! rsrsrs! AS VEZES procedimentos estéticos podem ajudar (massagens, drenagem, etc).
    Quanto a essas propagandas de famosas... não caia nessa de 3 meses, não vá se espelhar nas famosas ... Antes de tudo, são ANOS de dedicação pra ficar com um corpo desses. Depois de músculos construídos, pode ser possível sim baixar 5% BF em 3 meses com uma dieta bem restrita. Mas até ela conseguir estes músculos levou tempo. Essas mulheres investem em suplementação, seguem a risca uma alimentação super rigorosa, nos dias de apresentação não tomam nem água... enfim, é uma vida cheia de sacrifícios.

    ResponderExcluir
  121. Bom dia, Dr. Souto. Posso publicar o vídeo no meu canal do YouTube? Se positivo, dou crédito para quem? Abs and keep the good work!

    ResponderExcluir
  122. O.YouTube retirou por violação de copyright

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 23/04/2014 11:52, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  123. Entendo. Bom, de qqer forma, vou subir o vídeo. Porém, vou deixá-lo a princípio em PRIVADO. Caso queira, posso inclui-lo ou quem vc quiser para que possam assitir ao documentário pelo YouTube tb. Se não der galho, vou tentar publicá-lo atribuindo a ele uma licença Cretive Commons.

    ResponderExcluir
  124. Alguém por aqui conhece a razão do blog.projetosafira.

    ResponderExcluir
  125. Eu só como três tipos de carne: boi, porco e galinha. Gostaria de comsumir mais cordeiro, até tinha no supermercado. Mas não consigo. O resto do mundo consome cordeiro (lamb) direto. :/

    ResponderExcluir
  126. Controlar a população com dieta high carb? Pelo contrário! As populações aumentam exponencialmente justamente pelo acesso fácil a altos carboidratos, na minha opinião. A praga da batata na Irlanda é um exemplo. Ela provocou uma mortandade terrível como também uma corrente migratória sem precedentes para os EUA, principalmente. Os irlandeses comiam batata simplesmente o dia inteiro. O ódio contra os ingleses vem dessa época, porque estes não moveram uma palha, e nem tinham mesmo muito que fazer. Se as populações se tornam doentes CRÒNICAS, aí é outra história muito conveniente.

    ResponderExcluir
  127. Você não precisa acordar e ir malhar sem comer, isso é só pra quem está ceto-adaptado, coma o que você comia antes, só que de maneira páleo.
    Só 2 ovos mexidos com manteiga te sustentam à noite? Se sim, está bom, se não, coma mais, inclua outros alimentos.
    Essas mulheres do mundo fitness vivem de malhar, vivem da aparência (e dão mau exemplo para adolescentes como você). Além do mais, elas usam suplementos. Joguei no Google pra ver quem é, e uma mulher comum não consegue uma barriga trincada daquelas sem usar algum tipo de bomba, não se iluda. Daí você olha aquilo (um corpo que no mundo das pessoas "reais" e "normais" não existe) e se acha barriguda...
    Eu vi um "antes e depois" dela, e antes o corpo dela era muito mais bonito, feminino e com curvas.
    Você faz pilates, ele é ótimo para trabalhar a barriga, mas dê tempo ao tempo. Desencane das calorias e vá curtir as coisas boas da sua idade.

    ResponderExcluir
  128. Estranho mesmo. Pode ser um problema com a grelina, não? Não sentia uma sensação de estômago vazio pelo menos? Eu não tenho dor de fome, tenho roncos ou esta sensação de estômago vazio. Também só como quando a fome se instala.

    ResponderExcluir
  129. Não entro numa churrascaria há muitos anos...

    ResponderExcluir
  130. Se me dá fominha à noite, não tem nem conversa: 3 ovos caipiras na teflon e tchau e bênção. Ainda salpico um queijinho por cima. PS.: peso 49,5Kg :)

    ResponderExcluir
  131. Os três problemas de saúde que o senhor mencionou são reversíveis. A qualidade de vida de quem está na nossa faixa etária pela mudança na alimentação é gritante.

    ResponderExcluir
  132. E os legumes? Não sou ninguém sem meu mix de legumes cozidos no vapor.

    ResponderExcluir
  133. O controle de que falei, teria a suposta intenção de, mantendo uma dieta doentia, as pessoas, como ratos de laboratório, seriam menos férteis, com pouco tempo de vida e dependentes dos programas alimentares e de saúde dos governos, para a o enriquecimento dos monopólios da indústria de remédios. Veja o vídeo abaixo sobre remédios e mortalidade https://www.youtube.com/watch?v=diaxa3OYSzc.

    Como o acesso às dietas ricas em carboidratos refinados, as populações, de fato, se multiplicam mais, como o amigo disse. Mas penso que esse seja apenas um fenômeno inicial. O começo de todo o processo. Donde começa a deflagrar? de uma população saudável evolutivamente construída para resistir bem a uma eventual má alimentação. As próximas gerações já não serão tão saudáveis e férteis, daí virá o declínio inevitável das populações. Basta ver o aumento de crianças com problemas hormonais, é um crescendo sem precedentes. É o que penso.



    Esse vídeo é um alerta muito importante para os dependentes de remédios como as estatinas.

    ResponderExcluir
  134. Até dá, mas não compensa re-encodar e re-upar. Tenho medo de estragar outra coisa. E os erros não são grandes e não atrapalham o entendimento.

    ResponderExcluir
  135. Quem teria interesse e se beneficiaria na redução da expectativa de vida não dos jovens, mas dos velhos não é a industria farmacêutica mas a previdência social, previdência privada e planos de saúde. A fertilidade não é alterada por meios físicos mas por meios sociais e educativos. O planejamento familiar brasileiro é uma piada. Aborto só pra classe indexada. E se formos pensar bem, não será por falta de gordura barata que as brasileiras pobres deixarão de engravidar hein? Aliás, as fotos de africanas tipo biafrenses, em carne e osso com filho no colo e ainda mamando é risível!

    ResponderExcluir
  136. Junior Valadares6 de maio de 2014 16:58

    Tentei uma dieta low carb, high fat, média em proteína. Emagreci, dores que eu sentia nas articulações sumiram e minha disposição geral melhorou. Inclusive um tipo de brainfog que vivia me deixando burro e sonolento. Estou esperto de novo. Entretanto, tenho duas perguntas:
    1) Existe o risco de uma dieta rica em gordura sobrecarregar o fígado? Estou dizendo isso porque eu abri exceção e comi um monte de chocolate na Páscoa. E a partir dali eu não me senti bem e tenho sentido uma dor do lado direito da barriga, embaixo da costela. Suponho que seja fígado. Fico me perguntando se, pelo menos até me desintoxicar do chocolate, eu deveria maneirar na gordura. Meu desjejum é café preto com uma colher de manteiga sem sal e 2 ovos cozidos.
    2) Fécula de mandioca pode ser utilizada como amido resistente? Não sou diabético nem nada. Estou considerando para melhorar meu bioma intestinal.

    ResponderExcluir
  137. Olá Junior,

    Fígado: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/12/o-figado.html

    fécula de mandioca é polvilho? Polvilho doce pode ser bom, mas considere a fécula de batata Amina e/ou banana verde. Parece que os resultados são melhores. http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente_2.html

    Não acho que precise de nada pra 'lidar' com a gordura. Mas essa é milha opinião!

    ResponderExcluir
  138. Não consegui achar pela palavra-chave.
    Dr. Souto, de que maneira mulheres na menopausa que fazem uso de reposição hormonal, sofrem influências em seu processo de emagrecimento?
    Sei que é complexo, mas se quiser pode me indicar um link?
    Abração

    ResponderExcluir
  139. Têm mais dificuldade de perder peso, devido entre outras coisas ao efeito da falta de estrógeno sobre a enzima LPL.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 06/05/2014 21:51, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  140. Junior Valadares7 de maio de 2014 08:23

    O Dave Asprey, do BulletproofExec, recomenda a betaína. Por isso minha pergunta. Eu sei que o cara é vendedor, mas ele tem muita pesquisa sólida como embasamento e referência.

    ResponderExcluir
  141. Dr. Souto, iniciei a dieta a 3 dias, mas desde então sinto muito enjoo, tontura e dor de cabeça, o que pode ser? Hoje comi uma maça, como uma opção de açucar, pois penso que pode ser por falta de açucar esses sintomas.

    Alguem pode me ajudar?

    ResponderExcluir
  142. Dr. Souto, iniciei a dieta a 3 dias, mas desde então sinto muito enjoo,
    tontura e dor de cabeça, o que pode ser? Hoje comi uma maça, como uma
    opção de açucar, pois penso que pode ser por falta de açucar esses
    sintomas.

    ResponderExcluir
  143. Não. É falta de sal e água, e também reflete a abstinência do açúcar. E comer açúcar só vai retardar a adaptação.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 08/05/2014 12:37, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  144. Olá, boa tarde,

    Eu abri o link e diz o seguinte: "De momento, não é possível reproduzir o vídeo. Excedeu o limite de reproduções permitidas."

    Gostava bastante de visualizar este documentário, será que há forma de contornar o problema?

    Obrigada

    ResponderExcluir
  145. Luiz de Gonzaga Monteiro29 de agosto de 2014 13:42

    Dr. Souto., Boa tarde!


    Fiz alguns exames:


    Glicose em jejum 94
    HDL 64
    VLDL - 17
    Fração HDL 18.6%
    TRIGLICÉRIDES - 85



    Pelos valores do HDL e da Fração HDL, calculo que o meu Colesterol total ultrapasse 330, estou certo?


    Fiquei preocupado. O que o Sr. acha?

    ResponderExcluir
  146. Não sei, o certo seria medir diretamente. Mas o que eu acho está aqui: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.es/2014/08/sobre-importancia-de-compreender.html
    Sent from mobile phone
    Em 29/08/2014 13:45, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir