domingo, 3 de agosto de 2014

Revista Época - Gordura Sem Medo - repercutindo o livro Big Fat Surprise


Capa da revista Época que chega hoje às bancas - compre, leia, dê de presente.


Há cerca de 2 anos, eu fiz uma postagem comemorando uma reportagem da revista Veja:


É incrível o quanto evoluímos nestes dois anos!! A reportagem da Veja era tímida, cheia de ressalvas de vários especialistas. Eis o que escrevi na postagem de 2012:

"O Conteúdo da reportagem é misto. Não fala praticamente nada sobre os carboidratos, e é comedido em suas recomendações de quantidades "permitidas" de gordura. Mas, ainda assim, faz um excelente trabalho ao deixar de demonizar a gordura na dieta. Ao tratar sobre colesterol, são rasteiros e cometem inúmeros erros. Mas, enfim, penso que a capa por si só faz MUITO para ajudar a aplacar a "fatphobia", a fobia da gordura."

A reportagem da Época, ao contrário:
  • Explica em detalhes a história de como a fobia da gordura surgiu;
  • Conta a história de Ancel Keys, o pai da fobia da gordura;
  • Explica que os estudos mais bem feitos (prospectivos, randomizados - veja aqui e aqui) não corroboram essa fobia;
  • Explica que o grande problema são as consequências não antecipadas de ter substituído as gorduras por carboidratos;
  • Defende que o importante, mesmo é comer comida de verdade - fugir dos processados.
  • O único ponto negativo é a opinião de um conhecido cardiologista, que diz que "há estudos clássicos e rigorosos que comprovam a relação entre gordura saturada e altos níveis de colesterol". Sim, isso é verdade, e isso é irrelevante, pois o que importa é que há inúmeros estudos de natureza mais rigorosa, do ponto de vista científico (prospectivos, randomizados), que mostram que seguir a orientação de reduzir a gordura na dieta não traz nenhum benefício em termos de mortalidade cardiovascular - ou seja, essa frase encapsula o problema que nos assola há décadas: a preocupação com o marcador (exame de sangue) em detrimento do desfecho realmente importante (morte), ignorando toda a evidência de que a intervenção para reduzir o primeiro (dieta de alto carboidrato) está aumentando o segundo (morte) via obesidade, síndrome metabólica e diabetes (LEIA ISSO).
  • A revista comenta ainda que "para cada artigo que diz que a gordura saturada não faz mal, há 10 que dizem o contrário". Mesmo que isso fosse verdade, ciência não é uma competição de quem tem mais artigos, trata-se de uma área na qual há uma hierarquia de níveis de evidência. Como já expliquei em outras postagens, os estudos com maior nível de evidência indicam não haver ligação entre gordura (saturada ou não) e doença cardiovascular. Não importa quantos estudos observacionais existam - estudos experimentais, prospectivos e randomizados, sempre serão a última palavra, no que diz respeito a evidências.
 E não custa relembrar a icônica capa recente da revista TIME:


Dois anos apenas se passaram, mas houve uma evolução radical na visão da imprensa em relação a uma abordagem que, até pouco tempo atrás, estava relegada a blogs (como o meu), e agora está completamente mainstream. O que aconteceu?

O que aconteceu chama-se The Big Fat Surprise, o livro de Nina Teicholz, sobre o qual escrevi alguns meses atrás, e cuja postagem reproduzo na íntegra, abaixo:


Há 7 anos, em 2007, era publicado o livro Good Calories, Bad Calories, de Gary Taubes. Em retrospecto e na minha opinião, este foi o mais importante livro sobre nutrição e saúde jamais escrito. Este livro, sozinho, com o peso de suas milhares de citações bibliográfica e de suas 600 páginas, mudou o equilíbrio do discurso nutricional nos anos que se seguiram. Se hoje pesquisadores famosos conseguem levar a hipótese alternativa aos periódicos científicos mais importantes do mundo, isso deve-se a esse JORNALISTA, Gary Taubes.

Pois é novamente de uma jornalista que vem o livro mais importante da década, The Big Fat Surprise.

 

Assim como os livros de Taubes, não se trata de um livro de dieta. Você não encontrará aqui receitas ou fases, alimentos proibidos ou permitidos. Não. Trata-se de uma magnífica narrativa sobre os fatos e pessoas que nos levaram a esta situação lamentável na qual nos encontramos, em que a diretrizes nutricionais estão de tal forma divorciadas do estado atual da ciência a ponto de sugerir que diabéticos consumam 60% de suas calorias na forma de glicose.

Aqui você encontrará as repostas para a pergunta: "se todas as evidências apontam para um sentido, por que todos os especialistas afirmam o contrário?"

O livro prende o leitor como se fosse uma obra de ficção. Nina consegue dar vida aos seus principais personagens e dar contexto histórico às suas ações e suas consequências.

O capítulo sobre a dieta mediterrânea é especialmente fascinante e exemplifica, ao meu ver, como determinados conceitos emanados da cabeça de uma ou duas personalidades fortes podem tornar-se completamente hegemônicas e virais.

O livro está tendo uma tremenda repercussão nos EUA - o que é bom, muito bom!  Veja alguns exemplos:


Quando Gary Taubes lançou Good Calories, Bad Calories, o mundo foi pego de surpresa. A ideia de que a gordura faz mal (e, por conseguinte, de que deveríamos basear nossa alimentação em amido) era algo esculpido em pedra, com status de dogma. Taubes provocou as primeiras rachaduras neste consenso monolítico. Hoje, embora ainda permaneça grande e pesado, o consenso está desmoronando a olhos vistos.

O livro de Nina Teicholz chega em outro contexto histórico. O mundo não estava preparado para Taubes - eram tempos sombrios. Mas o momento não poderia ser melhor para Nina. Para exemplificar o que quero dizer, reveja o tom destas manchetes recentes, inimagináveis há 7 anos: 
Comidas "low fat" estão cheias de níveis "danosos" de açúcar,
EUA propõem novos rótulos que 'aceitam' gordura e 'demonizam' açúcar, Gordura saturada não é a vilã para o coração, diz estudo,  Uma dieta de baixa gordura saturada não reduz o risco cardiovascular nem lhe ajuda a viver mais, Carboidratos e a glicose são prejudiciais para a saúde do cérebro.

Sei que a década não acabou. Mas, até o momento, esse é o livro da década.

P.S.: conversei com a autora, que já submeteu o livro a várias editoras nacionais. Ou seja, há planos para a sua tradução. Se você tem ligações junto à área editorial, entre em contato comigo.

326 comentários:

  1. Perfect :)! Compartilhando...obrigada Dr. Souto ;)!

    ResponderExcluir
  2. Uma pena é a capa vir com uma fatia do maldito pão de trigo. Não entra na cabeça de muitas pessoas que comendo o ótimo misturado ao péssimo de nada adiantará. Sou muito grato ao Dr Souto, pois estou há quase um ano seguindo lowcarb alternando com paleo e só tive benefícios. Sou muito solicitado na empresa que trabalho por ter resistência física acima da média e conseguir trabalhar horas a mais tendo apenas meu potinho de torresmo na mochila e água para beber. Já os demais trabalham quatro horas e logo começam a uivar de fome, desesperados por carboidratos refinados regados a litros de refrigerantes. O resultado foi que, além da saude em dia, ganho mais grana no fim do mês. Tudo graças à alimentação que venho mantendo.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Drº ! Mais uma vez venho dar-lhe os Parabéns por todo o seu trabalho, mais uma vez se vem provar que tudo o que se escreve neste blog é verdadeiro e só não lê quem não quer, está só a distancia de um clik.
    Ao ler de manhã a sua anterior postagem, pensei para mim (como este povo anda enganado)! E agora passadas umas horas volto a pensar k muitas pessoas gostam de ser enganadas e pensam k assim é que está bem, acomodam-se as situações! Será que o povo não têm o que merece (juro que isto não é um comentário politico)
    :-)
    Isto vem a propósito de uma colega que esta pré diabética, foi ao médico e o medico mandou-a comer pelo menos 10 vezes por dia. Eu quando ouvi isto dei uma gargalhada e mandei-a ler este blog, ela ficou muito ofendida rasgou o papel onde estava o endereço do blog e agora está zangada comigo. Mural da história ( o povo só têm o que merece. Bem haja para todos
    Isabel Cruz

    ResponderExcluir
  4. E como dizia Galileu, "E no entanto a Terra gira...". Parafraseando, "E no entanto a gordura eh saudavel!".
    Parabens, Dr. souto.

    ResponderExcluir
  5. Tem que ter tato para falar desse assunto com pessoas doentes....não é fácil descobrir que você está nessa situação de eminente doença crônica...E dependendo da forma como o médico dela abordou este assunto, ela pode ter ficado muito insegura....Acho que rir da situação pode soar muito desrespeitoso para quem se encontra fragilizado pela má notícia.

    ResponderExcluir
  6. Achei aquela fatia de pão muito tendenciosa. Acredito que muitos vão ver a capa e tirar conclusões falsas sobre o assunto, sem se dar ao trabalho de comprar a revista. Acho que foi uma estratégia de marketing.
    Por outro lado, muitos interessados em pão com manteiga podem se sentir atraídos pela ideia e comprar a revista :-p

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde Fábio! Não ri pelo facto de a minha colega estar doente mas sim por o médico a mandar comer 10 vezes ao dia, e por o tipo de alimentação que a mandou comer só isso. Talvez tenha sido mal interpretada. Rir da doença nunca. Bem haja para si

    ResponderExcluir
  8. Dr. Souto, parabéns pelo blog. Estou me adentrando nesse mundo paleo/low-carb e tenho algumas dúvidas que não encontrei resposta rápida no blog. Poderia me orientar, ou indicar links em seu site sobre o assunto?
    - pode-se comer a gordura frita? Por menos manteiga ou azeite que se coloque numa frigideira pra fazer um ovo, uma carne, um peito de frango, a gente acaba fritando o alimento e oxidando a gordura, certo? Não seria contraproducente?
    - seguindo uma dieta LCHF depois do exercício físico é imprescindivel comer para evitar a perda de massa magra? Tipo nessas dietas que passam um Shake de proteína pós treino pra ajudar na recuperação muscular...
    - quais seriam os limites de carb diários se a princípio se busca a perda de peso? 100g? (Creio haver entendido isso nas minhas leituras...)
    Muito obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  9. Colesterol : Um antioxidante !?

    Uma hipótese valida levantada pelo pesquisador !?
    O que o Sr. acha Dr !?

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/1937129?dopt=Abstract

    ResponderExcluir
  10. Sim, é uma hipótese? Válida? Não se sabe, precisaria testá-la.

    O ácido úrico, por exemplo, sabidamente é.

    Sent from mobile phone
    Em 03/08/2014 13:31, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  11. Diga à sua amiga, que eu SOU diabético tipo 2. Minha glicemia de jejum está em 66. Minha hemoglobina glicada, após 6 meses de paleo (ano passado), deu 5,5%. Perdi 30 Kg da primeira vez (ano passado). relaxei por 6 meses, engordei 20 kg e voltei. Em um mês, já emagreci 8 Kg. Havia adotado a paleo como dieta, mas agora entendi que é estilo de vida. Não saio nunca mais.

    ResponderExcluir
  12. "Antes tarde do que nunca"... fico feliz em ver isso em uma capa de revista nacional, apesar da fatia de pão. Na semana que passou, estava conversando com uma amiga e insistindo para que fizesse um teste de apenas um mês na alimentação paleo/low carb, pois ela está com gordura no fígado e vem sentindo muita dor, seu fígado cresceu 02 cm no prazo de um mês, o que assustou seu médico. Eu a conheço o suficiente para saber que sua alimentação é baseada em verduras e trigo, basicamente pão e massa. Estou entrando no meu 3º mês paleo/low carb e há pelo menos 02 venho conversando sobre isso com ela, e ao tocar na mesma tecla essa semana, ela me confessou que foi em uma nutricionista procurar uma alimentação que a ajudasse com esse problema no fígado, e ao pegar o cardápio teve uma surpresa, a nutricionista indicou entre as coisas de sempre, que ela "cortasse os carboidratos", principalmente pão e massas. Isso foi uma surpresa para todos, afinal eles apenas nos mandam trocar o branco pelo integral. Quem sabe agora ela vai se dar a chance de melhorar. Obrigado Dr. Souto pelas postagens, pela seriedade, pelo teu tempo e pela oportunidade de de termos uma melhor qualidade de vida. Não faço mais uso de antidepressivos, nem de valium para dormir e de quebra já emagreci 09 kg, o que me deixou mais feliz ainda, kkkkkkkkkk.
    Parabéns Dr. Souto, você é o responsável por nos deixar mais saudáveis, mais magros e mais felizes, vai ter que viver com isso o resto de tua vida.

    ResponderExcluir
  13. esse pão do
    mal na capa não foi legal!

    ResponderExcluir
  14. Boa noite Mauro! Quando nós queremos fica tudo muito mais fácil, o problema é querer. Sei que não é fácil eu própria sou a prova disso, tenho na balança a minha maior inimiga,mas o ganho em saúde já compensa tudo o resto, já tenho insistido para que algumas pessoas tentem ler um pouco deste blog, mas é em vão todos acham que sou louca. É pena!
    Hoje faço 5 anos que sobrevivi a um câncer nos intestino e estou muito feliz :-) como eu costumo dizer durante estes 5 anos tive a minha vida a prazo. Por isso eu seria a ultima pessoa a rir-me de quem quer k seja. Bem haja para todos que lê este blog. E o meu muito obrigado ao DRº Souto por toda a sua disponibilidade em responder sempre tão prontamente a todas as minhas duvidas.
    Muita saúde também para si Mauro

    ResponderExcluir
  15. Parabéns mais uma vez Dr. Souto! Saiba você tem sido grande responsável em difundir paleo/LCHF/primal! Afinal, três milhões e meio de acesso... não é pouca coisa não!!!!

    ResponderExcluir
  16. Amelia Schwarzeluhr3 de agosto de 2014 18:13

    Parabens Dr.Souto!!!

    ResponderExcluir
  17. Gary Taubes uma pessoa e quanta estupidez !!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Só de pensar que eu posso ter alguma coisa a ver com isso já me enche orgulho :-)

    Sent from mobile phone
    Em 03/08/2014 18:08, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  19. Olá Fabiane,

    - experimente usar banha para frituras.

    - se o objetivo é emagrecimento, penso que não há necessidade de nada no pós treino. sobre execícios físicos: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/06/prezado-dr-souto-exercicio-sem.html

    - comece com máximo 100g. Diminua se for necessário. http://www.paleodiario.com/2013/10/a-curva-de-carboidratos-do-primal.html

    ResponderExcluir
  20. 3 coisas que não pode faltar nunha fritura banha,manteiga,ou oleo de coco são otimos

    ResponderExcluir
  21. Acho que essa capa foi tentando imitar o livro do Taubes...

    ResponderExcluir
  22. realmente esse blog do doutor solto ten de tudu para tirar as duvidas da população brasileira sobre alimentação e saude.

    ResponderExcluir
  23. Sem dúvida

    Sent from mobile phone
    Em 03/08/2014 18:37, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  24. o ponto de fumaça da banha é mais alto, minha preferência é por isso.

    ResponderExcluir
  25. patricia e aquela banha que sobra quando frita sobrecoxa de frango da pra reusar de novo ou não ?

    ResponderExcluir
  26. e mesmo e ben parecido mesmo kkkkkk

    ResponderExcluir
  27. Doutor J.C. Souto logo será convidado a conceder entrevistas a revistas e grandes portais. Ele é a referência nacional sobre alimentação low-carb e paleolítica.

    ResponderExcluir
  28. Marcelo e Fabio, pensei o mesmo: deveria ser uma fatia de picanha com ponta de gordura e torresmo para acompanhar.

    ResponderExcluir
  29. Dr. Souto e amigos, gostaria dee compartilhar meu primeiro vídeo com meu depoimento sobre como perdi 21kg em no primeiro semestre de 2014 fazendo dieta low carb high fat. Gostaria de aproveitar este espaço e agradecer o Dr. Souto que através dos videos e do blog, nos abastece de informações que tanto nos ajudam e que me ajudaram nesta conquista fantástica até aqui. Obrigado Dr. Souto. Vou deixar o link do vídeo, quem puder prestigiar, ficarei honrado. Abraços. https://www.youtube.com/watch?v=yUXeZWvXqYw&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
  30. É o resultado de um trabalho sério e competente...trabalho de formiga. (Renato Frate)

    ResponderExcluir
  31. Muito relativo isso sobre não consumir carbo no pós-treino. Na verdade seria melhor hora para se consumir carboidrato, conforme o próprio Dr. Souto falou em um video.
    Para quem quer perder peso, perder gordura, melhor hora para se consumirem carboidratos é no pós-treino. O carboidrato não é essencial, mas esse horário seria o melhor.
    Se a pessoa consome carbo no pós-treino, ela facilita para o corpo a recuperação por conta da lesão causada pelo exercício, permitindo que a queima de gordura e o ganho de massa continue. Sem precisar se preocupar do corpo guardar esse carbo, pois será logo utilizado.

    ResponderExcluir
  32. Parabéns dr. Souto pelo excelente trabalho que vem realizando.

    ResponderExcluir
  33. Bom dia Pa C. Isso é um dos sintomas da cetose (a maioria das pessoas não passa por isso em cetose). Comigo foi exatamente a mesma coisa....


    fiz a mesma pergunta ao Dr. Souto e ele me disse pra comer um pouco de cenoura, pela noite.

    ResponderExcluir
  34. Olá,


    experimente mais água. Pra o hálito halls diet, valda diet.Tem pessoas que mascam gengibre, canela, cravo, hortelã...

    ResponderExcluir
  35. Dr Souto, o cara sabe muito!! Orgulho de ser sua colega de profissão!! Obrigada por esse trabalho exemplar !!

    ResponderExcluir
  36. Muito bom ver esses conceitos ganhando cada vez mais espaço na mídia, mesmo que de forma ainda gradual.


    Já tenho uma lista de pessoas que pretendo mostrar essa revista. Sempre tentei explicar sobre a dieta low carb, citar estudos, livros, tudo em vão, mas basta mostrar um veículo com grande expressão na mídia como a Revista Época que tenho certeza que vou chamar a atenção desses amigos e familiares mais céticos. rs

    ResponderExcluir
  37. Denis, também vou lançar mão desses materiais!!

    ResponderExcluir
  38. Ou uma fatia de bacon suculenta acompanhada de folhas verdes!

    ResponderExcluir
  39. Dr. Souto, a pessoa com diabetes pode comer iogurte natural integral feito em casa? Tenho lido em alguns lugares que ele possui proteínas que podem provocar a insulina... O que percebo, na prática, é que o iogurte é muito saciante e por isso possui o efeito benéfico de fazer a pessoa diabética comer menos.

    ResponderExcluir
  40. Rachelina Lacerda4 de agosto de 2014 12:20

    Excelente!!!

    ResponderExcluir
  41. Pensei a mesma coisa, só isso que foi uma pena mesmo.

    ResponderExcluir
  42. Comprarei com certeza. . Só não curti que a manteiga na capa está num pão que já sabemos que é um dos vilões kkkkkkk

    ResponderExcluir
  43. Pelo que aprendi aqui, a fermentação faz com que o iogurte caseiro praticamente zere a quantidade de açúcar. Portanto, é low-carb. Tem até receita aqui no blog. Vai fundo, mas não abuse.

    ResponderExcluir
  44. Olá, tenho uma duvida, gostaria que alguém me ajudasse, sigo o estilo de alimentação lowcarb- paleo fazem 11 meses, mas já fazem alguns dias que varias pessoas estão me falando que estou com uma cor amarelada, andei pesquisando e vi que pode ser problemas no figado, mas me sinto bem, só algumas vezes depois que me alimento me sinto inchado. Bom já marquei uma consulta com meu medico, mas gostaria de saber se alguém já teve algum sintoma parecido. desde já agradeço

    ResponderExcluir
  45. Concordo com o amigo. A mensagem (expressa ou subliminar) que fica é que comer pão com manteiga é saudável. Mas, de qualquer forma, é um ganho ter uma reportagem desta. Eu já comprei meu exemplar e estou literalmente " esfregando" na cara dos amigos e colegas que me chamam de louco por fazer páleo. Pior que eles continuam me achando louco...rs

    ResponderExcluir
  46. Dr Souto, ver se estou no caminho certo?
    sobrou do almoço para janta
    uma saladinha de almerão com meio tomate picado
    alguns pedaços de frango picado junto a uma quantidade de brocolis bem temperado
    3 ovos caipira direto da roça 3 fatias de bacon
    posso continuar assim

    ResponderExcluir
  47. Rumo a 10 mihões!

    ResponderExcluir
  48. parabens Antônio pelo depoimento....vi que no fim do video vc disse que ainda não chegou no peso que desejaria. Eu tracei uma meta, mas como a perda do peso foi fácil e prazerosa, já aumentei esta meta e já estou começando a ficar preocupado em depois parar de perder peso. garnde abs!

    ResponderExcluir
  49. Olá Guilherme, obrigado pelas palavra de incentivo. Estou bem feliz com o resultado que já alcancei, mas também não pretendo parar. Na verdade, meu maior objetivo é conquistar uma boa saúde (a qual já tenho alcançado em muitos aspectos), visto que descobri uma osteoporose a 2 meses e foi um alerta vermelho para que eu tome uma posição definitiva em minha vida. O mais legal de tudo, é que vejo algumas pessoas a minha volta, que tem se animado apartir de meus resultados e tem conseguido resultados fantásticos também. Realmente essas informações são valiosas. Abração e obrigado.

    ResponderExcluir
  50. os vegetarianos "pira"....

    ResponderExcluir
  51. sim.. Gui perdi 11 kilos kkk

    ResponderExcluir
  52. Oi Dr. Souto, gostaria de saber o que o Dr. tem a dizer sobre essa
    publicação de um blog, abaixo citado, que é uma imitação chula e contra o
    seu?
    http://lowcarbpaleo.blogspot.com.br/2014/05/pensando-em-adotar-dieta-rica-em.html#links
    Sou
    seguidora da dieta paleo, e não concordo com o que este cara afirma,
    porém fiquei com dúvida sobre qual seria a PORCENTAGEM ideal de lipídios
    em uma dieta para que não ocorra nenhuma perturbação na saúde? E se é
    possível que os lipídios, se ingeridos em excesso, bloqueiem as artérias
    e causem aterosclerose? Também, gostaria de saber qual seria a
    porcentagem IDEAL de todos os macronutrientes que o Dr. recomenda?
    A minha ingestão, em regra, é a seguinte: 60% lipídios, 30% proteínas, e 10% hidratos de carbono, estaria correta??
    Atenciosamente,
    Jéssica.

    ResponderExcluir
  53. Esse blog é só palhaçada. O cara faz uma paródia horrível. É melhor nem acessar para não dar Ibope. Nada que tem lá é científico.

    ResponderExcluir
  54. isso mais gordura e proteina,e hidratos de carbono pouco e coma pricipalmente folhas verdes,
    isso se vc que emagrecer rapido,caso contrario pode comer vegetais com amido

    ResponderExcluir
  55. Não virar esse site, é uma fraude.

    Sent from mobile phone
    Em 04/08/2014 17:48, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  56. Olá! Primeiramente, eu gostaria de parabenizar pelo blog e agradecer pelo tanto que me ajudou! O que me preocupa é meu pai. Ele tem 60 anos e é diabético, já descobriu que era faz uns 20 anos, porém jamais cuidou: comia muito bolo, sempre tivemos que esconder os doces dele, comia arroz em todas as refeições, muitos salgados, ou seja, uma alimentação rica em carboidrato. Hoje está com pressão altíssima e início de falha nos rins. A nutricionista que ele vai fez um cardápio de muitos legumes, integrais (arroz, pão etc), carne de soja, leite de soja e 3 frutas ao dia. Achei estranho, porque todo site que leio sobre problemas nos rins, diz para priorizar as proteínas animais, pois as vegetais são incompletas e sobrecarregam os rins à toa... Mas ela disse para substituir os alimentos de origem animal por soja... E que carne verdadeira só pode branca e duas vezes por semana; carne vermelha nunca. Qual tipo de alimentação seria recomendada nesse caso? Comidas gordurosas e sem proteínas tipo abacate, coco e um pouco de carnes gordurosas (tipo cupim)? Quem tem início de falha nos rins realmente não pode proteína ou é mito?

    ResponderExcluir
  57. Não entendi pq meu comentário foi apagado.
    Gostaria que alguém pudesse me responder quais seriam as proporções ideais de gorduras, proteínas e carboidratos numa dieta paleo??
    .. obrigada.

    ResponderExcluir
  58. A soja é horrível, dentre os malefícios dela pode-se citar a inibição da enzima tripsina, a qual é de fundamental importância para a digestão das proteínas, então isso cria uma falha na captação de aminoácidos pelo organismo. Além disso, o leite de soja que fica de molho numa solução derivada do petróleo e os traços ainda são encontrados no produto final no mercado. Enfim, são multiplas evidências do mal que ela faz, porém surgiu recentemente uma febre da mídia em dizer que ela é ótima, promove a saúde, etc., só que não é bem assim...
    Diferentemente das gorduras, as proteínas de origem animal e vegetal não são absorvidas da mesma forma em nosso corpo, muitas delas nosso organismo nem consegue absorver pois não possui as enzimas certas para a digestão das mesmas. Portanto, é a proteína animal que possui um alto valor biológico, e até há comprovações sobre o papel da carne na evolução do homem, a qual contribuiu para o crescimento da nossa massa cerebral.

    ResponderExcluir
  59. Gordura>proteina>carboidratos

    ResponderExcluir
  60. Gente, ando muito sem apetite. Pulo o café da manhã, almoço e pronto, me sinto ótima. Não faço exercícios. Estou fazendo mal em não comer mais nada? Parece tão sem sentido me forçar a comer qdo não tenho fome.

    ResponderExcluir
  61. Eu apaguei, para não divulgar o site picareta.

    Eu não como proteína, gordura e carboidrato, como boi com salada.

    Tradução: não existe proporção ideal, come-se comida de verdade. Quer emagrecer, coma menos carboidratos. Quanta gordura? Aquela que vier naturalmente na comida de verdade.

    Sent from mobile phone
    Em 04/08/2014 21:12, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  62. http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/06/comer-de-33-horas-ma-ideia.html
    Sent from mobile phone
    Em 04/08/2014 21:58, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  63. Fernando Angelo Dannolfo5 de agosto de 2014 02:39

    Olá Denise, já que o assunto é diabetes, vim contar sobre uma conversa que tive com um conhecido esses dias. Ele tem uns 36 anos e tem diabetes tipo 1, perguntei para ele sobre o que ele fazia para controlar e tal, ele tem aquelas bombinhas de insulina, falou que come a cada 3 horas, muitos grãos, coisas integrais, e evita gorduras a todo custo. Tudo, naturalmente, recomendações do cardiologista e da nutróloga esportiva com quem ele se consulta, e que ele segue à risca. Perguntei se ele nunca buscou alguma abordagem diferente e falei que tive resultados ótimos com a redução de carboidratos, etc. aí veio a categórica pérola. "Minha nutróloga disse que sem carboidratos, o coração não tem energia para bater, ela sabe o que ela está falando". Minha resposta foi apenas "OK, um abraço." Pensei assim, "Sério?? Sério mesmo??" Aí me conformei que nem adiantaria falar mais sobre o assunto com ele, voltei para casa e comi um monte de bacon com ovos e segui com a minha vida. Portanto Denise, não se surpreenda ao ouvir algumas recomendações de quem "entende do assunto", Tudo de melhor para você e que você consiga reunir a força do Hércules, e a paciência do Dalai Lama para colocar seu pai no caminho adequado.

    ResponderExcluir
  64. Pizza primal pra galera

    http://www.pitadinha.com/2014/08/pizza-com-massa-de-frango.html

    ResponderExcluir
  65. Lolijeh, com exceção dos laticínios e algumas oleaginosas, acho muito difícil exagerar na ingestão de lipídios. Carne vermelha, ovos, bacon, peixes e azeite são naturalmente enjoantes e saciantes (pelo menos é o que acontece comigo). Minha irmã disse que estava enjoada de comer bacon... eu disse: "sinal de que deve parar de comer e voltar quando tiver vontade". Afinal, ninguém dorme à força.
    Domingo passado comi no café da manhã ovos quentes com manteiga e torresmo (uma receita só pra cabra da peste)... a quantidade foi grande... resultado: não aguentava mais sentir o cheiro de torresmo... pulei o almoço de tão satisfeito que 'tava. À noite comi abacaxi e goiaba... fui dormir "traumatizado" com tanta saciedade. Estava pronto para o Ramadã. ;-)

    ResponderExcluir
  66. Nunca ouvi dizer de sintomas assim relacionados à dieta. Mas vc está no caminho certo. Faça exames e veja o que está acontecendo.

    ResponderExcluir
  67. Bom dia Dr. Souto, estou gravida de 1 mes e faco a paleodiet ha 7 meses e ja estou super adaptada. Mas andando pelos sites de gestante, leio muito sobre certos alimentos que nao devemos abusar. Alem disso, muito se fala da importancia de complementar com acido folico como prevencao de anomalias congenitas no primeiro trimestre da gestacao. Por outro lado, na paleio existem muitos alimentos que contem uma quantidade boa de acido folico capaz de suprir esta necessidade, como abacate, abóbora, carne de vaca, carne de porco, cenoura, couve, fígado, maçã, ovo. Faco uso de todos esses alimentos com frequencia. O senhor acha que mesmo assim preciso suplementar com acido folico: Desde ja agradeco. Marcella Blume

    ResponderExcluir
  68. Tome o iogurte em jejum e meça a glicemia.

    ResponderExcluir
  69. Olá. Imagino que você já tenha lido essa postagem: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/02/prezado-dr-souto-dieta-e-gravidez.html
    Eu penso como você, que a há ampla oferta na alimentação, mas eu não sou obstetra, e recomendo conversar sobre isso com o seu médico.

    Eu faria isso: http://healthybabycode.com/5-myths-about-pregnancy-nutrition-5-folic-acid-supplements-are-safe
    Sent from mobile phone
    Em 05/08/2014 08:30, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  70. Eu nao tinha lido ainda nao, mas
    Também parto desde principio de que faz pra mim pq nao pro meu bebe. Estou com medica marcada e falarei com ela sobre isso. Mas ja esclareceu muita coisa, obrigada.

    ResponderExcluir
  71. Obrigada! Perfeito!

    ResponderExcluir
  72. Fabiane, para emagrecimento acredito ser mais fácil se você reduzir a quantidade de carboidratos para no máximo 20g/dia. Dessa maneira sentira menos fome e desejos. Abraço!

    ResponderExcluir
  73. RuydeFreitasMartinsBarbosa5 de agosto de 2014 10:48

    Bom dia, dr. Souto, tudo bem?

    Estudando os links que o senhor me passou, fiquei com algumas dúvidas:

    http://chriskresser.com/fodmaps-could-common-foods-be-harming-your-digestive-health

    http://www.ibsgroup.org/brochures/fodmap-intolerances.pdf



    Pelo diagrama, alguns alimentos que consumo não consegui identificar, se são ricos em fodmaps ou não. O senhor me ajuda, por favor?


    Yakult e iogurte caseiros ( me parece que ainda fica um pouco de lactose );
    Berinjela, beterraba, abobora, abobrinha, mandioquinha, mandioca, couve manteiga, alface;
    Queijos gordos ( cheddar, mussarella, prato );
    Sucralose ( não contém ol );
    Castanha de caju;
    Chocolate 85%;
    Cacau em pó.


    Muito obrigado e abraços! Espero que esse questionamento ajude a outras pessoas também.


    Ruy

    ResponderExcluir
  74. Ruy, eu faria o seguinte - retiraria os principais pra ver se melhora, e deixaria os detalhes (um pouco de lactose que sobrou no iogurte caseiro) para um segundo momento.

    Várias das coisas que você citou estão na lista do link, olhe uma por uma, estou entre consultas e não tenho tempo pra ver agora.

    Segue um artigo de um nutrólogo sobre o assunto: http://www.leandrominozzo.com.br/blog/?p=688


    Em 5 de agosto de 2014 10:48, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  75. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO5 de agosto de 2014 11:26

    Galera, hoje completam 30 dias iniciais da minha dieta low carb/high fat. E vejo que foram 30 dias super interessantes! Perdi 7 kg, quase tudo de gordura corporal. Nesse tempo, aprendi muito com o blog e com os livros indicados aqui. E, o mais importante, me desafiei demais! Tive dificuldades, na primeira semana, com o consumo de doces, mas dá-lhe gordura saudável e fruta vermelha e logo, logo foi tudo resolvido. Estou bem-humorado, meus níveis de energia estão altíssimos. Acordo às 5h30 para malhar (em jejum!) e com o pique total, sem 1 g de carboidrato para tanta energia. Minha concentração e produtividade no trabalho aumentaram, sem falar na minha auto-estima! Daqui há alguns meses, VERÂO! E eu saradão na praia! -- Quero agradecer ao Dr. Souto, a todos os moderadores desse blog e aos usuários, que tanto me ajudaram com suas dúvidas, respostas, comentários e indicações -- Que vocês continuem esse serviço de utilidade pública! #LCHFpravidatoda #forabarrigadetrigo

    ResponderExcluir
  76. RuydeFreitasMartinsBarbosa5 de agosto de 2014 11:52

    Obrigado, dr. Souto. Um abraço!

    ResponderExcluir
  77. eu mi lembro que eu fiquei uns 15 dias comendo so carne vermelha magra tipo patinho,ai eu mi lembro de ter ficado meio amarelo não sei se isso ten haver kkkkkkk so uma sugestão

    ResponderExcluir
  78. Flávia Caheté L. Carvalho5 de agosto de 2014 20:22

    Dr. Souto, e quanto ao óleo de dendê? Em tempo: gostaria de agradecer IMENSAMENTE pelas informações divulgadas. Sofri muito com dietas de restrição calórica. Olhando pra trás hoje, com certeza fiquei subnutrida e deprimida. Graças à Paleo e, por consequência, a este blog, vivo hoje, minha melhor versão: saudável, produtiva e bem humorada! PARABÉNS e OBRIGADA,

    ResponderExcluir
  79. Parabéns, Souto ! Nosso Gary Toubes brasileiro !
    Amigo, os resultados em meus clientes (sou personal trainer) tem sido muito estimulantes. Eu tenho uma dúvida:
    - Sabe-se que é de primeira ordem, quantificar e qualificar os carboidratos em uma dieta de perda de peso. Isso você já mostrou 1000 vezes.
    - Os carbos mais indicados seriam os pobres em amido ou amido-resistentes.
    - Uma dieta PALEO por ser anti-inflamatória, fornece uma oportunidade mais generosa de carbos sem ganho de peso (meus alunos fazem musculação de alta intensidade)
    Minha hipóteses (Não sei se há artigos que mostram isso) = Os exercícios aeróbicos convencionais, de baixa intensidade, são um potente agente anti-inflamatório, eles me parecem ser uma opção nos dias em que estamos menos dispostos para encarar um HIIT. Queria um comentário seu.
    Li um artigo que aborda a obesidade como uma doença inflamatória, o que me soou muito convincente. Um estilo de comportamento e dieta anti-inflamatórios fariam humanos obesos emagrecer naturalmente... o que você acha?

    ResponderExcluir
  80. Que legal. Pode usar.


    Em 5 de agosto de 2014 20:22, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  81. Sobre inflamação e obesidade: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/02/flora-intestinal-2.html


    Em 5 de agosto de 2014 21:10, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  82. Gente, fazem 3 anos que sigo e pratico este estilo de vida LCHF/Paleo, orientado e acompanhado pelo Dr. Souto.
    Posso afirmar que a minha vida e meu viver melhorou 100%, hoje sou outra pessoa.
    Para mim, estas reportagens só vem a colaborar e validar, com todas recomendações que recebi de Dr. Souto ao longo deste tempo.

    ResponderExcluir
  83. Boa Noite Dr Souto . Estou impressionado com a clareza e a lógica das suas explicações.
    Sou médico cardiologista de São Paulo e o assunto relativo a hipercolesterolemia sempre me facinou .
    Quando voce faz criticas ao trabalho de Ancel Keys concordo plenamente que estudo dos sete paíse
    foi tendencioso e impreciso. Mas pra manter o rigor cientifico que vejo pautar cada colocação sua, gostaria de saber sua opiniao sobre o estudo de Framigham . Iniciado em 1948 na pequena cidade de Massachusetts, envolvendo todos seus habitantes , hoje esta na terceira geração de participantes . Deste estudo surgiu o score de risco cardiologico utilizado por todos cardilogistas .Mas uma vez parabens pelo conteudo e por estar aberto para o debate. Abraço

    ResponderExcluir
  84. Edson, que prazer ser prestigiado por um colega cardiologista! Sim, conheço BEM o estudo de Framingham. Vou lhe responder em uma postagem especificamente sobre isso. No momento, vou adiantar apenas o seguinte: nos dados de Framingham, quem comia mais gordura e mais calorias tinha colesterol MENOR, não havia correlação entre colesterol e mortalidade em mulheres nem em homens acima de certa idade (55 anos, se me lembro de cor), sendo que a mortalidade abaixo dessa idade era mínima. Ah, sim, em idosos de ambos sexos, quando maior o colesterol, menor a mortalidade.

    Vai dar pano pra manga essa postagem :-)

    Sent from mobile phone
    Em 05/08/2014 22:24, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  85. eu so sei que minha insulina ta tão baixa mais tão baixa que hoje fis jejun sen querer kkkkkkkkkkkk passei o dia sen fome so fui comer de noite kkkkk desse jeito vou virar um palito de fosforo kkkkk

    ResponderExcluir
  86. esse estudo e muito falado na internet varios nutrologos falam desse estudo pricipalmente lair ribeiro

    ResponderExcluir
  87. Clientes agradecem !

    ResponderExcluir
  88. Clientes felizes !

    ResponderExcluir
  89. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO6 de agosto de 2014 08:49

    Em quanto tempo o cara perdeu tanto peso? Att

    ResponderExcluir
  90. Dr. obrigado pela dica da revista, ja comprei, li e indiquei para os amigos..
    pergunta.. gostaria de saber se alimentos embutidos ( como salame por exemplo ) são considerados comida de verdade, se são paleos.. obrigado!

    ResponderExcluir
  91. Não são páleo. São low carb.

    Sent from mobile phone
    Em 06/08/2014 09:06, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  92. Seria uma boa para esse nutrólogo dar uma lida nas "novas" pesquisas sobre gordura, etc...
    demonizar a gordura é pouco nos textos contidos no site

    ResponderExcluir
  93. Comprei a revista.


    De fato, considerar os estudos mal realizados da década de 50 foi um grande avanço, no entanto, a matéria ainda se prende a alguns paradigmas como o consumo de grãos integrais como opção saudável e balanço calórico.


    Mas tudo bem, já é um avanço, esperar que todos os paradigmas da nutrição sejam quebrados numa única edição de uma Revista renomada seria pedir de mais. rs

    ResponderExcluir
  94. Deve ser CAROTENOSE, aconteceu comigo também fiquei bem mais amarelo do que era. Procurei na internet e é comum entre praticantes de paleo pelo maior consumo de alimentos ricos em carotenos, como no meu caso, mamão, cenoura, batata doce, etc.. A carotenose não apresenta risco a saúde, é uma condição normal. Agora se você não está se sentindo bem vá ao médico com certeza.

    ResponderExcluir
  95. Então não preciso ter medo deles, certo ?

    ResponderExcluir
  96. Obrigada, pessoal, pelas respostas. Eu achei vários textos falando mal da soja e enviei para minhas tias que fazem a comida do meu pai. Uma dessas tias, inclusive, quase morreu a alguns anos atrás por fazer uma dieta vegana só de alimentos crus (sem carne e sem gorduras), e tudo com orientação médica... Tem uns médicos que, ao invés de cientistas, são adoradores de algum alimento ruim. Acho que se o alimento tem gosto ruim (soja, integrais etc.), a natureza fez assim para não comermos... Mas é difícil convencer as pessoas, pois a maioria vê os médicos como deuses e não questionam nada do que eles falam.

    ResponderExcluir
  97. Olá, novamente! ^^
    Eu gostaria de saber se nos dias que consumimos carboidratos a mais, é melhor restringir as gorduras ou contar calorias? Se vamos consumir carboidratos no dia, e assim o corpo vai liberar insulina, caso consumamos gorduras igual nos outros dias, a insulina vai estocar os carboidratos e também as gorduras? Ou seria melhor seguir a alimentação normal no restante do dia?

    ResponderExcluir
  98. Se o objetivo é perder peso, melhor restringir os carbs. Se não é, coma comida de verdade e não se preocupe com nada disso. Carbs páleo (frutas e raízes) não são inflamatórios.

    Sent from mobile phone
    Em 06/08/2014 10:18, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  99. agora morri de curiosidade!!!

    ResponderExcluir
  100. Medo não, mas não devem ser a base da sua alimentação.

    ResponderExcluir
  101. olá, ontem teve reportagem na GN, programa Milênio, segue o link http://g1.globo.com/globo-news/globo-news-painel/videos/t/ultimos-programas/v/milenio-michael-pollan-denuncia-o-jogo-de-poder-que-define-a-saude-e-a-nutricao-mundial/3542407/, sob o título:
    Michael Pollan denuncia o jogo de poder que define a saúde e a nutrição mundial

    ResponderExcluir
  102. Marcos, em cerca de 5 meses. 2 Meses foi convencendo ele a abandonar a dieta da nutricionista que mandava ele fazer 8 refeições por dia e com 70% de carbo.

    ResponderExcluir
  103. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO6 de agosto de 2014 14:09

    Show de bola! Parabéns aos dois!

    ResponderExcluir
  104. Eles seriam nocivos para a saúde ? Atrapalhariam o processo de emagrecimento ?

    ResponderExcluir
  105. Se você está se sentindo bem, estão ótimo!! Eu de vez em quando pulo refeições também...nada planejado...mas simplesmente não sinto fome!

    ResponderExcluir
  106. Você é meu herói!!!

    ResponderExcluir
  107. Até cabelo criou :-)

    ResponderExcluir
  108. Obrigada, doutor! Eu tento restringir ao máximo os carboidratos porque quero emagrecer, então muitas vezes não como nem salada. Porém, se acontecer de comer algum carboidrato ruim, tenho que comer menos gordura? Por exemplo, se eu acabar comendo um bolo ou algum doce e depois comer ovos com bacon, vou engordar só do bolo (ou doce) ou os ovos com bacon passam a engordar por causa da insulina?

    ResponderExcluir
  109. Se não for a base da sua alimentação, não vejo problemas.

    ResponderExcluir
  110. acho que você deveria primeiro consertar sua cabeça. o corpo é consequência de uma alimentação balanceada, e você pelo jeito está em uma dieta completamente restritiva, o que não é saudável... você não pode deixar intencionalmente de comer salada mas cogitar comer "acidentalmente" um bolo ou doce, isso é a própria cara de compulsão alimentar. coma salada, coma gordura, coma seus ovos e bacon... coma até o bolo de vez em quando! você não vai morrer por isso. mas experimente ficar pelo menos um mês sem o bolo, sem o açucar, sem o amido, sem o doce. mas não corte os vegetais e a gordura pra poder comer doce...

    ResponderExcluir
  111. Boa noite, dr. Souto. Emagreci 14kg em 10 messes com reeducação alimentar, mas estou com dificuldade de eliminar os últimos quilos extras. Sou vegetariana e li em alguns sites que posso seguir a dieta paleo com algumas modificações, como por exemplo, consumo moderado de feijao, lentilha e grão-de-bico. Gostaria de saber se o senhor concorda e se eu também consumir amendoim, queijo cottage e sucralose. Obrigada.

    ResponderExcluir
  112. Dr Souto/Patricia: li boa parte do blog já, porém, agora me
    encontro num dilema. Sinto muita dor muscular e fui diagnosticada com
    fibromialgia a muitos anos . Semana passada fiz diversos exames (23 hehehe)
    onde não apareceu alteração de tireóide, nem colesterol, nem intolerância a glúten
    ou lactose, enfim, apareceu apenas muita acidez no meu organismo, assim como triglicerídeos
    altos e formação de cristais na urina. Diante disso, meu medico “ acha “ que não
    conseguirei emagrecer os 30 kg que engordei nos últimos dois anos e sugeriu
    redução de estomago. Eu ainda queria tentar paleo ( fiz uns meses, emagreci um
    pouco, desinchei), mas com essa acidez no organismo e a formação de cálculos renais,
    é viável? Como vocês acham que eu devo proceder?

    ResponderExcluir
  113. Olá será que alguém poderia me responder uma dúvida, estou fazendo low-carb e durante o dia sinto calor pelo corpo e depois para, depois vem novamente o calor.. o que seria isso?

    ResponderExcluir
  114. Olá Daniela,


    Dr. Souto me corrija se estiver errada mas penso que é melhor tentar uma abordagem LCHF/paleo antes de fazer redução...
    Como aparece 'acidez no organismo'?
    O limão é bom pra alcalinizar a URINA (o que evita pedras)

    ResponderExcluir
  115. Olá Denise,

    se comer bolos ou carbs ruins for sua alimentação usual, ou seja, vc sempre come isso, não é bom comer gorduras. Mas se é eventualmente penso que não é tão grave...
    Se comesse só o bacon e os ovos, não teria problemas com a insulina. Ou mesmo um bolinho LCHF ( http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/09/o-bolinho-mais-facil-do-mundo.html )... Mas fato é que ficar nessa montanha russa de insulina não faz bem e vai favorecer o particionamento de gordura para o tecido adiposo.

    ResponderExcluir
  116. O primeiro eu nao tinha visto ainda, vou ver, o segunda eu já li, achei um pouco exagerado, dramático, não sei se foi a tradução, ou sei lá.
    Mas mas mesmo assim obrigado.

    ResponderExcluir
  117. https://umano.me/c/0yoa5/vegetarians-less-healthy-lower-quality-of-life-than-meat-eaters
    Sent from mobile phone
    Em 06/08/2014 20:55, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  118. Muito obrigada :)

    ResponderExcluir
  119. Oi Patrícia! Não é frequente, mas em alguns eventos sociais é bem difícil evitar comer, rs. Legal o bolo crescer só com coco ralado, vou tentar algum dia. ^^

    ResponderExcluir
  120. Oi R. Leite! Eu fazia a dieta Dukan antes de conhecer a paleolítica, e nela só se come saladas e outros vegetais em dias alternados (ele diz no livro que o carboidrato da salada pode atrapalhar emagrecer), eu continuei fazendo isso. Só alguns alimentos que tenham vitamina C que como todos os dias, tipo tomate cereja, pq é a única que o corpo não estoca (eu acho).

    ResponderExcluir
  121. e realmente não axo prudente vc comer bolo e depois comer ovos com bacon,o bolo vai liberar insulina ai se vc comer ovos con bacon ai vai estocar a gordura do ovo e do bacon,

    ResponderExcluir
  122. eu axo veganismo legal,e a dieta tamben mas e ben restrita nada de gordura animal e nen proteina animal,
    e tudu dos vegetais e frutas,e as gorduras eles tiram de algunhas nozes ou um pouco de abacate,
    mais muitos dizen que eles ten deficiencia de algunhas vitaminas,porque eles não comen gordura animal para ajudar a absorver

    ResponderExcluir
  123. kkkkkkkk doutor solto sei não viu,e criou so cabelo olha o cavanhaque kkkk

    ResponderExcluir
  124. Veganismo também traz sofrimento aos animais: morcegos, minhocas, pássaros, tatus, aranhas, borboletas, cobras, percevejos, gafanhotos, formigas, lagartas/lagartos, libélulas, peixes, esquilos, ratos, gambás, lagartixas, lesmas, moscas, abelhas, vespas, cupins, bactérias, fungos, etc, morrem todos os dias em razão, direta e indiretamente, do holocausto da agricultura por causa de defensivos industrializados ou naturais e da destruição do habitat natural desses animais para o plantio seletivo.
    A questão não é matar para comer, penso. Mas como se mata. Há técnicas de abatimento de quadrúpedes que são quase instantâneos (ar comprimido, por exemplo). Diferente do que ocorre com os pássaros e peixes que ficam dias agonizando depois de uma pulverização num campo de soja.

    ResponderExcluir
  125. Dr. Souto, estou ansioso para que esses 2 livros senam traduzidos para o português e lançados aqui. Já li os 3 livros que vc indicou aqui "barriga de trigo", "dieta da mente" e "dieta dos ancestrais" e achei fascinante. Sempre que possivel indique mais livros pra nós por favor! Parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  126. Obrigado Patrícia, tenho usado esses embutidos tipo salame, mortadela, calabresa, etc como lanchinho de manhã, a tarde, ou pra comer em viagem, mais pra sanar a fome mesmo. Achei que seria uma boa idéia, pq são feitos de partes de animais, inclusive de partes gordas, o que é ótimo, só fico com receio por serem industrializados, possuírem rótulos, etc.. mas como vc disse se não for a base da alimentação tudo bem.
    obrigado!

    ResponderExcluir
  127. O que dizer ? Ainda jovem atingi os 100Kg, cheguei a pesar 149,8Kg !
    Não comecei a fazer low-carb pra perder peso e sim para melhorar a saúde, mas que EFEITO COLATERAL absurdamente interessante esse !

    Hoje faço low-carb tem umas 11 semanas e estou com 99,8Kg !!! Tive que fazer 6 novos furos no cinto !!!

    Brinco com minha filha (9 anos) e deixo ela mortinha, além de que meus níveis de cognição estão melhorados e não sinto mais cansaço nem a famosa maré alcalina após as refeições !
    Após 11 semanas de carbo e 20Kg mais leve me sinto com exatos 15 anos !
    Só faltam 3 semanas para realizar o exame de sangue e verificar os marcadores que comprovem de vez os benefícios desta nova forma de viver (pq pra mim não é apenas uma dieta/hábito alimentar) !

    Sem contar que pelo low-carb tb melhorei a parte postural/física com o modelo primal de exercícios !
    Hoje me sinto muito mais forte e disposto que há 25 anos atrás !
    Low-carb e primal blueprint rulez !

    ResponderExcluir
  128. Eu como um salaminho vez em qdo !!!
    Delicioso !!!

    ResponderExcluir
  129. Tb !!!
    POSTA LOGO !!!
    :P

    ResponderExcluir
  130. Já li relato de leitor aqui no blog dizendo que o cabelo passou a crescer mais após a dieta low-carb paleolítica. Estou achando o meu couro capilar mais cheio, pode ser impressão. Tomara que funcione comigo! haha

    ResponderExcluir
  131. Ótima média. É normal a queda de peso cair com o passar do tempo, por isso é importante adotar esse estilo de vida em vez de encará-lo somente como dieta. Parabéns ao cliente feliz e a você por ter postado a foto. Vai motivar muitas pessoas. O diferencial desse blog, além do conteúdo, é a participação dos neandertais com dicas e depoimentos de sucesso.

    ResponderExcluir
  132. Dr. Souto ou Patrícia, gostaria de saber se o requeijão é alimento permitido por vocês, pq fica ótimo com frango hehe.. e aí, pode ou não pode? pq? obrigado!

    ResponderExcluir
  133. É bacana quando aprendemos a diferenciar a fome da vontade de comer. Eu ainda abro a geladeira por mania de querer comer, mas logo fecho a porta por saber que meu corpo não precisa de ingestão alguma de alimento.

    ResponderExcluir
  134. Conte quantos kg perdeu e o quais aspectos melhoraram na sua dieta. Tem muita gente nova acessando o blog a convite de leitores mais assíduos e antigos. Ajuda pra caramba.

    ResponderExcluir
  135. Amanhã completo um mês e estou muito bem. Voltei a fazer exercícios, ou seja, deixei o sedentarismo para os preguiçosos, estou comendo muito melhor (COMIDA DE VERDADE), fazendo compras específicas de coco, leite de coco, manteiga, lendo muito este blog - que é o melhor disparado - e outros nacionais e até do exterior. Na última pesagem, feita após o almoço de domingo, constatei a perda de 7kg. Mas quando penso no quanto evitei comer de açúcar, glúten e gordura trans, tenho a certeza de que ganhei saúde, que é o mais importante no final das contas.

    ResponderExcluir
  136. depende do requeijão... tem que ver os ingredientes.

    ResponderExcluir
  137. sinceramente? eu evito...é uma mistureba. Prefro queijo mesmo

    ResponderExcluir
  138. carta à paciente pré-bariatrica. Leia e acredite que vc mesma pode tomar as rédias da sua vida.

    http://www.paleodiario.com/2014/07/carta-paciente-pre-bariatrica.html

    ResponderExcluir
  139. Parabéns Roger !!! Aproveite a sua nova vida e a saúde que você terá daqui pra frente com sua família!!! Seu depoimento é importante e pode ajudar muitas pessoas a ganhar o que você está ganhando. Abraços.

    ResponderExcluir
  140. Olá,


    como o Lister falou, veja os ingredientes.

    ResponderExcluir
  141. Belo depoimento Roger! Obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
  142. Muitos leitores conseguem comprar artesanais. Verifique os rótulos, quanto menos 'tranqueiras' melhor!

    ResponderExcluir
  143. Só estou aguardando os exames de sangue (um marco) para escrever sobre isso e empolgar ainda mais a família e amigos... quero mostrar resultados... :D

    ResponderExcluir
  144. Eu q agradeço pelo trabalho de vcs no blog !!!
    Comecei por aqui !!!

    ResponderExcluir
  145. Ahahah... O mais importante de tudo eu acredito que é a adesão à dieta. Esse "novo" esquema é simples e vai de encontro ao sistema autônomo do corpo. É simplesmente você responder aos pedidos dele. Nem ele e nem eu, nos preocupamos com a tradicional pergunta:" Em quanto tempo vou perder...?" Isso é totalmente desnecessário uma vez que um modelo vitalício vai ser implantado. Isso é pergunta pertinente de atletas que têm que bater peso para lutar para uma determinada data, aí já é outra história.
    As dificuldades que tenho além de driblar nutricionistas ruins, é fazer o cliente perder o medo de gordura e do alimento. E, claro, evitar os alimentos que eles amam ( e eu também confesso ) como os chocolates e biscoitos.

    ResponderExcluir
  146. embutidos artesanais.. boa ideia Patrícia, aqui na minha cidade deve ter tb
    obrigado

    ResponderExcluir
  147. Eduardo, eu estava com 105kg quando comecei a dieta e perdi 17kg nos primeiros seis meses, e está estabilizado até hoje, entre 86/88kg.
    A minha cintura que estava em 103cm, baixou para 96cm.
    Minha saúde e meu viver melhorou em todos os sentidos, ou seja, durmo melhor, tinha ronco durante a noite, agora não ronco mais. No final do dia meus tornozelos estavam inchados, hoje não incham mais.
    Meus exames laboratoriais estão com resultados ótimos, antes de iniciar a dieta estavam a perigo, inclusive o motivo pelo qual comecei a fazer esta dieta.
    Hoje para mim, não é mais dieta e sim um Estilo de Vida, ou seja, não consigo comer nada que contenha trigo, açucar, óleos de sementes e outras coisitas mais.

    ResponderExcluir
  148. Excelentes resultados. Parabéns, Edis.
    Eu encaro como um novo estilo também.

    ResponderExcluir
  149. Dr, boa tarde. Meu pai foi diagnosticado com gota, teve muita dor no pé. Agora está medicado. Poderia expor sua opinião sobre essa doença? Li aquele artigo, acho que do Taubes, que afirma ser causada por açúcar. Só que meu pai foi no médico e ele proibiu carnes vermelhas, que ele diz que eleva o ácido úrico levando à doença. Para o caso dele que tem a doença, o que o Sr. considera correto sobre alimentação e o que realmente pode e não pode comer? Grato.

    ResponderExcluir
  150. Você vai ter que decidir entre o que o médico dele diz e o Taubes. Nem precisa me perguntar com qual dos dois eu concordo.


    Em 7 de agosto de 2014 18:24, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  151. Minha decisão já está feita, já que estou em paleo a mais de 1 ano e conheço os benefícios da comida de verdade. Minha dúvida é mesmo se tem algum detalhe, restrição para quem já tem a doença. No meu caso, meus exames de ácido úrico sempre vem um pouco acima do limite, tenho que me preocupar com algo? Grato.

    ResponderExcluir
  152. E no entanto você não tem gota. Gota não depende só de ácido úrico, depende também de inflamação.

    As dietas tradicionais para gota comprovadamente não funcionam. Aí, a pessoa deixa de comer tudo o que é saudável, passa a comer só farinha, que é o que "pode ", fica obeso e com síndrome metabólica e, como se sabe, síndrome metabólica causa gota!

    Sent from mobile phone
    Em 07/08/2014 18:58, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  153. Aline Oliveira Gouvêa7 de agosto de 2014 22:21

    Fiquei tão Feliz de ver este artigo publicado no blog do Waldemar Guimarães que vim logo partilhar com vcs... "OVOS COM BANHA" huuuu "CARNE" e NADA de INDUSTRIALIZADO... para um homem que possui tanta influencia no meio Fitness é muito bom ver que mais e mais pessoas vão poder confrontar com o que está sempre bem explicado aqui.

    http://www.waldemarguimaraes.com.br/2014/02/03/pergunte-ao-seus-avos/



    ;)

    ResponderExcluir
  154. Oi, gente! Tenho uma nova dúvida, rs. Jantei cogumelos, cebola, alho e ovos (refogados na manteiga), um pouco de creme de leite e um pouco de azeite. E comi 8 castanhas de caju de sobremesa. Depois de mais ou menos uma hora, fiz teste de glicose e deu 119, é muito alta? Comi algo errado?

    ResponderExcluir
  155. Depende de quanto era antes

    Sent from mobile phone
    Em 07/08/2014 22:57, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  156. Não é inflamatório, mas é altamente high carb

    Sent from mobile phone
    Em 07/08/2014 23:15, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  157. Quanto é a creatinina?

    Sent from mobile phone
    Em 08/08/2014 00:32, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  158. A ureia é irrelevante nesse contexto, e a creatinina é normal, embora no limite superior da normalidade.

    Primeiro, leia http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/05/dieta-e-perigosa-para-os-rins.html
    Ok, resolvida essa dúvida sobre a lenda urbana de proteína versus rins,
    ---> Ir no médico e investigar se ele tem alguma doença que favoreça insuficiência renal. Algumas são genéticas (rins policísticos, por exemplo). Se não houver uma doença genética ou nefrológica (glomerulonefrite, etc), vai precisar cuidar dos fatores de rico para problemas renais. E quais são eles? Diabetes, pressão alta, obesidade. Sabe qual é o melhor tratamento para diabetes, obesidade e pressão alta? Esse blog.

    P.S.: Na maioria das vezes, não há como reduzir uma creatinina elevada que seja acusada por doença renal crônica. SE ele tiver doença renal crônica, o foco é PRESERVAR a função renal (o que pode ser feito evitando obesidade, diabetes e síndrome metabólica - ou seja, low carb).


    2014-08-08 8:37 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  159. Muito obrigada, Dr.Souto! Passei tudo para ele já.

    ResponderExcluir
  160. Da vez que medi, tb depois de comer, era mais alta uns 20 ou 30 pontos... Os parâmetros de glicose do sangue com a dieta lowcarb são os mesmos que de uma dieta normal para medir glicemia de jejum? Tipo, a minha deu 74, normal para uma dieta normal, sem indícios de diabetes.

    ResponderExcluir
  161. Eu penso que uma subida dessa magnitude (20-30 pontos) é Ok


    2014-08-08 9:21 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  162. Obrigada Dr. Souto!
    Parei de comprar massas no mercado dps que comecei a alimentação paleo, mas eu confesso que gostava muito. Quando vi essa de farinha de arroz pensei que poderia ser uma opção quando der aquela vontadezinha... Como pós treino em pequena quantidade, por exemplo. Não preciso emagrecer. Quero hipertrofiar aliás!
    Obrigada mais uma vez!!!

    ResponderExcluir
  163. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO8 de agosto de 2014 10:41

    Dr. Souto, estou lendo o livro Dieta TNT, que o Sr. me indicou sobre low carb e ganho de massa muscular. No livro, o Adam Campbell libera o uso de óleo Canola entre os óleos adequados para a dieta. Já ouvi outros médicos que indicam low carb condenando o uso desse óleo. Qual a sua opinião sobre isso? É saudável seu uso, junto com as gorduras low carb indicadas? -- Abraços!

    ResponderExcluir
  164. Quando houver alguma divergência, sugiro seguir a minha indicação :-)

    Não use canola. Use gordura de coco, manteiga, azeite de oliva ou banha.

    2014-08-08 10:41 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  165. MARCOS DE SOUZA DA SILVA FILHO8 de agosto de 2014 11:31

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  166. boa sugestão! ;)

    ResponderExcluir
  167. se vc não pensa en emagrecer pode comer batata,abobora,arroz branco,cenoura,beterraba

    ResponderExcluir
  168. Eu baguncei no São João, comendo trigo de todas as maneiras possíveis! Resultado: minha caspa voltou com força.

    ResponderExcluir
  169. Olá Dr Souto, sei que minha pergunta não têm muito a ver com o tópico, porém eu preciso tirar esta dúvida. Hoje fui ao médico levar os exames do check-up que fiz e descobri que eu tenho hipotiroidismo, ele me relatou que o meu colesterol esta em perfeita condição, porém ele me disse que eu já estou pré diabética o que me assustou bastante. Gostaria de saber se a dieta Paleo no meu caso seria ainda mais benéfica para amenizar esse disturbio da glândula, apesar deu perceber que com a mesma facilidade que eu tenho de emagrecer quando eu sigo um plano alimentar corretamente, também tenho para engordar quando eu saio um pouco da linha. Vi você responder uma pergunta de uma certa leitora de que o amido resistente neste caso poderia ser mais um aliado no tratamento deste disturbio, estou correta?!, aguardo anciosamente sua resposta ou a de seus moderadores.

    ResponderExcluir
  170. Olá Camila,

    Pra tratar hipotireoidismo precisa fazer paleo bem restrito (zero glúten, zero lentilha, feijões, amendoins, soja, grãos, zero óleos de sementes).
    Sobre diabetes: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/05/gluten-autoimunidade-e-diabetes-tipo-1.html

    Amido Resistente atua alimentando a boa flora intestinal, consequentemente, anti-inflamatória, ajuda no controle da glicemia, melhora a resistência a insulina. Sobre amidos resistente: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente_2.html

    ResponderExcluir
  171. Ricardo Pinho, existem chocolates que são 80% cacau. Normalmente eles tem quase nada de açúcar. Acho que não há mal no seu consumo.

    ResponderExcluir
  172. 8 refeições por dia é bizarro!!

    ResponderExcluir
  173. Edson, vou tentar contemplar todas as nuances contidas nesse seu comentário - vamos ver se consigo escrever ainda nesse final de semana. Depois me diga se ficou bom ;-)


    Em 9 de agosto de 2014 01:33, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  174. Christian Bergamo9 de agosto de 2014 11:28

    Caro Edson, muito interessante tudo que você expôs. Eu ja a algum tempo lido com essa questão das estatinas em função do tratamento de mal de Alzheimer que faço na minha avó a base de oleo de coco e dos corpos cetonicos que ele produz. Na época comprei o excelente livro 'Alzheimer desease what if there was a cure' da médica americana Mary Newport aonde ela recomenda fortemente uma avaliação junto ao médico para retirada das estatinas sob pena de o tratamento não funcionar. Ou seja pré suponho que todo benefício coronário que as estatinas possam trazer prejudica de alguma maneira a função cerebral ao (sou leigo quero salientar) 'limpar' o cérebro de gorduras que são extremamente importantes para seu funcionamento. Ou seja agora tenho questões na cabeça que são as seguintes e fico imensamente feliz se você ou o Dr Souto puder elucida-las, já que as partículas LDL pequenas e densas são as que realmente prejudicam nossas artérias aliadas a inflamação causada pelo excesso de óleos vegetais da alimentação moderna e pelo excesso de carbohidratos refinados e pré supondo que de fato as estatinas sejam prejudiciais à função cerebral não seria mais benéfico para redução da mortalidade e do tratamento do colesterol a reeducação alimentar através do corte de alimentos ricos em amido, óleos vegetais, substituindo tudo por comida de verdade aliado a gorduras naturais que não prejudicam nosso organismo? Ou seja, não seria melhor um médico receitar uma mudança radical no estilo de vida de um cardíaco ou alguém que tenha os níveis de colesterol prejudicados do que receitar um medicamento que no longo prazo pode ter efeitos colaterais desastrosos no sistema nervoso central? Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  175. A postagem está em andamento

    Sent from mobile phone
    Em 09/08/2014 11:28, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  176. Andrei Rocha de Almeida9 de agosto de 2014 12:52

    Li a revista hoje. Interessante foi ver o vice presidente do InCor se segurando em seus dogmas: "Há estudos clássicos e rigorosos que comprovam a relação entre gordura saturada e altos níveis de colesterol. Não tem cabimento duvidar disso". É este tipo de ciência que precisamos? O problema é que estes estudos sempre foram frágeis. Associações tendenciosas e preconcebidas. Uma das bases da ciência é a dúvida, os questionamentos.
    Aí deixa de ser ciência e passa a ser religião.
    Um dos mandamentos está caindo :"Gordura saturada faz mal ao coração".
    E um pecado absolvido: "Não comerás bacon, ovos, queijos amarelos..."

    ResponderExcluir
  177. Doutor, na dieta lo e carbono pode comer fibra de soja (zero carboidrato) e tomar vitamina c efervescente sem açúcar?

    ResponderExcluir
  178. Christian Bergamo9 de agosto de 2014 16:00

    Soja nunca jamais..... Vitamina c não vejo problema

    ResponderExcluir
  179. Andrei Rocha de Almeida9 de agosto de 2014 16:21

    Oi Edson,
    Bom ver várias opiniões inclusive de cardiologistas no blog.
    Só para lembrar NTT das estatinas pode variar a depender de quanto tempo as utilizamos:
    a) 3 anos nos dá uma NTT de 100;
    b) 5 anos, uma NTT de 41;
    c) 15 anos uma NTT de 27.
    Mas qual será o número necessário para sofrer efeitos colaterais graves. E será que ele não aumenta com o número de anos em tratamento também?
    Será que a mortalidade por qualquer causa está sendo realmente modificada com o uso de estatinas?
    Será que as pessoas que usam estatinas não se sentem liberadas para se alimentarem de mais produtos processados e ricos em açúcar?
    E a síndrome metabólica? Estatinas não tratam síndrome metabólica.
    Quantas doenças poderíamos evitar com uma alimentação mais adequada? Diabetes, pressão alta, doenças renais, sobrepeso, inflamação crônica, doenças autoimunes, câncer, pedra na vesícula...
    Acho que esta é a discussão. E saber quem realmente se beneficiaria do uso de estatinas. Afinal nem todos aderem a uma determinada dieta/estilo de vida e por toda a vida.

    ResponderExcluir
  180. Sim. Mas, em certas pessoas,, chocolate pode causar vício.
    Existem pessoas que podem comer chocolate 70, 80% cacau e outras que não podem comer nenhum.

    ResponderExcluir
  181. Olá Camila,
    Há três anos, fui diagnosticado pelo Dr. Souto, como pré diabético.
    A recomendação foi uma mudança radical na minha alimentação, ou seja, em resumo seguir as recomendações por ele postadas neste blog.
    Hoje, tenho um Novo Estilo de Vida, agradeço a este pioneiro "Dr. Souto", por ter me mostrado uma maneira de viver com muita saúde sem a necessidade de remédios.
    A leitura deste blog, tenho como obrigação diária, e a cada dia que passa aprende-se um pouco mais.
    Quando vejo outros médicos, como é o caso do Dr. Edson, somando-se ao Dr. Souto, o qual ha muito tempo vem lutando sozinho nesta difícil missão de mostrar ao mundo e às pessoas do quanto a alimentação errada é a grande causa de muitas doenças.

    ResponderExcluir
  182. Dr. Souto estou fazendo dieta já faz mais de 3 meses. Eu perdi 2k e estacionei, mas até ai tudo bem, estou me sentindo muito bem. O problema é que a minha pressão que era 14/9 subiu para 16/8. O senhor poderia me dizer alguma coisa?

    ResponderExcluir
  183. Sim, algumas pessoas são hipertensas.

    Sent from mobile phone
    Em 09/08/2014 23:24, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  184. Com certeza sera um excelente artigo! !!

    ResponderExcluir
  185. Doutor souto, uma grande amiga tem uma auto imune chamada Síndrome de Sjögren, e ela nunca tratou. Hoje, ela esta com os pulmoes comprometidos devido a ela ter sofrido um acidente vascular no pulmao e se encheu de sangue no tempo - hoje nao tem mais sangue pois ja passou 6 meses e ela foi e é "medicada" com warfarina. E o coracao dela tambem esta sobrecarregado devido a baixa capacidade de oxigenação dos pulmões. Como o low carb paleo pode ajudar ela a se curar?

    ResponderExcluir
  186. http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2014/03/paleo-e-auto-imunidade.html

    Sent from mobile phone
    Em 10/08/2014 13:20, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  187. Lá em casa eu já estou usando só manteiga e banha para fazer a comida, mas acredito que nos restaurantes eles usem óleo de soja. Além de fazer mal, esses óleos de semente também engordam?

    ResponderExcluir
  188. Só fazem mal. Mas o ótimo não deve ser o inimigo do bom.

    Sent from mobile phone
    Em 11/08/2014 08:53, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  189. É excelente

    Sent from mobile phone
    Em 11/08/2014 10:57, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  190. Parabéns! Eu perdi o medo da gordura(boa é claro). Hoje não consigo mais ficar sem. O trigo foi banido da minha vida e nem fico com vontade. Outro dia fiz uma lazanha de beringela que dá de mil na convencional com massa. Enfim não alcancei meu objetivo, mas sei que estou no caminho certo. Li num outro blog que não comer carboidrato é prejudicial e dificulta o emagrecimento,mas acho que bons carbos na hora certa é o segredo. Semana passada andei muito enjoada e com tontura. Estava mantendo um carb bem baixo. Será que tem a ver Dr. Souto?

    ResponderExcluir
  191. Gostaria de contar uma experiência:
    Optei pela dieta LCHF há n2 semana e havia eliminado 6 kilos.
    Pois bem...ontem..domingo..dia dos pais ..churrasco...a gorda aqui pensa que pode comer arroz, salada de batatas e tbm pão. Não, não precisava comer..havia variedades de carnes gordurosas com as quais poeria me fartar, mas NÃO a viciada aqui foi no carbo tbm.
    Resultado: 2,2 kilos a mais na balança de inchaço, gordura..o que for, mas foi a mais. em UMA misera(??) refeição!!!
    Alguém poderia me explicar? o que foi isso? Inchaço?
    Já voltei pra minha alimentação LCHF e pretendo não mais sair! Acho que aprendi.
    Obrigada

    ResponderExcluir