A dieta de baixo carboidrato (portanto alta gordura) é segura?

Já vimos querestringir a gordura na dieta não reduz a mortalidade. Mas qual a evidência de que uma dieta low carb/high fat (baixo carboidrato, alta gordura) não é perigosa? Afinal, há 40 anos somos bombardeados justamente com o conselho oposto. Mas, e a ciência, afinal, o quê diz?

Já vimos que, do ponto de vista evolutivoa dieta low carb/high fat é a que mais se aproxima daquela a que nossos genes foram expostos durante 99,5% de sua evolução. Mas, em medicina, o que mais importa são os estudos prospectivos randomizados, ou seja, aqueles em que pacientes são sorteados para uma intervenção ou outra, e depois de algum tempo os resultados são comparados. Os seguintes estudos mostram não apenas perda de peso, mas também melhora nos fatores de risco para doenças cardiovasculares. Isto mesmo, você leu bem, uma dieta rica em gorduras mas pobre em carboidratos produz queda nos triglicerídeos, aumento do HDL (“colesterol bom”), queda da glicemia (açúcar no sangue) e queda da pressão.

  1. Brehm BJ, et al. A Randomized Trial Comparing a Very Low Carbohydrate Diet and a Calorie-Restricted Low Fat Diet on Body Weight and Cardiovascular Risk Factors in Healthy Women. J Clin Endocrinol Metab 2003;88:1617–1623.
  2. Samaha FF, et al. A Low-Carbohydrate as Compared with a Low-Fat Diet in Severe Obesity. N Engl J Med 2003;348:2074–81.
  3. Sondike SB, et al. Effects of a low-carbohydrate diet on weight loss and cardiovascular risk factor in overweight adolescents. J Pediatr. 2003 Mar;142(3):253–8.
  4. Aude YW, et al. The National Cholesterol Education Program Diet vs a Diet Lower in Carbohydrates and Higher in Protein and Monounsaturated Fat. A Randomized Trial. Arch Intern Med. 2004;164:2141–2146.
  5. Yancy WS Jr, et al. A Low-Carbohydrate, Ketogenic Diet versus a Low-Fat Diet To Treat Obesity and Hyperlipidemia. A Randomized, Controlled Trial. Ann Intern Med. 2004;140:769–777.
  6. Gardner CD, et al. Comparison of the Atkins, Zone, Ornish, and learn Diets for Change in Weight and Related Risk Factors Among Overweight Premenopausal Women. The a to z Weight Loss Study: A Randomized Trial. JAMA. 2007;297:969–977.
  7. Daly ME, et al. Short-term effects of severe dietary carbohydrate-restriction advice in Type 2 diabetes–a randomized controlled trial. Diabet Med. 2006 Jan;23(1):15–20.
  8. Westman EC, et al. The effect of a low-carbohydrate, ketogenic diet versus a low- glycemic index diet on glycemic control in type 2 diabetes mellitus. Nutr. Metab (Lond.)2008 Dec 19;5:36.

Estes estudos mostram não apenas que a dieta low carb/ high-fat é saudável; na verdade, os estudos mostram que ela é MAIS saudável do que as dietas com pouca gordura. Ainda cético? Leia os artigos acima.

O mais fascinante deles, na minha opinião, é o estudo número 6. O Dr. Gardner (que é vegetariano) admite constrangido que não há como negar que a dieta Atkins (restrição severa de carboidratos e consumo liberal de gorduras, inclusive saturadas) foi a melhor em todos os aspectos: o dobro da perda de peso e os melhores índices de saúde cardiovascular. Trata-se de estudo prospectivo, randomizado, com mais de 300 mulheres obesas, conduzido pela Universidade de Stanford, a um custo de 2 milhões de dólares.

Veja o press release do estudo aqui.

Veja, abaixo, o vídeo no qual o autor explica em detalhes os resultados: