Globo, Jornal Hoje: dieta sem glúten

Estamos vivendo tempos interessantes. Primeiro, foi a revista Veja em junho absolvendo a gordura. Depois, a reportagem do SBT em agosto, na qual a Sociedade Brasileira de Cardiologia admite que não é preciso restringir a gordura na dieta nos níveis que a mesma apregoava até então. Então veio a EXCELENTE reportagem da revista IstoÉ sobre os benefícios da dieta sem glúten mesmo para quem não é celíaco. Fora do Brasil, a qualidade do jornalismo é outra (veja aqui e aqui), mas parece que a tampa da panela de pressão está quase saltando, e não há mais como manter a informação suprimida em vista da número cada vez maior de pessoas que obtém sucesso e do peso das evidências científicas publicadas.

Agora é a vez da Rede Globo. Eu sei, na maior parte do tempo eles se dedicam a recitar a sabedoria convencional sobre nutrição. Mas só posso me alegrar com uma reportagem como esta (obrigado ao leitor Edison Morais):

Importante: você não deve, ao contrário do que sugere a reportagem, substituir o glúten por outras fontes igualmente repletas de carboidratos. Mas é verdade que, como escreve o Dr. William Davis (ver entrevista do mesmo aqui), o trigo atual é tão deletério que sua simples eliminação sem nenhuma outra alteração na dieta já é suficiente para produzir perda significativa de peso e melhora dos marcadores de risco cardiovascular em muitas pessoas. Para aquelas que toleram menos os carboidratos, vale o que já sugerimos neste blog.