27Kg e 31cm de barriga a menos com low carb

Faz tempo que não posto aqui um exemplo de sucesso de algum dos leitores (clique aqui). Afinal, o blog tem um viés mais científico, pois esta é a maior lacuna a ser preenchida em nosso meio e em nosso idioma. Não obstante, não dá para ignorar o grande estímulo que as pessoas obtém de exemplos incríveis como este: 

Arimatéia Jr., 29 anos, morador de Teresina, Piaui.

“Eu cheguei aos 102kg com 1,77m de altura no início de dezembro de 2012, quando resolvi que tinha que fazer alguma coisa para mudar isso. Eu não podia passar o resto da minha vida assim. Então, procurei a ajuda de uma nutricionista, que me passou uma dieta hipocalórica. De início já percebi que não iria dar muito certo, pois já tinha tentando esse tipo de dieta algumas vezes e nunca obtive sucesso. Eu estava passando fome e vi que isso não iria se sustentar a longo prazo. Até o final do mês de dezembro consegui perder uns 3kg com essa restrição calórica e à custa de muito sofrimento. Foi então que comecei a pesquisar sobre o assunto e encontrei o seu blog. Li praticamente tudo. A fome que eu tinha de comida fui matando com a leitura dos artigos!

Todas as informações e quebras de paradigmas foram me deixando muito confuso. Resolvi testar. No início foi muito estranho. Era uma sensação de medo. Eu pensava: será se eu estou acabando com a minha saúde comendo toda essa gordura que o mundo diz que faz mal? Será se eu vou desmaiar de fraqueza se deixar de comer esses carboidratos que todos dizem que eu tenho que comer? Bom, aconteceu justamente o contrário. Eu fiquei com muito mais energia e disposição. Passei a frequentar a academia fazendo musculação todos os dias. Aquela sonolência do início da tarde foi acabando. Passei a praticar atividades físicas que antes não tinha motivação alguma.

Em pouco mais de 3 meses, tive que trocar TODO o meu guarda-roupas. Não estou exagerando, todas as minhas roupas não mais me serviam. Foi muito gratificante ver os resultados aparecendo, as pessoas do meu círculo social notando a diferença e perguntando o que tinha acontecido (cenas muito parecidas com uma vídeo-animação que vc postou no seu blog).

Logo que perdi uns 18kg de peso comecei a focar na hipertrofia. Aí já foi confusão também, pois quando eu falava para o meu personal que tinha uma dieta low-carb ele ia à loucura. Dizia que eu poderia ter tonturas, fraqueza, hipoglicemia, etc. Como uma dieta em que eu não passo fome, que é gostosa, que eleva a minha disposição, que dá resultados e que é totalmente natural poderia ser ruim? Continuei firme na dieta. No início eu até cheguei a ter alguns episódios de tonturas e ânsia de vômitos, mas acho que eram sempre em dias de treino bem pesado. Meu corpo logo se adaptou e hoje treino sem problemas. Treino sempre no início da noite e muitas vezes vou alimentado só com o almoço e nunca mais tive problemas.

Nesse período, sempre que alguém me perguntava o que eu estava fazendo para emagrecer eu não queria mais responder, pois sempre eles não acreditavam ou ficavam dizendo que eu estava acabando com a minha saúde (lembro sempre da vídeo-animação do seu blog… kkk).

Vou focar agora um pouco nos aspectos mais objetivos.

Medidas:
Peso antes: 102kg
Peso atual: 75kg

Abdômen antes: 108cm
Abdômen atual: 77cm

Alimentação:

  • Cortei completamente o trigo (massas, bolos, etc) e o arroz.
  • Cortei refrigerantes, bebidas alcoólicas, sucos, cajuínas, etc. A única bebida que tomo é a água, com exceção do whey protein que tomo no pós-treino.
  • Priorizo as gorduras naturais dos alimentos. Como carnes sem restrição (sempre evitava o porco, pois fui criado com essa aversão à gordura do porco e colesterol. Hoje não consigo mais viver sem essa maravilha gastronômica).
  • Como bastante salada todos os dias com azeite de olívia.
  • Como castanhas e amêndoas.
  • Como bastantes ovos inteiros todos os dias. Só no café da manhã já vão 4.
  • Cortei o leite. Eu não tinha muitos problemas de intolerância, mas percebi que vivo melhor sem ele (O Dr. Lair Ribeiro ajudou um pouco nessa parte). O queijo aqui é uma exceção, pois quase sempre como queijo frito juntos com os ovos.
  • Cortei gorduras vegetais. Faço tudo com manteiga ou óleo de côco.
  • Como sempre que tenho fome.

Não tenho muitas fotos de quando estava obeso, pois não gostava da minha aparência, nem imaginava que estava prestes a sofrer uma revolução na minha vida.

ANTES:


DEPOIS:

Quando alguém lhe disser que “com low carb se perde somente e água”, lembre-se deste caso (além deste artigo).

E, se você ainda tem dúvidas de que nosso amigo perdeu gordura, veja a evolução de sua composição corporal: