Relato de caso – perda de peso e melhora da saúde

Os resultados individuais variam, é claro. E, obviamente, quando eu posto alguma história de sucesso, ela tem um intuito motivacional. Dito isso, é em casos assim que penso quando alguém diz “mas como eu vou viver sem pão??”. A resposta depende do que você ganha em troca.

Eis os relato da Rosane: 

Há pouco mais de 1 ano mudei minha alimentação. Isso não foi uma dieta… Foi um estilo de vida adotado por mim. Um modo de viver saudável, sem a ingestão de carboidratos e açúcares, e a consequência passa por emagrecimento e disposição… Hoje em dia, quando como trigo ou açúcar, sinto dores abdominais… Sabe por quê? Porque estou desintoxicada, daí uma pequena porção desse lixo me faz mal… Foi umas melhores decisões que tomei. Eu sentia falta de ar, sintomas de fibromialgia (clique aqui para saber porque a fibromialgia pode melhorar), pouca disposição, fome a cada 2 h, gases, prisão de ventre e estava bem acima do peso. 16k foram embora sem nenhum esforço, somente com o corte de açúcar e trigo. Como comida de verdade, e só sinto fome nas horas certas, pois uma alimentação baixo carboidrato tira a fome. A minha dieta? Low carb!
O conceito de que “comer gorduras engorda e faz mal” já está caindo por terra… (clique aqui, aqui e aqui) Tudo começou com pesquisas mal feitas, há mais de 50 anos, e subsiste até hoje. Muitos médicos já estão dando o braço a torcer de que isso foi um engano! Nosso corpo foi projetado para isso. Mas o nosso corpo não foi projetado para comer esse trigo geneticamente modificado de hoje em dia. Assim como o leite, que de tão “hormonizado” e pasteurizado, já não possui propriedade nenhuma (e sendo um dos vilões das dores e asma…).

As fotos falam por si: