sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Introdução à dieta páleo/primal - Mark Sisson - Aula 3

Introdução à dieta páleo/primal  - Mark Sisson - Aula No.3
Tradução: José Carlos Souto

Para a aula de No.1, clique aqui
Para a aula de No.2, clique aqui

Por que comer animais torna tudo mais fácil
steak2

Na última aula, eu desmontei o paradigma falho de carbs em que vivemos

Caso você precise, aqui vai um rápido resumo:

Pessoas acima do peso, com o metabolismo de carboidratos defeituoso, são orientadas (pelos médicos, pelos governos, pelos nutricionistas) a comer mais carboidratos e menos gordura.

E elas fazem exatamente isso (o consumo de carbs como percentual das calorias totais aumentou juntamente com a epidemia de obesidade, e aumentou mais do que o consumo de gorduras e proteínas). Elas comem carbs e reduzem o consumo de gorduras.

E, como seus corpos resistentes à insulina não lidam bem com os carbs, elas produzem muita insulina para compensar. Qual o problema? Estes carbs não são absorvidos pelos estoques de glicogênio dos músculos, pois estes músculos estão resistentes à insulina. Enquanto isso, o excesso de insulina impede a queima da gordura, e todos os carbs e gordura em excesso da dieta acabam sequestrados pelo tecido adiposo (gorduroso). E as pessoas ficam mais gordas.

Uma vez que a comida não está sendo usada e, ao contrário, está sendo armazenada para uso posterior, o corpo "pensa" estar em estado de privação, e produz sensação de fome como resultado. E as pessoas? Comem mais carbs.

O ciclo continua, ininterruptamente.

Mas chega. Isso termina aqui. Eu acho que está na hora de trocarmos para um novo paradigma. É, na verdade, uma paradigma bem antigo, clássico, e que caiu no esquecimento - mas continua tão válido como sempre.


Chegou a hora do Paradigma da Gordura. Está na hora de começar a queimar gordura como combustível. Está na hora de parar de queimar açúcar.

Você percebe? - a gordura é o combustível prefeito para nós. É eficiente. Sua queima é limpa. E é o tipo de combustível que nosso corpo gosta de queimar. Caso contrário, por que nós o acumularíamos em nosso corpo justamente para os momentos de privação?

E isto é o que as pessoas não se dão conta quanto à gordura corporal. Ela não está apenas "parada ali" pois fizemos bobagem e nosso corpo não tem mais onde colocá-la. Gordura corporal, ou tecido adiposo, é energia acumulada. Os obesos, é claro, têm gordura corporal demais, mas o fato é que nossos corpos desenvolveram evolutivamente esta habilidade de colocar gordura dentro das células adiposas pois a gordura é um combustível eficiente.

O problema é que muitos de nós estamos com defeito. Vidas sedentárias, toxinas dos alimentos modernos, stress, pouco sono, e uma evidente falta de brincar apenas por brincar (falaremos mais sobre isso mais tarde, caso você esteja confuso sobre o porquê de eu elencar "brincar" juntamente com o resto) mudaram de forma fundamental a forma como nós processamos o combustível. Muitos de nós sequer conseguimos ter acesso à gordura acumulada, funcionando (e funcionando mal) à base de açúcar. Toda essa energia acumulada - a gordura - sendo desperdiçada.

Assim, se você tem sobrepeso ou se é obeso, há grande chance de que você esteja com defeito. E - ao menos por enquanto, até que você esteja consertado - carboidratos em excesso apenas pioram o problema.


Você pode ser consertado. Você não precisa de médicos, medicamentos ou tratamentos caros. Você apenas precisa começar a acessar sua gordura corporal e queimá-la como combustível.

Ao converter-se para um metabolismo baseado em gordura animal, você estará retornando à fonte ancestral de combustível humano. E a melhor forma de passar a queimar gordura é começar a comer mais animais juntamente com a gordura que vem deles.

A gordura animal, especialmente de ruminantes como carne de gado, cordeiro e bisão, vem com quantidades aproximadamente iguais de gordura saturada e mono-insaturada, e um pouco de gorduras poli-insaturadas ômega 6 e 3. É interessante notar que a nossa própria gordura - a gordura depositada em nossos corpos, gordura essa que estamos evolutivamente desenhados para queimar durante os períodos de escassez - tem proporções muito similares. Ou seja, ao que parece a gordura animal é boa para nós :-)

O que me traz ao ponto principal do artigo de hoje: comer animais simplesmente torna tudo mais fácil.

Com animais, você consegue a saudável gordura animal. Você consegue proteína, importante para formar músculos e mantê-lo saciado. Você consegue todos os micronutrientes, vitaminas e minerais que o próprio animal comeu, e em uma forma química que seu corpo consegue absorver. É o pacote nutricional perfeito para um queimador de gordura.

Agora, veja, eu não odeio carboidratos. Eles podem ser úteis e até benéficos em certos casos. Coma carbs quando você precisar de combustível para atividades de endurance. Não coma carbs apenas por comer; coma-os porque você precisa da energia, pois você é muito ativo e eles não serão desperdiçados (e transformados em gordura, N.T.)

De resto?


A gordura é sua amiga

A gordura será o combustível de suas atividades diárias: caminhar, fazer compras, ler. A gordura pode inclusive fornecer o grosso da energia necessária para o seu cérebro. Seu cérebro ainda precisará de glicose, mas quando se está metabolicamente saudável é possível acessar ambos, glicose e gordura, como fonte de energia (N.T.: e o fígado é capar de sintetizar glicose mesmo que você não coma nenhum carb).

Em resumo: se você está acima do peso, significa que você não está utilizando a energia acumulada em seu corpo. Trocar para o Paradigma da Gordura e para uma dieta baseada em gordura irá destravar esta gordura acumulada, permitindo que você use aquilo que já possui (além de carboidratos, quando e se você consumi-los). Mas se você permanecer entrincheirado na Paradigma dos Carbs, seu corpo jamais recebe a mensagem para começar a acessar a gordura corporal e usá-la como combustível.

Se você precisa perder peso, comece cortando carbs e comendo mais animais (e sua gordura). Isto é tudo que é necessário para entrar no Paradigma da Gordura e começar a queimar gordura, e é tão fácil (e delicioso) quanto parece.

Na próxima vez, darei mais detalhes sobre o que e o quanto comer mas, por enquanto, simplesmente coma animais.

15 comentários:

  1. Esse texto poderia ser a carta de apresentação a qualquer pessoa que quisesse saber mais sobre o assunto!

    ResponderExcluir
  2. Sou uma apaixonada pela literatura bíblica, e acredite, na bíblia sagrada em uma das passagens mais conhecidas no mundo inteiro, DEUS rejeita a oferta de CAIM (ofertou o fruto da terra) e se agrada da oferta de ABEL (ofertou os primogênitos das suas ovelhas, e a sua gordura) Gênesis 4:3-4. Ou seja, DEUS sabe das coisas, DEUS sabe o que é melhor. Não abro mão do meu estilo de vida lowcarb, só tem me feito bem, estou me sentindo cada vez melhor comigo mesmo. Minha alta estima só tem a agradecer. rsrs

    ResponderExcluir
  3. Olá Doutor, queria saber sua opinião sobre uma dúvida que tenho. Já comentei aqui no blog que pretendo começar o método de recargas periódicas de carbos (Carb Nite) para testar sua eficácia. Tenho imc de 26 e tá difícil perder esses quilinhos :) Pois então, minha dúvida é: consumo 20g por dias de carbs e me sinto muito bem, sem dores de cabeça nem sintomas pré-cetoadaptação (o que observei foi apenas aumento da diurese durante um ou dois dias) e comecei a seguir a dieta "certinho" há apenas 5 dias. É possível que eu já esteja cetoadaptada? Antes das festas de fim de ano eu estava firme e forte em uma dieta low carb por dois meses, então é verdade também que quem já está acostumada com o low carb entra em cetose mais rápido? Obrigada mais uma vez!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1) Nem todo mundo passa mal no início
      2) Sim, se vc já induziu as enzimas da lipólise e da gliconeogênese recentemente, fica mais fácil (e rápido) reinduzi-las novamente.

      Depois conte seu resultado com carb nite. Estou curioso.

      Excluir
  4. Doutor Jose, espero que o senhor continue com as postagens do restante das aulas de Mark Sisson. Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Olá Dr.
    Não sei se esse é o local certo para realizar essas perguntas mas lá vai...
    - O que o Sr. acha da Dieta Dukan?
    - Meu marido tem baixa produção de espermatozoides, por isso estamos com dificuldade de engravidar, ele é vegetariano, não por opção, não gosta de carne (mas toma leite e consome ovos) e isso já vem desde criança. Isso pode ter causado nesse problema? A opção por uma dieta low carb traria algum beneficio nesse sentido?

    Origada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dukan é uma dieta low carb que tem vergonha de ser low carb. (então recomenda cortar gorduras e permite grãos integrais). Tem uma série de inconsistências do ponto de vista científico. As dietas que realmente recomendo estão na minha postagem sobre livros: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/livros.html

      Como NADA está traduzido para o português, exceto Atkins e Dukan, entre as duas eu prefiro Atkins, que é mais saudável justamente por ter mais gordura e não aceitar grãos.

      Leia as seguintes postagens para entender porque a gordura é importante para a saúde:

      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/01/introducao-dieta-paleoprimal-mark_4.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/11/gordura-saturada-revista-mens-health.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/08/dr-drauzio-varella.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/08/restringir-gorduras-ou-carboidratos-o.html
      http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2011/12/afinal-gordura-faz-mal-consideracoes.html


      Para o caso do seu marido, o melhor caminho é páleo, com bastante vegetais e frutas, e ZERO grãos e açúcar e produtos processados. Não precisa comer carne, pode comer ovos, peixes, queijos. Mas, POR FAVOR, nada de soja. Soja liquida a fertilidade! E lembre-se de que qualquer intervenção leva uns 70 dias para começar a se refletir no espermograma.

      Excluir
  6. Dr, conheci na semana passada o conceito da paleodieta através do livro "A nova dieta da evolução" - Arthur de Vany, após a leitura do livro, fui buscar mais informações na internet e vi que poucos sites (principalmente os brasileiros) comentam a respeito, e dão uma importância muito maior ao Primal Blueprint. Existe alguma inconsistência grave nos estudos do De Vany?

    Ps: Fiquei muito feliz em encontrar o seu blog, pois além de muita informação também é sempre atualizado e pelo que vejo você está também sempre presente. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo, o Primal Blueprint é MUITO melhor que o livro do Vany. O livro do Vany tem 2 grandes defeitos. Um deles é o medo da gordura (especialmente no contexto da evolução, em que nossos antepassados comiam o pedaço mais gordo de carne que pudessem encontrar). O outro defeito é o cara passar O TEMPO TODO dizendo como ele é maravilhoso, como os exames DELE são perfeitos, como a testosterona DELE é elevada, como ELE é sarado - enfim, meio ridículo.
      Veja aqui os outros livros que eu recomendo: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/12/livros.html

      Excluir
    2. dr. iniciei a dieta low carb, cortei o arroz, pao, massas, refri, minha dieta esta basicamento em carne, ovo, queijo, (mussarela que mais gosto), e sucos (clilighT)o que consumo com mais carb eo creme de leite mas com moderacao, isso a 10 dias porem nao consegui perder peso, e estou bem acima do peso, gostaria de saber se eh normal em alguns essa demora?

      Excluir
  7. Excelente artigo! Esta aula sobre a gordura e como o nosso corpo esta programado para usar as reservas como fonte de energia, ou seja, queimar os excessos como combustivel eh perfeita!

    Obrigada, Doutor Souto!

    ResponderExcluir
  8. Dr, eu sempre fui de comer mais pratos salgados: massa, Paes, salgadinhos, arroz, feijão, pouca carne, saladas, frutas. Mas sempre fui muito magra e esfomeada. Se tinha macarrão, comia 3 pratos brincando. A minha dúvida é: considerando q meu imc é um pouco abaixo do normal e q não tenho problemas de metabolismo/hormônios, se eu fizer essa dieta, corro o risco de ficar mais magra? Estou vendo todo mundo perder peso, mas eu não posso. Obrigada.

    ResponderExcluir
  9. Olá Dr. Souto!

    Parabéns pelos posts dos artigos traduzidos.

    Gostaria de saber se o Dr. irá traduzir as outras aulas.

    Fiquei curiosa sobre a aula número 4, que fala sobre o que e o quanto
    comer.

    Obrigada e parabéns!!

    ResponderExcluir
  10. http://paleodiario.blogspot.com/2013/10/mark-sisson-em-pt-br.html


    2013/10/31 Disqus

    ResponderExcluir