sábado, 24 de maio de 2014

Programa Fantástico e o teste dos gêmeos

Literalmente: O plural de anedota não é dados. Ou seja, algumas histórias individuais (casos "anedóticos") não substituem estudos científicos.

O fato de sua avó ter fumado e ter vivido até os 95 anos (caso anedótico) não significa que fumar faça bem à saúde. Se compararmos 100 fumantes e 100 não fumantes (um estudo científico), a verdade ficará clara. 

O programa Fantástico, da Rede Globo, vai apresentar amanhã (25/05/2014) um programa da BBC no qual a BBC faz exatamente essa confusão - um estudo mal conduzido, com dois gêmeos idênticos - caso anedótico - levando a conclusões que contrariam grandes estudos científicos. É a historinha da avó fumante, em horário nobre.

O assunto é requentado. Já foi analisado e criticados meses atrás, inclusive aqui no blog, em postagem datada de 3 de fevereiro. Por favor, releia aquela postagem.

Estamos em um momento no qual a visão alternativa está ganhando momento, com estudos de peso e editoriais de importantes periódicos médicos indicando que, de fato, a ênfase na restrição das gorduras e o passe livre dado aos carboidratos na dieta estavam equivocados. Eis que, mais de 3 meses depois, justamente agora, a Globo opta por trazer essa problemática reportagem à tona.

Minha primeira reação foi a de conspiração: "é a indústria, tentando manter a cabeça fora da água enquanto o chão se desfaz sob seus pés". Mas depois, pensando melhor, acho que se aplica aqui o velho adágio:


"Nunca atribua à malícia o que pode ser adequadamente explicado pela estupidez"

Bem, no que consiste o teste da BBC? Dois irmãos gêmeos idênticos, médicos, com 35 anos, fizeram um teste: 1 mês em dietas diferentes, um, de alto carboidrato e baixa gordura (Low Fat); outro, de baixo carboidrato e alta gordura (Low Carb).

As dietas já começam mal. O irmão Low Carb não podia comer salada - isso não é proibido em uma dieta Low Carb - pelo contrário, é estimulado; por outro lado, podia beber leite, que não faz parte de dietas Low Carb. E sua dieta era altamente processada, o que é frontalmente contrário ao moderno movimento LCHF, que propõe o consumo de alimentos não processados. Vamos adiante:


  • O Peso: O irmão Low Carb perdeu mais peso do que o irmão low fat, o que é o esperado, visto que todos os estudos que comparam as dietas indicam perdas de peso maiores em Low Carb. A perda de peso foi pequena, sugerindo que os carboidratos presentes no leite, hamburgers, maionese e outros produtos processados pudessem ter prejudicado.
  • A massa muscular: aqui, o programa comete um erro CRASSO. Acontece que o aparelho BodPod, utilizado, só mede massa gorda versus massa magra. E massa magra é tudo o que não for gordura - INCLUSIVE ÁGUA. Assim, trata-se de método não acurado, e que irá superestimar a perda de massa magra em low carb SEMPRE. Por quê? Porque em low carb perde-se glicogênio, junto com o qual perde-se alguns litros de água. Como já foi dito aqui no blog, parte da perda inicial de peso em low carb é água e glicogênio - dizer que isso foi perda de músculos é ridículo - esse aparelho simplesmente não mede isso!
  • O teste mental: esse é ridículo. O teste poderia ter sido o de qualquer atividade cognitiva, testes com matemática, lógica, atenção. No entanto, foi escolhido um teste de Mercado Acionário!! Ora, todo mundo sabe que isso é uma loteria, nem vou perder meu tempo comentando (mas, para quem quiser uma boa leitura, segue a sugestão: O Andar do bêbado: como o acaso determina nossas vidas) - ou talvez eu tenha que comer um pão para poder escrever o resto dessa postagem :-)
  • O teste físico: foi escolhido a dedo para deixar a dieta low carb em maus lençóis:
    • Não houve tempo adequado para cetoadaptação (isto é, adaptação completa ao uso de  gorduras como fonte principal. Estudos indicam que, para performance em nível competitivo, são necessárias pelo menos SEIS semanas de cetoadaptação.
    • A capacidade de "sprint", isso é, de realizar um grande esforço anaeróbico, no limite de suas forças, é - de fato - reduzido por uma dieta low carb. (Já abordamos aqui no blog o fato de que dieta cetogênica tem objetivo terapêutico e não está indicada para fins de performance em esportes anaeróbicos competitivos). Em compensação, a capacidade de "endurance", isto é, de manter a atividade física aeróbica por muito tempo, é preservada e até aumentada.
Para um artigo científico sobre o assunto (e não casos anedóticos), veja:
  • Ou seja, você pega dois irmãos, depleta o glicogênio de um deles e, enquanto ele ainda não está cetoadaptado, dá açúcar ao outro, e manda-os fazer uma corrida de bicicleta morro acima - uma atividade essencialmente glicolítica e anaeróbica - e se surpreende que o irmão low carb foi pior? As cartas já estavam marcadas!! É como licitação no Brasil - já se sabe de antemão que vai ganhar. Se eu quisesse "fraudar" o processo em favor das dietas low carb, bastaria em colocar ambos irmãos para correr uma meia-maratona em jejum. Posso apostar que o low carb, metabolizando gorduras com maior eficiência, ganharia; já o outro, sem poder usar a própria gordura em virtude da insulina alta, consumiria todo glicogênio do corpo antes do fim da prova, e ficaria para trás se não pudesse beber algo com açúcar.
  • A glicose. Ok, ambos irmãos fizeram seus exames de sangue. O colesterol de ambos ficou igual, antes e depois das respectivas dietas. Isso é praticamente IGNORADO pelo programa de TV!!! Afinal, os autores desenharam um programa com o objetivo claro de mostrar que low carb faz mal. Se o colesterol do irmão low carb houvesse subido, metade do programa seria dedicado a isso. Mas não subiu, então... temos que procurar outra coisa!! A glicose! Mas a glicose deu NORMAL, em ambos irmãos, e foi medida uma única vez (e estava dentro da margem de erro de medição de glicose, que chega a 20%). Azar, é o que temos, então é o que vamos usar para dizer que low carb faz mal.
    • Como já escrevi tempos atrás aqui no blog, é NORMAL que a glicose em jejum suba em dieta cetogênica. Isso se deve a um fenômeno chamado de resistência à insulina fisiológica. (para ler um breve artigo científico escrito por um leitor aqui do blog, o Dr. Rennan Caminhotto, clique aqui). Isto não tem NADA a ver com o risco de desenvolver diabetes. Pelo contrário, está BEM estabelecido que o risco de diabetes está relacionado ao consumo de AÇÚCAR -  LEIA AQUI E AQUI.
    • Reproduzo aqui a explicação simplificada da postagem de 2013 sobre o assunto:
      • quando reduzimos significativamente os carboidratos da dieta, o corpo passa a usar a gordura como fonte de energia (por isso perde-se peso!). Mas alguns tecidos necessitam de certa quantidade de glicose (sistema nervoso central, rins, células do sangue), e o fígado produz esta quantidade. Ao mesmo tempo, os demais tecidos (músculos, gordura) deixam de utilizar esta glicose para que a mesma fique disponível para os órgãos que precisam. Isso faz com que, às vezes, a glicemia de jejum fique mais alta (pois os músculos estão usando gordura, e não glicose!) - mas o fato de a hemoglobina glicada continuar normal (ou mesmo baixar) prova que a sua glicemia, durante as 24 horas do dia, nos últimos meses, está mais BAIXA, na média, e não mais alta.
      • Aliás, como já expliquei em outra postagem, a relação epidemiológica do diabetes é justamente com a redução da gordura e com o aumento dos carboidratos na dieta:



O grande problema com as mancadas da mídia é que a ignorância tem infinitas permutações, mas o sábado só tem 24 horas. Espero que o Fantástico me dê uma folga nos próximos finais de semana...

147 comentários:

  1. “Two things are infinite: the universe and human stupidity; and I'm not sure about the universe.”
    ― Albert Einstein

    ResponderExcluir
  2. Sensacional para o caso em pauta

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/05/2014 20:10, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  3. Boa!

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/05/2014 20:27, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  4. Me surpreende a incapacidade das pessoas diferenciarem um estudo científico e um "teste aleatório". Especialmente quando além de mal feito é manipulado mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Simone Moliterno24 de maio de 2014 21:30

    eu penso que a dieta da 2 passos pra frente e 5 para tras.. eu ja cansei de argumentar...esses dias mesmo discuti com meu cunhado que é cardiopata sobre o consumo de gordura e ele falou que era pra eu conversar com o medico dele pq ele era um Dr renomado e tinha proibido meu cunhado de comer gordura pq o corpo dele não processa gordura...mas se deixar ele come uma panela de arroz..Ele simplesmente não escuta o que eu falo sem contar que me acha uma irresponsável. O que eu ouço o tempo todo é neguinho me dizendo : Meu corpo não processa gordura..

    ResponderExcluir
  6. Reportagem de televisão estilo "normal". Muito sensacionalismo, muito alarmismo e pouca verdade. Amanhã será um show de desinformação, mais uma vez.

    ResponderExcluir
  7. Bom, tempos atrás eu me sentia só; agora, somos milhões, graças a vocês. Vamos fazer barulho nas redes sociais! Espalhem essa postagem pelo Facebook, instagram, Twitter, sinais de fumaça, etc, especialmente durante o programa. Nós, agora, temos voz.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/05/2014 23:22, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente, o povo ainda da credibilidade a midia aberta,
    globo, principalmente, somos influenciados por aquilo que nos cerca, porém quando vamos em busca de verdades encontramos conteúdos de grande qualidade.parabens doutor, até por nos informar antecipadamente.

    ResponderExcluir
  9. quando falo para as pessoas e parentes da paleo e tudo o que resultou para mim, eles me olham como se estivessem me visitando na ala de doentes terminais de câncer...

    continuo falando, e fazendo, mesmo assim.
    como disse dr. souto nos comentários, "nós, agora, temos voz".

    ResponderExcluir
  10. Sorte que a audiência do Fantástico não é a mesma que há uns 10 anos atrás, assim menos pessoas serão iludidas pela matéria que será passada! hehehe


    Mudando o assunto, engraçado que as vezes quando alguém infarta ou tem AVC, o que costumamos ouvir é: "Nossa! E ele tinha ótimos hábitos alimentares, fazia exercício físico frequentemente e estava fisicamente bem. Como que pode acontecer isso?". A reposta está justamente nesse hábito alimentar que deveria ser LFHC (Low Fat Hig Carb), onde com certeza a pessoa tem o costume de consumir farináceos, doces, entre outros carbos de má qualidade!

    ResponderExcluir
  11. Dr Souto, apesar de todas as evidências, milhões insistem em fumar e consumir drogas, muitos ainda crêem que o crime pode resultar bem. Enfim, como esperar que este blog alcance o público que assiste Fantástico, Ana Maria Braga, etc?
    Para mim e absolutamente surpreendente os quase três milhões de acesso a este blog!
    Se a imensa maioria que sabe ler, não tem capacidade sequer de entender o que lê, não há como esperar que o privilégio de viver o que ora experimentamos seja socializado, isto e, a boiada segue na fila para o matadouro.
    Interessante observar que o boi não foge da fila porque há cercas que impedem a fuga, para o ser humano a cerca e a inércia, a comodidade. E a síndrome de Gabriela: "Eu nasci assim, eu vivi assim, eu sou mesmo assim, vou morrer assim...

    ResponderExcluir
  12. Verdade. Mas hoje à noite seus amigos e parentes vão lhe ligar pra incomodar. Então, já mande o link antes...

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 02:20, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  13. Fiz minha parte e divulguei esse artigo nas minhas redes sociais. Sempre na esperança de q um ou outro leia e procure mais informações...

    ResponderExcluir
  14. Venho desde o começo de minha adolescência travando uma guerra com a balança, algumas vezes conseguia, mas na maioria era vencida. Creio que tenha testado todas as dietas possíveis, sem bons resultados. Há menos de 15 dias, fui apresentada a dieta paleo/low carb e a este site por uma amiga que havia aderido a dieta, li o máximo que pude naquele dia e convencida a testar, comecei no dia seguinte, ou seja, terça-feira (13/05/2014), até hoje (25/05) já se foram mais de 03 kg, minhas medidas diminuíram a ponto de já ser notada pelos meus familiares. Há 20 dias atrás, minha janta seria 02 pães franceses sem miolo, maionese, queijo, tomate e presunto, ontem à noite minha janta foi, depois de 08 horas sem comer nada e quase sem fome, 01 copo de iogurte natural integral, 01 colher de sopa de coco sem açúcar, 03 nozes e algumas gotas de adoçante. Sempre tive problemas com a ansiedade, tenho 03 antidepressivos diferentes, 01 sedativo e Valium para dormir. Só tive resultados positivos, minha compulsão foi a zero, minha ansiedade está controlada sem medicação e depois de 02 anos estou dormindo sem precisar de remédios (às vezes tomava 02 comp. 10mg de Valium para poder dormir). Desinchei, me sinto leve, nunca comi tão pouco e me senti saciada por tanto tempo como agora. No começo achei que iria comer uma pratada de carne e salada, ledo engano, como a mesma quantia de antes, talvez um pedaço a mais, mas sem todo aquele arroz ou macarrão a mais e saio da mesa com a mesma saciedade, porém sem nenhum mal estar. Já indiquei para uma amiga que aderiu também ( já somos 03 adeptas paleo/low carb aqui no nosso trabalho) e ela também é só elogios, todas nós 03 nos sentimos melhores, mais animadas, só temos tido benefícios. Obrigado Dr. Souto pelo blog e pelas excelentes informações.

    ResponderExcluir
  15. Esta reportagem tem todas as características de uma propaganda de sabão em pó, em que a marca famosa é comparada com a concorrência.

    O Fantastico, e todo o telejornalismo não trata de informar e sim de entreter com bits de informação telegráfica, descontextualizada e entrecortada. E vender os intervalos.

    As pessoas tem a ilusão de estar informadas sobre grandes temas (nutrição é apenas mais um!) o que tende a ser pior ainda que se não soubessem nada.

    A televisão está a serviço de quem tem cacife pra comprar pacotes de anúncios. Esses são os reais clientes, e os que tem condições de impor que seus interesses sejam atendidos, de exigir tratamento vip, sem enrolação.

    Ao grande público, só resta ser enrolado.

    A gente evita ser taxativo pra não se desmoralizar, porque as evidencias são circunstanciais e não se pode provar nada. Não dá para dizer quem pediu, e quem mandou fazer nem muito menos com qual objetivo. Mas dá pra imaginar que uma boa maioria de anunciantes vão ficar felizes com a reportagem.

    Cada vez que uma desgraça dessa vai ao ar, é mais uma batalha que o consumidor está perdendo:

    "As long as the general population is passive, apathetic, diverted to consumerism or hatred to the vulnerable, then the powerful can do as they please, and those who survive will be left to contemplate the outcome."

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente a Rede Globo tem o poder de manipular e influenciar um grande número de possoas. Elas preferem acreditar no que é apresentado num programa de tv a ter que aceitar o que diz um estudioso ou um profissional da área. Vejo isso dentro da minha própria casa. E sou nutricionista, mas nem assim consigo convencer. Mas tenho fé que em breve nossa "voz" ficará tão alta que o povo passará a nos dar atenção.

    ResponderExcluir
  17. Vinícius Petrolli25 de maio de 2014 12:39

    Olha Dr. Souto, eu duvido que seja simples estupidez da midia fazer e exibir um "estudo" destes. Acho que é na verdade algo bem estratégico e pensado.

    Acho que o consumo de carboidratos induzido pelos governos e pela midia é uma questão ampla, tanto pela questão econômica quanto pela questão da humanidade como um todo.

    O governo precisa garantir uma alimentação barata para o povo. A carne não é barata e não existe em abundância suficiente para toda a população. Dizer que carboidratos em excesso faz mal seria um tiro no pé para os governos. É mais fácil dizer para o povo "se alimente com o pão, e pratique exercício fisico regularmente". Se tivermos problemas de saúde, a culpa é nossa por não termos hábitos de vida saudáveis.

    Na questão econômica, tudo pode ser facilmente manipulado por associações de produtores e afins, se bem que acho que isso não seja necessário. A questão da orientação dos governos ja é suficiente para justificar uma reportagem como esta.

    Enfim, não sou a favor da teoria da conspiração, apenas vejo uma lógica macro nessa história toda.

    ResponderExcluir
  18. Olá, doutor. Descobri seu blog há poucas semanas e já tenho mudado algumas coisas na minha alimentação (não tudo, ainda, mas pretendo em breve). Sei que não dá pra fazer consultas por internet, mas antes de me comprometer com uma dieta nova, queria tirar umas dúvidas.

    Há três anos descobri que eu era diabética (?). Eu tinha 15 anos, e minha glicemia de jejum não estava acima dos valores de referência (não lembro exatamente quanto, mas com certeza era abaixo de 100 mg/dl). A médica desconfiou de uns problemas hormonais de ovário e pediu um teste de tolerância a glicose (aquele que você toma água com açúcar e tira sangue depois de duas horas pra saber os níveis de açúcar e insulina). Descobri que estava tudo bem com os ovários, mas que eu tinha resistência a insulina. Ela passou a dieta padrão (comer de três em três horas, grãos integrais, carboidratos complexos). Eu não estava obesa, só com sobrepeso (64 kg, eu acho). Passei muito tempo negligenciando a alimentação até que resolvi emagrecer, e emagreci. Cheguei a ficar com 49 kg, tomando chá verde, correndo na esteira e deixando de comer por várias horas, rs. Mas fiz os exames de novo, e a resistência a insulina continuava lá. A médica ficou preocupada porque eu estava magra ao extremo, minha pressão estava baixa (9 por 6), e provavelmente tinha perdido massa magra no processo. Entrei na academia pra malhar. Meu peso subiu pra 54 e assim permanece (nas últimas semanas devo ter diminuído um pouco, porque deixei o pão de lado, feijão, arroz, aveia e outras coisas). Ultimamente tenho reduzido meu consumo de carbs, mas não reduzi pra os níveis de uma dieta cetogênica, que é o recomendado pra quem tem síndrome metabólica, até onde pude ler nos blogs paleo/lchf da vida. Não me lembro de ter passado mal por hipoglicemia nenhuma vez. Agora como quando sinto fome, e realmente tenho menos fome (acordava antes com uma vontade louca de comer, rs aliás, acho que tenho menos vontade de comer). A minha pressão continua "baixa" (9 por 7). Eu tomo metformina 500 mg uma vez por dia. Às vezes sinto palpitação, dor de cabeça e tontura quando levanto bruscamente, mas não posso afirmar que esses sintomas tem necessariamente a ver com minha glicemia porque parecem comuns, e eles também não são recentes. Minha família já relatou um cheiro pesado no meu hálito (parecido com acetona) e na respiração também, e eu sinto um gosto metálico na boca, já faz um tempão. Isso significa que eu estou em cetose, mas não adaptada a usar corpos cetônicos como combustível energético? Eu sei que cetoacidose e cetose são estados diferentes, mas estou com medo de começar uma dieta abaixo de 30g carbs/dia. Não tem profissionais especializados em lowcarb aqui em Recife; já fui em três endocrinologistas, e eles normalmente dizem "diabetes tipo 1, não é?" e quando eu digo que não, eles me olham estranho e acabam com um "vá cuidando da sua alimentação". Uma delas disse que eu com certeza vou precisar de insulina um dia. A outra disse que eu tinha diabetes MODY, sem muitas explicações, só disse que era uma "diabetes diferente". Teve uma que até disse que não era exatamente diabetes. Não sei mais, né? O que eu queria saber é se existe alguma referência nos meus exames de sangue/urina que possam me indicar valores seguros pra eu começar uma dieta lowcarb sem perigo de entrar em cetoacidose, ou coisa assim. Aprendi na faculdade que é perigosa a formação de corpos cetônicos pra diabéticos; acho que a maioria dos livros de bioquímica que li tratam cetose e cetoacidose como sinônimos. Sei que isso não faz sentido, mas essas palpitações e a pressão baixa me preocupam um pouco, e principalmente, o fato do cheiro de acetona não estar só na boca, como na respiração também... Obrigada, desde já!

    ResponderExcluir
  19. tamben tenho esse sintoma,quando levanto bruscamente,as vezes minha vista quer escurecer,exemplo :fui butar oléo na corrente da moto onten ai tive que mi abaixar claro, tipo de coca como o povo fala, ai quando mi levantei rapido demais a vista escurece um pouco durante uns 5 segundos ai volta ao normal,queria tamben saber o que era isso,tamben ten ves que eu escuto o batimento cardiaco pelo ouvido,sei la,isso apareceu depois que tou fazendo low carb

    ResponderExcluir
  20. Ainda bem que já estaremos devidamente vacinados contra mais uma praga espalhada pela Globo!

    ResponderExcluir
  21. Cá em casa é igual,mas alguma coisa não tá bem...Pois dantes estava a engordar e não comia gordura ,agora comendo gordura estou a perder peso!

    ResponderExcluir
  22. O grande problema é que esse tipo de programa atinge justamente aquela população que nada pesquisa e nada lê. TV buscando seus objetivos, desinformar. Eles não tem nenhum compromisso com a verdade.

    ResponderExcluir
  23. Ao tirar o alto carbo E AS PORCARIAS INDUSTRIALIZADAS da nossa boca, acontece tudo isso. A depressão, dor de cabeça, a retenção de líquidos devido ao inimaginável teor de sal dos processados, os processos inflamatórios diversos, os picos glicêmicos e muito mais vão tudo embora.


    Comparando o número de calorias ingeridas das duas jantas, é mais do que óbvio que na segunda há menos calorias que na primeira, mesmo que o VOLUME tivesse sido o mesmo, o que em realidade não foi.

    ResponderExcluir
  24. "Não houve tempo adequando para cetoadaptação(isto é, adaptação completa ao uso de carboidratos como fonte principal."
    Não seria ao uso de GORDURAS como fonte?

    ResponderExcluir
  25. Sim!! Vou arrumar, obrigado

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 17:50, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  26. Sou obrigada a concordar. E é conspiração sim. Estamos na mão da indústria alimentícia e da farmacêutica. Uma produz a doença e a outra trata a doença. A saúde??? Bom, vamos mudar de assunto?

    ResponderExcluir
  27. Quando tenho essas tonturas rápidas assim que deito ou às vezes sentada mesmo, bem como A dor de cabeça e as palpitações que de vez em quando tenho tb, tomo umas drágeas de ferro quelado por uns dias e tudo passa. É sempre bom tomar vitamina C (limão, por ex.) junto com a comida, esp. quando ingerir verduras com ferro. As carnes ajudam a absorção do ferro não-heme (dos feijões, por ex.). Carnes muito bem passadas perdem o sangue e o ferro que nele está, dito pelo hematologista. Mas as carnes cozidas retém o ferro. Panela de ferro tb funciona, não esquecendo da vitamina C durante a refeição.

    O ferro quelado tem a vantagem de não se ligar ao cálcio ou qq outra substância.

    http://www.medicinenet.com/anemia/article.htm

    ResponderExcluir
  28. mais eu mi lembro que doutor solto tinha dito que tomar suplemento de ferro era so pra quen ten deficiencia de ferretina.

    ResponderExcluir
  29. Não faz nada disso mas come Becel...lol come doce de leite de sobremesa. Não se iluda, as pessoas não sabem o que comem e costumam mentir.

    ResponderExcluir
  30. Farad Oliveira de Araujo25 de maio de 2014 18:38

    Consegui compilar os dois vídeos de modo que agora podem ser vistos em tela cheia:
    1 - https://vimeo.com/95862717


    2 - https://vimeo.com/96425097

    ResponderExcluir
  31. Quase todos os homens e boa parte das mulheres pós-menopáusicas precisam EVITAR o ferro, e têm níveis elevados de ferro e ferritina. A suplementação ou esforços nutricionais no sentido de aumentar a absorção de ferro do devem ser feitos quando houver anemia ferropriva ou evidência laboratorial de deficiência de ferro.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 18:29, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  32. Investigue o seu caso. Eu não vivo fazendo exame, mas pode monitorar sim. Um hemograma é bem barato, não precisa nem ter prescrição médica. Eu sou naturalmente anêmica porque tenho traço talassêmico. Monitoro meus sintomas diuturnamente. abçs.

    ResponderExcluir
  33. o exame que fis en dezembro a hemoglobina tinha dado 12,6g/DL e a medica nao passou nada?i agora

    ResponderExcluir
  34. Um pouco baixo para homens. Meça ferro e ferritina.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 18:47, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  35. Outra possibilidade desses três sintomas ocorrerem é a desidratação que pode ser por falta de água e ou falta de sal. Álcool e café certamente desidratam.

    ResponderExcluir
  36. e pode ser,porque eu nao como sal en nada,i tomo cafe com cha verde

    ResponderExcluir
  37. Aqui em casa a gente olha direto pro hematócrito!!!
    Minha hemoglobina nunca alcançou o mínimo...rsrs

    ResponderExcluir
  38. http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/05/o-sal.html

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 19:13, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  39. A matéria quer alcançar três efeitos:
    Primeiro, convencer os adeptos do estilo de vida dos ancestrais que estão errados... e podem admiti-lo, voltando à antiga vida doente e "feliz".
    Segundo, confirmar aqueles que não concordam com a dieta paleolítica, que estão certos e podem ficar sossegados com seu sanduíche integral de hambúrguer de soja.
    Terceiro: desestimular os que estão cônscios das evidências irrefutáveis do estilo LCHF.


    Os outros dois efeitos estão longe do nosso controle... quanto ao último, cabe a cada um dizer.

    ResponderExcluir
  40. vixi o meu deu baixo tamben HEMATÓCRITO :38,6 ai dis que o normal e 41 a 53 i agora ? eu sei que todo dia como espinafre limão e acerola,mas esse exame fis en dezembro

    ResponderExcluir
  41. eu sei que meu pai ta tumando remedio para anemia sera que tenho tamben ?

    ResponderExcluir
  42. Fonte de ferro é CARNE. Às vezes precisa ir no médico, fazer colonoscopia, etc...

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 19:50, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  43. mas doutor quando fico comendo carne vermelha muitas vezes seguidas eu fico meio que inchado

    ResponderExcluir
  44. hehehe
    o barco da felicidade é passageiro...

    ResponderExcluir
  45. Vinícius Petrolli25 de maio de 2014 21:16

    E ai Dr. Souto. O que o Sr. Achou da abordagem do fantástico na reportagem? É complicado abordar um tema destes de uma forma tão simplória. A gordura no final foi colocada como causadora de pré diabetes e por deixar a pessoa menos preparada para exercicios e atividades mentais, acho uma pena que tenham feito a matéria tão tendenciosa. Isso gera dúvidas nas pessoas. Mas achei interessante o conceito de saciedade proposto por eles na mistura gordura/açúcar.

    ResponderExcluir
  46. Faz três dias que iniciei a dieta lowcarb, com base em tudo que li neste blog e em outros. Senti um pouco mais de disposição e ânimo. Entretanto, tive uma leve dor de cabeça. É normal para o início desse tipo de dieta?

    ResponderExcluir
  47. Vinícius Petrolli25 de maio de 2014 21:50

    É normal. Pelo que eu lembre isso acontece para algumas pessoas durante a cetoadaptação, ou seja, até seu organismo se tornar um queimador de gorduras e aprender a utiliza-las como fonte de energia, substituindo os carboidratos.

    ResponderExcluir
  48. O lobby dos produtores de açúcar é mais poderoso que o Putin e todos os magnatas russos juntos.

    ResponderExcluir
  49. Daniel Henriques25 de maio de 2014 22:12

    Esse barco mais tá pra Titanic da ignorância.

    ResponderExcluir
  50. Excelente. Só lembrando que a ANVISA abandonou o conceito de pirâmide alimentar na resolução 360. Há uma tabela com os macronutrientes e a quantidade de gramas recomentáveis de cada uma para dietas de 2000 calorias/dia Aí cada um as tira de onde quiser. Já é um avanço.

    http://www.crn3.org.br/legislacao/doc/RDC_N_360_DE_23_DE_DEZEMBRO_DE_2003.pdf

    ResponderExcluir
  51. Seus exames foram sempre assim? Como o Sr Jose Carlos falou, é bom fazer uma colonoscopia e eu lembrei do exame do sangue oculto (exame de fezes).

    ResponderExcluir
  52. Não esperava nada diferente dessa reportagem. Insossa e tendenciosa, como o programa como um todo.

    Gostaria de relatar uma mudança depois de 2 meses seguindo LCHF e entender porque coisas que antes me faziam mal, agora não fazem.

    Quando eu ainda era do mundo,rs (brinco com essa expressão) quando me refiro aos tipos de alimentos que eu me alimentava, minha alimentação era a base de carbos, integrais em todas as suas versões possíveis. Não comia quase nada de carne (nenhum tipo). Quando eu comia carne, principalmente gordurosa - torresmos ou queijos gordos por exemplo + os carbos consumidos como de costume, minha digestão era péssima, tinha fortes dores de cabeébsça, queimação...as vezes só passava colocando a comida pra fora...pois a digestão realmente não acontecia.
    Torresmo e queijo eram uns dos alimentos que eu via como vilões pro meu organismo. Um pedaço era o suficiente pra me sentir mal.

    Hoje, depois de tirar os carboidratos, acúcar e tals posso comer sozinha uma porção de torresmo ou queijo gordo que não tenho nenhum sintoma. A digestão simplesmente acontece.

    Dr.Souto, obrigada por essa postagem, compartilhei na minha pagina do Facebook, assim não desperdiço minha energia tentando explicar para as pessoas que me chamam de louca quando eu falo sobre isso, e que com certeza amanhã virão me bombardear de "eu disse" "sabia que você estava errada" afffffff

    Parabéns pelo blog e por todo o trabalho que tem feito!!

    ResponderExcluir
  53. Mas a cada dia que passa a audiência cai. O Fantástico chega a perder em certos momentos para a Record e SBT.

    http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/com-sindrome-de-video-show-fantastico-perde-para-record-e-sbt-3251

    ResponderExcluir
  54. Precisa tomar bastante água.

    ResponderExcluir
  55. Aumente o consumo de sal e água.

    ResponderExcluir
  56. OBVIAMENTE eu não assisti - saí pra comer no Outback com meus amigos Erik Neves e Carol em Brasília. Carne com salada :-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 25/05/2014 21:16, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  57. Me parece mais a norma sobre rótulos de alimentos..

    ResponderExcluir
  58. Pode descansar doutor. Apesar do poder da mídia, fiquemos tranquilos, pois as verdades científicas iram prevalecer sob a ignorância-gananciosa.

    ResponderExcluir
  59. O barco de praticamente todos os males que a população sofre no dia-a-dia tanto físico (hipertensão, diabetes, etc...) quanto psicológico (ansiedade, depressão, sindrome do pânico, etc...) hehehe

    ResponderExcluir
  60. É isso mesmo! Minha avó é um exemplo disso que vc falou. Tem uma "lipidofobia" brava daquelas! Odeia manteiga e só compra margarina light. Ela fala com todo orgulho que a parede da cozinha dela jamais fica engordurada! Só que por outro lado se enche de tudo que é carboidrato de má qualidade: Cream Cracker com Goiabada, club social, biscoitos sembei ( açúcar + farinha refinada + amido de milho, ou seja, carb puríssimo), bolos que ela mesma faz, doces de padaria (torta de morango, etc...), batata palha (Alto IG + gordura hidrogenada) nas horas extra-refeição! Quando come frutas, é tudo descascado (o que é perigoso por causa da frutose. Posso estar errado, mas a maioria das fibras se concentram na casca e essas fibras que reduzem o impacto da frutose no organismo).

    ResponderExcluir
  61. igual a mim!! era refèm do omeprazol e comer uma fatia de presunto era a garantia de azia por 2 dias, mesmo com o remèdio. Depois de 1 mes de lchf quase 100%, omeprazol eu nunca mais vi e posso comer quanto presunto quiser, sem problemas!!

    ResponderExcluir
  62. Rosangela Marquiori26 de maio de 2014 06:31

    Realmente quero agradecer muitíssimo pelo excelentíssimo artigo (esse sim, digno de horário nobre!), pena q já não o vi no sábado... ontém estava com meu marido assistindo o fantástico e começou a matéria dos gêmeos e logo no início passou aquele teste mental no mercado financeiro eu virei pro meu marido e disse: é tendencioso, já sei q a gordura vai se dar mal... dito e feito, e a explicação da diabetes alterada ficou muito a desejar, mas como já citado aí em vários comentários... aceitar que LCHF é o correto sería como decretar o falecimento de grandes industrias, principalmente aqui no Brasil, um paiz que em parte se sustenta na industria da cana-de-açúcar... eu já cansei de tentar convencer quem está ao meu redor, agora luto apenas para que me deixem em paz, e esse artigo contribuirá muito para isso, já já compartilhando ele no facebook...

    ResponderExcluir
  63. Ronaldo Barateli26 de maio de 2014 08:15

    Bom dia.

    Eu tambem sempre lutei contra a balança e normalmente era derrotado. Vivia a acreditar que o correto era ingerir os carboidratos complexos e a repudiar as gorduras das carnes.
    Conheci por acaso a dieta paleo e iniciei uma pesquisa para entender melhor o assunto. Foi assim que descobri este blog do Dr.Souto que me motivou a iniciar a minha dieta.
    Iniciei a dieta na terça 13/5 e ate hoje 26/5 ja dei adeus a 6kg visto q no inicio da dieta eu pesava 98kg e hoje m encontro com 92kg.
    Confesso que assisti a reportagem do fantastico juntamente com alguns amigos que sabem que estou fazendo a dieta paleo, ou seja, todos estavam anciosos para que me fosse mostrado que eu estava errado, que essa idéia era absurda, até porque no momento da reportagem eu estava jantando um belo prato de alcatra que busquei em uma churrascaria próxima e meus amigos comiam chocolates e refrigerantes. Pois bem, o resultado da dieta dos dois irmãos foi o suficiente para eu ser crucificado e o carboidrato ser exaltado. Essa noite foi longa, não dormi direito e ficava pensando se eu estava fazendo a coisa certa, assim que me levantei nessa manhã, já vim em busca de mais informação que me motivasse a permanecer na dieta sem temer e acabei encontrando esse comentario do Dr. Soto sobre a referida reportagem e acabou mais uma vez me " salvando a vida".
    Parabens Dr. pelas informações contidas nesse blog. Já compartilhei seu texto com meus amigos no facebook para que a verdade chegue também até eles e quem sabe possa chegar a mais pessoas.
    Mais uma vez muito obrigado.

    ResponderExcluir
  64. Lembre-se de que presunto não é comida de verdade... É lotado de conservantes e açúcar. Se puder, evite!

    ResponderExcluir
  65. Doutor, vc está atendendo em Brasília ou está só de passagem?

    ResponderExcluir
  66. http://www.paleodiario.com/2014/02/a-gripe-low-carb.html

    ResponderExcluir
  67. Ontem durante a tarde eu dei uma "aula" para alguns familiares, e cantei a bola do que ia ser mostrado no programa. Vamos ver se foram fisgados pela Rede Bobo...

    ResponderExcluir
  68. Não perca seu tempo tentando explicar o óbvio. Eu tb já fiz isso e o máximo que consegui foi que as pessoas me usassem para fazer piadas como se eu fosse uma espécie de fanática. A melhor resposta para essas pessoas é o tempo. Em breve verão seus resultados e aí olharão com outros olhos ou até te darão ouvidos. O mais importante é que VOCÊ esta usufruindo da boa informação e está mudando sua saúde. Dane-se aqueles que não enxergam um palmo a frente do nariz!

    ResponderExcluir
  69. Victor M R Costa26 de maio de 2014 09:46

    Grande desserviço!!! Se foi ignorância ou complô nao sei, mas sei q essa reportagem vai matar muita gente. Triste realidade.

    ResponderExcluir
  70. água mole em pedra dura...

    ResponderExcluir
  71. George Guedes Pereira26 de maio de 2014 10:13

    Foi relatado na matéria do Fantástico e também aqui neste blog que não encontramos na natureza a associação entre carboidrato e gordura. Mas, e o leite? Ele é composto de gorduras, carboidratos (lactose) e proteinas( caseína, b-lactoglobulina e a-lactoalbumina). Isto não seria mais um fator para justificar sua inaproprieda para a alimentação do homem adulto?

    ResponderExcluir
  72. A função do leite é transformar pequenos mamíferos em GRANDES mamíferos.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/05/2014 10:14, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  73. Juscelino Alcantara26 de maio de 2014 10:29

    Outra análise absurda evidenciada pelo fantástico foi que devido a dieta low carb a insulina do gêmeos(low carb) aumentou. Não entendi a relação causa/ efeito.

    ResponderExcluir
  74. Dr, consegui convencer meus pais a entrarem na dieta primal, porem minha mae está passando dificuldades com intestino completamente preso, a 2 semanas. Ela tem tomado fecula de batata diariamente, e muutas verduras fibrosas. A recomendação que vejo é aumentar agua e sal, porém ela é relutante em faze-lo ja que tem pressao alta 15/9 normalmente. Ela é magra mas possui ldl alto, hdl baixo, triglicerides alto, glicose normal. Alguma sugestão?

    Muito obrigado!

    ResponderExcluir
  75. Junior Valadares26 de maio de 2014 10:31

    hehe tenta conversar com uma ex-gorda que emagreceu por causa da Herbalife... aliás, esse seria um excelente tópico para um post, sobre esses shakes sem gordura, não acha, doutor?

    ResponderExcluir
  76. Junior Valadares26 de maio de 2014 10:38

    Também compartilhei, ontem ainda, no meu perfil do Facebook.

    ResponderExcluir
  77. Junior Valadares26 de maio de 2014 10:39

    Estou a 4 meses sem omeprazol. Sintomas de azia, só se eu tomar um monte de cerveja no final de semana :o)

    ResponderExcluir
  78. Bom dia, Dr. Souto.

    http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2004/03/040301_atkinscl.shtml

    Já viste tal estudo? Qual sua opinião a respeito?

    Abraço.

    ResponderExcluir
  79. Não existe. Eles não mediram a insulina. São muito ignorantes para entender resistência à insulina fisiológica ( http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2013/09/por-que-glicemia-de-jejum-pode-aumentar.html )

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/05/2014 10:29, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  80. Curta duração. Eu poderia também fazer um estudo mostrando que parar de fumar provoca mau humor e faz despencar a serotonina. E sugerir então que para de fumar é, portanto, algo ruim.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 26/05/2014 10:42, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  81. Vinícius Petrolli26 de maio de 2014 10:49

    Ela come muito queijo ?

    ResponderExcluir
  82. Thanks! Estava ausente dos comentários há algum tempo, mas não deixo de acompanhar o blog. Já convenci vários familiares a aderirem à alimentação LCHF/Paleo, e todos estão emagrecendo e satisfeitos com a saúde. No meu caso, iniciei a dieta em meados de agosto/2013 e perdi 23Kg em 6 meses. Atualmente meu peso está estável em 83Kg (tenho1,89m de altura). Abraço e parabéns pelo excelente trabalho.

    ResponderExcluir
  83. Vinícius Petrolli26 de maio de 2014 10:52

    Na ultima vez que fui no outback (ano passado), comi aquelas cebolas à milanesa, me arrependi eternamente.. heheh

    ResponderExcluir
  84. Junior Valadares26 de maio de 2014 11:05

    Exatamente. Não dá para deixar de lembrar do Ibsen Pinheiro, político honesto que foi destruído por mentiras da Veja. Depois, ninguém leu o desmentido que a própria revista publicou. Acabaram com ele. É uma analogia que serve nesse caso.
    A Globo precisa vender margarina em suas propagandas. Ela não pode dizer que pão faz mal.

    ResponderExcluir
  85. Ronaldo Barateli26 de maio de 2014 11:30

    Meu amigo, procure tomar mais água e usar sal nos alimentos para ajudar a absorver a água que vc vai ingerir, pois esses sintomas que vc descreve são típicos de desidratação e já é sabido que nesse tipo de dieta perde-se muito liquido.

    ResponderExcluir
  86. para mim, não há surpresa nesse tipo de resultado apresentado num programa como o fantástico. Aliás, eu não assisto ao fantástico. Acho esse tipo de programa ruim de informação. Agora, não subestimemos a "maldade" desse tipo de programa e reportagem. Na maioria das vezes eles estão aí para dar suporte ao mercado. E a escolha do mercado é pelo alto consumo de carboidratos e produtos processados. Além disso, tem a tal da indústria farmacêutica por trás e à frente de tudo. Não é do interesse do mercado nem da indústria que as pessoas exerçam controle sobre a sua alimentação e, por consequência, sobre a sua saúde. Eles querem ter esse controle. Eles querem nos controlar.

    ResponderExcluir
  87. Simone Moliterno26 de maio de 2014 13:53

    Infelizmente vc tem razão Tati.. é triste a gente querer ajudar quem não quer ser ajudado...e depois dessa reportagem mal feita, ja vi neguinho postando no meu face coisas do tipo. " Eu não disse que gordura demais faz mal".. larguei mão.. o que importa é que EU estou bem e não pretendo mudar pra agradar ninguém..

    ResponderExcluir
  88. Dr. Souto, q o ferro e a ferritina estão altos, mas o ácido fólico insiste em ficar baixo, o q pode estar acontecendo? Alguma dica?

    ResponderExcluir
  89. esses misterios que ocorre no sangue da gente e complicado de adivinhar,aqui na academia de musculação que vou,o professor de la ja ten paranoia com esse negocio de ferro,ele recomenda todos os alunos de la tumar suplemento de ferro mesmo sen fazer exame pra saber se precisa mesmo de suplemento kkkkkk

    ResponderExcluir
  90. doutor solto aqui no site do markdaily ele dis que ovo cozido boa parte do colesterol e oxidado e que fas mal pra gente e ele dis que ovo cru so poder comer se for de algun fazendeiro de confiança, ai lascou e olha que gosto de ovo so onten comin 10 com gema e tudu com abacate :https://www.google.com/url?q=http://www.marksdailyapple.com/powdered-egg-alternatives-and-heating-olive-oil/&sa=U&ei=iHaDU7DDGsW28AHt-IGYAw&ved=0CA4QFjAE&client=internal-uds-cse&usg=AFQjCNE9tsWCVyLDl3tCvQ5O2yIhJY7Prw

    ResponderExcluir
  91. Não excessivamente, mas pelo fato de ter substituído o pão e outras coisas o consumo aumentou um pouco, mas consome também castanhas, ovos, e outros alimentos.

    ResponderExcluir
  92. Franciane, comigo também foi assim, 03 dias de dores de cabeça, mas passou. Persista, não desista, que logo você vai sentir os benefícios e os kg indo embora.

    ResponderExcluir
  93. Vinícius Petrolli26 de maio de 2014 14:40

    minha esposa parou com a dieta pois teve problemas de constipação. ela abusou dos queijos e não conseguia ficar sem eles dentro da dieta. Eu também tive que quase cortar queijo para não ter esse tipo de problema também. Diz pra ela fazer um teste e deixar o queijo de lado por uns dias. É só uma sugestão. Abraços

    ResponderExcluir
  94. Pode comer, apenas uma quantidade minúscula de colesterol da dieta é absorvida.


    2014-05-26 14:18 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  95. Olá Jairo,


    A transição das dietas faz isso mesmo, é normal. Precisa adaptar a flora intestinal. Tente tomar a fécula E probióticos (actimel caseiro iogurte caseiro, kefir). Que tal experimentar comer abacate todos os dias? Aumentar o consumo de água de boas gorduras pode ajudar (óleo de coco, coco, manteiga, abacate, azeite, bacon).

    ResponderExcluir
  96. muito obrigado doutor solto tou mais aliviado agora

    ResponderExcluir
  97. Olá Franciane,


    é normal sim. Experimente mais sal e mais água.

    ResponderExcluir
  98. en falar nisso essa reportagen aqui mostra uma cidade que la a alimentação do povo e tudu feito com ovo olha ai https://www.youtube.com/watch?v=0XOb8Lp0XFE

    ResponderExcluir
  99. excelente matéria, parabéns!
    Assisti aa matéria já encontrando vários erros, pois tenho pesquisado um pouco sobre a dieta e cetose. Pois bem, seu texto é a compilação completa que refuta esse "estudo" ridiculo da BBC

    ResponderExcluir
  100. Alexandre de Oliveira26 de maio de 2014 19:20

    concordo. interesse sempre é o q move a mídia. q é feita por pessoas igualmente movidas por mero interesse.

    ResponderExcluir
  101. Alexandre de Oliveira26 de maio de 2014 19:29

    o poder da mídia é o poder d um pastor q conduz seu rebanho d cordeirinhos. quem pensa por si só sabe q o pastor no fim das contas só quer engordar os cordeirinhos para ter mais o q comer ou vender.

    ResponderExcluir
  102. Presunto parma é ok?

    ResponderExcluir
  103. doutor solto meu irmã começou essa dieta low carb tamben,so que ela disse que quando vai comer as gemas dos ovos ela fica cheia de gases e com altas dores de barriga,ai danou-se,o bom do ovo ela nao pode comer kkkkk.
    o que serar doutor?ela usa amido resistente tamben a banana verde

    ResponderExcluir
  104. Parma é divino!!

    ResponderExcluir
  105. Sim! Mas fique de olho na procedência... Hoje em dia falsificam até água mineral :-(

    ResponderExcluir
  106. Parabéns pelo post Dr. Souto.
    Mas acho que a frase "Nunca atribua à malícia o que pode ser adequadamente explicado pela estupidez" não se aplica à mídia. Acabei de ler a "Privataria Tucana" e estou chocada como eles são muito mais maliciosos do que a gente pode supor. Provavelmente é malícia mesmo!

    ResponderExcluir
  107. Como todos os embutidos e frios, né?

    ResponderExcluir
  108. Com alcaparras e azeite de oliva é mais que ok!


    2014-05-26 21:51 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  109. Bom, há pessoas de pouca sorte nesse mundo que não toleram ovos, camarão, e tantas outras coisas. Mas às vezes, após uns meses de dieta limpa, o intestino cicatriza, e a pessoas volta a tolerar coisas que não tolerava.

    2014-05-26 21:52 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  110. É, pode ser... Tanto faz, o resultado destruidor é o mesmo


    2014-05-26 23:49 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  111. alguen saberia me informar porque acotece isso,
    quando faço low carb minha vascularização desapareçe,mais se eu voltar a comer batata doce durante uma semana ela volta com tudu,eu fico cheio de veias pelo corpo?

    ResponderExcluir
  112. Paulo Renato Coelho27 de maio de 2014 11:02

    Passe a usar o sal rosa do himalaia, o qual contem 84 minerais e a metade do sódio do sal de cozinha.

    ResponderExcluir
  113. Água, glicogênio


    2014-05-27 10:22 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  114. 84? A tabela periódica só tem 92 de ocorrência natural :-)
    P.S.: eu uso o sal rosa.


    2014-05-27 11:02 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  115. Qual o prejuízo para quem tem um rim fazer a dieta Low Carb? É recomendado?

    ResponderExcluir
  116. http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2012/05/dieta-e-perigosa-para-os-rins.html
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 27/05/2014 13:47, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  117. Obrigado Dr. Jose Carlos.

    ResponderExcluir
  118. Comungo da sua inquietação, Ronaldo. Porém, se formos no preocupar sempre, sempre mesmo, com o que os outros dizem da nossa maneira de viver, ALÉM DE NOS PREOCUPARMOS em nos manter na linha da dieta, veremos com o tempo que é um desgaste desnecessário. Temos muito a fazer. Temos bastante trabalho pela frente. Mas, desta vez, é um trabalho feliz, com inúmeros benefícios. Como disse o colega do comentário abaixo, justamente quem te aponta o dedo é quem nada lê, nada pesquisa. Quem tem boca, diz mesmo que viu tal coisa na TV e nem confronta informações, ou nem tá preocupado realmente com o que vc diz. Somente deseja te dizer o quanto vc está errado, não importa que errado seja. Logo, poupe suas energias. Leia suas postagens e siga cada dia mais convicto! Repasse somente aos amigos que REALMENTE se interessarem pelo assunto. Eu mantenho em segredo, pq é fácil demais perder a linha da paciência e da motivação quando alguém vem te jogar um banho de água fria. Assim aconteceu comigo, tempos atrás, quando eu treinava para meus primeiros testes físicos de concurso. Eu tinha convicção do movimento que fazia, porém, muitas pessoas que se diziam educadoras físicas chegavam até mim pra "tentar" me corrigir. Eu sei ler, sei interpretar e conseguir informação valiosa por aí. Não seriam eles que me fariam mudar minha execução. Obtive vitória e eu estava certa do caminho que trilhei, assim como estou certa (estamos) de comer comida de verdade.

    ResponderExcluir
  119. oba!!!! procurei tanto!!!!!!!! obrigada!!!

    ResponderExcluir
  120. Eu tbm tinha muitos problemas pra digerir quando ingeria gordura. Sentia dores fortes na vesícula que, antes eu achava que era gastrite. Eram dores que já não passavam mais com buscopam. Tinha que ir tomar medicação na veia, mesmo. Eu nunca tive cálculo na vesícula e meus exames só diziam que a parede da mesma estava espessa. Relutei em retirá-la e segui no propósito. Ao começar a low-carb, senti desconforto por curto espaço de tempo, mas, com o passar dos dias, mesmo que eu coma muito, NÃO SINTO MAIS NADA. Isso foi um alívio grande pro meu namorado que era quem me levava sempre pra urgência tomar medicação. rs. Ele jurava que essa alimentação ia me fazer mal. Aos poucos eu o estou convencendo que é algo promissor. Ele está tomando parte das informações que mando e está cada dia mais interessado.

    ResponderExcluir
  121. Ronaldo Barateli28 de maio de 2014 07:51

    Bom dia Isabela.
    " a verdade te libertará ou te condenará". Essa frase resume muito este estilo de vida que opitamos. Como eu já expliquei anteriormente, tive bons resultados com a dieta paleo e pretendo me manter nela até os fins dos meus dias. E por ter esse bom resultado é que não concordo com a parte do texto em que você me pede para ficar na minha. Acredito que temos que repassar a informação para todos, mas não mastigadinho, acho que temos que excita-los a pesquisar sobre o assunto e sanar as suas dúvidas. Não consigo ver as pessoas se matando por falta de informação, acredito que quando se comenta sobre o assunto da dieta paleo, muitas pessoas irão mesmo reclamar e dizer que estamos loucos, mais no fundo no fundo, verão que tem coerência pelo fato de nossos antepassados não comerem o trigo e os grãos que são consumidos hoje e a semente da dúvida é lançada na cabeça deles. Tenho um bom exemplo em casa, minha mãe é diabética e viciada em carboidratos, venho pacientemente explicando sobre a dieta paleo pra ela e meu pai e percebi que ambos estão aos poucos mudando os habitos na mesa. Minha mãe passou a cozinhar com banha de porco mesmo o meu pai tendo colesterol alto e ela passou a optar por mais carnes e vegetais a mesa e deixar um pouco de lado os doces e as frutas. No meu interior uma felicidade cresce sempre que alguem me procura pra perguntar novamente sobre trechos da dieta, alguns ja começaram a ver alguns videos em que o Dr. Souto fala sobre a dieta e começam a se interessar. É claro que muita gente m chama de louco , mas acredito que a pulga dica atras da orelha.
    Mas ainda me sinto um solitário porque não vejo ninguem ir a fundo no assunto e por isso que disse que seria muito legal ter uma palestra sobre dieta paleo na minha cidade.

    ResponderExcluir
  122. Tudo bem, Ronaldo. Eu prefiro repassar informações somente a quem tem, pelo menos mente aberta. Pra mim, não compensa o estresse de me explicar. rsrs. Mas, quando vale à pena, tbm planto a dúvida na cabeça das pessoas...a velha pulga atrás da orelha. Se me sinto louca ou sozinha, venho ver os blogs, em especial esse, e me sinto confortada. =)

    ResponderExcluir
  123. Ronaldo Barateli28 de maio de 2014 09:07

    Entendo Isabela. E que bom que somos loucos pesquisadores..rs. Assim podemos ajudar sempre que possível as pessoas que ignoram o fato de estarem mal informadas com relação a nutrição.

    ResponderExcluir
  124. Cristian Luís Litwin28 de maio de 2014 13:20

    Verdade frateold. As pessoas assistem como se fosse a única e sublime verdade, pois passou no fantástico. É até de se admirar a autoridade deste programa, mas o problema é que as pessoas não pesquisam e nem procuram pelos fatos e verdades concretas. Eu fico nervoso com isso, sou ferrenho combatente das mídias enganadoras. Mas vamos que vamos!!

    ResponderExcluir
  125. Cristian Luís Litwin28 de maio de 2014 13:50

    Quase briguei por causa desta reportagem, incrível a facilidade de persuadir o povo! Eles acreditam em tudo que assitem!
    Mas estamos ai para combater com nosso conhecimento sobre o assunto!

    ResponderExcluir
  126. Temos apenas que lamentar essa situação.

    ResponderExcluir
  127. Amelia Schwarzeluhr29 de maio de 2014 20:06

    eu uso o sal normal, algum problema? devo mudar Dr?

    ResponderExcluir
  128. Amelia Schwarzeluhr29 de maio de 2014 20:11

    eu também nem dei audiência!

    ResponderExcluir
  129. Cristian Luís Litwin29 de maio de 2014 21:04

    Creio que é nosso dever lutarmos contra estas mentiras, pois temos o conhecimento que a maioria não sabe!
    Eu estou disposto a lutar contra isso...

    ResponderExcluir
  130. Problema, não. Mas eu SUGIRO comprar o sal rosa do himalaia. Tem muito mais do que cloreto de sódio, ajuda a repor minerais mais raros.


    2014-05-29 20:06 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  131. Amelia Schwarzeluhr29 de maio de 2014 21:23

    Ok, vou procurar por aqui! Obrigada, bjo.

    ResponderExcluir
  132. Se quase todos os homens precisam evitar o ferro, assim como as mulheres pós-menopáusicas, como conciliar isso a uma dieta paleo? Eu, por exemplo, como faço musculação, consumo um pouco acima de 2 g de proteína por kg de massa magra, diariamente. O que no meu caso representa cerca de 1 kg de carne vermelha (a única que eu gosto) por dia. Então, estou "no mato sem cachorro" por causa disso?

    Gosto do seu blog, Souto, porque, se espremer, sai química. Esse é um grande diferencial!

    ResponderExcluir
  133. Homens: doem sangue cada 3 meses

    Mulheres: menstruem.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 30/05/2014 02:18, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  134. Thomas Hauschild Aps2 de junho de 2014 11:49

    Hahaha Maurício,

    Quando conto sobre tantos benefícios da minha dieta paleo (me descobri celíaco para dizer a verdade), nunca me senti tão bem na vida, mas tudo o que acontece é esse olhar que você tão bem descreveu!

    ResponderExcluir
  135. Olá,
    Meu nome é Tiago e sou profissional de educação física com aproximadamente 10 anos de profissão. Sou também adepto do estilo de vida primal há uns 4 anos.
    Poderia muito bem fazer um depoimento dizendo o quanto o contato com o blog foi importante para que eu perdesse 20kg (e de fato perdi, após IF + paleo). Poderia dizer como minha saúde ou qualidade de vida melhoraram (o que também é verdade). Entretanto, venho através deste post, agradecer ao Dr Souto por ter me apresentado uma medicina diferente, o que me motivou, juntamente com o incentivo de minha esposa, a depois dos 30 anos de idade e uma filha, buscar uma mudança drástica em minha vida. Hoje, recebi a notícia de que passei no vestibular de medicina da Universidade Federal de Ouro Preto, e agradeço, pois jamais pensei em fazer medicina e foi depois de conhecer este blog que tive a certeza de que um médico pode de fato fazer a diferença.

    ResponderExcluir
  136. UAU!!! Que genial!


    Em 6 de junho de 2014 19:37, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  137. Parabéns!
    Eu espero que você entre na lista do Dr. Souto mas você não seja o 1º médico mineiro a fazê-lo!


    _____
    42

    ResponderExcluir
  138. A alimentação com excesso de carbs (açúcar) deixa o cérebro lento e preguiçoso... vc cortou isso tudo e turbinou seu cérebro! passar p.medicina em federal, ñ é para qlq um!!! Parabéns msm!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  139. Durante a prova eu via que estavam quase todos com suas barrinhas de cereal, biscoito integral, e sucos de caixinha. Eu enquanro isso permanecia em jejum. Nos dias de enem fiz jejum por 20h aproximadamente. Só tomei uma bela dose de café e uma colher de óleo de côco.

    ResponderExcluir
  140. Dr Souto, a alimentação paleo ou LCHF prejudica caso a pessoa apresente pancreatite ou DII? Teria algum artigo falando sobre isso? Grata

    ResponderExcluir
  141. Olá Andrea,

    Leia: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/07/low-carb-e-diabetes.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/03/o-acucar-causa-diabetes.html

    http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2014/05/gluten-autoimunidade-e-diabetes-tipo-1.html

    ResponderExcluir
  142. Obrigada Patricia! Eu já havia lido todos esses artigos, mas associava apenas ao diabetes. Estou numa luta a 15 dias com uma dor pelvica dir e ja fiz muitos exames de imagem e nada aparece, suspeitou-se de apendicite, cistite, vaginite, diverticulite, etc. Nada conclusivo, Me intupiram de medicamentos, ciprofloxacino, monuril, flagyl, azitromicina, zentel.... enfim, minha língua ficou branca, e minha flora intestinal foi pra cucuia, meu intestino tá horrível, e nisso tudo nem me deram um probiotico sequer, Estou perdida e olha que fui pra 3 gastros, uma gineco e uma urologista, O último exame que fiz deu amilase 176 e lipase 108, Agora acham que é pancreatite. Me disseram para não comer frango, tomate, côco, manteiga, gordura, castanhas, amendoim, feijão, tapioca, aipim, porco, crustaceos. Mandaram comer frutas, legumes, baixa gordura, arroz branco, batatas e inhame. Já estava sem rumo e agora fiquei desolada.Me intoxiquei com os medicamentos e agora com a dieta? Só há um lugar que tento ter um rumo: nesse blog do Dr Souto. Me de uma luz!

    ResponderExcluir
  143. Ovelhas que comem grama ou leões que comem carne não ficam com pancreatite. Nem humanos que comem ovelhas. Já um monte de remédios podem, sim, provocar alterações.

    Falando sério, não há nenhuma relação entre dieta e pancreatite. Triglicerídeos loucamente elevados podem produzir pancreatite. E low carb baixa triglicerídeos. De resto, álcool, pedras de vesícula é medicamentos são outras causas.
    Em 20/06/2014 18:20, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  144. Dr. Souto, eu ri muito na parte "ou talvez eu tenha que comer um pão para poder escrever o resto dessa postagem :-)...
    hahahaha isso me tirou todas as dúvidas quanto a concentração :=)

    ResponderExcluir
  145. Amelia Schwarzeluhr7 de setembro de 2014 01:48

    e o sabor é muito gostoso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir