Páleo no programa Ana Maria Braga

Mais uma bem-vinda peça de divulgação.

Me parece que ficou muito bom, em termos de mídia nacional. Bem verdade que evitaram-se temas polêmicos (Não restringir gordura, eventual restrição maior de carboidratos para pessoas que precisam perder mais peso ou são diabéticas). Em contrapartida, não houve o tradicional médico/nutricionista dando o contra no final.

Confira:

http://gshow.globo.com/programas/mais-voce/O-programa/noticia/2014/02/disposicao-e-qualidade-de-vida-saiba-tudo-sobre-crossfit-e-dieta-paleolitica.html

(não consegui fazer os vídeos funcionarem aqui – clique no link acima e assista os vídeos diretamente no site da Globo)

Dieta Paleolítica e CrossFit: receita de disposição e melhor qualidade de vida

Nesta alimentação, a ingestão de carboidratos é baixa e é proibido o consumo de industrializados, laticínios e cereais; confira explicação de nutricionista

28/02/2014 às 09h52

Atualizado em 28/02/2014 às 10h59

  •  

Frutas, verduras e limite de gordura! Especialista dá dicas para evitar o câncer (Foto: Banco de Imagens Stock.xcng)Frutas, verduras e legumes são liberados na Dieta Paleolítica (Foto: Banco de Imagens)

Você já ouviu falar em CrossFit e Dieta Paleolítica? O Mais Você desta sexta-feira (28) explicou tudo sobre estas novidades que prometem melhorar a qualidade de vida e aumentar a disposição. O CrossFit é uma combinação de movimentos feitos de maneira muito intensa, com pequenas pausas e em pouco tempo. Os exercícios movimentam o corpo todo e utilizam grandes grupos musculares, o que aumenta a queima de calorias e acelera o metabolismo. Além disso, melhora a resistência cardiorrespiratória, a resistência muscular, a força, flexibilidade, agilidade e até o equilíbrio. Já a dieta é baseada na ingestão de poucos carboidratos, e é proibido o consumo de industrializados, laticínios e cereais.

Desafio Crossfit X Academia Convencional

Para saber se essa técnica tem mesmo um “diferencial”, o Mais Você montou um circuito de sete exercícios e propôs um desafio entre praticantes do CrossFit e outros da musculação convencional para ver quem se sairia melhor. Robert Hernique, Abraão Rodrigues e Cristiane Evangelista representaram a academia tradicional, enquanto Francisco Javier (Chiquinho), Fernando Serek e Vivian Sakamoto, o CrossFit.

Depois de muito suor, o ranking dos homens ficou assim: Chiquinho em primeiro lugar com um minuto e 40 segundos, Robert com dois minutos e sete segundos, Fernando com dois minutos e quinze segundos, e Abraão terminou o circuito em dois minutos e cinquenta segundos. Já no desafio das mulheres, Vivian completou o circuito em dois minutos e cinquenta e dois segundos e Cris não conseguiu finalizar a sequência. “O tempo de recuperação é curto, tem que ter muito pique”, disse ela.

O preparador físico Joel Fridman explicou a diferença: “O pessoal da musculação está mais acostumado a trabalhar isolamento, segmentação, não estão acostumados com o corpo inteiro trabalhando junto. Abraão é campeão de fisiculturismo, mas quando tem que trabalhar maior amplitude, ele já está encurtado pelo trabalho de hipertrofia.”

Dieta Paleolítica

Há alguns anos, os americanos começaram um movimento que propõe a volta à alimentação dos nossos ancestrais por meio da Dieta Paleolítica, em referência ao período pré-histórico. A ideia é resgatar o paladar e os benefícios dos alimentos que os homens das cavernas consumiam, ou seja, nada de produtos industrializados!

A nutricionista Andreia Naves montou uma mesa com os alimentos que entram no cardápio. “A premissa principal é não ter nenhum alimento industrializado. Temos as fontes de carboidratos (inhame, mandioca, cará e batata-doce), as especiarias (açafrão, manjericão seco, alecrim e cravo); as oleaginosas como fonte de gordura do bem, as proteínas (frango, peixe e carne), e frutas, legumes e verduras, que podem ser consumidos à vontade”, explicou. O que não deve ser consumido: farinhas, cereais, açúcar e todos os vegetais que crescem dentro de vagens, como o feijão e a soja.

A repórter Nadia Bochi conversou com alguns adeptos desta dieta. Muitos praticantes do CrossFit também estão aderindo a este tipo de alimentação. O empresário Márcio Atalla é um deles. “Comecei o CrossFit em um mês e a paleolítica, no outro. O primeiro benefício foi a disposição. O primeiro mês foi difícil, mas no segundo foi bem mais fácil, inclusive a recuperação do pós-treino. A recuperação muscular é muito mais rápida”, disse.

O empresário Marcelo Blumenfeld explicou que é importante diferenciar a Dieta Paleolítica da Dieta Proteica. Enquanto na primeira boa parte das calorias vem dos carboidratos ‘do bem’, na segunda, ele não é permitido. Aproveitando os ingredientes na mesa, os convidados montaram opções de café da manhã, almoço, jantar e até sobremesa na Dieta Paleolítica. Confira no vídeo acima!