quarta-feira, 23 de outubro de 2013

A mídia se rende III - Gordura saturada não é a vilã

Toda verdade passa por três estágios.
No primeiro, ela é ridicularizada.
No segundo, é rejeitada com violência.
No terceiro, é aceita como evidente por si própria.
Arthur Schopenhauer
Se você já acompanha o blog há algum tempo, já sabe que a gordura saturada não faz mal à saúde, e que isso já não é mais passível de discussão do ponto de vista científico, na medida em que há ampla evidência científica de nível I neste sentido. Para ler algumas postagens que já escrevi sobre este tema, clique aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui,aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui.

No que diz respeito a esse assunto, creio que já passamos da primeira fase, e estamos em plena fase 2: a ideia ainda é rejeitada com violência.

Porém, matérias como a que reproduzo abaixo, que foi traduzida pela mídia brasileira a partir de matéria original da BBC, me fazem pensar que em poucos anos estaremos chegando na fase em que as pessoas, DO NADA, começarão a dizer que SEMPRE SOUBERAM que a gordura não era o problema, e que o problema reside no excesso de carboidratos (fase 3  de Schopenhauer).

Schopenhauer nasceu em 1788, de modo que o comportamento humano tem sido assim, e será sempre assim. Mas, quando todo mundo "descobrir" que a gordura não é a vilã, lembre-se: você leu primeiro aqui :-)

http://folha.com/no1360847


23/10/2013 - 13h05

Gordura saturada não é a vilã para o coração, diz artigo

DA EFE

As gorduras saturadas da manteiga, do queijo e da carne vermelha não são tão prejudiciais para o coração como se pensava até agora, de acordo com um artigo publicado nesta quarta-feira na revista "British Medical Journal" por Aseem Malhotra, um dos cardiologistas mais prestigiados do Reino Unido e especialista do hospital universitário de Croydon, em Londres.

Em seu artigo, Malhotra afirma que o consumo de produtos com pouca gordura "paradoxalmente" aumentou o risco de ter doenças cardiovasculares.

Segundo o especialista, as pessoas consomem todo tipo de produtos desnatados pensando que são melhores para a saúde e que ajudarão a perder peso, mas que, na realidade, muitos deles contêm grandes quantidades de açúcar adicionado.

A explicação é que a indústria alimentícia substitui as gorduras eliminadas nos alimentos por açúcares e adoçantes, já que a comida livre de gordura não é tão saborosa, acrescentou Malhotra.

No entanto, afirma o especialista, é necessário diferenciar as chamadas "gorduras trans" (encontradas em fast food, produtos de confeitaria e margarina), que são prejudiciais, e as gorduras do leite, do queijo e da carne, que não são ruins para a saúde.

O especialista criticou a "obsessão" médica com os níveis de colesterol (clique aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, aqui e aqui), que levou milhões de pessoas a tomarem remédios para reduzir a quantidade de gorduras prejudiciais no sangue.

Para isso, o cardiologista recomenda que as pessoas com risco de sofrer doenças cardiovasculares façam uma dieta mediterrânea rica em peixes oleosos, azeite de oliva, verduras e frutos secos.

"É hora de romper o mito do papel das gorduras saturadas nas doenças do coração" que esteve presente na indicação dietética e nas recomendações nutricionais durante quase quatro décadas, afirmou Malhotra.

A teoria foi respaldada por outros especialistas como David Haslam, Chefe do Fórum Nacional sobre a Obesidade, que afirmou que a evidência científica está demonstrando atualmente que os carboidratos refinados e o açúcar são na realidade os culpados pelo aumento da gordura no sangue.

Timothy Noakes, professor de ciências do esporte e da atividade física na Universidade da Cidade do Cabo, acrescentou que "o pior erro médico de nossa época foi considerar a alta concentração de colesterol no sangue como a causa exclusiva da doença cardíaca coronária".

85 comentários:

  1. Repito: no máximo 3 anos....

    ResponderExcluir
  2. Com toda a certeza foi somente depois de conhecer seu blog e as explicações lógicas que decidi encarar essa dieta, e por enquanto muito satisfeito.

    ResponderExcluir
  3. No ritmo que está se propagando acho que antes.

    ResponderExcluir
  4. Muito boa a matéria e seus comentários Dr. José Carlos!

    ResponderExcluir
  5. Hahahaha!

    Pertinaz como sempre! E com esse humor ímpar!
    Enquanto, aqui no Brasil, comemoramos vivamente a divulgação do estilo de vida low carb, nas mídias de grande circulação,que tal isso?

    http://primalbrasil.com.br/a-suecia-e-a-primeira-nacao-ocidental-a-adotar-uma-alimentacao-low-carb/

    Podemos concluir que há um abismo entre nós, ou que estamos todos avançando, cada um “a seu tempo”?
    Fico com a segunda opção, mas torcendo para que as coisas por aqui passem a “andar mais rápido”, a partir de tomadas de atitude como essa!
    Abraços,

    P.S. Eu vi primeiro aqui!!!!! Rsrsrsrsrs!!!!

    ResponderExcluir
  6. Fatima Aparecida Rocha Guimara23 de outubro de 2013 18:58

    Ótima matéria...mas ainda fico preocupada com aquela senhorinha ou senhorzinho que não tem este acesso que temos e ainda sofre com obesidades e todos os outros problemas , mas mesmo assim continuam "confiando" no que seus médicos falam....
    Faço a maior campanha aqui onde moro...sempre falo como emagreci e etc...mas muita gente ainda torce o nariz e me diz que vou ter problemas mais tarde....
    Vamos divulgar gente...muita divulgação...muita gente ainda morrendo simplesmente por falta de informação ou informação errada.
    Parabéns sempre pra vc Doutor Souto!!!

    ResponderExcluir
  7. Frederico Lobato Limonge23 de outubro de 2013 19:06

    http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/10/gordura-saturada-nao-e-a-vila-para-o-coracao-diz-estudo.html

    ResponderExcluir
  8. Flavia Ortiz Rodrigues Garcia23 de outubro de 2013 19:33

    Muito boa a matéria! Mas nunca vou esquecer que li AQUI antes :D

    Hoje vivi uma situação bem engraçada na fila do açougue. Eu e minha amiga estávamos pedindo as carnes e conversando sobre formas de preparo e sobre o nosso novo estilo de vida. A senhora que estava atrás de mim na fila perguntou se eu estava fazendo a dieta da proteína!? Pra não alongar a conversa, respondi que sim. Aí ela contou que o sobrinho estava fazendo há um mês e perdeu 8 Kg e o filho ficou animado e ia começar tb, por isso ela estava lá comprando bastante carne/frango. Ela disse que estava preocupada porque o sobrinho está muito fraco, desanimado, não consegue nem subir as escadas, porque parou de comer carboidrato. Eu não aguentei e disse que não podia tirar os carboidratos sem incluir outra fonte de energia, que ele precisava comer bastante gordura. Nesse momento o funcionário me perguntou se eu queria mais alguma coisa e eu disse: "1Kg de barriga de porco cortado em cubos para fazer torresmo". A senhorinha arregalou os olhos, mas em cinco minutos de conversa ela pediu a receita do torresmo e levou 1Kg de barriga :-)
    Logo logo isso tudo vai ser normal!!!

    ResponderExcluir
  9. Haha

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 23/10/2013 19:33, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  10. Raciocínio matemático:

    Se ser Gordo não é Saudável, então a Gordura não é Boa coisa. Mas se a Gordura passa a ser Saudável, então deve ser Bom ser Gordo..... é tudo tão complicado para os meus 2 neurônios em funcionamento.... tô quase pensando com sempre se "pensou", ou nos fizeram acreditar: Viva a Saúde da Gordura sem Gordura!...Viva a Estatina com Gordura, mas sem Gordura!

    Parabéns, Dr. Souto, só você mesmo para dar Direção à todos nós. Aliás para mim, com toda certeza!!! Sou muito Grato!!

    Abraço,

    Bernard (MD)

    ResponderExcluir
  11. :-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 23/10/2013 21:03, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  12. Realmente... Me surpreende ate hoje com os resultados que obtive em tao pouco tempo... 16,5kg em dois meses de dieta. Nunca me senti tao bem, tao feliz e tao confiante. Tenho 17 anos e emagreci De 78,6kg para 62,1kg,

    ResponderExcluir
  13. Stevia é um edulcorante, que não possui nenhuma caloria, então pode-se consumir à vontade. No entanto, possui gosto residual pouco agradável. Enquanto que o Sucralose, também não possuindo nenhuma caloria, é muito mais agradável ao paladar.
    abç

    ResponderExcluir
  14. vc qse infatou a senhorinha hahahahahaha

    ResponderExcluir
  15. Obrigado pela resposta. Mas pelo o que tenho lido no blog, calorias não são importantes nesse tipo de dieta. E o aumento da insulina igualmente não está ligado às calorias ...

    ResponderExcluir
  16. Não é necessário contar calorias de comida de verdade, o que não significa que elas não sejam importantes. Mas, em geral, na comida de verdade, o corpo regula a quantidade de calorias através da fome.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/10/2013 05:44, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  17. Carlinhos Gonçalves24 de outubro de 2013 07:27

    Manda a receita do torremos...abração!!!

    ResponderExcluir
  18. A verdade é filha do tempo.

    ResponderExcluir
  19. Cyntia Et Luís KF24 de outubro de 2013 09:50

    Como jornal não é fonte confiável, segue o link da matéria: http://www.bmj.com/content/347/bmj.f6340 ;)

    ResponderExcluir
  20. Eu fui diretamente da fase um pro Blog! kkkkkk


    um amigo no fim de semana estava lendo o barriga de trigo e conversamos acaloradamente sobre o tema (sempre discutimos sobre alimentação, etc...método cientifico, etc...) e eu o ridicularizei, me burlei, ri, etc....isso foi num domingo.


    Segunda dei uma googlada e parei aqui......li dezenas de posts e na terça já estava na dieta paleo low carb! kkkk comprei o barriga de trigo no dia seguinte e devorei em 3 dias. Hoje posso dizer que fora uma cervejinha ou outra, sou 100% paleo low carb e estou muito muito feliz mesmo...e indicando o blog pra todo mundo, livros...quase um chato! kkkk


    Era um esportista gordinho e não entendia por que...hoje com quase 8kg a menos em 2 meses e com energia de sobra, fazendo treinos de tiro, longões, etc...só com umas castanhas no estômago...


    Só a reclamar o bafo que anda meio cetogênico demais rsrsrsr

    ResponderExcluir
  21. Ganhei meu dia :-)


    Em 24 de outubro de 2013 11:09, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  22. Eu já seguia o autor no twitter há horas - sujeito muito sério.


    2013/10/24 Disqus

    ResponderExcluir
  23. Cyntia Et Luís KF24 de outubro de 2013 12:24

    Que bom! :)

    ResponderExcluir
  24. Espero que diante de mais essa conclusão CIENTÍFICA os céticos finalmente se curvem. O conhecimento páleo low-carb é gratuíto. Não há interesses financeiros por trás. Perdi o medo das gorduras saturadas e simplesmente NÃO CONSIGO ENGORDAR. Troquei barras de doces por barras de bacon. Nunca tive tanta energia, pele e cabelo super saudáveis. Meu abdômen "chapou" sem nenhum abdominal ou exercício aeróbico intenso. Apenas não incha mais! Meu sistema digestivo está 100% regulado. As indústrias do trigo, açúcar e etc nos fazem morrer pela boca. Já a dieta LCHF pode ser comparada a abastecermos nosso motor biológico com o combustível mais eficiente. Me sinto literalmente como um carro com nitro ligado.

    ResponderExcluir
  25. Souto, que bom que pude sair da era das trevas aqui. Junto com a mudança no estilo de alimentação veio outra maior ainda...encontrei muitos amigos, alguns pacientes meus e outros que compartilham a mesma linha de pensamento. Jamais vou esquecer que vi primeiro aqui...pois o que ganhei não tem preço, não tem medida e é para vida toda....; )

    ResponderExcluir
  26. :-)

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/10/2013 13:15, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  27. só espero que nao falte bacon quando a notica se propagar :D

    ResponderExcluir
  28. Cyntia Et Luís KF24 de outubro de 2013 13:54

    Tá triste? Bacon nele!!!

    ResponderExcluir
  29. jose roberto Salla24 de outubro de 2013 14:32

    Ola Doutor. Por favor me ajude pois já estou ficando desesperado. Já conheço as opiniões dos Dr. Lair Ribeiro, Wilson Randó, da Dra. Tamara sobre o assunto e agora fiquei conhecendo também a sua. Que maravilha. Mas a minha pergunta é: Sou infartado há 17 anos. Há 08 meses fiz uma cirurgia de revascularização com 04 pontes. 02 obstruiram. Há 02 meses fiz angioplastia com colocação de 01 stent farmacológico. Meu colesterol total é 150, trigiicérides 100. Me sinto todo dolorido. Não consigo andar por 01 minuto que sinto mal estar em meus braços seguido de dor no peito. Meu cirurgião diz que esses sintomas não têm nada a ver com o coração. Parece que minhas células estão morrendo. Pretendo adotar a dieta low-carb já. Posso?

    ResponderExcluir
  30. Estes sintomas parecem CLARAMENTE os sintomas das estatinas. E eu não conheço nenhum ser humano que não se beneficie de low carb. Seria como uma ovelha perguntando se PODE comer grama.

    ResponderExcluir
  31. Espero que aumentem a oferta e reduzam o preço. Eu fico observando os estoques de bacon nos supermercados perto de casa. Quando chega perto da validade, os preços tendem a cair mais de 50% às vezes. Então eu compro 10 pacotes de 250g - 2,5kg de bacon :D

    Guardo tudo no congelador e tiro apenas o que preciso. Fico tranquilo por 2 ou 3 meses.
    É uma dó quando sobra bacon nas prateleiras. Como empresário, eu sei que dói no bolso quando o produto encalha na prateleira, ainda mais um produto altamente perecível. E chega a me dar medo de imaginar que os empresários possa, eventualmente, parar de produzir bacon devido aos estoques encalhados causados pela desinformação pública.

    ResponderExcluir
  32. jose roberto Salla24 de outubro de 2013 15:25

    Mesmo contra a vontade do cardiologista estou mudando meus conceitos sobre alimentação... e uso de estatinas ... e colesterol muito baixo. Muito obrigado Dr.

    ResponderExcluir
  33. Isso me lembrou o dia que fui ao mercado, não encontrei nata, já ia começar a reclamar quando lembrei que fui eu quem tinha acabado com o estoque na semana anterior! kkkk

    ResponderExcluir
  34. Cacá Amadei Barbiellini24 de outubro de 2013 15:42

    Eu costumo fazer meu próprio bacon. É mais barato e fica muito melhor. http://thinkfood.com.br/index.php/2010/10/29/um-bacon-para-chamar-de-nosso/

    ResponderExcluir
  35. um pouco trabalhoso, mas é uma excelente dica. Vou testar assim que possível!

    ResponderExcluir
  36. Dr Souto

    Eu sou uma super entusiasta do modo páleo de vida e coloquei toda minha família nessa, embora eles não sejam tão low carb como eu, infelizmente, após pouco mais de um mes fazendo tudo direitinho, comecei a sentir sintomas de hipotireoidismo e fui atrás de entender porque sentia esse cansaço e desanimo extremo, e só descobri essa resposta em inglês, então estou lhe mandando o link, pois acho válido que isso seja traduzido revisto e postado pelo sr. pois quase parei a dieta, quando não conseguia ajuda nem informação sobre o que estava sentindo, Espero que isso ajude a uma pequena porcentagem de pessoas que como eu reagem um pouco diferente a dieta.
    Obrigada!

    http://drcate.com/going-low-carb-too-fast-may-trigger-thyroid-troubles-and-hormone-imbalance/

    ResponderExcluir
  37. Já aumentou seus carbs?

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/10/2013 19:13, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  38. Comecei a aumentar hoje (triste, pois nao sentia fome e nem um mal estar, apenas a exaustão) vou tentar essa semana com esse aumento...

    ResponderExcluir
  39. Uma alternativa é aumentar 1x por semana

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/10/2013 19:55, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  40. se eu fizer um dia de carbo alto na semana, o sr acha que já equilibra meu organismo pra semana toda? e nesse caso no dia de carbo alto devo entao siminuir a gordura nao é?

    ResponderExcluir
  41. Pode ser a melhor saída. Cabos paleo

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 24/10/2013 20:02, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  42. Obrigada, vou fazer a tentativa, sim!

    ResponderExcluir
  43. "Seria como uma ovelha perguntando se PODE comer grama." Ri alto! Na verdade, gargalhei. Isso acontece toda vez que encontro esse tipo de frase aqui no blog. Melhora muito o meu humor. Obrigada. :)

    ResponderExcluir
  44. Valeria

    Veja esse artigo do MDA sobre "The Low Carb Flu" http://www.marksdailyapple.com/low-carb-flu/#axzz2ihkZX9vp

    ResponderExcluir
  45. Agora tambem na grande imprensa: Gordura animal e' sua aliada... -http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/10/gordura-saturada-nao-e-a-vila-para-o-coracao-diz-estudo.html

    ResponderExcluir
  46. pergunta rápida sobre iogurte natural feito em casa...


    como ele fica em relação aos carbs?


    Gosto muito de iogurte e não tomo há tempos devido aos carbs..Há diferença quanto a isso nos feitos em casa?

    ResponderExcluir
  47. Obrigada Primal2, vou ler já!

    ResponderExcluir
  48. Estou fazendo o refeed day, hoje, muito mais carbos, mas tudo páleo, amanha começo de novo.
    O que me surpreendeu, foi que ao contrário da matéria que o primal2 me sugeriu para ler, o meu rendimento não caiu no começo da troca de dieta, eu tive aqueles fatídicos 3 dias meio "zuada" e depois fiquei ótima e até por isso comecei a indicar pra todo mundo, foi mais ou menos na terceira semana, que tive esse baque, eu dizia que de repente eu sentia que minha pilha tinha literalmente acabado, vamos ver esse proximo mes o que que dá, pois não vou largar meu modo de vida paleo, mas preciso reverter isso!

    ResponderExcluir
  49. Veja tb esse artigo aqui no site do Dr William Davis ( Wheat Belly). http://www.wheatbellyblog.com/2013/09/surviving-wheat-withdrawal/

    ResponderExcluir
  50. Obrigada pela atenção, viu...li o outro artigo e como disse abaixo ao dr. Souto, não parece ser o meu case, eu qdo comecei tive os famosos 3 dias de mal estar, depois fiquei tão bem que virei garota propaganda do modo paleo de vida e então de repente tive essa queda subita de energia, que me deixava mal o dia todo...
    Vou ler os novos artigos, e vamos tentar solucionar isso, né? que amo esse lifestyle!

    obrigada

    ResponderExcluir
  51. Nao desista nao. Eu nao tive esse problema no comeco nao, mas leio nesses blogs q muita gente tem. Ja estou fazendo esse novo estilo de vida ha 7 meses e nao volto atras e tb nao sinto falta dos paes, doces, massas, pizzas , etc. Hj tenha uma qualidade de sono melhor, mais energia, no more gases !!, no more gastrite, etc. Nao acho q paleo/primal seja uma dieta para mim, e sim um outro lifestyle para melhor, fazendo isso sei q terei uma qualidade de vida melhor sem precisar tomar remedios para colesterol, pressao alta, diabetes, etc. Moro aqui nos USA, e fico muito feliz em saber q vcs ai tem um site otimo como esse do Dr Souto, o qual ja email para alguns familiares e amigos.

    ResponderExcluir
  52. Vamos continuar falando, divulgando, explicando, e aos poucos as pessoas irão se concientizando dos benefícios da dieta Paleo LCHF!
    Dr. Souto, gostaria de sua opinião sobre o meu caso. Retirei a tireoide ha 2 anos e desde então faço acompanhamento bimensal com endocrinologista. Minha dosagem diaria de Puran T4 vinha diminuindo desde a cirurgia, chegando a 50mg. Mas este ano, quando comecei a dieta Paleo, as coisas se alteraram e passei a tomar 100 mg diárias. Bom, há 1 mes comecei a dieta cetogênica, consumindo menos de 50 gs de carbs/dia (31,77 gr em media) e tenho consulta marcada para o próximo mes. Acontece que tenho que fazer uma serie de exames para levar o resultado na consulta (TSH/T4/colesterol/trigliceres/etc) e não sei se adio a consulta ou não. Já vi o Sr. dizer que não devemos fazer exames toda hora e ouvi dizer também que em cetose os resultados podem ficar alterados... Por outro lado, tenho um pouco de receio de adiar os exames e deixar de fazer o controle nas minhas taxas de TSH/T4. Ouvi dizer também que devo sair da cetose alguns dias antes de fazer os exames....Enfim, o que o Sr. me sugere? Existe literatura que trate deste assunto?

    ResponderExcluir
  53. Obrigada, por todo o incentivo e ajuda, e não vou desistir não, pois tive a experiencia desse bem estar todo antes de ter esse probleminha (que vou superar), adoro esse lifestyle tambem e nem sinto falta de pães e massas que já não era muito fã antes......
    (a propósito o artigo que mais bate com o que acontece comigo foi o de Chris Kresser, o outro sobre o trigo no meu caso nao tem a ver, não, esse do Chris me deu a direção a observar daqui pra frente!) obrigada de novo!

    ResponderExcluir
  54. Olá Dr. Souto,
    Bom, venho aqui para agradecê-lo por disponibilizar todas as informações sobre este modo de vida para nós, brasileiros, de forma tão educativa e também pela sua disponibilidade em nos responder. Eu estou super empolgada pois nunca uma dieta foi tão excelente para mim. Comecei dia 20/09, às cegas, e a cada dia venho aprendendo mais sobre este estilo de vida. Comecei com 108kg e hoje 25/10 pesei 99.500, o que foi muito importante para mim. O caminho é longo mas meu corpo está mudando pouco a pouco, e nem falo do emagrecimento, estou praticamente dispensando o jantar por não ter fome ou vontade de comer, parece que uma refeição caprichada de gordura está sendo suficiente. Perdi muito na primeira semana, depois travei bastante, mas agora sei lá o que aconteceu que todo dia a balança está caindo ao menos 500 gramas todos os dias, ou sem esforço e comendo muito bem.
    Ainda tenho cãibras à noite, mas estou fazendo exercícios localizados em casa mesmo, como sempre fiz, embora eu ainda me sinta um pouco cansada. Não quis parar com os exercícios, então insisti, mas nada muito pesado.
    Então, fica meu agradecimento e votos de muito sucesso!

    ResponderExcluir
  55. Valeria

    Uma coisa saudavel que vc poderia fazer e o BONE BROTH / CALDO DE OSSO . E muito saudavel alem de ser rico em nutrientes. Nunca pensei que um dia iria fazer isso, mas hoje estou fazendo e adoro. Aprendi no MDA, faco o meu com pes de galinha, pata de boi, joelho, etc,voce pode usar somente os de galinha se quiser. A quantidade que faco dura uma semana, tomo uma xicara de manha, as vezes coloco no arroz ou na sopa. A maioria dos blogs paleos daqui fazem o tal do broth/caldo

    http://nomnompaleo.com/post/16004110328/quick-pressure-cooker-bone-broth
    http://www.marksdailyapple.com/cooking-with-bones/#axzz1jhy2kjpv

    ResponderExcluir
  56. Lembra aquelas coisas de vó pra fortalecer a gente, né?
    vou ver isso, e no meu caso é mais provavel usar só a parte bovina, nao sou muito chegada em frango, nao.
    Pra sopas e reducoes pra carnes, hunmm imagino que fica bótimo!

    ResponderExcluir
  57. Boa noite! Estou com um problema: gosto tanto de tudo que é paleo que estou com medo de engordar. Comigo essa tese de que a fome limita a ingestão de comida nao tem funcionado muito bem. Na verdade, estou parando de comer com medo dos excessos.
    Nao estou gordo, mas temo engordar pelo exagero. No meu caso nao acho que o estilo paleo seja "autolimitante". Ainda acho que preciso de meu autocontrole para nao exagerar.
    Bacon, carne, nata, queijos, creme de leite, brócolis, salada, ovos... Tudo isso para mim é uma maravilha.
    Tem remédio para essa neura? Rsrsrsrs.
    Grande abraço a todos e em especial ao Dr. Souto.
    Samaroni Maia

    ResponderExcluir
  58. Mas está engordando??


    Em 26 de outubro de 2013 00:53, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  59. Carmen,
    veja um comentário (http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2013/09/colesterol-viii-e-melhor-ter-um.html) com o mesmo problema:
    "Olá Dr. Souto, tive câimbras horríveis esse fim de semana, sempre de madrugada. ... Fazia muito tempo que eu não tinhas essas câimbras e pensei se não poderia ser falta de algum nutriente por conta da dieta. Alguma dica?"

    J. C. Souto:
    "Eu APOSTO que é falta de Magnésio.
    Tome 2 cápsulas de óxido de magnésio 200 ou 250mg cada, à noite, umas 2 horas antes de deitar. Em 22 de setembro de 2013".

    ResponderExcluir
  60. Acho que engordei um pouco. Vou fazer uma avaliação para saber o que é músculo e o que é gordura. Mas o peso aumentou um porco sim, de 73 p 75.

    ResponderExcluir
  61. Com certeza vocês já viram, mas se ainda não:

    http://www.doctoroz.com/episode/do-carbs-cause-alzheimers?video_id=2753372348001

    Programa que o Dr. Oz fala com o autor do livro Brain Grain. Ele já entrevistou, num outro programa, o autor do Wheat Belly. Acho legal isso, porque o programa dele é bem abrangente/popular nos EUA... não sei se passou no canal aqui no Brasil,... resumindo: coma gordura boa e não carbos.

    ResponderExcluir
  62. obrigada, Titi, eu estou tomando cloreto de magnésio, mas vou trocar porque não está adiantando! obrigada.

    ResponderExcluir
  63. Será que não está comendo por ansiedade?

    ResponderExcluir
  64. Olá Teresa e Dr. Souto,
    Em primeiro lugar, obrigado pelo interesse.
    Fiz uma avaliação na sexta-feira e constatei que engordei um pouco (2kg) e meu percentual de gordura aumentou de 15% para 18%, portanto, não foi só músculos que ganhei.
    Quanto à ansiedade, acho que esse não é o problema. Cheio que está mais associado ao fato de gostar das comidas que compõe o cardápio paleo (estou até me descobrindo como um razoável cozinheiro, preparando cogumelos, quiches, pães sem trigo etc) e de ainda manter o hábito de comer com a (alta) frequência recomendada pelos nutricionistas.
    Na verdade, estou bem, com 75,3kg/1,71m, com pouco sobrepeso, de modo que não é isso que me incomoda. Tenho receio de continuar engordando ou de ter que me preocupar com calorias.
    Vou dar uma diminuída no vinho para testar a reação.
    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
  65. Cuide com suas habilidades de cozinheiro!

    Na dúvida, coma plantas e bichos, evite bolinhos e pães low carb.

    E faça um JI de vez em quando.

    SOuto


    Em 11 de novembro de 2013 16:50, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  66. Ok. Obrigado pela resposta. Acabei de reler seu post sobre as expectativas e se aplica bem para atenuar minhas dúvidas.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  67. Dr. Souto. Estou no modelo LCHF há algum tempo e muito bem. Tive episódios de leve hipoglicemia, por isso tive que aumentar a ingesta de gorduras. Mas, uma fonte de gorduras pobre em carbos às vezes é difícil achar no decorrer na correria do dia.
    Vai a pergunta: Quais são os pós e contras a respeito do requeijão?
    A maionese é cheia de ômega 6 e não gosto de abusar dela...
    Abraços !

    ResponderExcluir
  68. Se achar uma marca de requeijão que não seja cheia de aditivos (e há), só vejo prós.


    Em 12 de novembro de 2013 16:07, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  69. Dr. Souto, agora sim e enfim! Conseguindo seguir em frente! =)


    Bem, um mês no novo estilo de vida low carb, perdi nove quilos!
    Não fiz abstinência, não voltei aos carboidratos refinados nem por um dia. Estou super tranquila na ingestão dos carbs. permitidos, como morangos com iogurte, creme de leite com chocolate amargo em pó, seu bolinho de microondas, uma delícia! Além disso, muita salada, carnes, ovos, gordura boa, e limonada! ;-) De manhã sem fome, no almoço capricho na refeição, no final do dia faço duas aulas de hidroginástica e quando chego em casa, na maioria das vezes, sem fome. Daí, aproveito para fazer um mini jejum intermitente. Neste mês o médico ortopedista me liberou para fazer pilates. Quero acrescentar esta atividade, pois vai ajudar na melhora dos meus joelhos detonados na corrida, infelizmente. Mas é isso, seguindo em frente sem pressa, com muita vontade de melhorar da tendinite para voltar a musculação, a corrida! Mas sem deixar o estilo de vida que tem me proporcionado muita satisfação!



    Aproveito para agradecer pelo seu entusiasmo e desejo em doar seus conhecimentos a todos nós que participamos do blog! Suas recomendações nos comentários, me ajudaram muito a aceitar um processo diferente no longo prazo. Dieta cetogênica zero carbs nunca mais!


    Adiante darei notícias sobre novos resultados! ;-)

    ResponderExcluir
  70. :-))


    Em 15 de novembro de 2013 21:13, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  71. Regiane Afonso Ramos16 de novembro de 2013 14:56

    Dr. Souto, estou morrendo de vergonha de escrever aqui, pq meu sentimento nesse momento é de FRACASSO...derrotada, sem força de vontade...e esse sentimento me faz muito mal. Já cheguei a conclusão que não posso fazer dia do lixo. Deslizei na quarta feira e estou até hoje...o pior é que eu como carbs e açucar até passar mal e continuo comendo. Me dá até falta de ar. Falo pra mim mesmo que no dia seguinte será diferente e caiu na tentação. Estou desanimada e desesperada pq meu peso está aumentando. Minha auto-estima está zero..não tenho vontade nem de sair de casa. Acho que algumas palavras suas podem me ajudar. Obrigada.

    ResponderExcluir
  72. Regiane, quantos fumantes param de fumar várias vezes, até pararem de verdade?

    Essa postagem eu escrevi pra você: http://lowcarb-paleo.blogspot.com.br/2012/11/expectativas-versus-realidade.html
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 16/11/2013 13:56, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  73. Regiane, a postagem pra ti é essa: http://lowcarb-paleo.blogspot.com/2012/12/comi-carboidratos-foi-tudo-por-agua.html
    Desculpe, tinha me enganado na resposta

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 16/11/2013 16:09, "Jose Carlos Souto" escreveu:

    ResponderExcluir
  74. Regiane Afonso Ramos16 de novembro de 2013 17:38

    Dr. Souto eu já tinha lido essa postagem...muito bacana..o problema que não saí apenas 1 dia e sim vários... agora é ter força e ânimo pra recomeçar. Obrigada pela resposta... Abraço

    ResponderExcluir
  75. Ayowa Aromas Da Terra16 de novembro de 2013 23:21

    Ola estou a uma semana na dieta estou bem , comendo diferente e me sentindo diferente tambem , nao sinto muita energia as vezes sinto meu cérebro meio estranho ,acho que emagreci uns 2 kilos,o pessoal fala de ter muita energia ainda nao sinto , quanto tempo começo para ver os efeitos da dieta.
    Eugenio

    ResponderExcluir
  76. Olá Eugenio,


    Uma semana é pouco tempo para se adaptar. Tente incluir mais sal e capriche nas boas gorduras (óleo de coco, manteiga, banha, azeite)

    ResponderExcluir
  77. Olhem só genteeeee

    http://primalbrasil.com.br/a-suecia-e-a-primeira-nacao-ocidental-a-adotar-uma-alimentacao-low-carb/

    ResponderExcluir
  78. Dr. Souto, estou fazendo um curso sobre Síndrome Metabólica e foi falado que a gordura saturada aumenta a resistência à insulina. Vi um artigo da Unicamp dizendo que a gordura saturada provoca uma inflamação do hipotálamo levando a resistência à insulina, por liberar citocinas inflamatórias. Estou bem insegura quanto ao consumo desta gordura depois de ter acesso a estas informações. Gostaria de sua opinião, se for possível.

    ResponderExcluir
  79. Luciana, pede o artigo que mostra que gordura saturada aumenta a resistência à insulina
    Em 15/06/2014 23:12, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  80. Que ótima matéria, super interessante!
    Porém, me restaram algumas dúvidas. Vi que mencionaram no texto que é recomendado a pessoas com doenças cardíacas a dieta mediterrânea, que consiste em azeite, tomate, frutos secos, etc. Por que não a ingestão de manteiga e queijo, normalmente, afinal? Ignorancia a minha, me embananei. Pelo que andei vendo, esse tipo de gordura nao lhes faria mal, pois as consequências negativas estariam mais relacionadas a uma ingestão de gorduras hidrogenadas e trans.
    Outra dúvida com relação à dieta paleo, vi que existe uma restrição quanto a grãos. Soja, lentilha, feijão... (Estes eu como semanalmente, em quantidades moderadas) pesquisando a respeito, vi que a explicação se devia ao fato de esses alimentos conterem os antinutrientes. O que me confundiu foi o fato de que muitos outros alimentos liberados possuem também os antinutrientes, e que todos eles são passíveis de serem removidos por algum tipo de desnaturaçao.
    Quanto aos carboidratos, estão restritos na minha dieta a batatas, bananas e mandioca, de quando em vez. Nada industrializado ou processado, optando ainda pelos orgânicos, sem agrotóxicos, etc. Isso faria algum mal?
    Obrigado, sou nova no blog e queria alguns esclarecimentos pra conseguir adequar as informacoes de uma melhor forma na dieta. =)

    ResponderExcluir
  81. Porque não fui eu quem escreveu a matéria, só por isso :-)

    Mas já é uma evolução e tanto
    Em 17/06/2014 17:56, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  82. Olá Iza. Tentando ajudar. Estás certa sobre a gordura. Sobre a restrição dos legumes (do inglês legumes) soja, lentilha, feijão, tem formas de reduzir os antinutrientes, como observaste, e pode haver vantagens em consumi-los, principalmente quando se é vegetariano. Este artigo é bem bom sobre este assunto http://chriskresser.com/are-legumes-paleo . Evitar comida industrializada, optar pelos orgânicos, ótimo caminho.

    ResponderExcluir
  83. Olá Márcio, obrigada pela ajuda! Acessei o link e realmente, a história é do jeito que imaginei mesmo. Minha conclusão final foi que a dieta ideal é simplesmente à base de moderação. Eliminar completamente determinado alimento nao é vantajoso. Se alguém me perguntar, eu diria que o importante é evitar os processados, industrializados e sintéticos, isso sim, pois quanto a estes nao da pra saber ao certo sobre a procedência. De resto, baixo carbo pra emagrecer e equilíbrio e variedade nos demais, pra nao ter erro.

    ResponderExcluir