quinta-feira, 27 de março de 2014

Relato de caso - psoríase

Se você ainda não leu, leia a postagem anterior, sobre a relação entre dieta e autoimunidade. A foto abaixo foi retirada da Wikipedia (não é do paciente) - apenas como ilustração para quem não conhece a doença.


Segue o relato, que dispensa comentários:

Gostaria de deixar aqui meu relato sobre os benefícios que a dieta low-carb páleo tem trazido para mim, com especial destaque sobre como ela tem me ajudado com minha doença autoimune.
Tenho psoríase, uma doença que se manifesta por lesões na pele, em formato de placas avermelhadas e esbranquiçadas. A psoríase não tem cura. 

Apesar da causa não ser conhecida, como em muitas doenças autoimunes, psoríase não é uma doença contagiosa. Não se pega psoríase pelo contato. Também não causa nenhum tipo de dor ou incômodos mais sérios para o portador, pelo menos no que diz respeito à parte física (estou me referindo à psoríase vulgar, que é o meu tipo). O grande estrago que ela causa é na vida social. As lesões costumam assustar muito as pessoas, que acabam evitando contato com o doente e criando um isolamento, que costuma piorar com o passar dos anos e a piora da doença. Depressão é comum em doentes de psoríase.

Geralmente as lesões aparecem nos cotovelos, joelhos e couro cabeludo, mas no meu caso a maior parte apareceu nas mãos (também no cotovelo e perna esquerda). Azar o meu… Já perdi a conta de quantos desconhecidos deixaram de apertar minhas mãos, às vezes dando um aceno sem jeito, após me olharem. Praia então, faz pelo menos 15 anos que não vou. Nem bermuda tenho usado, graças à lesão na perna.

Sou portador da doença há 20 anos, desde quando eu tinha 19 anos de idade (tenho 39 atualmente). Não consigo medir o quanto esse negócio já prejudicou minha vida, em todos os aspéctos, até mesmo no trabalho. Apesar de ser possível um controle dos sintomas usando medicamentos fortes (cremes, pomadas e, nos casos mais severos, tratamento sistêmico e raios ultra-violeta), geralmente o aparecimento das lesões é cíclico, ocorre em períodos. Algumas pessoas, em casos mais severos, tem grande parte do corpo coberto pelas lesões.

Passei por 4 médicos ao longo da minha vida, que sugeriam coisas bem parecidas:

- Expôr as lesões ao sol diariamente (há benefícios com raios ultra-violeta);
- Controlar o stress (como se fosse fácil…)
- Aceitar que a doença vai fazer do resto da sua vida;
- Procurar ajuda de psicológica, se necessário;
- Todos os médicos disseram que NENHUM ALIMENTO ERA PROIBIDO, somente as bebidas alcoólicas deveriam ser evitadas.

Em 2013 minha situação se complicou bastante, e o controle estava muito difícil. As lesões não desapareciam mais, só melhoravam levemente, mesmo com pomadas bem potentes. 
Por coincidência (ou talvez não), nesse mesmo ano eu engordei cerca de 10kg. Já estava obeso anteriormente e isso me fez chegar ao IMC 36,5, com gloriosos 125kg. Estava na hora de mudar.

Em 2010 um amigo havia me recomendado o livro de Gary Taubes (Why we get fat), que colocou em xeque-mate tudo o que eu sabia sobre alimentação. Tentei fazer a dieta na época e até perdi um pouco de peso, mas falhei, por falta de maiores informações e também por um pouco de medo. Não conhecia ninguém que praticava esse estilo de vida.

Quando achei o blog do Dr. Souto, essa foi a ferramenta que faltava para me motivar a perder peso novamente. Iniciei a dieta no mesmo dia (16/10/2013), mas não retirei tudo de uma vez. Fui lendo o blog e descobrindo todos os benefícios de uma vida sem os carboidratos e com mais gordura e proteínas. Durante os 2 meses seguintes mantive na dieta uma pouco de pão, macarrão e arroz, mas mesmo assim perdi 6kg. Nesse ponto aderi integralmente à dieta, mudando radicalmente meu cardápio. Acabo de completar 4 meses de dieta e já se foram 18kg até o momento. Não tinha esse peso desde 2004!

Apesar da felicidade por perder tanto peso em tão pouco tempo, havia uma surpresa guardada para mim que nunca em minha vida eu poderia esperar. Ao retirar o Glúten da minha alimentação a minha psoríase, como num passe de mágica, simplesmente começou a desaparecer. Quando percebi a melhora, logo imaginei que tinha a ver com a nova dieta e saí buscando informações. Li no blog sobre as doenças auto-imunes e sua relação com o glúten, flora intestinal, protocolo auto-imune e tudo começou a fazer sentido. As lesões haviam praticamente desaparecido com um mês de dieta sem glúten, e algumas pequenas lesões que sobraram melhoram a cada dia, mas já não atrapalham em nada, pois são do tamanho de uma espinha. Acredito que com mais tempo e dedicação elas podem ter remissão total.

Meus parentes e amigos próximos não acreditam até agora, pois não tenho usado nenhum medicamento e nunca estive tão bem. Mais magro, mais disposto e sem o mal que me afligiu por 20 anos. só posso recomendar que quem ainda não aderiu à dieta low-carb/páleo faça isso hoje mesmo. Não é só uma mudança de estilo de vida, pois para mim foi quase como renascer. Me sinto mais jovem a cada dia e com espírito renovado!

Obrigado ao Dr. Souto e a todos os colaboradores do Blog, por compartilhar tanta informação e por tanta dedicação. Minha gratidão é eterna!

José A. Bichoff

146 comentários:

  1. Nei Robson Ribeiro de Brito27 de março de 2014 23:38

    os depoimentos são incríveis. Só pelo que nós vivemos nas nossas vidas pessoal e familiar, dá conta do que essa pessoa está vivendo. É renascer!

    ResponderExcluir
  2. Fatima Aparecida Rocha Guimara27 de março de 2014 23:55

    Choqueiiiii!!!!
    Eu que já estava feliz por controlar minha glicemia com a dieta...lendo isso fiquei maravilhada...
    Parabéns José A. Bichoff pela força de vontade e pelo depoimento.
    Mil vezes parabéns ao Dr. Souto por manter esse blogue salvando vidas....

    ResponderExcluir
  3. Clap clap clap......espetacular......

    ResponderExcluir
  4. parabéns pela luta e pela conquista. Parabéns ao dr. Souto pelo excelente serviço de informação e orientação.

    ResponderExcluir
  5. Dr. Souto, depoimento emocionante, incrível, parabéns pelo seu trabalho neste blog.

    ResponderExcluir
  6. Relato sensacional, chega a emocionar mesmo. Só quem tem qualquer doença de pele sabe o quão desagradável é, o quanto incomoda.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns! Realmente maravilhoso, porém chocante de como a maioria dos médicos ainda tentam resolver as doenças com remédio sendo que na maioria dos casos bastava a pessoa comer comida de verdade.

    ResponderExcluir
  8. Me "arrepiei todo" aqui.. tenho um irmão com essa doença.. vou mostrar a ele AGORA

    ResponderExcluir
  9. Dr, a disidrose seria autoimune?

    ResponderExcluir
  10. É idiopática. E pode melhorar.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 07:27, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  11. Já vou recomendar Paleo para o meu tio urgentemente.
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  12. Que depoimento fantástico e inspirador! Parabéns, José!

    ResponderExcluir
  13. Eu bem sei o que é se sentir melhor por causa de uma doença de pele, eu estou vivenciando isso. Parabéns José A. Bichoff por sua melhora e parabéns ao Dr. Souto por contribuir para isso.

    ResponderExcluir
  14. Estou emocionada e feliz demais pelas conquistas do José. Dr. Souto, obrigada por ajudar todos nós.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns José! Espero que encoraje mais gente a experimentar a mudança. Eu sofria com urticária colinérgica. Depois de mudar a dieta e o estilo de vida nunca mais tive problemas. Segue o relato no meu blog: http://vidaprimal.wordpress.com/2011/05/12/como-me-livrei-da-urticaria-colinergica/

    ResponderExcluir
  16. Renascer...essa è a palavra que descreve perfeitamente a experiência de uma vida paleo!!!
    Sensacional a historia do José Dr. Souto!
    O que você tem feito aqui no seu blog é algo grandioso. Suas idéias, seus posts e seus geniais pontos de vista, vao muito além de conhecimento e boa ciência...nos faz renovar a esperança pela vida em todos os sentidos!
    Meu desejo é que o doutor publique logo um livro! :)

    ResponderExcluir
  17. Incrível! Parabéns e q venha a remissão total e q, assim como acontece cmg e minha família, a paleo (e o blog) te surpreenda cada dia mais!

    Aproveitando o post, alguém conhece algum relato de melhora da doença do pânico ou até msm algum estudo? Li um pouco no PHD, mas pra convencer alguém de algo diferente doq o médico fala acho q será pouco... Obrigada!

    ResponderExcluir
  18. Krisnamourt Correia28 de março de 2014 10:13

    Fantástico!!!!!
    Só tenho elogios ao Low Carb Paleo, pois tanto eu como minha esposa estamos muito bem de saúde ... mais magros!
    Que venha a remissão total!
    Parabens!

    ResponderExcluir
  19. Que coisa linda! muito bom mesmo!
    não pude deixar de chorar um pouquinho ao lembrar da minha avó que tinha psoríase desde a década de 80...muito sofrimento e milhares de tratamentos. Se pelo menos ela tivesse tentado...agora já é bem velhinha e nem deve mais se lembrar...

    ResponderExcluir
  20. se ele não aceitar...use o argumento de que, pelo menos mal não fará!

    ResponderExcluir
  21. Já comentei antes, mas repito: paleo salva vidas!

    ResponderExcluir
  22. A minha melhorou muito, embora não tenha sumido.

    ResponderExcluir
  23. A minha desidrose sumiu.

    ResponderExcluir
  24. Vinícius Petrolli28 de março de 2014 10:59

    incrivel mesmo

    ResponderExcluir
  25. Muito legal ver esse tipo de depoimento! Parabéns Josés!!

    ResponderExcluir
  26. Sou um abençoado por não precisar perder peso, não ter doença autoimune, diabetes etc, entretanto, aderi à dieta paleo desde julho de 2013 quando descobri esse blog porque quero saúde, gosto das opções de comida e porque concordo com as informações que são divulgadas aqui. Confesso que as vezes dou umas derrapadas, mas são excepcionais.
    Mas a razão de esta escrevendo agora esse comentário é para externar minha alegria em ver casos como o acima exposto e triste por saber que milhões de pessoas poderiam se beneficiar desse estilo de vida, mudando completamente sua qualidade de vida apenas com informação.
    É uma pena que as informações sejam negadas!

    ResponderExcluir
  27. Parabéns mesmo José A. Bichoff!!
    Muito emocionante saber o quanto a comida de verdade faz bem; e o quanto podemos demonstrar ao Drº Souto ( e todos que aqui colaboram), para nos ajudar a alcançar saúde!!

    Parabéns meso pelas conquistas amigo!!
    Pena que muitos dos meus familiares não querem compreender isso...( fazer o que né?!!)

    Eu e minha família ( esposo e filhos-tenho dois meninos), queremos é SAÚDE!! E temos conseguido!!



    Obrigada pelo relato José!!
    E muito obrigada Drº Souto...
    Kalrem.

    ResponderExcluir
  28. Vinícius Petrolli28 de março de 2014 16:48

    tenho uma dúvida. Li um texto que diz que pessoas com rinite, "durante a fase aguda, devem-se eliminar os alérgenos alimentares: leite e seus derivados (pois são bons formadores de muco), trigo, ovos, cítricos, milho e pasta de amendoim.".
    Se alguém tiver conhecimento, poderia me responder se isso tem alum fundamento? no trecho acima ele coloca os ovos e frutas citricas junto ao trigo como alérgenos alimentares, está correto isso? Obrigado.

    ResponderExcluir
  29. Vinícius Petrolli28 de março de 2014 16:49

    fonte do texto: http://www2.uol.com.br/vyaestelar/rinite_naturopatia.htm

    ResponderExcluir
  30. Meu esquema funciona melhor


    Em 28 de março de 2014 16:48, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  31. Dr. Souto, tem mt gente me pergutnando sobre a batata yacon (e vi algumas falando sobre ela no blog...) e pelo oq li, entendi q ela tem pouco carb, 9g em cada 100g. e q parte desse carb (~5g) são tipos de prebióticos (q se perde metade facilmente com a temperatura ambiente, após colheita). Ela tem praticamente só água... Possui inulina e FOS, mas acho q como suplemento ñ seria o suficiente. Mas como um alimento ou até fonte de carboidrato me parece até uma boa... gostaria de saber sua opinião sobre ela pelos estudos... acho q a parte q interessa msm é só a de composição (e como ela muda com cultivo...) segue os estudos: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-84782008000300050&script=sci_arttext e http://www.scientia.ufam.edu.br/attachments/article/16/v.%201%20n.3,%203-16,%202012.pdf

    ResponderExcluir
  32. No Rio Grande do Sul nós temos uma palavra, única para momentos como este: bah!

    ResponderExcluir
  33. Estou completando 3 meses de paleo hoje 108,8 Kg para 99,2 kg. Tenho
    psoríase nas juntas das mãos, apareceu a uns 8 meses, não melhorou ainda, mas também não piorou.

    ResponderExcluir
  34. Priscilla, manda o pessoal testar. Duas pessoas que testaram me mandaram resultados com elevação grande de glicemia. Acho que é uma excelente fonte de pré-bióticos, mas (se isso se confirmar) precisa ficar claro para as pessoas que não é low carb, e que precisa comer com gordura junto para atenuar o impacto glicêmico. Não tenho opinião formada, exceto o meu natural preconceito contra coisas da moda e que minha avó não saberia o que é (chia, yacon, quinoa, amaranto, etc - nunca vi nem comi nada disso na minha vida). Pra mim, comida é bichos que pastam ou comem algas, e salada, que é composta de coisas como alface, tomate, cebola, etc. Se eu tenho que olhar no google pra saber o aspecto de algo comestível, desconfio. Pode ser uma maravilha, mas minha avó viveu até os 94 anos sem nunca ter visto nem comido nada disso. Me chamem de grosso, mas não sei o que é gogi berry.

    Em 28 de março de 2014 17:11, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  35. Olhe o link de páleo auto-imune na postagem


    2014-03-28 17:28 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  36. hahaha ok, mt obrigada! irei repassar para testarem e falar o resultado de testes já feitos... eu só procurei saber, msm sem ter ouvido falar antes (apesar de eu ainda ñ saber ou procurar oq é gogi berry tbm), pq falaram ser um prebiótico e ser low carb e eu ñ queria correr o risco de ignorar outro AR ou coisa do tipo (pq tempos atrás ignorei a banana verde hahaha). Também tenho esse preconceito contra oq é novo, mas estou tentando rompê-lo pelo medo de perder algo bom por causa dele. Oq ñ foi o caso agora xD Mais uma vez, obrigada! e desculpe a encheção de saco hahaha

    ResponderExcluir
  37. Não incomoda em nada. É que eu acho esquisito importar alimentos que nunca fizeram parte da tradição culinária local. Banana e batata o brasileiro sempre comeu. Mas como eu passei mais de 40 anos sem nunca ter visto uma gogi Berry ou um amaranto? Ou mesmo chia? Tudo o que eu preciso para ser feliz é saudável eu encontro na feira e no mercado, e já existia em solo gaúcho quando eu nasci.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 17:43, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  38. Puxa Hilton, acompanho o seu blog, não sabia que vc tinha fibromialgia. Estou na luta contra os sintomas da fibro, mas ainda não descobri todos os alimentos gatilhos pra mim, mas a paleo está ajudando e mto!!

    ResponderExcluir
  39. Depois que comecei paleo, nunca mais tomei medicação (tomava Paralon para dores médias, e Miosan para crises). Ainda sinto o incômodo, mas MUITO mais suave.

    Possivelmente tem uma componente psicológica significativa: vendo os resultados de perda de peso e ganho de massa magra, eu fiquei muito mais feliz - o que certamente contribui para a diminuição da dor.

    De qualquer maneira, viva paleo!

    ResponderExcluir
  40. Concordo totalmente e mais uma vez obrigada pela atenção! (e pra mim amaranto era uma bebida...). Gosto de seguir a teoria da evolução e do mais natural possível e tem um tempo q venho falando q cada parte do mundo evoluiu de uma forma (mas basicamente com a msm base... tenho dito isso por causa da teoria dos Inuitis viverem em cetose - e ser pouco provável eu descender de um - e tbm pelo novo artigo do free the animal http://freetheanimal.com/2014/03/disrupting-carbs-prebiotics.html). então sem dúvida ir pelo caminho q minha avó comia e pelo oq acho na feira é o melhor. Meu avô msm estava falando (eu comentava sobre antes não haver tantas frutas o tempo todo) esses dias q só viu maçã quando casou...


    hahaha infelizmente tem algo q eu preciso pra ser feliz e só esta no solo Gaúcho aparentemente: nata! só minha avó ajuntar a do leite ñ rende... '.'


    concluindo, viva o natural! (apesar da maioria das pessoas infelizmente pensarem q ser natural = ser vegan...)

    ResponderExcluir
  41. Ah, e é impossível sequer imaginar o senhor grosso, quanto mais chamar hahaha nunca vi ngm com tamanha paciência e educação. Ainda mais pra responder uma demanda de dúvidas tão grande de tanta gente todo dia xD

    ResponderExcluir
  42. Mas quem não come sushi não é grosso, pouco sofisticado? Prefiro um ala minuta.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 28/03/2014 20:15, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  43. Ultimamente tem sido bem melhor não se encaixar noq é considerado sofisticado pela sociedade, com tantos valores distorcidos (e desinformações por ai...).


    E tive q procurar oq é ala minuta no google... aqui em MG é 'prato feito' ou, simplesmente, PF.

    ResponderExcluir
  44. Adorei esse relato!!!

    ResponderExcluir
  45. Relatos como esses só vem para mostrar o quanto a dieta pode beneficiar a vida das pessoas.

    ResponderExcluir
  46. Vinícius Petrolli29 de março de 2014 01:08

    Oi Dr. Souto. Nao tenho dúvidas que o seu esquema funciona melhor (paleo + low carb). Estou na dieta faz 6 semanas e os resultados para mim são incriveis. O que eu gostaria de saber é porque eles colocam o ovo como alimento alergenico? Tem alguma razão científica para isso?

    ResponderExcluir
  47. Porque, de fato, ele é problemático para ALGUMAS pessoas. Mas não faz muito mais sentido consertar o leaky gut primeiro, e deixar pra tirar o ovo apenas nos casos em que for necessário?

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 01:09, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  48. Olá, eu que fiz o relato. Espero que possa dar esperança a outras pessoas. Obrigado a todos pelas palavras de carinho e força pra continuar na luta.

    ResponderExcluir
  49. Eu ELIMINEI sinusite recorrente com a eliminação de LEITE.

    ResponderExcluir
  50. 90% dos médicos não sabem nada de nutrição.

    ResponderExcluir
  51. Sou a favor do teste, sempre. Mas sobre "a minha avó não sabia", bem... A batata yacon, até onde sei, é nativa dos Andes. As avós de lá deviam saber muito bem o que era :-D Idem para chia (México), goji (Tibete/Nepal) e correlatos. Transformar em moda é sempre perigoso, mas descartar sumariamente também pode não ser ideal...

    ResponderExcluir
  52. Novamente, concordo em partes. A banana e a batata vieram com a conquista - então o "brasileiro", no sentido de "nativo americano", nem sempre comeu isso. Não vejo mal em introduzir "novas" comidas alienígenas que eram comidas por povos ancestrais em outros pontos do mundo - uma boa parte do que comemos hoje já foi alienígena 100, 200 anos atrás. Que venham o cabrito da Mongólia, a fruta-escorpião da Tailândia e a folha de couve da Tunísia - só não tentem me convencer que ESSE alimento é que vai me fazer emagrecer ou será a panacéia para todos os meus males - como fazem com a chia, yacon e goji...

    ResponderExcluir
  53. Se os inuits podem viver, a probabilidade de nós podermos também, desde que comamos as mesmas comidas que eles (no sentido de qualidade, principalmente) é grande. O Viljahmur Stefansson viveu... Não tem diferença genética significativa entre nós e eles, que impeça isso. Agora, sobre ser agradável comer só carne e gordura o tempo inteiro, aí são outros quinhentos :-D

    ResponderExcluir
  54. 99%

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 11:07, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  55. Eu sei, Hilton, mas não fazem parte da MINHA cultura culinária, e podem dar a impressão incorreta de um elitismo alimentar. Comidas sobre as quais eu nunca tinha ouvido falar até recentemente, e algumas das quais até hoje nunca vi ou comi, subitamente tornam-se coisas da moda, e parece que quem não consome isso está por fora. Eu defendo que o brasileiro comum, trabalhador, que não tem acesso à boutiques de produtos exóticos importados, pode ser completamente saudável comendo páleo com opções disponíveis dentro de sua cultura e tradição culinária. E digo mais: o conceito páleo está casado com o conceito de produtos locais e sazonais. Já não faz muito sentido consumir frutas congeladas 6 meses atrás para poder comê-las fora da estação. Que dizer de coisas que precisam ser trazidas do outro lado do mundo. Quer comer quinoa com amaranto misturado em Kefir? Go for it, more power to you. Quanto a mim, são coisas curiosas e exóticas, e na fazenda minha vó havia equivalentes locais (coalhada, chucrute, etc), que não são piores, nem melhores, apenas mais autênticos - é a minha visão.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 11:10, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  56. Oi Priscila, amaranto nem sei o que é, mas a bebida é Amarula, um licor delicioso, kkkk

    ResponderExcluir
  57. Eu estou aprendendo, para poder entrar no 1%, zé!

    ResponderExcluir
  58. :-) médico que comenta aqui, já está no 1%

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 11:47, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  59. A questão é q, msm os inuits, comiam/comem carbs e prebióticos... msm na era do gelo... a gente ainda tá aprendendo isso (http://freetheanimal.com/2014/03/disrupting-carbs-prebiotics.html). e a diferença genética ñ precisa ser grande, basta ser uma adaptação. Como vemos em tantos animais por ai... algo pequeno q os faz desenvolver melhor no ambiente em q vivem. acho q as variáveis do corpo humano são mts pra conseguirmos controlar ou levar todas em conta...


    e concordo com seu comentário acima. o problemas dessas coisas importas é a carga q colocam nelas de 'produto milagre' pra emagrecer... acho q desde q é natural e consumido em outra parte do mundo, podemos consumir (de preferencia seguindo a tradição de preparo e tals) q mal ñ fará. Mas ñ qr dizer q vai fazer milagre tbm...

    ResponderExcluir
  60. kkkkk conheço a amarula =P é delicioso MESMO! hahaha acho q estou confundindo as coisas msm =P

    ResponderExcluir
  61. Vinícius Petrolli29 de março de 2014 14:00

    Concordo com o sr plenamente. Sobre a dieta, conversando com familiares sobre a mesma, é incrível a incredulidade deles no que diz respeito a qualidade da alimentação. O que eu mais escuto é "tu não podes continuar com isso por muito tempo, tu vai ficar sem vitaminas. Tu está magro demais!" (Baixei de 70 para 65kg e só). O mais interessante é que tudo que falam é simples de argumentar. Eu como frutas e verduras como jamais comi. Nao como mais nada com conservantes, aromatizantes, acidulantes, etc. Tenho a alimentação mais saudável de todos so meu redor, e eles acham que o problema é eu comer proteína demais. Eu me sinto muito bem. Passo 8 horas sem comer nada tranquilamente. Como um churrasco e a digestão parece igual a digestão de uma fruta qualquer. Me sinto muito mais disposto e criativo. Muito mais concentrado. Só tenho a agradecer por enquanto.

    ResponderExcluir
  62. Vinícius Petrolli29 de março de 2014 14:04

    Eu nao tenho mais simusite recorrente, mas tenho rinite ainda. Mudanças de temperatura são o meu ponto fraco. Mas já não preciso utilizar sprays a base de corticoide. Cortei o leite mas não o queijo.

    ResponderExcluir
  63. Mas sushi é tão gostoso (:

    ResponderExcluir
  64. Só que nada dessas comidas é vendida a preço de banana =P

    ResponderExcluir
  65. Não só em solo Gaúcho que tem nata não Pri Amaral, aqui no RN tem e balde, hahaha

    ResponderExcluir
  66. Eu gosto da abordagem dessa nutricionista, mas eu sempre detestei leite, sou suspeita. :D
    http://www.denisecarreiro.com.br/artigos_artigoleite.html

    ResponderExcluir
  67. Dr. Souto, gostaria de saber se o café a cafeína aumenta a secreção da insulina? atrapalhando o emagrecimento!!!

    ResponderExcluir
  68. Não

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 17:45, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  69. Valeu Dr. Souto.....estou seguindo a dieta desde janeiro, é incrivel eliminei 16 kg tava com 142kg tenho 1,66m hoje estou com 126kg, minha glicemia pos prandial diminui em vez de aumentar e comendo bem bastante carne, salada, ovos, queijo amarelo....impressionante eliminei o trigo e melhorou tudo....tinha uma gengivite cronica que sangrava sempre que escovava os dentes e fio dental , sumiu a gengivite.....minha glicemia de jejum ficava em torno de 170mg, hoje fica entre 95 a 105mg!!!!!!!


    Muito obrigado Dr. vc é o cara

    ResponderExcluir
  70. :-) !!

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 18:10, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  71. Concordo com sua postura, doutor! Como formador de opinião, é complicado mesmo se dar ao luxo de indicar algo que possa pintar a dieta paleo como elitista - quando na verdade ela está (ou devia estar) muito longe disso...

    Mas, por exemplo, há "elitismos alimentares" em uma região que não o são em outras: castanha de caju ou do pará onde se produz, são baratas. Já aqui em BH, custam quase um rim o kg. Nem por isso eu acho que as devamos desmerecer (e olha que esse é um caso em que, se bobear, a minha avó não conhecia - castanha do pará só deve ter chegado lá em Teófilo Otoni nos anos 80).

    Sempre que eu uso o "coma qualquer coisa que a sua avó saberia dizer o que é", eu imagino produtos industrializados cheios de ingredientes cujos nomes são siglas incompreensíveis. Um tubérculo, mesmo que fosse a variedade púrpura com bolinhas alaranjadas da Pomerânia, a véia saberia que é uma planta :-)

    E ainda assim, corremos um risco ao ir por essa simplificação: a avó de muita gente (a minha inclusive) sabia o que é milho. Então milho cozido pode. Só que não :-D É simples, mas é complicado...

    ResponderExcluir
  72. Só em Minas que não tem, pelo jeito :-(

    ResponderExcluir
  73. Amaranto é uma mistura de Amarula com Absinto :-D

    ResponderExcluir
  74. Nata é um bom exemplo - sempre se comeu por aqui. Já tapioca só surgiu aqui nos últimos meses - e meio cara. Mas acho que vc já entendeu o que eu quis dizer - não há porque as pessoas passarem a comer coisas alienígenas só porque é a nova health food da moda. Por isso, quando me interessei pelo amido resistente, fiz de tudo para ver alternativas nacionais, pq não faria sentido eu sugerir q importassem raw potato starch dos EUA...

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 18:56, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  75. Perfeito, era esse o espírito do meu comentário.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 19:01, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  76. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk mandrágora do Harry Potter foi o melhor =P


    é, isso irrita MESMO. o peso q colocam de milagre e resolução dos problemas sobre algo. é quase como tirar a culpa da pessoa. Como se 'vc só ñ é magro pq ñ nasceu no Tibet, por azar...' e uma única coisa na alimentação faria a diferença... aiai. do jeito q o mundo esta, daqui uns dias receitarão uma dose de cocaína...


    eu nunca provei... mas oq estou com vontade msm ultimamente são mirtilos, q tbm nunca provei... e ñ pq acho q vou emagrecer com eles hahaha mas pelo sabor msm. ouvi falar q é bom e adoro provar coisas novas xD

    ResponderExcluir
  77. invejinha *----*


    aqui em MG ñ acho nem na cidade vizinha, q é maiorzinha... Na minha nem creme de leite fresco tem pra vc ter ideia! a vida pode ser cruel hahahaha isso q dá ficar 'no meio do caminho' =P

    ResponderExcluir
  78. kkkkkkkkkkkkk é, acho q ñ deve ajudar a emagrecer ñ... hahahahaha

    ResponderExcluir
  79. Completou e explicou oq penso... eu tenho mt preconceito com as modas da tv, mas tenho realmente tentado 'abrir um pouco a mente'. por isso me dei o trabalho de ler alguns estudos da yacon (q antes, quando minha avó perguntava, eu só falava q bom pra diabetes é ñ comer carb. q ñ adianta a yacon e um monte de pão de sal - e ñ adianta mesmo...). pq pode ser q algo valha msm a pena, como o AR q um dia, eu tbm ignorei. Então tenho tentado pensar mais longe. mas concordo totalmente ocm o Dr. Souto sobre no blog, como tem uma alta demanda, quanto mais simples, fácil e acessível for, melhor. Mas isso felizmente ñ nos impede de comentar e discutir aqui 'embaixo', oq é ótimo! Mas milagre todos sabemos q ñ vai acontecer... hahaha no máximo um empurrãozinho (se bem q o AR tem feito quase mágica msm...)

    e ñ podia deixar de falar q o tempo todo pensei em caviar... (e ñ, ñ sou de ouvir samba/pagode/seiláoqé)

    hilton, nesse site com frete grátis pra MG tem castanha de caju triturada (xerem) e farinha de castanha de caju bem em conta... 15,00 o Kg. agora a do Pará continua salgada... (tbm compro coco ralado ai...)

    http://www.novasafra.com.br/

    ResponderExcluir
  80. Mirtilos tem na serra gaúcha ;-)
    Muito melhor que o Tibet.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 29/03/2014 19:43, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  81. Uma amiga trouxe geléia de mirtilo da Finlândia, feita com mel. Muito gostoso, mas sinceramente ? Parece amora :-)

    ResponderExcluir
  82. sério? nossa, sem dúvidas melhor xD e mais perto... ainda quero ir ai, mas quero ir em época beeem fria *-* (aqui ta sempre tão quente... no máximo friozinho...) de preferencia com neve, ai seriam dois sonhos realizados xD (três, se conseguisse uma consulta pra família toda com o Dr. Souto tbm hahaha)

    ResponderExcluir
  83. kkkk sério? então tá fácil... amora eu colho no pé da roça xD na última temporada até fiz um cheesecake low carb com geleia caseira de amora xD (e ficou bom... ñ sei se ficou igual ao original, pq nunca provei um 'original' hahaha). agora posso dormir sem aguar por mirtilos =P

    ResponderExcluir
  84. Se misturar blueberry (mirtilo) com iogurte fica uma mistura roxo-claro, cor de sorvete de uva. Eu acho muito gostoso!

    ResponderExcluir
  85. Eu também gosto de experimentar, mas o tal do mirtilo foi uma decepção... tem gosto de nadinha... parece alguma frutinha de árvore que as crianças insistem em comer e que depois de adulto a gente prova e não acha graça...
    Amora é mil vezes melhor...

    ResponderExcluir
  86. Hilton, vc sabe algo sobre a osteoporose nos Inuit? Eu vi que eles eram suscetíveis, apesar do alto consumo de cálcio (ossos moles, etc). Aí fiquei com uma dúvida na minha cabeça: a cetose favorece a desmineralização? Ou eles teriam mais problema por falta de vitamina D, talvez? porque creio não haver tanta exposição ao sol na pele deles...
    Sei lá, pode ser minha desculpa pra não mergulhar na cetogênica, que apesar de desnecessária na paleo, o lowcarb é bem mais fácil de driblar minha compulsão..

    ResponderExcluir
  87. Cinthia, não tenho dados concretos. O Loren Cordain fala brevemente sobre essa suscetibilidade maior dos inuit à desmineralização óssea nesse artigo aqui: http://www.paleodiario.com/2014/01/refutacao-ao-relatorio-das-20-melhores.html


    Imagino que seja um processo de looongo prazo, dado que a ingesta de órgãos de peixes selvagens é alta entre os que ainda praticam alimentação ancestral.

    Mas de qualquer forma, por que você quer entrar em dieta cetogênica ? Uma perda de peso suave e constante não atende ? Ou você tem outras questões de saúde que quer endereçar ?

    ResponderExcluir
  88. É, eu até consigo emagrecer comendo frutas, meu problema é que às vezes bate a compulsão...
    Emagreci uns 7kg mas voltei a comer errado "uns dias" e recuperei tudo... Se eu coloco açúcar ou arroz na boca eu não paro mais!
    Tenho que fazer um termo de casamento com a paleo! Irrevogável.. Rsrs

    ResponderExcluir
  89. Não precisa ser dieta cetogênica então... O único jeito de não comer açúcar... é não comendo açúcar :-) Pense sempre como um drogado em recuperação: não vá na primeira dose... Ou use a técnica do "hoje não". Comigo funcionou bem: 1 ano e 1 mês sem açúcar (mas nunca cortei as frutas ou laticínios indiscriminadamente). Teste, sempre! E se cair, levante-se.

    ResponderExcluir
  90. Obrigada Hilton, vou precisar me inspirar no AA mesmo, afinal, é um vício infeliz!
    Se consegui abolir o trigo, porque não o açúcar..?
    Valeu!!

    ResponderExcluir
  91. q triste.. =/


    vou me contentar com a amora então hahaha

    ResponderExcluir
  92. se eu achar um dia eu testo... okay


    mas blueberry eu já provei, a muuuuito tempo... me falaram q eram coisas diferentes '.' ou eu supus, pq quando provei achei azedo e imagino o mirtilo doce... nem lembro mais. quando provei foi naqueles 'sorvetes de iogurte'. pra vender msm nunca achei =/ mas se achar vou testar xD vlw a dica o/

    ResponderExcluir
  93. Acho que eh a mesma coisa rsrs.

    ResponderExcluir
  94. olá, mais uma vez meu caso é estranho, eu comecei a dieta páleo em setembro do ano passado, de lá pra cá eu engordei 3kg, desenvolvi desidrose, parei de menstruar, faz 5 meses q nao menstruo e meu intestino parou! Mas ainda continuo na dieta, pq so leio coisas boas a respeito dela. Pq será q aconteceram essas coisas comigo?

    ResponderExcluir
  95. Não faço ideia, mas não me parece que insistir nessa estratégia seja algo bom pra você. Eu procuraria consultar com alguém para ver o que está errado.
    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 30/03/2014 16:38, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  96. Pois é, me sinto uma ET, tudo acontece ao contrário comigo, rsrsrs... por isso até lhe pedi uma consulta, mas o Sr. não pode consultar via internet :(, queria muito descobrir o q há comigo, não é possível que eu seja tão estranha assim, minha genética é a mesma, sou ser humano, kkkkk...

    ResponderExcluir
  97. A genética de nenhum de nós é a mesma, pelo contrário

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 30/03/2014 17:04, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  98. Gente!!!! A yacon nao é moda!! A yacon é totalmente low carb SIM e o impacto na glicemia é simplesmete o seguinte: ela ABAIXA a glicemia! Fiz testes e ela impediu que a banana madura que comi (que me fez subir a 131 no dia anterior) ao mesmo tempo, na mesma refeicao, subisse minha glicemia! Ficou abaixo de 100! Entao me surpreendo muito que alguem diga que ela tem impacto...pra mim quem testou deve ter se enganado e usado a batata doce branca, q se assemelha muito à yacon (pra quem nao conhece), essa sim, tem um grande impacto glicemico. Sugiro que refaçam os testes com a yacon verdadeira (inclusive a in natura e nao certos pós e farinhas q vendem por aí)!

    ResponderExcluir
  99. Interessante! O fato de ser moda não significa que seja ruim. Mas vc fez o certo. Testou, aprovou, e aí sim vai usar.

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 30/03/2014 18:17, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  100. Isso! E concordo que coisas da moda e caras sao totalmente desnecessarias...tipo goji berry (que provei desidratada e senti NA HORA que usam açucar no processo com certeza, e nao informam, cuidado pessoal)! Mas a yacon vende no hortifruti aqui pertinho de casa rs.

    ResponderExcluir
  101. Olá Patrícia
    Você está com os olhos secos?

    ResponderExcluir
  102. é, parece q é basicamente a msm coisa. Onde eu pesquisei fala q mirtilo é o blueberry brasileiro, pq é cultivado na serra gaúcha. q o blueberry é a 'versão original' do mirtilo... então vai saber se tem alguma alteração. mas ao q tudo indica ñ... mas seria legal se fosse uma mistura de blueberry com amora xD

    ResponderExcluir
  103. Moro em Brasilia, então sintomas de secura são comuns, acho q estão um pouco piores, mas não sei se é por conta do clima ou não, por que?

    ResponderExcluir
  104. Amoras são legais tbm, não perdem em nada pro mirtilo. Frutas vermelhas no geral sao uma maravilha heheh.

    ResponderExcluir
  105. Nem diga! Ainda mais direto do pé e naturais... (já comprei uns morangos com gosto de NADA. foi triste...)


    Outra coisa q nunca acho (e só tenho chances de achar no Brasil durante o natal) é cereja. A verdadeira... Sem calda, sem cereja de chuchu (q fazem MUITO)... eu ia me esbaldar hahaha

    ResponderExcluir
  106. So para constar, refiz o teste, outro dia, com agua de coco, banana e whey - glicemia 131
    Hoje, mesma quantidade de agua de coco, banana e whey acrescentado 50 miseras gramas de Yacon - glicemia 92.
    Pra mim isso é impressionante.

    ResponderExcluir
  107. bacana! faltou uma foto do depois, né? com a psoríase controlada! com certeza animaria muitos a começar! ;)

    ResponderExcluir
  108. Impressionante mesmo

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 31/03/2014 17:20, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  109. Minhas mãos viviam com bolhas inflamadas e doloridas por causa do sabão, ao ponto de minhas impressões digitais ficarem praticamente lisas e não serem reconhecidas em nenhuma biometria. Recentemente, tive que emitir uma nova carteira de identidade e a perita, ao colher minhas impressões, me perguntou se eu trabalhava com produtos químicos pesados e disse que havia grande chance de rejeitarem as minhas digitais. Meu contato com sabão era (é) mínimo, passava os cremes dermatológicos várias vezes ao dia, tinha um cuidado extremo e elas simplesmente não cicatrizavam, até mesmo o pouco sabonete do banho era suficiente para irritar minha mão. Com DEZ dias de dieta paleo, minha mão sarou e não está inflamando coçando ou abrindo mais bolhas, mesmo eu ainda lavando uma ou outra coisa com sabão. Estou seguindo a alimentação há um mês, que foi a única coisa que eu mudei e não estou acreditando na minha mão, parece um milagre. Já tinha pelo menos uns 3 anos que minha mão não dava tempo e agora está ótima. Para mim, a perda de peso virou efeito secundário diante da melhora da minha mão e de outros benefícios que estou tendo.

    ResponderExcluir
  110. Há, minha acne tardia e persistente DESAPARECEU, estou com uma pele que nunca tive. Vi umas fotos minhas, sem maquiagem e sem dieta paleo e fiquei chocada. Só tenho a agradecer pelas informações postadas aqui.

    ResponderExcluir
  111. Seria uma boa postagem com fotos!

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 01/04/2014 13:42, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  112. Mandarei sim, com prazer, mas esperarei mais alguns dias de experiência primeiro.

    ResponderExcluir
  113. Andrei Rocha de Almeida1 de abril de 2014 14:53

    Minha gengivite também sumiu em 2 meses. Havia décadas com ela.

    ResponderExcluir
  114. Lendo os comentários, vi sobre os alimentos que são moda. A tapioca, por exemplo, está em alta agora e todo mundo quer comer, pode-se dizer que está na moda atualmente. Acontece que aqui onde moro, em Belém do Pará, região Norte do Brasil, a tapioca não é moda, cresci comendo tapioca, assim como meus avós, bisavós, etc... Seu preço aqui é bem barato, em qualquer esquina você come uma tapioca com manteiga por R$ 1,50, se for com manteiga, presunto, queijo e ovo sai a R$ 3,00 ou R$ 3,50, dependendo do local. A mesma coisa em relação a Castanha do Pará, aqui é um alimento muito usado, como castanha desde que me entendo por gente, minha mãe costumava fazer cuscus de farinha de milho com castanha para comermos no café da manhã (sim, milho, não sabíamos que milho era prejudicial à saúde!). Hoje tomei café com macaxeira (aipim ou mandioca, como é também conhecida), com manteiga. Muitas coisas que comemos aqui são desconhecidas em muitas regiões do Brasil, como no Sul, por exemplo.Novidade pra mim é comer nata, pois aqui não temos esse costume, mas nem por isso vou deixar de experimentar, só ainda não tomei café com nata porque não encontrei para comprar aqui em Belém, mas a nossa culinária é riquíssima de sabores, frutas exóticas e gordurosas (como a pupunha, o açaí, piquiá, burití, cupuaçu, bacuri, etc...), peixes maravilhosos (filhote, dourada, sarda) enfim, as opções aqui são maravilhosas e infinitas que pra mim não comer nata é apenas um detalhe! tenho tomado café com creme de leite Nestlé. Um abraço e um bom dia a todos!

    ResponderExcluir
  115. Gustavo Borgonovi2 de abril de 2014 14:37

    Eu tb era um "curado" da acne na adolescência (que era grave mesmo, passou tomando Roacutan - o que hj eu sei que não é nem de longe a melhor solução), mas que sempre tinha "uma ou outra" espinha marcando presença no rosto. Hj em dia a "uma outra" virou quase nenhuma. :)

    ResponderExcluir
  116. Pois é, eu mesma estava pensando em partir para a medicação oral, pois os medicamentos tópicos acabavam tanto com a pele do meu rosto quanto com a minha mão já sensibilizada.

    ResponderExcluir
  117. Tente páleo low carb SEM laticínios

    2014-04-02 16:20 GMT-03:00, Disqus :

    ResponderExcluir
  118. Joao Paulo Pereira2 de abril de 2014 17:28

    José, eu também tenho psoríase pustular e percebi uma melhora significativa com paleo, que faço há pouco mais de um ano. Contudo, o tratamento fototerápico ainda é considerado o mais eficaz para controle da psoríase. Eu faço toda semana. Se não puder se expor ao sol, pode buscar fazer tratamento nas cabines PUVA. Procure pelo documento da Sociedade Brasileira de Dermatologia Fototerapia Psoríase, onde há uma série de recomendações para parâmetros seguros de tratamento. Se não puder pagar, a Associação Fluido Vital oferece tratamento gratuito* de fototerapia (*há custo mensal para associar, mas é muito acessível) para psoríase e vitiligo. Experimente para ver se funciona para você também.

    ResponderExcluir
  119. Claro, uma coisa não exclui a outra!

    Em 02/04/14, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  120. Joao Paulo, a minha sumiu praticamente por completo. Escrevi o relato antes do carnaval e fui experimentando retirar os itens do protocolo auto-imune durante um tempo. Depois disso ainda houve melhora. Tive que reduzir bastante os derivados do leite, que eu consumia.
    Fiz também um teste de comer peixe empanado, e apareceu vermelhidão nos 2 dias seguintes. Pelo menos no meu caso é certo que o glúten foi nocivo. Mas tratamento UV e vitamina D são importantes, sem dúvida alguma!
    Você retirou todo glúten de sua alimentação? Não resta nada escondido (molho branco, produtos industrializados, etc)?

    ResponderExcluir
  121. fiquei uns dias sem acessar o blog e só agora to vendo o relato do José Bichoff e fiquei impressionada pq qd se fala em psoríase já se imagina esse problema pro resto da vida...parabéns José ,parabéns dr Souto,andava meio desanimada pq só consegui emagrecer 3 kg nesse mesmo período ...mais vendo seu relato me deu ânimo ,tenho hipotiroidismo e vou lê mais a respeito e emagrecer os outros kg que eu quero,mais qr deixar claro que me sinto muito bem ,me sinto saciada

    ResponderExcluir
  122. Digo o mesmo. Moro em Manaus e hoje mesmo meu café da manhã foi pupunha cozida com manteiga derretida.


    Aqui também come-se muito tucumã. Inclusive, tapioca de tucumã e queijo coalho é algo bem comum.


    Quanto à nata, passei a consumir quando posso, mas só encontrei em um único supermercado local, e por quase 15 reais!

    ResponderExcluir
  123. Joao Paulo Pereira3 de abril de 2014 18:47

    Eu estive por alguns meses com zero glúten e apesar da melhora significativa, a minha psoríase não reduziu-se completamente. Retornei com os derivados de leite, mas não houve piora. Contudo, é a primeira vez que há melhora significativa e que a fototerapia está ajudando na regressão e não apenas no controle. Ainda não fiz o protocolo autoimune, mas a melhora é constante até porque mantenho a dieta há cerca de 14 meses. É o próximo passo, junto com os amidos resistentes que comecei a colocar a pouco tempo.

    ResponderExcluir
  124. Café com pupunha é tudo de bom!!! Gosto muito de tucumã, mas nunca comi tapioca com recheio de tucumã, deve ser ótimo! Conheço Manaus, em termos de culinária os costumes são muito parecidos com os do Pará.Abraço :-)

    ResponderExcluir
  125. Pessoal, venho aqui indicar para vocês uma clínica de tratamento para psoríase gratuita, tenho colegas que participaram e tiveram ótimas resultados, eles trabalham com especialistas na área, vale a pena conhecer, chama programa QualiyCare, dêem uma olhada no site

    http://www.programaqualitycare.com.br



    Abraços
    Sayuri

    ResponderExcluir
  126. Dr. Souto, a retirada dos laticínios para a redução da acne inclui os queijos?
    Sempre comi queijos e "acho" que não pioram a minha pele, mas há duas semanas fiz o iogurte ensinado aqui no blog e tenho percebido um aumento na acne. Acho que deve ser isso...

    ResponderExcluir
  127. Inclui todos os laticínios

    Dr. Jose Carlos Souto, M.D.
    Sent from Android phone
    Em 04/04/2014 21:24, "Disqus" escreveu:

    ResponderExcluir
  128. Que legal que sua acne sumiu! E parabéns pelos resultados com as bolhas nas mãos. Qualquer problema nas mãos é terrível, incomoda e atrapalha, já que usamos as mãos pra tudo.
    Eu tive que me submeter ao Roacutan; depois de ter fugido dele uma vez, acabou sendo a "única" solução numa fase terrível, em que minha pele ficou péssima mesmo eu já não tendo mais idade para ter acne. Fiz o tto certinho, mas com muito pesar pela minha saúde, os efeitos colaterais são terríveis, e a longo prazo existem relatos nada animadores em fóruns americanos. Quando comecei a páleo elas voltaram, para minha tristeza, e tive que tirar queijo, iogurte e creme de leite. Quando viajo eu como queijo, para ter uma opção mais "forte" no café da manhã, e aí elas reaparecem. Engraçado que antes de fazer páleo os laticínios não me causavam acne, talvez porque comesse menos.

    Para mim é difícil saber hoje que não precisaria ter me submetido a um tto tão pesado e sofrido se soubesse antes sobre a páleo. Mas em nenhum momento minha pele ficou essa maravilha toda que as pessoas que fazem páleo citam, comigo a paleo não funciona cem por cento em vários aspectos. Inclusive tenho dermatite nas mãos, e a páleo não faz cócegas sobre ela, é indiferente; acredito que a minha não tenha a ver com o glúten.

    ResponderExcluir
  129. Olá! Primeiro parabenizar pelo site, conteúdo excelente! Sou dermatologista em Mogi das Cruzes, responsável pelo Ambulatório de Dermatologia Da Universidade UMC e serviço de residência médica de Dermatologia. Vou iniciar protocolo com retirada do gluten da dieta, terei muitas barreiras... Vou lhe enviar e-mail mais detalhado! Abs!

    ResponderExcluir
  130. Não sei como funciona isso direito... Respondi pra Jussara, sorry...

    ResponderExcluir
  131. SHOW Luciana!!

    Experimente com alguns casos, e se achar promissor (e achará!), quem sabe vc não faz um pequeno estudo randomizado, e publica? Será uma pioneira! O problema maior é o compliance - precisa vender o peixe com muita veemência para os pacientes, explicando q


    2014-04-08 14:15 GMT-03:00, Disqus :

    ResponderExcluir
  132. SHOW Luciana!!



    Experimente com alguns casos, e se achar promissor (e achará!), quem sabe vc não faz um pequeno estudo randomizado, e publica? Será uma pioneira! O problema maior é o compliance - precisa vender o peixe com muita veemência para os pacientes, explicando que precisa ser ESTRITO, que não pode comer nem coisas à milanesa, etc.

    ResponderExcluir
  133. Sigo esse estilo de vida a dois meses e meio e de imediato não tive mais uma azia que me incomodava semanalmente.

    ResponderExcluir
  134. Alessandra Molina12 de maio de 2014 16:31

    Esperança? Resolvi fazer a dieta para testar, queria apenas emagrecer, fui lendo todos os artigos obcecadamente, rs, até chegar neste, então pensei: - putz esta dieta foi feita para mim! Fui com calma, pois ser que para dar resultado demora um pouquinho, assim com li em vários artigos, demora para engordar, então nada mais lógico que demorar para emagrecer... Mas FELIZMENTE além de já ter eliminado mais de 5 quilos, minhas lesões quase desapareceram e em apenas um mês e meio de dieta, como estou numa fazer boa da minha vida não estava com lesões muito grandes no corpo, mas sumir quase tudo??? Dr. Souto e Jose Bichoof MUITO OBRIGADAAAAAAA.... ESTOU MUITO FELIZ e pretendo continuar firme. BJS

    ResponderExcluir
  135. Que legal!!


    Em 12 de maio de 2014 16:31, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  136. É bem difícil falar de uma doença que traz tantos complexos como a psoríase. Existe um tratamento gratuito de uma clínica bastante recomendada, a QualityCare, são especialistas na área que ajudam você a entender melhor sobre seu caso. O site é http://www.programaqualitycare.com.br , vale a pena olhar!
    Abraços
    Sayuri

    ResponderExcluir
  137. Luiz de Gonzaga Monteiro23 de maio de 2014 10:58

    Dr. Souto. Bom dia!


    Dieta low carb / paleo também tem a ver com melhorias de varizes, ou essas maleditas só com tratamento cirúrgico?

    ResponderExcluir
  138. Não vou afirmar que não, mas acho pouco provável...


    2014-05-23 10:58 GMT-03:00 Disqus :

    ResponderExcluir
  139. Conheço um programa que ajuda pessoas no tratamento para psríase e é muito bom, eu indico para todos, é gratuito, chama QualityCare e o site é http://www.programaqualitycare.com.br


    Abraços

    ResponderExcluir
  140. Dr., tem notícias de como anda a situação dessa pessoa?
    Sofri muito com psoríase tb, melhorou também bastante depois que adotei LCHF. É bom ouvir relatos a respeito e ver as pessoas resolvendo esse problema.

    ResponderExcluir
  141. http://tvuol.uol.com.br/video/adolescente-controla-doenca-de-pele-cortando-alimentos-de-sua-dieta-0402CD983060C0C14326

    ResponderExcluir